Publicidade

Ato em Belo Horizonte pede ‘fora Temer’ e ‘diretas já’

Manifestantes fazem ato em Belo Horizonte pela saída do presidente Temer e por eleições diretas  (Foto: Reprodução/ TV Globo)

Manifestantes se reuniram na manhã deste domingo (21) para um protesto contra o presidente Michel Temer (PMDB) na Praça da Liberdade, na Região Centro-Sul de Belo Horizonte.

O ato foi convocado pela Frente Brasil Popular, pela Central Única dos Trabalhadores, e outros movimentos sociais, estudantis e partidos de esquerda.

A mobilização foi motivada pela delação à Procuradoria Geral da República (PGR) feita pelos empresários da JBS, Joesley e Wesley Batista. Joesley gravou cerca de 30 minutos de conversa com Temer. Após o diálogo, o presidente virou alvo de um inquérito no Supremo Tribunal Federal (STF), autorizado pelo ministro Luiz Edson Fachin, relator da Operação Lava Jato, para que ele seja investigado por suspeita de corrupção passiva, obstrução à Justiça e organização criminosa.

A concentração começou por volta das 9h e no decorrer da manhã a praça foi sendo tomada por manifestantes. Por volta das 11h20, os manifestantes seguiram em passeata com destino à Praça Sete, no Centro da Capital. O sentido Centro da Avenida João Pinheiro foi ocupado pelo ato.

Em seguida, a manifestação pegou a Avenida Augusto de Lima e desceu a Rua Espírito Santo.

Neste horário, não havia uma estimativa de presentes por parte dos organizadores. A Polícia Militar não divulga estimativa.

G1
Comentários (8) enviar comentário
  1. Joao disse:

    Parece um comício do PT… outro partido envolvido totalmente na corrupção. Como podem pedir um remendo na constituição para que acusados pelos mesmo atos de corrupcao possam concorrer? Isso parece alienação. Isso tá cheirando a mais um golpe contra o povo… cheira a mais dinheiro, mais corrupção, quando penso na volta do PT corrupto. Lula ajudou a friboi, empresa corrupta.

  2. LUCY disse:

    CHORA TEMER !! GOLPISTA , ACHOU QUE IA SER PRESIDENTE SEM VOTOS.

  3. Nostradamos disse:

    Acompanhando as notícias on-line e em Tvs percebi que essas manifestações foram um grande "fracasso", haja visto a percepção do povo a não querer ser usado como "massa de manobra".

    Eu entendo que trata-se de uma estratégia PTralha para livrar o LULA da cadeia, visto já ter sido condenado e a próxima instância estar aproximando-se.

    Quero um Brasil melhor e todos os corruPTos na cadeia!

  4. Fran disse:

    Golpistas!

  5. MITO NELES disse:

    E GOPI

  6. Luciana Morais Gama disse:

    Por conta de 30 minutos de conversa com Joesley, Temer pode cair. O PT transformou o açougueiro em bilionário e não acconteceu nada. Kkkkk

Publicidade

Prestes a delatar, Palocci recebe outro tratamento na cadeia

Com tudo encaminhado para a delação, Antonio Palocci já recebe outro tratamento na cadeia. Suas refeições estão melhores, tem até uma pizza ocasional, e ele tem acesso a mais itens de higiene pessoal.

VEJA

Comentários (2) enviar comentário
  1. Blue disse:

    Até pizza anda recebendo no xadrez. Pode isso Arnaldo?

  2. Fran disse:

    Logo estará solto. Quem ele delatar não será preso, e assim por diante…

Publicidade

Antes do STF, Temer quer votações na Câmara e discute retaliar JBS

O presidente Michel Temer organiza uma reunião nesta noite no Palácio da Alvorada com os principais aliados, presidentes de partidos e líderes, para pedir que o Congresso vote na terça-feira (23) medidas econômicas que estão pendentes, antes do julgamento de quarta-feira no Supremo Tribunal Federal que vai analisar a perícia nos áudios da JBS.

A ideia de Temer é dar uma resposta nas votações para mostrar que seu trunfo ainda existe em meio à crise política: fazer o Congresso andar.

Temer pediu a Maia que vote o PLC da convalidação dos incentivos fiscais e as MPs do Refis e do INSS.

Em outra ponta, Temer avalia como retaliar a JBS economicamente. O presidente discutiu o assunto com auxiliares neste sábado (20).

A avaliação de interlocutores de Temer é que, se o governo conseguir bloquear ações, vão segurar a JBS “no bolso”. Isso porque o “prejuízo será gigante”, nas palavras de aliados de Temer.

