Publicidade

Desaprovação de Micarla recua, mas prefeita só alcança 1,7% da intenção de votos

A desaprovação da prefeita Micarla de Sousa recuou para 88,8, ante 91,6 registrado no início  As informações são do levantamento Sinduscon/Consult de março. Mas mudança favorável ainda não foi suficiente quando a pergunta é sobre intenção de votos. De acordo com a pesquisa, atual prefeita marcou apenas 1,7%.

O ex-prefeito Carlos Eduardo Alves lidera a pergunta estimulada com 42,5%. Depois dele, o quadro é o seguinte: Wilma de Faria tem 19,1%, Rogério Marinho cresceu de 6,8% para 8,1%; Hermano Morais passou de 3,6% para 4,4% e Fernando Mineiro passou 3,7% para 4,1%.
Albert Dickson foi o único depois de Micarla, com 0,4%.

A pesquisa foi registrada em 26/03, sob protocolo RN 00009/2012 TSE-TER. A margem de erro é de 3%.

 

enviar comentário
Publicidade

Incomodado com barulho, professor mata um e deixa outro em estado grave

O professor de Ciências e paleontólogo amador João Tadeu Arruda, de 62 anos, é procurado pela polícia sob acusação de ter matado um trabalhador rural e ferido outro, após uma discussão por causa de barulho na casa dos vizinhos. A briga aconteceu na madrugada de domingo, em General Salgado, a 545 quilômetros da capital. Arruda ficou conhecido por ter descoberto uma espécie única de crocodilos que habitou o interior de São Paulo há 90 milhões de anos.

Arruda teria se irritado com o alto volume de uma festa que era realizada ao lado de sua casa, em uma república de cortadores de cana. Eles vieram do Nordeste e haviam se mudado para a cidade havia três meses para trabalhar nas usinas da região.

Depois de discutir com os trabalhadores rurais, Arruda voltou para casa, pegou uma carabina, voltou para a casa dos cortadores de cana e fez pelo menos cinco disparos. Atingido por dois tiros, José Raimundo Patrício Ferreira, de 33 anos, morreu na hora. Um colega de Ferreira, de 19 anos, também foi baleado e estava, até a noite de ontem, internado em estado grave. Arruda fugiu em seguida.

Revoltados, outros cortadores de cana apedrejaram e atearam fogo à casa do professor. Vizinhos apagaram o incêndio. A polícia apreendeu a carabina calibre 22 deixada pelo professor.

Ontem, o delegado seccional de Araçatuba, Nelson Barbosa Filho, disse que o advogado de Arruda procurou a polícia para informar que seu cliente deverá se apresentar nos próximos dias. “O advogado nos disse que ele (professor) não se apresentou ainda porque está com medo de sofrer retaliações por parte dos colegas das vítimas”, disse.

Testemunhas disseram à polícia que as discussões entre vizinhos e os cortadores de cana eram frequentes e que o professor já havia registrado boletim de ocorrência para denunciar o barulho. “O delegado que cuida do caso deverá decidir se pede ou não a prisão temporária do acusado quando ele se apresentar”, disse Barbosa Filho.

Crocodilo Arrudai. Pesquisador de fósseis encontrados nas proximidades de General Salgado, Arruda foi quem descobriu, em 2005, o crocodilo-tatu, uma espécie única que viveu há milhões de anos na região noroeste do Estado de São Paulo. O animal levou o nome do professor, que dá aulas no Ensino Médio: Armadillosuchus arrudai. O animal tinha cerca de dois metros de comprimento e peso estimado de 120 quilos.

O crocodilo tinha uma carapaça semelhante a de um tatu, daí seu nome. Com crânio largo, focinho curto e estreito e placas ósseas distribuídas como armadura no pescoço e dorso, o crocodilo-tatu era uma espécie única e distinta da dos outros tipos de animais que viveram na Terra há 90 milhões de anos.

Fonte: Estadão

enviar comentário
Publicidade

Presidente do Inmetro elogia moralização no IPEM/RN e firma parceria com o governo

O resgate da credibilidade político-administrativa pelo atual governo do Estado foi reconhecido pela presidência do Instituto Nacional de Metrologia-INMETRO. E, muito mais do que elogios, o presidente do órgão, João Alziro Herz da Jornada, fez questão de demonstrar essa confiança com gestos concretos.

Nesta segunda-feira, 02, no Rio de Janeiro, João Jornada e a governadora Rosalba Ciarlini assinaram protocolo de intenções para a construção de uma subsede do órgão em Mossoró e um laboratório em Natal. “Essa parceria é fundamental para que possamos ter o controle de qualidade dos nossos produtos”, exaltou a governadora, acrescentando que além de dar segurança ao cidadão, a cooperação entre o Inmetro e o Ipem, atrairá investidores. E para isso, Rosalba destacou as potencialidades econômicas do RN como petróleo, minérios, sal e fruticultura.

