MPTRN: Pense num Rio Grande do Norte sem sorte…

Resultado de imagem para DESEMPREGO

O Ministério Público do Trabalho está movendo uma Ação Civil Pública contra a empresa Confecções Guararapes S.A.

A ação propõe “apenas” uma indenização coletiva no valor de R$ 38 milhões.

A Procuradoria do Trabalho mobilizou um representante da Coordenadoria Nacional de Combate às Fraudes nas Relações de Trabalho para participar da primeira audiência no Tribunal Regional do Trabalho – 21ª Região, realizada nesta segunda-feira, 11, em Natal.

A ação contra a Guararapes pode dar um tiro mortal no modelo de facções terceirizadas que trabalham para grandes empresas do ramo de confecções.

A iniciativa do Ministério Público do Trabalho (MPT) quer responsabilizar a Guararapes por irregulares cometidas pelas pequenas facções espalhadas pelo interior do Estado.

Das 120 facções geridas pelo programa Pró-Sertão, 62 trabalham ou trabalhavam para o grupo Guararapes.

As irregularidades passam por atraso no pagamento de salários, falta de recursos para pagar as indenizações trabalhistas e problemas como a falta de equipamentos de trabalho.

A defesa da Guararapes alega que a empresa acompanha o trabalho das facções e foi justamente por causa de irregularidades que algumas foram descredenciadas.

A empresa é a principal contratante do Estado no que diz respeito à utilização de facções, gerando mais de 3 mil empregos diretos.

Além de cobrar uma indenização coletiva, o Ministério Público quer  “só” que a Justiça do Trabalho determine que a Guararapes pague as indenizações trabalhistas dos empregados das facções.

É aí que mora o perigo. A empresa alega que agiu de forma séria e cumpriu toda a legislação trabalhista. Sua condenação pode decretar o fim das facções, condenando milhares de pessoas ao desemprego e uma efeito cascata sem precedentes no estado.

E o Rio Grande do Norte, que já perdeu milhares e milhares postos de trabalho com a crise econômica, pode perder ainda mais se prevalecer o entendimento de tecnoburocratas que agem dentro de gabinetes refrigerados para punir quem ainda gera empregos e renda na Terra de Poti.

Pense num Rio Grande do Norte sem sorte…

 

Publicidade

Comentários:

  1. jozimere araujo disse:

    gente eu sou uma pessoa que trabalha na faccao sou uma costureira e sou muito feliz em meu trabalho e com meu emprego antes nao tinha profissao trabalhava nas casa isso sim e escravidao,quando vc pega uma pessoa boa nao mais tinha umas…e hoje ja faz mais ou menos uns 8 anos que trabalho nesse ramo nunca fui esacravisada pelo contrario ate acho um absurdo as leis e exigencias que fazem para impedir o nosso trabalho e rendimento sei que MT e a favor de nos trabalhadores entao eu te pergunto porque nao nos pergunta como nos estamos?Pois bem eu te respondo otimos ,ainda nao passamos fome porque temos nosso emprego muito digno sustentamos nossa familia temos nosso pao de cada dia e vcs MT querem tirar de nos nosso pao ,nosso alomoco,sim pois nos vivemos disso e ai se acabar vcs vao nos sustentar?Nao.Antes de qualquer coisa procure saber dos trabalhadores se nos estamos sendo escravisados ,e sim te respondo,estamos sendo escravos de gente q ta querendo acabar com o pouco q temos ja basta os governantes q estao acabando com o nosso pais chega,vamos proteger nosso emprego sinto muito MT mais dessa vez vcs nao estao enchergando nada….

  2. Trabalhadora disse:

    O trabalho significa o homem, vamos nos unir em uma só causa e mostrar para essas pessoas q queremos trabalhar ,e q o nosso trabalho é totalmente legalizado, agora quem vai sair perdendo são os governantes q estão por traz dessa baboseira pq quem paga o salário de de vcs são nós trabalhadores se nós sairmos perdendo vcs tbm vão perder e eu creio em nome de Jesus q não vão conseguir.