Então, a ideia do governo é partir para o confronto econômico com a JBS, além do embate jurídico.

Preocupação
A grande expectativa do governo é com o que dirá o deputado Rodrigo Rocha Loures (PMDB-PR) para se defender.

Amigos de Loures admitem que o que ele disser pode ser determinante para o futuro de Temer.

 

G1

Comentários (4) enviar comentário
  1. jose vieira disse:

    Vamos tirá esse canalha dai, ele coisa não tem força e mais o querer não.

  2. Blue disse:

    Ele que se cuide senão os donos da JBS mandam fazer linguiça dele. Kkkkk

  3. paulor disse:

    facil de resolver….mandar uns fiscais da recita,tributação e do trabalho nas empresas dele…

  4. Blue disse:

    Kkkkkkk A base esfarelou-se menino. Pede pra ….. e sai.

Publicidade

Joesley negou ajuda a político tucano: “Vermelhos entregam mais”

Joesley Batista, da JBS, em delação premiada

Em 2014, um governador do PSDB foi pedir ajuda financeira à JBS e ouviu de Joesley que os “vermelhos (PT) entregam mais que vocês, os azuis (PSDB). Saiu sem nada. Como se sabe, a empresa desabrochou no governo do PT.

Radar

Comentários (8) enviar comentário
  1. Netto disse:

    Quão injusto eu fui… pelo visto os vermelhos são mais honestos.

  2. Paulo disse:

    BG esse PT é uma máfia todos sabem menos ELLES. Hoje estão no protesto os vermelhos do RN tudo "santinho".

  3. Botelho pinto disse:

    A mídia agora vai ter que fazer um esforço cavalar para convencer o povo que o PSDB rouba menos do que o PT. Todo mundo sabe que isso não é verdade.
    Todo esse circo montado era para condenar o PT e absolver os outros para a roubalheira poder continuar. Prova disso é que até agora só conseguiram provas cabais contra o PSDB.
    São todos iguais. Essa é que é a verdade.

  4. almir disse:

    Vermelhos entregam mais? Cadê as filmagens dos "vermelhos"? Ah, só filmou os portadores de "azul"?

    • joao disse:

      Ta dificil te entender porque é tao seletivo nos seus entendimentos. Nao consegue ver que nao existe o menos corrupto, todos sao corruptos. Nem o PT e nem o PSDB merecem respeito ou idolatraçao. Ideologia pra proteger o roubo? A era Lula continuou na era Temer, porque este foi eleito pelo PT. Sao todos iguais. Nao adianta pedir remendo na constituicao enquanto houver compra de votos e promessas populistas pra alienados. Lula é igual a Temer.

  5. Faro Fino disse:

    kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk
    Todas as empresas cresceram muito nos governos petistas porque o Brasil cresceu mais no período petista, que liberou crédito por meio dos bancos de fomento, para estimular o crescimento da indústria nacional.
    Simples assim!
    Por que não admitem isso?

    • M. D. R. disse:

      E o POVO! cresceu como rabo de CAVALO.

    • Netto disse:

      Todas ou as amigas do rei? Quantos gigantes do setor frigorífico surgiram?
      E no setor das empreiteiras? E bancário?

Publicidade

Mega-sena, concurso 1.932: ninguém acerta e prêmio acumula em R$ 34 mi

Mega-sena (Foto: Heloise Hamada/G1)

A Caixa realizou na noite deste sábado (20) o sorteio 1.932 da Mega-Sena. As dezenas sorteadas foram: 10 – 16 – 21 – 29 – 44- 55. Não houve acertadores, e o prêmio acumulou em R$ 34 milhões. O próximo sorteio será na quarta-feira (24).

A Quina teve 72 ganhadores. Cada um levou R$ 38.379,16. Outras 5.449 pessoas acertaram na Quadra, e ganharam, cada uma, R$ 724,45.

A estimativa de prêmio era de R$ 30 milhões. Se aplicado na poupança, o prêmio poderia render cerca de R$ 150 mil por mês.

enviar comentário
Publicidade

Colisão entre avião e caminhão deixa 8 feridos em aeroporto de Los Angeles

Caminhão de abastecimento tombou após colisão com aeronave da Aeroméxico no Aeroporto Internacional de Los Angeles (Foto: Damian Dovarganes / AP Photo)

Oito pessoas ficaram feridas, neste sábado (20), por conta de um choque entre um avião da companhia aérea Aeroméxico, com um caminhão de abastecimento em uma pista no Aeroporto Internacional de Los Angeles, nos Estados Unidos, segundo informações das autoridades.

