OLHA AI: Óleo de coco é tão prejudicial à saúde quanto a manteiga

Por O GLOBO

O óleo de coco é apontado por muitos como uma opção saudável de gordura, mas isso é apenas um mito. A afirmação é da Associação Americana do Coração (AHA, na sigla em inglês), principal organização sobre saúde cardiovascular dos EUA. Em novas recomendações publicadas nesta sexta-feira, a AHA aponta que estudos científicos mostram que o óleo de coco é tão prejudicial à saúde quanto a manteiga e a gordura da carne.

A associação continua recomendando que a população substitua gorduras saturadas por óleos mono ou poli-insaturadas. Estudos controlados demonstram que a redução no consumo de gorduras saturadas reduz os riscos de doenças cardiovasculares em aproximadamente 30%. Acontece que 82% dos ácidos graxos do óleo de coco são saturados.

“Uma pesquisa recente reportou que 72% do público americano classifica o óleo de coco como um “alimento saudável”, comparado com 37% dos nutricionistas”, diz a recomendação da AHA. “Essa desconexão entre opiniões leigas e especialistas pode ser atribuída ao marketing do óleo de coco na imprensa popular”.

Assim como os derivados do leite, a gordura animal e outras gorduras saturadas, o consumo do óleo de coco provoca um aumento das lipoproteínas de baixa densidade, ou LDL, conhecidas por fixar o colesterol nas artérias, aumentando o risco de doenças cardíacas.

“Porque o óleo de coco aumenta o colesterol LDL, uma causa de doenças cardiovasculares, e não tem efeitos favoráveis compensatórios conhecidos, nós aconselhamos contra o uso do óleo de coco”, afirma a AHA.

— Pesquisas científicas bem conduzidas apoiam majoritariamente que a limitação da gordura saturada na dieta previne doenças do coração e dos vasos sanguíneos — disse Frank Sacks, coautor das recomendações e professor da Escola de Saúde Pública de Harvard, em Boston, Massachusetts. — Gorduras saturadas aumentam o LDL, o mau colesterol, que uma das principais causas das placas que obstruem as artérias e das doenças cardíacas.

A recomendação é que as gorduras saturadas — de laticínios, animais e óleo de coco e azeite de dendê, entre outras — sejam substituídas por gorduras mono ou poli-insaturadas, encontradas sobretudo em óleos vegetais, como o azeite de oliva e os óleos de milho, canola, girassol e soja.

 

Publicidade

Comentários:

  1. Thiago disse:

    Engraçado a mesma notícia em vários sites, porque não fala mal do refrigerante, óleo de canola do leite e outras porcarias que é vendido, óleo de coco sendo bom muitas empresas deixam de lucrar, o mais lamentável é colegas médicos acreditar nessas reportagem

  2. Aurélio disse:

    Mentir aqui pra prejudicar a saude de milhoes de brasileiros é um crime. Que é isso? O óleo de coco é disparadamente o melhor. Ja os outros são tao ruins que estão pagando pra rsses blogueiros e reporteres mentirem. kkkkkkkkk

  3. André Feliciano Coelho disse:

    Muito triste…
    Não dá nem pra comentar…
    Somente lamentar…

  4. Delusio disse:

    Parece piada. Óleos canola feito de derivado de petróleo ser mais saudável que o óleo de coco. Essas reportagens fazer-me rir. Pense nuns médicos, cientistas que são comprados pelas grandes indústrias só com a intenção de contribuírem para o mal do povo. E eu aqui pensando que isso fosse obra só da tv globo e da Record no Brasil, para não perderem seus comerciais. Uma pena. O mundo está todo infectado por gente do mal.

  5. DLM disse:

    …quanta besteira…..

  6. LOL disse:

    A reportagem morre quando indica a utilização de óleo de canola, que é tóxico e cancerígeno, em vez de qualquer fonte de gordura animal.

    Pra começar, canola não existe, é o nome do óleo processado. O nome certo da planta que se extrai o óleo é Colza, e pra ficar adequado ao consumo humano, é necessário reduzir o ácido do óleo, ácido este que no teor do óleo bruto é altamente tóxico.

  7. #ficaadica disse:

    O ovo, o café, a banha de porco entre outras coisas já foram os vilões e agora são os mocinhos… Qm entende esse turma?

  8. Marliene disse:

    Mentiras kkkkkkkkkk

  9. Larissa Pereira disse:

    Óleo de canola…. Kkkkk Que piada de mal gosto😣

  10. Larissa Pereira disse:

    Eu amo óleo de coco!!! Não vivo mais sem esse presente de Deus!!!!

  11. Larissa Pereira disse:

    Prejudicial é ter que ler essa reportagem!! Que mídia tosca!!!!

  12. [email protected] disse:

    Nada haver

  13. Marcus Paulo disse:

    A reportagem é tão mal elaborada que fala em manteiga, quando na verdade quem é prejudicial a saúde é a margarina, que foi criada pelos estados unidos, que a época da criação e com intuito de vendas, colocou que a banha de porco era muito prejudicial a saúde……..essa de dizer que a manteiga e gordura animal são prejudiciais a saúde é colocada porque as vendas de margarina caíram bastante e está afetando o bolso das grandes empresas

  14. Pedro George disse:

    Reportagem irresponsável! Eu tinha o colesterol altíssimo e triglicérides 400% acima do normal, depois que passei a usar óleo de coco juntamente com uma boa alimentação, consumindo baixo teor de carboidratos os meus níveis de colesterol e triglicérides normalizaram.

  15. marco.silva disse:

    kkkkkkk, piada, bom mesmo é margarina e óleo de Soja…

  16. Dagoberto disse:

    Interesses comerciais. Bom senso é o que deve prevalecer.
    Isso foi resultado de trabalho científico mal feito e com interesses escusos.