  3. Trabalhadora disse:

    Esses comentários maldosos não sei de onde sai, eu trabalho em facções a mais de 5 anos e sempre recebi meu salário em dias,sempre recebi décimo e férias, vcs estão tentando tirar o pão de cada dia da mesa de quem realmente quer trabalhar, vcs terem noção de quantos pais e mães de família q vcs estão tentando deixar desempregados, tem tanta criminalidade nesse país pra ser investigada, tem tanto roubo nos cofres públicos pra ser investigado e vcs estão investigando quem tá trabalhando honestamente, pelo amor de Deus isso me revolta.😤😤😤

  4. William disse:

    A justiça do trabalho deve atuar em favor dos trabalhadores.este caso e o exemplo clássico de q não se pode deixar nas mãos da iniciativa privada a condução de negócios q envolvem riscos humanos.teoricamente, o estado possui mais recursos disponíveis para executar projetos de risco e portanto deve encampar o q os empresários não dão conta ou não querem resolver.conclusao:deve se multar a companhia mas no bojo da sentença deve se criar os mecanismos q proteger ao os desempregados caso a empresa não tenha lucratividade suficiente para arcar com a manutenção dos empregados!

    • Marcelo disse:

      O poder público não tem a menor condição nem competência para isso.

  5. maria paiva disse:

    Então, o blogueiro acha mesmo que o MPT está errado? Pergunto e sei que nao vai responder, óbvio, mas, internamente dira que não : conhece o esquema das terceirizadas? Conhece o sofrimento de um empregado terceirizado?
    Vc sabia que milhares de empregados de terceirizadas, não recebem corretamente os seus direitos, o mais simples, o valw transporte que tem previsão legal ( acredito que no caso em tela esse direito nao seja necessário, face à proximidade do trabalho da residencia do empregado ou o trabalho seja realizado em sua própria vasa), mas estou falando denum modo geral. Quando terceirizados saem dos empregos, baubau pagamento de rescisão …… entram na Justiça e muitas vzs, ganha-se mas não leva.
    É humilhante, é nojenta essa forma de "trabalho".
    Parabéns ao MPT, e na minha modesta opinião, de quem conhece de perto as tramoias da terceirização e desses audaciosos empresários travestidos de anjo (Joesley e Wesley, exemplos), zero pro blogueiro. Com todo respeito a sua opinião e inteligência, que sei, é invejavel.

    • Joselito dos Santos disse:

      Gostaria que vc desse uma olhadinha nas fábricas que produzem para Guararapes que é que está sendo culpada nesse caso. Uma empresa que leva a sério o que faz de renome nacional que não precisa enganar ninguém. O MP está sendo injusto pois em meio a crise que passamos ela segue fiel com pagamentos e gerando emprego. Na minha humilde opinião o MP errou feio desta vez.

    • Carlos disse:

      Perfeito! Se é para fazer, que façam o correto.

  6. Jane disse:

    Engraçado as indústrias têxteis passando por crise, aí a Guararapes bem,gerando emprego o MP não tem o que fazer, vai arruinar com tudo. Qdo fechar as fábricas o MP vai gerar empregos? Vão botar os políticos ladrão na cadeia. Isso sim é ajudar o Brasil em geral.

  7. Jane disse:

    A Guararapes da mesma forma que paga seus funcionários em dia, honra seus pagamentos as fracções, ela compra um produto de uma facção como de qualquer outra loja ou empresa, não devendo ser resposabilizada por serviços de terceiros.

    • Marcelo disse:

      Até deveria. E ela cobra de seus parceiros o óbvio. Que eles tenham segurança e que recebem seus salários e benefícios corretamente. O MPRN quer holofote e está procurando cabelo em ovo. Vai prejudicar a quem eles dizem que estão defendendo.

  8. José Wilson Gomes Netto disse:

    Esse é o grande problema do estado do RN. A grande maioria dos órgãos de fiscalização em geral somente estão preocupados em punir as empresas que supostamente têm condições de pagar multas. Nunca se preocupam em orientar. Jamais fiscalizam e punem pequenas empresas, pois sabem que não podem pagar. Com as construtoras é a mesma coisa.

  9. robespierre do O disse:

    A culpa não é da falta de sorte e sim de gestores sem capacidade de gerenciar seu negócio. Necessário se faz capacitar esses empresários.
    A Guararapes crie mecanismos que permita as facções sobreviver com os valores recebidos.
    Um excelente modelo de negócio que necessita de ajustes.