A colisão ocorreu por volta das 14h30 (horário local, 18h30 de Brasília), após aterrissagem do Boeing 737 da linha aérea mexicana em um voo procedente da Cidade do México, disse o porta-voz do Departamento de Bombeiros de Los Angeles, Brian Humphrey.

O impacto causou o capotamento do veículo e os oito ocupantes, seis homens e duas mulheres, ficaram feridos.

“As duas mulheres têm lesões mais graves, enquanto os homens apresentam ferimentos mais leves”, disse Humphrey.

Ninguém que estava na aeronave, onde viajavam 146 pessoas entre passageiros e tripulantes, ficou ferido, afirmou o porta-voz dos bombeiros.

A asa direita do avião ficou danificada, mas não houve nenhum incêndio ou derrame de combustível. As autoridades aeroportuárias investigam as causas do acidente.

G1

enviar comentário
Publicidade

Reformas são mais importantes para elite econômica do que a preservação de Temer, diz analista

Um dia após as denúncias da delação de Joesley Batista, dono da JBS, milhares de brasileiros foram às ruas para protestar contra o presidente Michel Temer (PMDB) e pedir a convocação de eleições diretas. Com baixíssimo respaldo popular – segundo a mais recente pesquisa Ibope, a avalição positiva do governo é de só 10% -, o futuro político de Temer está nas mãos tanto de partidos da base quanto de setores da economia.

Comentários (2) enviar comentário
  1. Blue disse:

    Diretas Já!

  2. M. D. R. disse:

    Em conversas entre amigos, disse que TEMER, como sombra de dúvidas ia governar para as ELITES ou seja; BANQUEIROS, LATI-FUNCIONÁRIOS, EMPRESAS DE GRANDE PORTE e EMPRESAS DE INTERNACIONAIS. Digo, através dos jornais e redes sociais que 70 a 80% dos nossos PARLAMENTARES foram comprados para a provar as reformas do TRABALHO e PREVIDÊNCIA. Eis os resultados das DELEÇÕES, criminando sistematicamente o PRESIDENTE TEMER. Sainda sem trauna seria a sua renúncia.

Publicidade

Peritos afirmam que partes importantes da gravação de Joesley com Temer não foram editadas

Em pronunciamento feito na tarde deste sábado (20), o presidente Michel Temer falou de perícia encomendada pelo jornal “Folha de S. Paulo”, segundo a qual houve 50 edições no áudio entre ele e Joesley Batista. Temer não mencionou que o perito do jornal disse que estava íntegra a parte mais relevante da fita – a que envolve o ex-deputado Eduardo Cunha.

Outras perícias, sobre as quais o presidente também não falou, mencionam número bem menor de edições. A perícia feita pelo jornal “O Estado de S. Paulo” fala de 14 edições, e confirma que está intacta a parte referente a Eduardo Cunha. Também intacto está outro trecho, segundo o perito d'”O Estado de S. Paulo”. É o trecho sobre a manipulação de juízes por parte de Joesley Batista.

Dois outros respeitados peritos concluíram que a fita inteira está intacta, sem sinais de adulteração ou edição.

A reportagem da “Folha de S. Paulo” diz que o áudio entregue por Joesley Batista tem cortes, segundo a análise de um perito contratado pelo jornal. O jornal afirma que “a perícia contratada pela Folha concluiu que a gravação sofreu mais de 50 edições”. O laudo foi feito por Ricardo Caires dos Santos, perito judicial pelo Tribunal de Justiça do Estado de São Paulo.

Ele diz que o áudio divulgado pela Procuradoria Geral da República tem indícios claros de manipulação, mas que “não dá para falar com que propósito”.

Em entrevista à “Folha”, outro perito, Ricardo Molina, da Universidade Estadual de Campinas (Unicamp), declarou que a gravação é de baixa qualidade técnica. Ele diz que “percebem-se mais de 40 interrupções, mas que não dá para saber o que as provoca”. Ricardo Molina diz que “pode ser um defeito do gravador, que pode ser edição, não dá para saber”.

Ainda de acordo com a reportagem da “Folha de S. Paulo”, “no momento mais polêmico do diálogo, quando, segundo a PGR, Temer dá anuência a uma mesada de Joesley a Cunha, a perícia [feita por Ricardo Caires dos Santos] não encontrou edições”.

