Publicidade

Classificação Série B. ABC é o 14º

Rodada: 32

Equipe PG J V E D GP GC SG %
Manteve-se na mesma posição em relação à rodada anterior Portuguesa 67 32 19 10 3 68 33 35 70%
Manteve-se na mesma posição em relação à rodada anterior Ponte Preta 57 32 16 9 7 54 37 17 59%
Manteve-se na mesma posição em relação à rodada anterior Náutico 53 32 14 11 7 42 35 7 55%
Manteve-se na mesma posição em relação à rodada anterior Americana 50 32 14 8 10 37 37 0 52%
Manteve-se na mesma posição em relação à rodada anterior Sport 48 32 13 9 10 48 39 9 50%
Subiu em relação à rodada anterior Bragantino 48 32 13 9 10 53 48 5 50%
Subiu em relação à rodada anterior Criciúma 48 32 13 9 10 39 35 4 50%
Subiu em relação à rodada anterior Vitória 47 32 13 8 11 48 42 6 49%
Desceu em relação à rodada anterior Boa Esporte 47 32 13 8 11 34 29 5 49%
10º
Manteve-se na mesma posição em relação à rodada anterior Paraná 44 32 12 8 12 41 37 4 46%
11º
Manteve-se na mesma posição em relação à rodada anterior G.Barueri 44 32 12 8 12 41 43 -2 46%
12º
Subiu em relação à rodada anterior São Caetano 43 32 10 13 9 51 45 6 45%
13º
Subiu em relação à rodada anterior Goiás 42 32 13 3 16 43 48 -5 44%
14º
Desceu em relação à rodada anterior ABC 42 32 10 12 10 40 44 -4 44%
15º
Desceu em relação à rodada anterior ASA 41 32 11 8 13 37 47 -10 43%
16º
Subiu em relação à rodada anterior Guarani 40 32 11 7 14 40 42 -2 42%
17º
Desceu em relação à rodada anterior Icasa 39 32 9 12 11 48 49 -1 41%
18º
Manteve-se na mesma posição em relação à rodada anterior Vila Nova 30 32 7 9 16 28 42 -14 31%
19º
Manteve-se na mesma posição em relação à rodada anterior Salgueiro-PE 28 32 8 4 20 28 49 -21 29%
20º
Manteve-se na mesma posição em relação à rodada anterior Duque de Caxias 15 32 2 9 21 26 65 -39 16%
enviar comentário
Publicidade

Caso Rhanna: Rômulo Lemos quebra o silêncio e alega legítima defesa

Rômulo Lemos concedeu entrevista ao Portal BO e pediu que população não o condene antes do fim do processo judicial.

Por Thyago Macedo e Sérgio Costa

Pivô de um caso que ganhou repercussão nacional nas últimas duas semanas, sendo acusado de agredir a universitária Rhanna Diógenes em uma boate natalense, Rômulo Lemos do Nascimento resolveu se pronunciar e respondeu algumas perguntas do Portal BO. Sem querer aparecer, mesmo tendo sua imagem divulgada nas redes sociais, o jovem lamentou a confusão e declarou que está “triste e abalado”

Rômulo Lemos afirmou ainda que está arrependido de ter dado em cima da universitária durante a festa na boate e chegou a pedir que ela refletisse sobre um possível exagero com as acusações. O jovem informou à equipe de reportagem que continua morando em Natal, mas passou a viver recluso dentro de casa.

Confira a entrevista:

Portal BO – Rômulo, seu nome tem sido citado em vários pontos de Natal e do Brasil, assim como é motivo de comentários em grupos de diversas classes sociais. O que você tem a dizer para essas pessoas sobre as acusações que lhes são atribuídas?
Rômulo Lemos: O que tenho a dizer é que essas pessoas esperem o desfecho do processo para poderem emitir suas opiniões, assim como o vídeo sem edição que a delegacia até o presente momento ainda não disponibilizou para mim e para o meu advogado, doutor Durvaldo Varandas. Gostaria de pedir que as pessoas não me julguem e não me condenem antes do final do processo, assim como antes de verem o vídeo original, sem edição. Gostaria de deixar uma pergunta para aquelas pessoas que já me condenaram: Se ela diz que eu tentei agarrá-la e beijá-la a força, por que o vídeo não mostra isso? Vou me antecipar e responder. Não mostra porque isso não existiu.

Portal BO – As fraturas no antebraço de Rhanna, em sua opinião, foram motivadas por acidente ou você reconhece que pode ter usado algum tipo de força desproporcional, mesmo que sem intenção?
Rômulo Lemos: Acredito que as fraturas foram ocasionadas pela queda dela, pois, além do piso da boate está molhado, ela jogou bebida em mim e está mesma bebida foi derramada no chão, o que pode ter feito com que ela escorregasse. Não acredito que tenha usado força desproporcional, até porque foi algo instintivo. Foi uma reação instantânea de autodefesa, sem nenhuma intenção de machucá-la. Percebam que o vídeo, mesmo editado, mostra que diferentemente do que ela alega, eu não tentei agarrá-la, nem muito menos beijá-la, mas sim mostra que eu estava na minha, quando ela vem em minha direção enquanto amigos dela tentam contê-la. Enfim, como já disse, foi algo muito rápido, motivado por uma ação dela. Eu pensei naquele instante em que ela jogou bebida em mim, que ela jogaria o copo na minha cara, daí o meu pensamento naquele momento era de tão somente me desvencilhar dela.

Portal BO – Por que após a confusão você saiu da boate como se estivesse apressado?
Rômulo Lemos: Saí da boate porque diferente dela que estava acompanhada, eu estava só.