  10. Só Jesus! disse:

    Vai sobrar só as facções sindicato do crime e pcc…

  11. Manoel disse:

    Noossa ate o MP querendo gerar desemprego, meu Deus! Tantos políticos roubando bilhões, trilhões jogando nosso país em uma das piores crise. Parabéns MP por estar contribuindo pra jogar nosso país na miséria.👏👏👏👏👏👏👏👏

  12. Waldemir disse:

    Há só estou esperando a nova legislação trabalhista
    Estou rezando para esses ajudantes dos trabalhadores continuarem assim
    Aí eu e minha família vamos ir para fora do Brasil e investir em outro pais

  13. JR disse:

    Importar tudo pronto da China é o melhor caminho.

  14. Marcos Rodrigues Rebouças disse:

    O que acontece é quem não devem não teme. O desonesto se preocupa em pagar multa quando usufruiu de lucros isorbitante. Se não teve lucro isorbitante mesmo assim contribuam com as regras trabalhistas.

  15. Vinícius disse:

    Sabe quantos desses desempregados serão empregados pelo MPT ou por qualquer órgão público? Nenhum.

    Quem gera emprego, renda e riqueza, no Brasil e no mundo, é a iniciativa privada, mas essa, aqui no Rio Grande do Norte, continua sendo tratada como criminosa por quem não gera absolutamente nada.

  16. Fábio Pereira disse:

    BG!!! Então quando se diz…"As irregularidades passam por atraso no pagamento de salários, falta de recursos para pagar as indenizações trabalhistas e problemas como a falta de equipamentos de trabalho…" não quer dizer absolutamente NADA!! É melhor manter esses trabalhadores recebendo salários atrasados do que não ter emprego??? Mesmo trabalhando sem receber??? Se a Guararapes estava "correta", pagando as facções, porque os funcionários não estão recebendo direito??? Quem terceiriza tem responsabilidade solidária e a Guararapes deveria ter se preocupado com isso e visitar essas facções antes de contratá-las…se tivesse gasto R$ 10 milhões dessa indenização pra melhorar as condições de trabalho dessas pessoas, tinha evitado isso tudo!!!

    • Vinícius disse:

      Quem terceiriza tem responsabilidade subsidiária. Nunca foi solidária.

  17. Júnior cortês disse:

    Aí o bozó empena . Vai terminar fechado mais facções.

  18. Eduardo Sátiro da Costa disse:

    O mais interessante de tudo isso, é que o MPT, Só aparece no final do jogo…durante a exploracão do trabalhador, se é q ela existia, ele nem existe…é como fosse algo arquitetado…saber quanto é que o MPT irá faturar desses 38 milhões…nesse país é cobra engolindo cobra…veja o exemplo da Receita Federal…os caras roubam milhões e milhões de reais nas barbas do leão e ele fica caladinho…agora, compremos qualquer valorzinho no cartão, ele diz: sua conta foi monitorada e vc comprou 10 mil reais a mais do declarado…qual a origem desse dinheiro? é roubo em todo canto…os órgãos q seriam de proteção do trabalhador, só estão defendendo o lado deles…os bestam pensam que eles estão do nosso lado…balela total…a corrupção começa por eles…estamos todos é f…deodó…

  19. Marcelo disse:

    É desse tipo de gente que o Brasil não precisa. O Grupo Guararapes ainda está aqui, não se sabe porque. "O RN é um Estado OSTIL aos empresários e aos investidores" – Flávio Rocha, presidente do grupo Guararapes. Que vergonha. O interior do Estado vai virar pó. Que desastre. Espero que consigam reverter isso mas a mágoa fica e o prejuízo virá a galope.

  20. Danilo disse:

    O MP denuncia, mas quem condena eh o poder judiciário . Se cumprir a legislação não tem condenação. Simples. Essas empresas com acesso a renomados advogados ainda alegam pegas de surpresa? Todos sabem que o valor da multa trabalhista, assim como da multa ambiental e da propina já tá inclusa no orçamento da empresa e é repassado pro consumidor.

  21. Fernando Junior disse:

    Em tempo: COCA-COLA é isso aí!
    Acordem!

  22. Azevedo disse:

    O RN não é um Estado sem sorte, os políticos dessa província é que não existem e não prestam, corrijo, existem e prestam somente para os interesses deles proprios e seus familiares. Somos o pior Estado da federação em se falando politicamente.

  23. Cidadão disse:

    Onda de demissões à vista! Aumento da bandidagem.

  24. Mauro disse:

    RN nas mais é que uma colônia, Natal ainda é uma cidade interiorana mesmo tendo estatus de capital onde as pessoas acham que moram em uma grande metrópole urbana,ruas quase carroçável onde buracos da caern e de uma empresa que fazem serviços de saneamento mas parecem tatus enfim ou lugarzinho sem sorte.