O jornal “O Estado de S. Paulo” também aborda o tema, na edição deste sábado, com um perito que diz que “detecta 14 ‘cortes’ no áudio de conversa entre Temer e empresário”. Mas o pertido, segundo o jornal, também “não vê, no entanto, ‘fragmentações’ no intervalo em que Eduardo Cunha é citado”. Ao “Estadão”, o perito Marcelo Carneiro de Souza disse que “os 14 trechos em que o perito encontrou possíveis edições estão entre o 14º minuto e o 34º minuto do áudio”.

Essa parte da gravação não inclui o trecho em que Joesley fala que está segurando dois juízes e um procurador. Este trecho, segundo o perito, não tem edição.

A Secretaria Especial de Comunicação Social da Presidência da República confirmou em nota, no próprio dia em que o áudio veio a público, que “o presidente Michel Temer não acreditou na veracidade das declarações”. Segundo a nota, “o empresário estava sendo objeto de inquérito e por isso parecia contar vantagem”. A nota diz que “o presidente não poderia crer que um juiz e um membro do Ministério Público estivessem sendo cooptados”.

O Jornal Nacional também ouviu a opinião de peritos que analisaram a conversa entre Michel Temer e Joesley Batista. Os dois peritos chegaram à conclusão de que toda a gravação está intacta.

O perito George Sanguinetti, professor da Universidade Federal de Alagoas (Ufal), publicou o resultado da análise da conversa numa rede social. Em 1996, o perito teve papel importante na investigação da morte de PC Farias, ao contestar a versão de que o empresário teria cometido suicídio. George Sanguinetti diz que uma equipe multidisciplinar participou do trabalho e declara que “não há qualquer alteração no conteúdo de áudio do original gravado, sem sinais de montagem ou remanejo na gravação”.

O Jornal Nacional conversou com Sanguinetti por telefone. Ele afirmou que “dá para afirmar que não há cortes, que não há edição, baseado exatamente no curso da conversação da ausência de ruídos que caracterizem mudanças de ambiente ou que tenham sido partes realizadas em outro local”. “Na minha avaliação não há edição”, disse o perito.

Nelson Massini, perito forense e professor da Universidade Estadual do Rio de Janeiro (Uerj), também conclui que não houve edição. “Se percebe que isso foi feito com um gravador amador, quer dizer, não existe aí nenhum profissionalismo, provavelmente ele deveria estar num bolso, né, de um, de um blazer ou de um paletó. E esse ruído é constante. Então a gente percebe que ele apesar de ter esse ruído, ele não há interrupção, ele é mantido na mesma posição, mantido o ruído até o final. Então não há, a princípio, nenhuma alteração, nenhum corte que demonstre que tenha sido editado.”

O presidente Temer encaminhou a gravação que Joesley fez da conversa com ele para o Serviço de Inteligência da Presidência da República. A Procuradoria-Geral da República informou que foi feita uma avaliação técnica da gravação da conversa do dono da JBS com o presidente Temer, e concluiu que o áudio revela uma conversa lógica e coerente. E que a gravação anexada ao inquérito do STF é exatamente a entregue pelo colaborador. E que sua integridade poderá ser verificada no processo.

G1
Comentários (5) enviar comentário
  1. Blue disse:

    Presidente sem vergonha. Tramando contra a lava jato é contra a economia do país.

  2. Flavio Cavancanti disse:

    O que se deve esclarecer é: Houve edição ou não? Se foi parte, meia parte o todo, uma fração, não interessa, salvo se o único objetivo for apenas crucificar Temer.
    Agora gostaria de saber: A gravação de Lula com Dilma foi ANULADA pelo STF pois envolvia um presidente. Essa gravação de Temer em uma armadilha de empresário sem escrúpulos vai valer?
    O STF vai ter duas posições para uma mesma situação? Isso pé justiça?
    Não estou defendendo ninguém, mas não pode uma mesma situação ter duas formas de entendimento pelo mesmo colegiado

    • Faro Fino disse:

      Alto lá cara pálida!
      A gravação de Dilma e Lula foram anuladas porque não haviam sido autorizadas.
      Não se apresse a defender o que defesa não tem.
      Temer e Aécio foram pegos com a boca na botija com provas concretas produzidas com autorização judicial e revelaram verdades que vc não pode desmentir: que o golpe foi articulado para "ESTANCAR A SANGRIA", protegendo os corruptos do PMDB e do PSDB, além dos aliados; e que as nomeações de Alexandre Morais para o STF e Osmar Serraglio para o Ministério da Justiça, visavam travar as investigações que estavam chegando em suas bundas sujas de corrupção.
      Também se revelou o que todos nós já sabíamos: que Gilmar Mendes nunca foi isento e imparcial, e sim um agente Tucano infiltrado na mais alta corte para fazer a politicagem do PSDB, negociando e articulando com políticos e empresários em prol do poder econômico, político e jurídico.
      Se manque inocente!

