MPF quer bloquear R$ 154 milhões de Picciani

O Ministério Público Federal pediu à justiça que bloqueie R$ 154 milhões de Jorge Picciani. O valor diz respeito ao pagamento de vantagens indevidas, que incluem o pagamento de R$ 58 milhões em propina feito pela Fetranspor.

A lista inclui ainda seu filho, Felipe Picciani, Paulo Melo e o Edson Albertassi, que foi indicado por Pezão na última semana para presidir o Tribunal de Contas do Estado.

Radar On-Line, Veja

Publicidade

Comentários:

  1. ROBERTO RIBEIRO disse:

    e aqui no RN ninguém bloqueia nada? Só temos políticos honestos? Atenção MPF!!!!!!