Portal BO – O que você sentiu quando soube que Rhanna havia quebrado o braço?
Rômulo Lemos: Quando soube que ela fraturou o braço, fiquei bastante tristre e abalado, assim como estou até hoje, não só por isso, mas pelas ameaças que venho sofrendo, além de em nenhum instante ter passado pela minha cabeça em machucá-la. Lamento muito o que aconteceu, mas tenho consciência que agi em legitima defesa, motivado por uma ação dela. Torço para que ele se recupere logo.

Portal BO – A polícia afirma que outras mulheres o acusam de ameaça ou agressão. É verdade?
Rômulo Lemos: Quanto a este fato, isso é público e notório. Mas de antemão informo que tais afirmações não correspondem com a verdade, pois se fossem, por que estas pessoas não registraram a ocorrência? É muito fácil acusar, ainda mais quando pegam alguém para cristo, assim como estão fazendo comigo. O importante é que tenho fé em Deus.

Portal BO – Como está sua rotina hoje? Você tem medo de sair na rua?
Rômulo Lemos: Hoje, a minha rotina é praticamente ficar recluso, seja na minha casa ou na casa de parentes, pois em casa não me sinto mais seguro. Minha vida virou um verdadeiro inferno. Hoje, não consigo comer direito, não consigo dormir direito, vivo vomitando de tanto que estou abalado emocionalmente com o que aconteceu, principalmente, com a repercussão do caso, tendo sido exposto até na mídia nacional, a exemplo do programa Fantástico, ao qual também dei uma entrevista para ser veiculada amanhã. Hoje, morro de medo de sair na rua, pois fico imaginado que alguém está me seguindo para me matar ou algo parecido.

Portal BO – Você se arrepende de alguma coisa que tenha dito à Rhanna dentro da boate ou alguma atitude que teve?
Rômulo Lemos: Me arrependo de ter dado em cima dela. Pois se não tivesse dado em cima dela, nada disso estaria acontecendo.

Portal BO – Pra finalizar, vamos fazer a mesma pergunta que foi feita à Rhanna em outra entrevista. O que você diria para ela caso tivesse que encontrá-la?
Rômulo Lemos: O que tenho para dizer a ela, é que ela coloque a mão na consciência e veja o que ela fez e ainda continua fazendo comigo. Pediria que ela refletisse acerca do que ela fez e visse se não existe um grande exagero por parte dela, principalmente por estar me acusando de algo que tenho a plena consciência que não tive culpa, mas, que por uma fatalidade, aconteceu e poderia ter acontecido com qualquer pessoa que sai na noite para se divertir. Diria que acima de todos existe Deus, a quem neste momento eu me apego, assim como confio na imparcialidade do juiz ou juíza que irá eventualmente me julgar.

Comentários (25) enviar comentário
  1. Mayrana disse:

    Pois é…tb acho esse Carlos Eduardo defensor demais…estranho! Mas ele tem que pegara sim,vemos no vídeo que ele puxa a menina para baixo. Em momento algum a vimos escorregando no chão. Ou será que ela escorregou antes e só veio sentir o braço depois?kkkkkkkkkkkkkkkkkkkk.Impossível! As imagens dizem tudo…quero saber o pq dele querer o vídeo na íntegra.Acho que o que vimos já é suficiente. Pessoas como ele tem que pegar pelo que fez sim…chega de impunidade.

  2. Deb5 disse:

    O pior é que vemos nitidamente nesse caso como funciona a justiça brasileira, moças que foram agredidas antes por esse rapaz denunciaram e nada se fez , mais quando se mexe com uma menina que tem as "costa largas" as coisas mudan de figura. moral da historia o cara vai se fuder mais n pelo que fez e sim por que fez com uma pessoa que tem uma familia previlegiada. historia do geitinho  brasileiro de um lado um agressor e do outro hipocritas com dinheiro no bolso dizendo que luta por uma causa, quando na verdade quer  apenas vingança.

  3. Apreco disse:

    Eu também acho que ele quebrou o braço dela, mas a imagem do vídeo é ruim, é rápida, tem muita gente na frente. Isso é emitir opinião. Agora eu vi vários comentários usando termos como "É EVIDENTE".  Eu quero mais é que ele se exploda (no meu direito livre de expressão). Acho ótimo os Nardoni estarem presos, assim a sociedade fica aliviada. Mas foi na pressão da mídia que eles foram presos. Não teve testemunha, apenas mídia, um monte de opiniões, a sociedade desconfiada. É assim toda vez que ninguém sabe como aconteceu. Sei que são poucos os erros da justiça. Mas tem muito inocente que passou 30 anos na cadeia de graça, apenas por que precisavam de um culpado.  E voltando ao assunto: acho sim que ele é culpado, "acho", não posso dizer "certeza", eu não estava lá. Mas que ele tem um péssimo histórico tem.

    E André… não tiro seu direito de expor, apenas existe a diferença entre opinião pessoal e fato. Na matéria do fantastico colocaram um perito para explicar como o Braço foi quebrado. Antes disso apenas um monte de gente que não sabe como se quebra um braço, afirmando (e não opinando) que foi "assim" ou "assado".

    • Deise Santos disse:

      Os Nardonis não foram condenados ao bel prazer da população, houve um excelente trabalho da perícia paulista por trás de toda estória.

  4. Milena disse:

    Ei vi na TV uma pessoa dizendo que esse cara andava armado…

     isso é o que dá mais medo! Será que, nos termos da lei, nao tem como tirar essa arma dele não?

    a campanha hoje em dia é pelo desarmamento e logo esse cara andando armado…

    ele tem direito de ficar usando essa arma mesmo com esses antecedentes dele?

    alguem aí fale alguma que possa ser feito para tirar essa arma dele!