    • ESCORSESE disse:

      #FORATEMER #DIRETASJÁ

    • ricardo neto disse:

      Os dois casos são de tentativas de obstrução a justiça. Derruba logo a chapa (DILMA e TEMER) no TSE, e anula a eleição irregular, e manda ver prisão nos ex-aliados. farinha de um saco só.

Publicidade

Economia volta a mergulhar na incerteza

O FIADOR - Henrique Meirelles, ministro da Fazenda: plano de ação para conter os efeitos da crise sobre a economia e limitar a desvalorização do real

Parece urucubaca. Depois de ensaiar uma bem-­vinda retomada, a economia voltou a mergulhar na incerteza. A semana havia se iniciado com a divulgação de indicadores auspiciosos, os quais apontavam para a volta do crescimento econômico e da criação de empregos no mercado de trabalho. Era dado como certo, na avaliação da absoluta maioria dos analistas, que a recessão havia finalmente sido superada, depois de dois longos e tenebrosos anos. A expectativa era que a recuperação seria consolidada ao longo de 2017, favorecida pelo avanço das reformas e da redução na taxa de juros.

O duro trabalho de reequilíbrio da economia estava surtindo efeito. Mas, a partir de agora, as perspectivas dependerão dos desdobramentos políticos. O presidente Michel Temer sai? Se sair, quem será o novo presidente? E quem serão os membros da nova equipe econômica? Ou a equipe atual, liderada pelo ministro Henrique Meirelles, permanece onde está? E, se Temer ficar, conseguirá aprovar as reformas? O Banco Central vai continuar a reduzir as taxas de juros? São muitas perguntas e poucas respostas. Só nos próximos dias (talvez semanas) será possível dimensionar o real impacto da crise sobre a retomada.

Um dado, pelo menos, é certo: o otimismo se esvaziou. Na quinta-feira, o dia seguinte ao da divulgação da delação de Joesley Batista, o Ibovespa, o principal índice de ações da bolsa brasileira, entrou em pânico — e caiu 8,8%, o pior resultado desde outubro de 2008, no auge da crise financeira global. Foi preciso acionar o circuit breaker, mecanismo pelo qual as vendas de papéis são interrompidas por trinta minutos quando o pregão chega a cair 10%. No dólar, outra paulada. A cotação da moeda americana saltou de 3,13 para 3,39 reais, uma alta de 8,3%, a maior desde 2003. Algumas das maiores empresas brasileiras viram suas ações perder, em instantes, mais de 10% de seu valor. Uma Petrobras inteira evaporou do mercado, somando-se todas as perdas registradas. Na sexta-feira, por volta das 14 horas, as ações subiam em torno de 3%, em um movimento de ajuste — e não de normalidade.

 

VEJA

Comentário (1) enviar comentário
  1. Blue disse:

    Esse Meireles precisa ter o sigilo quebrado. Sei não …..

Publicidade

PGR avalia que já pode denunciar Temer ao STF

A Procuradoria-Geral da República considera já ter elementos probatórios suficientes para denunciar Michel Temer ao STF, ou seja, pedir a transformação do inquérito em um processo penal.

A convicção da PGR é forte em relação aos crimes de organização criminosa e corrupção passiva. A denúncia será em breve. Pela Constituição, após Rodrigo Janot fazer a acusação formal, dois terços da Câmara teriam que dar o aval para o STF votar se aceita a acusação.

Recebida a denúncia pelo Supremo, Temer se torna réu e é obrigado pela Constituição a se afastar do cargo por 180 dias. Rodrigo Maia assumiria. Se o plenário do STF não julgar o caso nesses seis meses, Temer retornaria para o Planalto.

 

O Globo

Comentários (3) enviar comentário
  1. Blue disse:

    Mete bronca Janot. Encurrala esse corrupto.