  25. Ivan Paulo disse:

    Sugiro a Guararapes ir para o Paraguai,muito melhor que o Rn.

    • Silva disse:

      Já está , gera 8.000 mil empregos no Paraguai, tudo por causa disso que vc está vendo. A Belmont que era instalada no vale do assu, também pegou o beco, foi pro Panamá, pelo mesmo motivo. Empreender no Brasil não é fácil o país é o mais caro e burocrático do mundo. Pra piorar fica um monte de gente dando corda a esses sindicatos meia boca que só faz tira do trabalhador.

  26. Luiz de Sá disse:

    Guararapes… saia do RN. Vá para o Ceará. Lá a empresa que gera riqueza tem valor.

    • Vinícius disse:

      Já está no Ceará, a tendência é que leve a produção toda para lá.

  27. Ana disse:

    Isso é modelo de escravidão do séc XXI. Tem que diminuir os impostos, o não fechar as empresas, mas esse modelo aí é escravagista todo.

    • Marcelo disse:

      Sinceramente Ana, não entendi seu lado.

    • Netto disse:

      Escravidão? Escravidão é um sistema em que as pessoas não podem estipular o valor
      de sua própria mão de obra. Ou é zero ou é um. Você pode até ter o estado zelando
      pelas condições de segurança e saúde, mas o resto deveria se negociar. Aí vc tem um lugar
      como o RN, tendo os mesmos salários (o minimo nacional) que outros estados mais robustos, só que lá se tem inúmeras vantagens de estrutura, de mercado etc. Quero saber se os indignados procuram saber a origem dos
      produtos vendidos depois. E vão achando que 'socialismo' resolve tudo, vão….

  28. Gilenildo Santos disse:

    A pior coisa que essa promotora pode fazer contra os trabalhadores no ramo de confecções desse estado. Dificultar a relação de trabalho entre as pequenas facções num estado sofrido, com o desemprego em alta. O sertão Potiguar que viu uma luz no fim do túnel com o Pró-Sertão com a geração de milhares de empregos, vê agora uma ação desastrosa para acabar com os poucos empregos existentes. Isso é um absurdo que não pode ser aceito com passividade. Temos que lutar contra essa ação descabida. A Guararapes continuará suas atividades normalmente, mandando para a China e Paraguai a produção que deveria ficar no estado, gerando trabalho e renda!!! MPTRN está CONTRA O TRABALHADOR POTIGUAR.

  29. Beto Costa disse:

    Parasitas defendendo teses que bancam intercâmbios para filhos, ida para Europa duas x por ano.. parasitas.. parasitas pagos com nossos impostos..

  30. Quinquim disse:

    As grandes empresas terceirizam parte da sua produção para facções objetivando reduzir custos e quem paga a conta dessa redução é o empregado. Há muitas dessas facções, senão todas, cujo capital social é de quinhentos reais e não tem suporte econômico para bancar o valor do trabalho. Não pagam décimo terceiro, não recolhem FGTS e vivem atrasando o pagamento mensal dos salários dos empregados. O grande beneficiado, as grandes empresas, ficam só assistindo e buscam se isentar de tudo e quem paga a conta é o empregado que fica sem seus direitos trabalhistas e previdenciários. Estes 38 milhões talvez seja apenas uma pequena parte do que já lucraram sonegando os direitos dos empregados por interposta pessoa. Parabéns ao MPT pela ação.

    • Zé Guerreiro disse:

      Disse tudo

    • Afonso disse:

      Isso mesmo. São uns escravistas e milionários as custas desse povo sem opção de trabalho no Sertão.

    • Joselito dos Santos disse:

      Meu amigo, creio que tu não conheces a realidade de como está organizanda e bem preparada as fracções. Nos faça uma visita, estaremos de portas abertas para recebê-lo, e diferente do que dizes nenhuma empresa que presta serviço para Guararapes está com décimo ou FGTS atrasado, a prova disso é que todos foram aprovados pela ABNT que faz certificação para ABVTEX. assim sendo peço que o amigo se atualize….

    • Coxinha disse:

      Vão voltar a quebrar pedra e caçar peba. Parabéns MPT.