  5. Rozana Puccini disse:

    É complicado falar de algo que não é presenciado, mas o caso não teria ido a rede nacional se as imagens não demonstrassem algo sério. Realmente acusar alguém é grave,  mas emitir opinião é direito de todos, principalmente baseado em informações e vídeos. É fato que ele já está pagando por suas atitudes, pois ser apontado é triste, e não só por uma pessoa mas pelo país inteiro. Esse fato é um entre tantos não divulgados. Os jovens mimados em casa, muitas vezes não sabem sentir o 'não' de outrem, e com o estímulo de bebida então… Nossas crianças e jovens precisam ser educados para o mundo, não para seus interesses pessoais. A sociedade precisa de pessoas felizes e livres, mas hoje somos aprisionados pela moda, pela influência de drogas (lícitas ou não), pelo status que somos obrigados a ter e assim decorre vários fatos como este, de, por se achar atraente e bonito, não admitir levar um fora… O Carnatal está aí, e com certeza é um ambiente que acontece muito desses fatos. Falta mais educação e cultura aos jovens!

  6. Cicera Bezerra disse:

    Mais uma vez ROMULO LEMOS mostrou sua covardia.

    Sinceramente, não esperava outra atitude, se escondendo!!!

    Dizer que caiu, que é gorda e principalmente que segurou a gola da camisa dele…

    Meu deus, essa menina tem quantos braços?

    Um segurava o copo e o outro ELE estava empurrando pra baixo…
    A gola da camisa dele agora fica onde? no zíper da calça????

    Chega!!!!

    Quanto mais esse cara fala, mais ele revolta a população.

  7. Esdras disse:

    Bom, pelo menos desta vez ele só quebrou… o silêncio. 

    Mas esse rapaz merece ser canonizado. É um santo.

  8. Andre disse:

    Caro Apreco, penso que você dirigiu sua emoção em lugar errado. Pelo menos NESTE BLOG,  o que o blogueiro está fazendo é tão somente divulgar informações e aprovar, após moderação, o exercício de opiniões. É despiciendo ilustrar aqui o texto dos incisos do art. 5, da Constituição Federal, que garantem tanto a liberdade de expressão quanto o direito à informação. Emitir opiniões, ponderações é direito de todos, claro que tal direito é mitigado quando o cidadão abusa dele, empreendendo preconceito e apologia ao crime. Por isso, as pessoas tem o direito de se manifestar aqui com relação aos acontecimentos que estão sendo amplamente divulgados.

    E não tô vendo ninguém AQUI dizer que a lei defende ou pretende fazer justiça com as próprias mãos, pode ser que muitos desejem que isso aconteça, que achem merecido, mas ninguém disse (externou) isso aqui, pelo menos eu não vi, se tiver dito me junto a vc para dizer que não concordo. Por outro lado, vc está certo quando fala que ele tem direito à defesa, aliás não só ampla, mas plena quando se trata de matéria penal. Essa tb é uma garantia contida no art. 5 da Constituição Republicana de 88, e acho que ele está desempenhando, pois como já constituiu advogado, aparenta não ter a intenção de fugir de sua defesa, mas sim exercê-la. Não sou juiz, exerço minhas funções no Ministério Público, e pela experiência que tenho sei que o promotor pode pedir absolvição do réu quando entende que ele não teve culpa, se entender que ele teve culpa vai pedir a condenação, vai denunciar, dai o juiz pode não receber a denúncia se entender que falta justa causa, que é inepta e etc.. ou pode receber e conduzir o processo, dai não tenha dúvida que o cidadão tem abertura total para exercer seu direito constitucional de defesa, e depois há o julgamento, do qual ele inclusive pode recorrer. Isso tudo é judicialmente garantido, mas a Constituição não obriga ninguém a ter que dar cumprimentos morais a ele, independente de resultados, isso não.

  9. Cicera Bezerra disse:

    É proibido fazer justiça com as próprias mãos?
    É proibido matar, roubar, estuprar, sequestrar, traficar…

    Sr. Apareco, muita coisa é proibida, mas se ele não tiver condenação judicial como tantos criminosos que vemos todos os dias por ai…com toda certeza:

    ELE VAI TER A PUNIÇÃO DELE…

    Já está tendo né…
    Recluso, tadinho..sem comer e morrendo de vomitar
     ( deve estar vomitando a covardia dele )…

    Eu tenho certeza!!!!
    Ele paga sim…Pode não ser pela justiça, mas a sociedade já o condenou.

    Você sabe por que ele não processa as pessoas que aqui acusam?
    Por que ele sabe de tudo o que fez!
    Ele sabe que se mexer, aparece muito mais.

    E outra, o vídeo é claro sim. Basta você ampliar a tela do seu computador ( tela cheia ), vc tem como ver a insistência dele, o braço dela dominado por ele ( ele não largou UM SÓ MINUTO) e também tá claro a hora que ele usa a força dele para derrubá-la no chão.
    Agora vir dizer que ela é gorda, que escorregou, que foi humilhado por que levou um fora…
    ELE SIM QUER APARECER…
    ELE QUER MOSTRAR QUE OS NATALENSES SÃO IMBECIS!!!

    E onde ele for, qualquer cidade que ele procurar para se esconder, ele vai ser reconhecido.

    • Adriano disse:

      Cara Cicera,
      Não precisa ofender os Natalenses. Até porque ele não é de Natal (não nasceu em NATAL) ! Ele apenas mora lá.
      Guarde sua raiva contra ele e não contra os natalenses.
      Seria de bom tom vc pedir desculpas ou explicar melhor sua frase.

    • Cicera Bezerra disse:

      Sr. Adriano,

      Vc está querendo mudar o foco?
      Em momento algum eu disse que ele é de Natal ou que os Natalenses são imbecis.
      Eu sou nascida e criada em Natal. E tenho orgulho disso.

