O pedido de suspeição do MPF contra Gilmar Mendes

O Ministério Público Federal do Rio encaminhou à Procuradoria Geral da República um pedido de suspeição contra o ministro Gilmar Mendes no dia 25 de julho. Ainda não há, no entanto, decisão sobre o assunto. O ministro do Supremo Tribunal Federal soltou Jacob Barata Filho na última quinta (18). O empresário do setor de transportes é acusado de pagar mais de R$ 150 milhões em propinas.

Os procuradores afirmam que a decisão traz apreensão, e compromete as investigações.

O MPF diz ainda que o escritório Sérgio Bermudes, em que atua a mulher de Gilmar Mendes, a advogada Guiomar, atua em processos da Operação Ponto Final, desdobramento da Lava-Jato que levou à prisão de Barata.

 

Radar

Publicidade

Comentários:

  1. Marco disse:

    Esse crápula ajuda a desmoralisar o Judiciário Brasileiro.

  2. Gean disse:

    Este senhor não se cansa de prestar desserviço à nação, se acha acima do bem e do mal por sua condição de juiz, esse é o retrato de nossa justiça infelizmente, porém acho que a hora dele também vai chegar, pois acredito que neste país ainda existe pessoas hábeis e inteligente para coloca-no na cadeia também, pois já passou da hora.

  3. Blue disse:

    Cadeia nesse verme sem vergonha.

  4. Val Lima disse:

    "Boca de Bagre" não é fácil…

  5. gouveia disse:

    Esse senhor e um homem de bem

  6. Ricardo disse:

    A nossa Justiça é o retrato desta palhaçada. Lenta, cega e vendida aos interesses do Capital.

  7. Paulo disse:

    Só o judiciário brasileiro tem membros desse naipe!
    É uma vergonha!

  8. Rodrigo disse:

    Esse cara tem que ser expulso do STF e preso!

  9. Sávio disse:

    É um seboso, esse homem.