    • Waldemir disse:

      Gostaria que você dissesse isso para os que vão ficar desempregados aí eles irão para o farol limpar parabrisa
      Aí sim eles ganhao Férias 13 FGTS e outros benefícios
      Nem uma empresa suporta essa carga tributária e os benefícios dados aos empregados
      Se quiser provar e só abrir uma empresa e depois se falamos

    • Netto disse:

      Menos custos de produção resultam em produtos mais baratos, que no final, vão beneficiar
      o trabalhador. Agora, se vc não quer que o empreendedor lucre, então saia estatizando, nacionalizando,
      expropriando tudo, como fizeram os venezuelanos (para ficar num exemplo recente e próximo). A não se que vc goste do resultado… dá no que deu.

    • Rômulo disse:

      Disse tudo, Quinquim! Chega dessa cultura escravocrata! O que gera riqueza é o trabalho e ele é sagrado! Se não quer ser importunado, que o grupo Guararapes compre de facções que cumpram as leis trabalhistas e não seja conivente com as que as transgridem!

    • Netto disse:

      Com tanta informação disponível hoje, fica difícil ver coerência em alguém que topa deixa de receber verbas por anos a fio, para depois se aventurar numa ação trabalhista que nem sempre tem certeza de que vai receber algo (isso quando não se faz um acordo por uma fração dos tais direitos 'indisponíveis'.. e o acordo só pode ser judicial, nunca prévio. Por que?). Ora, se empregador começa a atrasar não é para ter choro nem vela, cada empregado que vá pedir as verbas por demissão indireta.

  31. Manoel Neto disse:

    Repito: "Pense num Rio Grande do Norte sem sorte…"

  32. Nosdliw disse:

    BG, a regra do bom jornalismo, caso você seja um, apregoa que se deve ouvir as dias partes. Mas você, não sei qual o motivo, decidiu ouvir apenas uma ou nenhuma das partes. Istoe é, não fez, não faz ou não está cumprindo a regra do bom jornalismo.
    Sei que esse é um blog onde você, que é o dono, posta o que quer e entende ser melhor, mas que tal ouvir alguém ou até mesmo a procuradora que ajuizou a ação para que seus leitores tenham acesso ao outro lado da notícia?

  33. Luciana Morais Gama disse:

    Quem gera emprego é pra se lascar! Não aconselho ninguém abrir uma empresa. Eu tinha uma ME com 4 empregados e fechei.

    • Victor Hugo Lima disse:

      Bem feito.

    • Netto disse:

      Inveja (que ninguém assume que tem) com discurso auto-enganante de luta pela igualdade = esquerdismo. É doença. É feio ficar greiando.

  34. Maria disse:

    Se perder o emprego só resta fazer faxina na casa de um Procurador desses. Vou pedir 100 reais por faxina 2x por semana.

  35. Rick disse:

    Menos empregos e menos impostos. Agora, pense no que também
    se deixa de produzir por causa da satanização das terceirizações.
    Triste Brasil.

    • Marcelo disse:

      Com a terceirinação isso vai melhorar muito. E diminuir o Estado. Tudo que o Estado da de graça é o mais caro

  36. Socorro Morais disse:

    Verdade Bruno! Compartilhando no meu face drasocorromorais

  37. Sergio Nogueira disse:

    Não que alguém averbe qualquer infração ou desrespeito a legislação trabalhista.
    O problema é essa teimosia do MPT em querer matar a galinha dos ovos de ouro. A pretexto de atuar em defesa dos trabalhadores, na imensa maioria das vezes ele termina por fechar justamente vagas de emprego.
    Como a Justiça trabalhista vive num mundinho só dela, tem-se o cenário perfeito.

    • Francisco Assis disse:

      Exatamente! Tinha uma empresa com 70 empregos diretos e mais uns 100 indiretos! A justiça trabalhista e o MPT não teve a capacidade de ver o lado da empresa! Resultado empresa fechada e mais desemprego…

    • Cassio de Morais disse:

      Alguém discorda?!

    • Victor Hugo Lima disse:

      Bem feito para ambos.

    • Fux disse:

      Tenho 2 milhas para investir. Tiro 8 mil de juros pago pelo governo gastador, que para continuar gastando, (pagando fortunas a Procuradores do Trabalho e outras coisitas mais) sem ter dinheiro, paga belos juros. Agora veja, vou abrir facção pra quê? para quebrar e ficar liso nann.

    • Netto disse:

      É isso aí, Fux. Tá cheio de abutre querendo ver a sua caveira.
      Não dê esse gosto para eles. Pegue essa grana e vá para um
      lugar onde seja recebido com tapete vermelho.