      Traduzindo: Ele QUER fazer os Natalenses de imbecis!
      Ele quer manipular a todos!
      Ele acha que tem esse poder!
      Covarde ao ponto de inventar histórias sem pé nem cabeça e ainda por cima dizer que está vomitando, sem comer…
      Não é o primeiro crime dele.
      Tem muita coisa ainda pra aparecer aqui…vc vai ver…

      E com certeza ele vai ser condenado. Eu tenho total certeza disso!

      Deu pra entender ou você está querendo realmente mudar o foco do problema?

      Sinto muito meus conterrâneos, acredito que todos entenderam, mas como sempre, tem gente pra tudo aqui…

      Sr. Adriano, com todo respeito, entendeu agora?

  10. Apreco disse:

    Enquanto a JUSTIÇA não condenar dele, TODOS que acusam ele agora podem ser processados. Ele tem direito de defesa. E não sou eu que tou defendendo ele. Se ele for condenado, sorte de vocês. Agora, se eu fosse ele, e fosse julgado inocente, eu processava todos os comentários que acusam ele. Tá cheio de juiz aqui né? E repito, pode ser culpado sim, mas pela lei É PROIBIDO fazer justiça com as próprias mãos.

  11. Andre disse:

     ADRIANA E CARLOS EDUARDO,

     ADRIANA: Entendo seu ponto de vista e preocupação. Se a Rhanna mesma disse que jogou a bebida no Rômulo e o Rômulo tb fala isso, temos um ponto facilmente fixado (não é controvertido). MAS, quando vc pergunta o que teria acontecido se ela tivesse se afastado e não tivesse jogado bebida nele, vejo como praticamente impossível de responder, já que pelo que consigo ver no vídeo ela não teve a oportunidade de se afastar, já que ele estava segurando o braço dela.

     CARLOS EDUARDO: Caro Carlos Eduardo, venho lendo as notícias sobre esse caso com bastante tristeza pelo ocorrido. A princípio, antes de emitir qualquer juízo de valor, procurei colher o máximo de informações possíveis. Não conheço nem a Rhanna nem o Rômulo. Então, tomando nota do fato, por curiosidade e por trabalhar na área jurídica, me dirigi logo ao nosso e-SAJ (sistema de acompanhamento processual do nosso Tribunal, que, diga-se de passagem, é público) e logo pude perceber que em desfavor do Sr. Rômulo Lemos já correm outras ações/investigações penais, inclusive a formalizada pela ex-mulher dele, já amplamente divulgada e por ele mesmo reconhecida na entrevista acima. Posteriormente, apareceram informações do perfil agressivo, ousado e pre-potente dele, que teria passado a mão na namorada de outro jovem no conhecido Forró do Rastapé, e não achando pouco jogou um copo de vidro (com whisky = BEBIDA né?) na cara do jovem que estava tranquilo com a sua namorada, acreditando que poderia sair p um festa sem que alguém se achasse no direito de meter a mão na sua namorada, e com tal ato violento teria cicatrizado o jovem em 8 Pontos. AGORA, por coincidência do destino, o mesmo cidadão Rômulo Lemos, aparece em um vídeo que em postagens anteriores vc diz só ver "uma menina cair e ele tb ir ao chão"… Sinceramente nobre Carlos Eduardo, lhe tenho todo respeito, mas vc apenas vê uma menina cair e Rômulo tb ir ao chão? não precisa ser perito para ver que ele, bruscamente, foi quem a puxou para baixo. Teria ela escorregado por cima dele e ele ido ao chão? não meu nobre, não precisa ser perito, basta um trivial conhecimento de física, mesmo que empirica, para saber que se assim fosse ele teria caído para trás e não para frente e mantendo o tronco ereto, concentrando força nos membros superiores. 

     Por fim, e ainda com todo respeito que todos merecem, penso que você foi infeliz nas suas observações sobre o Direito Penal e Culpa Concorrente da Vítima. Culpa Concorrente da vítima seria se ela se fosse atravessar a BR e fosse atropelada. O que noto, mas desde já me desculpo se estiver errado, é que vc aparenta tentar empreender uma defesa alucinante em favor do Sr. Rômulo, não sei se guarda com ele alguma amizade ou parentesco, pois isso, se não soubermos conter, geralmente tende à opinião emocionada. Mas, enfim, falo, pedindo venia, sobre a infelicidade da sua teoria de culpa concorrente da vítima, pois isso nada mais representa que a vetusta e ultrapassídima teoria da conditio sine qua non, que, como se sabe, leva à uma regressão ao infinito das condições antecedentes. Vc fala que ela (Rhanna) é Gorda (muito gorda) e que pelo próprio peso dela teria ocasionada a ruptura do braço. Sinceramente, acho, valendo-me de ditado popular, uma "FORÇAÇÃO DE BARRA". Ela não não me parece ser "muito gorda" e se fosse nesse nível parece-me ser uma causa preexistente, que não era por ele desconhecida, e que jamais tem o condão de anular a culpabilidade do ato doloso empreendido pelo Sr. Rômulo, que, em minha humilde opinião, jogou a menina para baixo. Como trabalho diretamente na área, tenho especialização para tanto, eu poderia versar bastante sobre causas concorrentes, preexistentes e concomitantes e sua influência e responsabilidade no Direito Penal, mas vou deixar para lá porque se a sua intenção for fazer defesa emotiva do Sr. Rômulo, de nada vai adiantar eu perder mais tempo, mas me resta apenas te dizer, imitando outra pessoa que vi postar aqui no blog, que o mundo e a vida dão voltas, e quem sabe numa dessas voltas vc é pai ou casado e esse fato aconteça da mesma forma (sem tirar nem por nem uma placa ou pino ou cicratiz já causado pelo Sr. Rômulo) com sua filha ou sua mulher, talvez vc possa sentir (porque sentir é o que há de melhor) como é estar na pele dessa jovem e dos seus familiares. Uma coisa eu sei, por ser da área e trabalhar diretamente no julgamento de processos, ele não deve ficar recluso nem um dia, acho até desnecessário esse Habeas Corpus que ele impetrou, mas a justiça de Deus e a consciência são eternas, ao menos nisso eu acredito.    