    • Sansonilton disse:

      KKKK. Os petelhos acham que os pecados dos outros redimem os crimes do barbudo e da gang toda. CADEIA PRÁ TODO MUNDO

  2. LUCY disse:

    CHORA TEMER ! KKK

Publicidade

‘Não queremos um presidente que não seja eleito pelo povo’, diz Lula

 O Estado de S.Paulo

20 Maio 2017 | 18h24

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva defendeu neste sábado, 20, na sede do PT municipal de São Bernardo, eleições diretas para a eventual sucessão do presidente Michel Temer e reiterou que está disposto a disputar pela sexta vez a Presidência.

Segundo Lula, a escolha do possível sucessor de Temer por via indireta é uma manobra para manter a agenda de reformas iniciada após o impeachment de Dilma Rousseff. “Queremos eleição direta, queremos que o Temer saia logo, mas não queremos um presidente que não seja eleito pelo povo. Se a gente perder democraticamente, valeu o jogo. O que não pode é alguém indicar o presidente pela gente”, disse Lula, durante posse da direção do PT de São Bernardo.

Se colocando mais uma vez na condição de vítima de uma perseguição dos meios de comunicação, Lula disse que as denúncias de corrupção das quais é alvo lhe dão mais ânimo para voltar à disputa eleitoral. “Quando eu tinha imaginado que já não seria candidato a nada agora, com esta provocação, com esta quantidade de denúncias, isso me dá vontade de disputar a eleição.”

Lula, porém, colocou condições para que a vontade se transforme em realidade, inclusive a Justiça. O ex-presidente é réu em cinco processos por corrupção e, se for condenado em segunda instância, fica inelegível pela lei Ficha Limpa. “Minha definição vai depender do partido, de uma aliança, da Justiça, da minha saúde, do PT. Mas, se eu puder contribuir para recolocar o Brasil na rota do crescimento, recuperar o orgulho nacional, recuperar a autoestima deste povo, podem ter certeza que não morrerei logo e estarei na trincheira.”

Diante da nova denúncia do empresário Joesley Batista, dono da JBS, que disse ter pago US$ 50 milhões em vantagens indevidas ao ex-presidente, Lula foi irônico. “Devo ser o único babaca no mundo que tem dinheiro depositado, mas que não está no meu nome. Eles devem ter pensado que esse Lula é tão tonto que podem fazer isso.”

Lula também escolheu o adversário nas urnas, a Rede Globo. “Vou dizer em alto e bom som. Deus queira que a Globo invente um candidato dela porque nós vamos derrotar o candidato da Globo.” E indicou que o impeachment de Temer não é o melhor caminho. Segundo ele, o impeachment de Dilma demorou oito meses “com a maioria do Congresso a favor”. “Se tiver a metade (do Congresso a favor da saída de Temer) vai demorar mais.”

Comentários (38) enviar comentário
  1. Waldemir disse:

    Só uma pergunta
    Por que o PT nunca quer cumprir a lei???
    Não pode haver eleições diretas e sim indiretas e lei
    Já que tiveram o poder nas mãos por 13 anos por que não mudaram as leis
    PONTO
    Entenderam MILITONTOS ou precisa desenhar

  2. Sansonilton disse:

    Eu acho lindo esses petelhos que tem bandido de estimação.

  3. Paulo disse:

    BG. Esse bandido que vive se lançando candidato tem que ir pra cadeia, precisamos de gente decente para governar está Nação continental de um povo espoliados por MELIANTES desqualificados e Cínicos. Avante Brasil com gente decente e honesta a lhe governar. Marginais e bandidos precisam se candidatarem a presidente de ala de presídios de preferência Is.

  4. Paulo disse:

    BG.
    Primeiro temos que prender todos esses BANDIDOS que ficam insinuando candidaturas que não existirão depois vamos verificar quem poderá ser o vandidatovque seja ficha limpa e que possa governar este País continental. Agora ladrões sejam quem forem deverão ir para os presídios.

  5. Blue disse:

    Diretas Já! Esse Congresso não é isento para escolher alguém para ocupar a presidência. A bandidagem ali é grande.

  6. Chico disse:

    Um anjo caído , hó mizeria, kkk

  7. Faro Fino disse:

    Numa verdadeira Democracia o povo não é o Problema , mas sim a solução.
    E numa Democracia respeita-se a regra da maioria.
    O que a maioria da população deseja?
    Vamos deixar o povo decidir?
    Estão com medo das Reformas que interessam somente aos pequenos grupos de Ricos e Milionários desse País?
    A Democracia emana da vontade soberana do povo.
    Diretas já!!!