     A proposito, vou deixar as palavras de Roxin, em lições inicias, ninguém melhor que ele para lhe mostrar que nada tem haver se, como vc disse, a menina é gorda ou não.

    "Como assevera Roxin (1999, p. 355), o caráter anômalo ou inusual de um nexo condicional não tem, à luz da teoria da equivalência, influência sobre a causalidade. Assim, a conduta de quem lesiona a outrem que, por sua vez, morre posteriormente por uma falha do médico que o atendeu, ou mesmo por um incêndio no ambulatório, não deixa de ser causa do resultado morte. O mesmo acontece em relação àquele que desfere em alguém uma bofetada, que apenas por uma concatenação de circunstâncias imprevisíveis e desgraçadas acaba provocando a morte da vítima. >>>>>>>>Tão pouco excluiria a causalidade de tal conduta, o fato de que a causa ou a condição decisiva para ocorrência do resultado se radique na peculiar constituição corporal ou na culpa do próprio lesionado.<<<<<<<" [setas acrescidas].

    • Wfrwfqe disse:

      Só finalizando se isso tivesse acontecido na época do antigo crico da folia n manguai, da pool music hall, do hooters, ou mesmo da liverpool, dificilmente esse rapaz teria saído bem desta história

  12. Djalma Fiqueiredo disse:

    Ei pessoal, esse CARLOS EDUARDO é o proprio Rômulo Lemos…kkkkk

    Incrível como ele não disfarça tanto.

    Não adianta Rômulo, contra FATOS,  não existem ARGUMENTOS!!!!!

  13. Adriano Studart disse:

    Branca de Neve, Cinderela e Rômulo Lemos…
    Sua história é mesmo um conto de fadas!

    A moça caiu, escorregou no piso molhado e por isso ele está sem comer, sem dormir, recluso????

    Quem não te conhece Rômulo Lemos, que te compre!!!
    Eu passei o carnaval com você em caicó, conheço sua história toda!!!

    Todas as agressões na noite natalense.
    Sei que vc nunca foi uma pessoa bem vista na nos círculos sociais…

    Ainda bem que temos uma opção, se a justiça não te condenar, vc vai ter que escolher outra praça. Pq em Natal vc não anda mais…kkkkk

  14. Claudio disse:

    Sem dúvida alguma a situação toda será devidamente analisada pelo Poder Judiciário, o foro competente para julgar o caso.
    Entretanto, a imagem foi clara no tocante a atitude do agressor de aplicar um golpe na vítima, possivelmente, talvez ele tenha sido praticante de alguma arte macial, uma vez que a forma utilizada usa a própria alanvaca do corpo da moça para agravar a situação.  Quem quiser saber sobre isto basta perguntar pra algum lutador de jiujitsu.
    Agora, pra quem não sabe existe uma figura no Direito Penal chamado crime preterdoloso, ou seja, o autor deseja praticar um fato mais brando, uma "simples" agressão, todavia responde pelo resultado mais gravoso por culpa.  Em síntese, nesse caso acredito que em nenhum momento o agressor teve a intenção de quebrar o braço da moça, mas, e isso fica claro no vídeo, é o responsável pelo resultado por conta do golpe que aplicou.

  15. @monamm disse:

    Basta observar bem o vídeo, é EVIDENTE que ele quebra sim e propositalmente o braço da menina. 

    Quem defende um cara desses merece passar por situação igual, estando na posição de vítima, claro.

    Quem não imagina que essa entrevista (cheia de erros ortográficos, por sinal) foi orientada por um advogado? 

  16. Manu disse:

    óleo de peroba em litros pro rapazinho!!! CARA DE PAU essa!!!

  17. Carlos Eduardo disse:

    Adriana,

    voce está certíssima. Esses videos não são jamais provas conclusivas.

    Todos os vídeos vão ter de passar por perícia com total isenção e imparcialidade (um perito nomeado pelo Juiz).

    E os vídeos que devem ser utilizados no processo são os originais da boate, sem nenhum corte ou edição, como esses que estão nas mídias.

    Até lá, é só suposições. Nada além disso. Afinal, alguem aqui é perito?

    E mesmo para um perito acredito que a qualidade das imagens está péssima por conta do volume de gente em volta e por pouca luz.

    E no Direito existe também a questão da "culpa concorrente da vítima": se o próprio peso dela contribuiu ou não para a quebra do braço ninguem sabe. É uma apenas uma suposição. E olhe que ela é gorda mesmo. Bem pesadinha. Só um perito oficial poderá dizer se o peso dela contribuiu para a quebra.

    Quebrar um braço exige muita força viu. Uma força equivalente ao peso de uma pessoa, pode ter certeza.

    Ah e essa boate alem de ter o chao muito liso, ele vive molhado, porque as pessoas quando se chocam umas com as outras, sempre cai bebida no chao e ninguem la da boate se preocupa em enxugar o chao molhado. Quem ja foi la pode conferir que isso é verdade. Já vi muita gente escorregando lá.

  18. Cláudia disse:

    tem vários BO contra ele, inclusive outro processo. Que falso!! 