    • MITO NELES disse:

      E GOPI

    • Ceará Mundão disse:

      Vc deve ser mais um que tenta defender suas "boquinhas". "Cumpanhero" sabichão, a Constituição é clara. Outra coisa, agora o impeachment passou a ser legal e bom pro Brasil? Vcs são mesmo uns "artistas". O povo brasileiro é q é muito trouxa mesmo. Acreditar em vcs é demais.

  8. Edu disse:

    Escoooo

  9. Edivaneide disse:

    Qual é a moral que esse ex-presidente Lula tem de dizer que está disposto à disputar uma eleição, na qual sabe-se que ele é o principal responsável de todas essas corrupções, paciência, isso é querer subestimar à inteligência dos brasileiros. Só defende Lula, quem realmente não tem noção e está com uma veda na visão. Infelizmente nosso país foi entregue à corruptos, cada um pior do que o outro independente de partidos. Na verdade, era para haver eleições gerais para :Presidente, senadores, deputados federais e estaduais e também governadores. Porque nosso Brasil precisa ser passado à limpo. Uma outra alternativa eram quem assumir ser Henrique Meirelles até o final de 2018. Porque pelo visto o atual Michael Temer não mais às mínimas condições de conduzir nosso país. E em caso de novas eleições votar em Lula para que? Se o cara já está enrolado e enterrado em corrupções, nesse caso os brasileiros e brasileiras estariam acabando de enterrar o Brasil.

  10. Antonio disse:

    O que o povo não quer é presidente LADRÃO, de partido que se configura como organização criminosa!!
    Portanto, Lula, você e o seu partido estão fora!!

  11. Andinho disse:

    Não queremos um Presidente que tenha desviado dinheiro do Povo, não queremos um Presidente que use o Povo para beneficiar a si e aos seus.
    Fora todos os políticos envolvidos em crimes e desmandos!!!!
    Não reeleja bandido!!!

  12. vani disse:

    E qual será esse que mereça ser eleito pelo povo?????

  13. Herculano disse:

    Esse oportunista desonesto ta doido pra escancarar o BNDES e a PETROBRAS pra esses vagabundos mundo a fora. Pra depois falar que não sabe de nada.

  14. Charles disse:

    Esse bandido tem que governar é a cadeia. Se um bandido desse voltar é pq o povo brasileiro merece sofrer por toda existência.

  15. Arnaldo Lopes disse:

    Concordo "mula",só não pode ser bandido.

  16. EDUARDO AGUIAR disse:

    Não quer indiretas porque sabe que não tem chance, kkkkkk. Tão santinho ele. Quem enriqueceu a JBS com empréstimos bondosos do BNDS. É de da nojo a cara de pau desse bandido.

  17. Fran disse:

    Vagabundo oportunista!!!! Tem de ser preso imediatamente.

    • Marcus Paulo disse:

      Mostra as provas que ele vai preso. Hipocrisia

    • MITO NELES disse:

      E GOPI, ele nunca pegou numa prova pois é Jumento de nascença igual os Jumentos Molitontos.

    • Waldemir disse:

      Marcus Paulo
      A maior prova que ele é um ladrao e vc seu MILITONTO
      Alguém viu ou ouviu que Hitler deu algum tiro na 2 guerra
      E põe que ele foi julgado por extermínio????
      Entenderam agora seus MILITONTOS

  18. Mércio Torres disse:

    Esse rapaz era pra ser proibido até de falar. daqui há 2 meses ele irá, estará no xadrez.

  19. Marcos disse:

    Um ordinário, querendo fugir das garras da justiça.

  20. paulo martins disse:

    Luiz Inácio Odebrecht da Silva tem a moral de uma antiga freira que trocou o convento pelo prostíbulo e agora, na perspectiva de ir em cana, quer voltar a "evangelizar" seus fiéis babacas. Conta a seu favor, porém, o fato de que o apoio a ele e a Dilma Duchefe não passa pelo raciocínio; passa apenas pela fé desses babacas lobotomizados.

  21. djalma disse:

    Ô Lula, oque "nós queremos" é roubar, né? Somente um chego fanático não vê que os roubos da odebreacht e da JBS foram feitos durante os governos do senhor Nine e da Iolanda Dilma, governo do PT. Tem resposta para isto?

  22. Abel disse:

    Acabou com o Brasil e ainda ficam se fazendo de bom moço, lugar de bandido é na cadeia.

  23. Zeca disse:

    Tudo que eu queria era que alguém acabasse com esse câncer chamado rede globo.

  24. MITO NELES disse:

    Não queremos Ladrões pois já estamos Cansados

  25. A.Augusta. disse:

    O PIOR PRESIDENTE É QUANDO O POVO ESCOLHE ERRADO E SE APAIXONA A PONTO DE NÃO ENXERGAR; O QUANTO ELE É DANOSO PARA NAÇÃO. E CONTINUA NA INSISTÊNCIA PARA REPETIR O GRAVE ERRO.

  26. Silvia disse:

    Queremos um presidente com caráter , honestidade e ético .
    Não temos opções na presente data
    Nosso Brasil está pobre de pessoas com estas qualidades

  27. Carlos disse:

    Esse povo não lê a Constituição? Vivem a falar em GOPI, e não querem cumprir o que está escrito. Estou começando a acreditar que a coisa foi armada, como alguns falam. Claro que o presidente Temer não tem mais condições de governabilidade, mas querer atropelar a Constituição em função de um projeto de governo que deu no que deu, é muito.

  28. Blue disse:

    Diretas já!

Publicidade

PSDB convoca reunião de emergência para discutir se continua com Temer

FOLHAPRESS

O PSDB, principal partido aliado de Michel Temer, convocou uma reunião de emergência da cúpula do partido para este domingo (21), em Brasília, para discutir se mantém seu apoio ao governo.

Diante do agravamento da crise provocada pelas acusações feitas contra o presidente por executivos da JBS, o partido decidiu antecipar as discussões sobre a continuidade de sua aliança com o peemedebista.

Parte dos dirigentes da sigla defendem, nos bastidores, uma articulação rápida para que Temer deixe o poder, com a construção conjunta entre partidos aliados de uma candidatura para a eleição indireta que seria convocada nesse caso.

O presidente nacional do DEM, o senador Agripino Maia, também vai participar da reunião. O PSDB e o DEM têm um acordo: só decidirão deixar o governo Temer se o fizerem em conjunto.

O PSDB ocupa quatro ministérios no governo (Cidades, Relações Exteriores, Secretaria de Governo e Direitos Humanos), e dá sustentação a Temer no Congresso com 47 deputados e dez senadores. Trata-se do maior aliado do PMDB na coalizão governista.

Alguns deputados já manifestaram abertamente o desejo de deixar o governo imediatamente. No Senado, há cautela: o cenário traçado é o de convencer Temer a renunciar ou pressionar o TSE (Tribunal Superior Eleitoral) para que casse o mandato de Temer.

Na quinta-feira (18), o ministro Bruno Araújo (Cidades) chegou a comunicar à cúpula do partido que entregaria o cargo, mas foi demovido. Temer recebeu, então, os tucanos que integram seu governo e pediu que eles mantivessem seu apoio em nome da estabilidade econômica e política.

As revelações de detalhes das delações do empresário Joesley Batista, entretanto, ampliaram a instabilidade do governo e reacenderam no PSDB as conversas em torno de um cenário de sucessão imediata de Temer.

Os principais caciques do partido têm consultado o ex-presidente Fernando Henrique Cardoso sobre o assunto. Na quinta-feira, ele chegou a publicar nota em que defendia a renúncia de Temer.

Naquele mesmo dia, o peemedebista e o tucano conversaram por telefone. FHC revelou preocupação com o cenário político, segundo relatos de dois aliados, mas admitiu que a sugestão de renúncia fora precipitada.

DESEMBARQUE

Partidos da base de Temer já começaram a dar sinais de desembarque do governo. No sábado (20), a cúpula do PSB decidiu pedir a renúncia do presidente para “acelerar a solução da crise de governabilidade já instalada”. O partido já assinou também um pedido de impeachment do peemedebista.

A sigla, na prática, integra a base aliada por ter um de seus quadros no comando do Ministério de Minas e Energia, o deputado Fernando Filho.

O PPS decidiu manter o apoio a Temer, mas o ministro Roberto Freire pediu demissão da pasta da Cultura. Na quinta-feira (18), o PTN havia anunciado o rompimento com o governo.

Comentários (6) enviar comentário
  1. Carlos edival disse:

    Quando o navio das benesses está afundando, todos os ratos começam a fugir.

  2. Charles disse:

    Oportunistas de plantão.

  3. vani disse:

    Jesus!! Esse partido ainda tem coragem de abrir a boca!

  4. Carlos Bastos disse:

    Meu Deus o que o Senador José Agripino esta fazendo nessa reunião, esse senador responde a cinco processo no STF.

  5. Fran disse:

    Isto não é reunião, é formação de quadrilha.

  6. Blue disse:

    Fora Temer

Publicidade