  19. Carlos Eduardo disse:

    A sociedade já julgou esse rapaz. Precisa fazer mais o que? Uma pessoa que nao pode mais fazer nada na vida, que tá vomitando depois que come e que nao consegue mais durmir?

    Para mim, ele já tá é cumprindo pena. Como ele mesmo diz, está recluso na casa de parentes. Tá cumprindo pena de reclusão sem nem sequer haver uma sentença contra ele.

    Sério mesmo, acho que esses pre-julgamentos que a sociedade está fazendo deveriam ser retirados da internet. Na Constituição Federal, há um dispositivo legal que enuncia que ninguem pode ser considerado efetivamente culpado se não houver uma sentença transitado em julgado. É um garantia do nosso Estado de Direito Democrático.

    A democracia deve valer para todos. Nada de acusações precipitadas. Senão estaremos vivendo é o fim do mundo! Isso sim! A condenação deve ser formal, através de sentença. A população não é Juiz! A população tem todo o direito de exigir um julgamento! Mas de condenar esse rapaz antecipadamente, ninguem pode não. É inconstitucional!

    Qualquer um poderia estar no lugar desse rapaz e com certeza iria gostar tambem de poder usar dos direitos de não ser condenado antes de qualquer sentença, direitos que que a democracia brasileira confere a qualquer cidadão.

    • M-schmitt disse:

      Cumprindo pena na casa de parentes. ÔÔÔ dóóóó. Tem que passar uns dias na prisão se for culpado de fato para aprender a ser um cavalheiro. A moça escorregou e caiu, e o cara sai correndo, paga a conta e foge por conta disso? Conta outra?

  20. Adriana disse:

    Realmente é complicado. Porque o vídeo não é muito claro, como por exemplo essa história de Rhanna jogar bebida em Rômulo, que não aparece no vídeo, mas é afirmado pela própria estudante. Se pensarmos assim, quantas outras coisas não aconteceram e o vídeo não mostra? O que terá Rhanna dito para Rômulo? Se ela tivesse se afastado ao invés de jogar bebida nele, será que isso tudo teria acontecido? Só testemunhas poderão dizer com clareza, porque aquele vídeo mesmo, mostra pouco.

Publicidade

Rômulo Lemos tem habeas corpus preventivo negado

O agressor da estudante Rhanna Diógenes, Rômulo Manoel Lemos do Nascimento, teve um pedido de habeas corpus preventivo indeferido pela Justiça potiguar.

O advogado de Rômulo,  Durvaldo Ramos Varandas de Carvalho Neto, entrou com o habeas corpus na 2ª vara Criminal da zona Sul de Natal na quinta-feira (20). O pedido, embora ainda não publicado no site do Tribunal de Justiça, foi negado nesta sexta (21).

Rhanna Diógenes teve o braço direito quebrado em duas partes por Rômulo Lemos após se negar a dar um beijo nele. Na madrugada de 30 de setembro passado, os dois estavam em uma boate da zona Sul de Natal. A Polícia Civil já investiga o caso.

Tribuna do Norte

enviar comentário
Publicidade
Publicidade

Paulo de Tarso: “Foram 10 meses de governo onde todas as decisões do Estado foram do marido da governadora”

O Blog reproduz uma excelente entrevista que a Blogueira Thaisa Galvão fez com o ex-deputado, advogado e até ontem, homem forte do Governo Rosalba Ciarline, Paulo de Tarso Fernandes. O que impressiona é que quem está dando esses detalhes de quem manda realmente e a desorganização no Governo é um dos maiores articuladores do Governo Rosalba e da engenharia política que elegeu ela, pense num carro sem prumo, e olhe que já estamos em Outubro. Segue reportagem de Thaisa Galvão:

Foi pelo telefone que o chefe da Casa Civil, advogado Paulo de Tarso Fernandes, comunicou à governadora Rosalba Ciarlini que estava se afastando do governo.

Por um motivo: não concordava com a forma como o governo, em especial o ex-deputado Carlos Augusto Rosado, primeiro-damo do Estado, vinha tratando o vice-governador Robinson Faria.

“Saio em solidariedade ao vice-governador Robinson Faria. Eu não sou nada. Não sou homem público. Sou um funcionário público. E a minha solidariedade é com o vice-governador Robinson Faria. Porque quem quiser que ache grave, mas eu considero o que está acontecendo, gravíssimo”.

Paulo de Tarso, que sempre manteve laços de amizade com o vice-governador, como manteve com a governadora Rosalba Ciarlini e com o marido Carlos Augusto, e ainda com o ministro Garibaldi Filho, ambos integrantes do time que governa o Rio Grande do Norte, pode ter tomado uma das decisões mais difíceis da sua vida.

Mas, para isso, contou com a fé. É católico praticante e pediu a Deus, em suas orações, que o fizesse tomar a decisão mais acertada.

As insatisfações que ele vinha acumulando nos 10 meses como chefe da Casa Civil do Estado, tiveram como gota d´água a decisão do governo de não mais nomear o vice-governador para o cargo de secretário de Recursos Hídricos, cargo que ele exercia desde a primeira hora da gestão, e do qual se afastou para assumir o governo na interinidade durante viagem da governadora aos Estados Unidos.

Segundo Paulo, foram 3 tentativas, onde ele, como chefe da Casa Civil, tentou oficializar a nomeação de Robinson.

“Primeiro fui à governadora e ela me disse que eu resolvesse com Carlos Augusto. Fui a ele e ele me falou: você não tem uma viagem a Brasília? Vá e volte porque isso não é prioridade”, contou Paulo de Tarso, que foi a Brasília num bate-volta que saiu de Natal às 3 da tarde e deixou Brasília às 9 da noite.

“Quando voltei falei de novo com o deputado Carlos Augusto e ele me disse: ‘Esse assunto não tem pressa. O vice-governador foi à minha cidade (Mossoró) e fez 3 discursos contra a minha mulher. Minha mulher foi para os Estados Unidos e ele foi pra rua humilhar a governadora”…

Segundo Paulo, o telefonema a Carlos Augusto teve 3 testemunhas, entre elas o adjunto da Casa Civil, Francisco Carvalho e o secretário da Copa e titular do DER, Demétrio Torres.

Paulo de Tarso contou que se deu um prazo: se até ontem, às 4 da tarde, a nomeação de Robinson não fosse oficializada, o vice-governador poderia até ficar, mas ele deixaria o governo.

A decisão de Paulo, se antecipando a Robinson, tem um motivo: o ex-chefe da Casa Civil foi quem deu garantias ao vice-governador para que ele deixasse o grupo da ex-governadora Wilma de Faria, declinasse de apoiar a candidatura do ex-governador Iberê Ferreira de Souza, e fosse integrar o grupo liderado pelo senador José Agripino Maia, compondo a chapa articulada pelo democrata-articulador Carlos Augusto.

Sentindo-se avalista sem prestígio, Paulo decidiu sair, afirmando repetidamente: “em solidariedade ao vice-governador Robinson Faria”.

Para a não nomeação do vice-governador Robinson Faria ao cargo de secretário de Recursos Hídricos, o ex-chefe da Casa Civil, Paulo de Tarso Fernandes, revelou outro possível motivo que fez com que o ex-deputado Carlos Augusto Rosado tivesse optado por não nomear mais o vice: a sanção da Lei do Empréstimo, assinada por Robinson no exercício do governo, durante viagem da governadora Rosalba Ciarlini aos Estados Unidos.

Aprovado pela Assembleia o pedido de empréstimo, o então governador foi à Assembleia para sancionar a Lei diante dos deputados.

Tudo devidamente combinado com a governadora titular, como revelou o ex-chefe da Casa Civil, Paulo de Tarso Fernandes.

“Falei com ela pelo telefone em Nova York e ela me disse que Robinson podia sancionar. Quando falei com o deputado (Carlos Augusto) ele me disse que eu trancasse a lei na gaveta e não entregasse. Dissesse que a lei estava em qualquer lugar. Em Tibau ou em qualquer lugar. Mas aí o governador era Robinson e a governadora Rosalba estava sabendo, não havia nada que ela não soubesse, então decidi não atender ao deputado”, disse Paulo de Tarso, lembrando que Carlos Augusto Rosado também teria ligado para o presidente da Assembleia, deputado Ricardo Motta, e pedido que ele não entregasse a Lei a Robinson para ele sancionar. Segundo Paulo, Motta também teria dito que não iria atender o pedido de Carlos, que estava em um SPA na praia de Rio do Fogo durante a viagem da esposa-governadora aos Estados Unidos.

As interferências do primeiro-damo do Estado já vinham desagradando o chefe da Casa Civil, pelo que o próprio contou ao Blog.

“Foram 10 meses de governo onde todas as decisões do Estado foram do marido da governadora”, declarou Paulo de Tarso na mesa com testemunhas, onde o discurso foi, o tempo inteiro, alinhavado por afirmações como “não estou pedindo off porque tudo o que estou dizendo eu disse tanto à governadora Rosalba quanto ao deputado Carlos Augusto. São assuntos públicos que não têm porque serem escondidos”…

Paulo reclamou que, por causa da interferência familiar, a governadora tem trocado seu gabinete na Governadoria pelos terraços de sua casa.

“Ela despacha em casa. Governa de casa. Mas o lugar do governador é no gabinete. Até porque um deputado, um prefeito ou um secretário que quiser falar com a governadora não vai para a casa dela sem ser chamado, mas na Governadoria ele chega. Eu mesmo como chefe da Casa Civil só ia quando era chamado”, revelou Paulo, afirmando que a opção pela residência oficial se dava pelo fato de, na Governadoria, não ter como o ex-deputado Carlos Augusto participar das decisões.

O ex-chefe da Casa Civil Paulo de Tarso Fernandes não escreveu uma carta de demissão. Segundo contou ao Blog, escreveu poucas linhas, muito mais um comunicado à governadora sobre sua saída.

Ficou em casa ontem durante o dia inteiro, e dentro do prazo dado a ele mesmo, das 4 da tarde, diante da não confirmação da nomeação do vice-governador como secretário de Recursos Hídricos, enviou o comunicado para a Casa Civil.

Segundo Paulo, o comunicado foi entregue ao adjunto da pasta, Francisco Carvalho, que teria informado à governadora, e dito a PTF que a governadora teria ficado surpresa.

“Aí eu tomei a decisão de telefonar para a governadora e comunicar minha decisão. Conversamos longamente”.

Pelo telefone, Paulo disse a Rosalba que não concordava com o que vinha acontecendo, e que ela deveria entender que hoje a oposição ao seu governo não está mais no círculo do vice-governador Robinson Faria como tem se comentado nos bastidores governistas.

“Eu disse a ela que a oposição ao governo não está mais na Assembleia. Está nas ruas. A oposição é o povo, é o funcionalismo, é o sindicalismo”, declarou Paulo de Tarso, que numa conversa dura com a governadora Rosalba, chegou a definir a gestão de 10 meses como sem sucesso.

“Eu disse a ela que é por essas e outras que o governo está aos frangalhos. Que a gente critica os governos de Wilma e Iberê, mas a gente não tem condições sequer de sanar as contas do governo. A gente não tem condições sequer de acertar”, revelou Paulo de Tarso Fernandes, que à minha pergunta sobre o crescimento da arrecadação, disse não entender como, apesar do registro do crescimento da arrecadação, o governo não tem como botar as contas em dia.

“Não é justo que a gente tire dos servidores, aperte daqui e dali e não consiga acertar”, afirmou Paulo.

 

Comentários (12) enviar comentário
  1. vanessa disse:

    É…e o pior é que ainda vamos amargar mais 3 anos desse lamaçal…até o povo aprender a votar!

  2. Josenilson disse:

    Taí a governadora que tinha experiência, governar interior não é governar um estado é muito fácil ela jogar a culpa no governo Iberê sem tirar os erros dele, mas é preciso ser muito mulher para assumir que nâo tem condiçeões de governar o estado FORA ROSALBA!

  3. Vendasrn disse:

    Com certeza ta na hora do FORA  ROSALBA, e continuar com o FORA MICARLA

  4. Júnior disse:

    O discurso de Paulo de Tarso mudou radicalmente após sua saída. O ex-secretário foi extremamente intransigente com os "colegas" servidores de baixo escalação do governo. PTF chegou até mesmo dizer que os planos de cargo, carreira e salários seriam questionados na justiça (que diga-se de passagem o TJ-RN já tinha a sentença favorável ao governo). Ele saiu após seu aliado político Robinson Faria brigar com o casal governamental e externou todas as conversas de descontentamento que o mesmo tinha com os mais próximos nos gabinetes e corredores do Casa Civil.
    Aguardemos então os próximos passos de um governo que em 10 meses teve a incrível façanha de desagradar a população, servidores, oposição e até aliados.

  5. Josivan disse:

    Criamos o FORA MICARLA estar na hora de criaramos o FORA ROSALBA! pois o RN vai a caminho decadencia.

  6. Roger disse:

    Impeachment!!

  7. Esdras disse:

    Sinceramente, não entendo. Toda mulher que concorre a cargo público diz que a mulher tem um outro olhar, que tem sensibilidade, que pensa como mãe, que não se corrompe, que são valentes e guerreiras, etc. Ora, qdo chegam ao poder são tuteladas por marido, ex-presidente, não demonstram a tal sensibilidade. Fico decepcionado… 

  8. Gustavo disse:

    Votei em Rosalba acreditando que ela era realmente uma pessoa capaz de melhorar nosso Estado. Infelizmente não é isso que tenho visto. Apesar da boa gestão à frente de Mossoró, o mesmo não tem ocorrido com o Estado. Aliás, se a coisa continuar como está eu serei o primeiro a pedir que ela se afaste do Governo, até porquê eu votei nela, não em Carlos Augusto. Já que Rosalba resolveu entregar o Estado para seu marido governar, então ela deixou claro que não quer ser governadora. Assim, é melhor que saia!

  9. Atiradorsamu disse:

    Enquanto eles decidem que é que governa o estado, todos os funcionários públicos e servidores terceirizados vão sofrendo com longos atrasos de pagamentos, e tem mais saibam todos que com a saída do Sr. Paulo de tarso perdemos um homem sério e trabalhador. É, acho que esta na hora de criar o fora Rosalba

  10. GILSONALMEIDA84 disse:

    PARABÉNS A TODOS POR MOSTRA A POPULAÇÃO DO RN ESSA MATÉRIA E QUE TODOS QUE VOTARAM NELA AGORA VEJA QUE SEU VOTO FOI PARA ELE E NAO PARA ELA

  11. Ellen disse:

    é, tem que ver isso aí.

    • Mpnatal disse:

      A eleição de Rosalba é mais um estelionato eleitoral montado pelos eternos mandatários da política do RN (Maias, Rosados e Alves). Enquanto não tivermos esse discernimento na hora de votarmos a situação se perpetua.

Publicidade

Rosalba diz que Robinson foi "incompatível" com o Cargo

Tribuna do Norte

A governadora Rosalba Ciarlini (DEM) afirmou ontem que as declarações do vice-governador Robinson Faria (PSD), ao anunciar o rompimento com o governo, foram passionais e incompatíveis com o mandato que ele exerce. “Recebi com surpresa as declarações do vice-governador Robinson Faria, permeadas de um tom passional e incompatível com a serenidade e o equilíbrio político que a função exige”, afirmou Rosalba Ciarlini.

RODRIGO SENA/ALDAIR DANTASRosalba afirma que sempre norteou a vida pública pela autonomia

Ao comentar o teor da entrevista coletiva de Robinson Faria – na qual ele se referiu à governadora e ao ex-deputado Carlos Augusto como “casal que comanda o Estado” – Rosalba disse que sempre norteou a vida pública “pela autonomia e pelo respeito às pessoas”.

A governadora destacou que não mistura assuntos políticos e vida privada. “Nem vou permitir que mágoas advindas de querelas partidárias tumultuem a rotina da administração ou sirvam de massa de manobra para projetos individuais”, destacou.

Rosalba Ciarlini, em nítida referência às declarações do vice-governador, avisou que o atual governo “sempre estará acima do personalismo”. “Os interesses do Rio Grande do Norte sempre serão maiores do que os desejos pessoais”, garantiu.

Ao comentar o pedido de demissão do secretário-chefe do Gabinete Civil, Paulo de Tarso Fernandes, Rosalba Cialini disse reconhecer a capacidade profissional do ex-auxiliar. “Reconheço nele grandes qualidades como homem público, reafirmo-lhe minha estima pessoal e agradeço pelos bons serviços prestados ao Governo e ao Rio Grande do Norte”, destacou.

A governadora estava com uma viagem marcada para hoje ao Rio de Janeiro, onde iria participar da comemoração do aniversário de 15 anos de uma sobrinha. Mas cancelou a viagem. Hoje terá uma reunião com secretários para discutir os novos rumos do governo diante da atual configuração política.

enviar comentário
Publicidade