Rosalba, que foi agraciada com uma placa de visitante ilustre, disse que se sentia honrada, principalmente, porque o conceito do Rio Grande do Norte hoje é outro. “O nosso laboratório será o maior do norte-nordeste e o Estado foi escolhido porque o inmetro acredita no nosso governo. Fiquei feliz pelo reconhecimento do presidente e de toda diretoria pela retidão do trabalho de um dos nossos auxiliares”, ressaltou, se referindo ao diretor do Ipem, Carlson Gomes, que a acompanhou na visita ao Campus de Xerém, em Duque de Caxias, a 40 Km do centro do Rio.

O secretário de Desenvolvimento Econômico, Benito Gama, que também estava na comitiva, foi outro que viu nos investimentos do Inmetro, a prova de que o Rio Grande do Norte está em um novo momento. “O presidente ficou impressionado como em apenas 14 meses o governo e o Ipem conseguiram moralizar suas ações”, afirmou, completando que o órgão chegou a pensar em fechar o Instituto no RN pela política que era praticada. Já o diretor Carlson Gomes, atribuiu a mudança de postura dentro do Ipem à determinação da governadora e de sua equipe de trabalho. Para ele, o mais importante é o conceito de seriedade que a unidade do RN conquistou dentro do Estado e em todo o país.

A subsede de Mossoró deve ser construída em terreno do Departamento Estadual de Estradas de Rodagem- DER e em Natal, em local a ser definido. Ainda este mês, o presidente do Inmetro acompanhado de técnicos do órgão deve vir ao Estado para visitar as áreas onde as obras serão construídas. “O governo dará todo apoio por entender que a certificação dos nossos produtos garante competitividade”, concluiu a governadora.

O inmetro coordena a rede de metrologia de todo o país e o RN, através do IPEM, faz parte dela. O presidente João Jornada disse que viu o empenho da governadora em desenvolver um trabalho sério, por isso, aposta nessa e em novas parcerias.

 

 

enviar comentário
Publicidade

PF deflagra operação para combater venda de botox ilegal em Natal e outras cidades

A Polícia Federal, com o apoio da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), deflagrou hoje (3) a operação Narke. As investigações, iniciadas há nove meses, objetivam apurar denúncias de comercialização de toxina botulínica clandestina, sem autorização legal. A PF cumpre mandados em Natal e em outras cidades brasileiras.

Ao todo, estão sendo cumpridos 23 mandados judiciais contra distribuidores nas cidades de Recife, João Pessoa, Belo Horizonte e São Paulo, além de médicos e clínicas em Recife, Caruaru, João Pessoa, Patos, Natal, Terezina, Aracaju, Maceió, São Paulo e Belo Horizonte.

Espera-se que a ação culmine em diversos flagrantes ao longo da manhã. Em seguida, serão realizadas dezenas de oitivas.

A toxina botulínica, além da alardeada aplicação estética, também é utilizada largamente de forma terapêutica, inclusive para tratamento de disfunções neurológicas e motoras. Os produtos, uma vez introduzidos ilegalmente no país, são vendidos para médicos de diversas cidades, em vários estados do Nordeste – Piauí, Rio Grande do Norte, Alagoas e Sergipe.

No mercado ilícito a toxina é vendida por preços que variam entre R$ 350 a R$ 400 a unidade, ao passo que o exemplar autorizado pode chegar a R$ 1.000 a unidade.

As investigações indicaram que, há pelo menos cinco anos, tais toxinas estão em circulação no mercado e que os ganhos aferidos pela quadrilha podem ser vultosos, a contar que, em um único dia, chegou a ser comercializado R$ 5 mil de produtos ilegais.

Os envolvidos responderão por crimes contra a saúde pública (que é um crime hediondo), contrabando e formação de quadrilha. Com penas máximas de 15, 3 e 4 anos reclusão, respectivamente.

Os crimes contra a saúde pública que consistem em falsificar, corromper, adulterar ou alterar produto destinado a fins terapêuticos ou medicinais, está previsto na lei de crimes hediondos, sendo que sua pena mínima equivale ao dobro da pena prevista para o tráfico de drogas.

* Assessoria PF.

enviar comentário
Publicidade

Governadora autoriza obras em estradas de Baraúna e Tibau

A governadora Rosalba Ciarlini estará na Região Oeste nesta terça-feira (03), onde assina importantes projetos para estradas do RN. A primeira visita será no município de Baraúna, às 15h, para a solenidade de assinatura da Ordem de Serviço para a Implantação e Pavimentação  do Contorno da cidade de Baraúna (RN-015).

A obra, que terá 12 quilômetros de extensão, será realizada pela empresa CLC – Construtora Luiz Costa Ltda., e conta com investimentos da ordem dos R$ 11,8 milhões. O prazo de conclusão do serviço é dezembro de 2012.

Em seguida, a Governadora vai ao município de Tibau, onde assinará, às 17h, a Ordem de Serviço para o Capeamento Asfáltico em CBUQ (Concreto Betuminoso Usinado à Quente) nos prolongamentos da RN-013: trecho que liga a RN-013 à Praia de Tibau; entroncamento da RN-013 com CE-261 (divisa dos estados RN e Ceará); e entroncamento da RN-013 com o acesso à estrada Tibau – Grossos.

A extensão total da obra é de 4,3 quilômetros e o serviço conta com recursos de cerca de R$ 1,03 milhão. A construtora responsável é a CLC – Construtora Luiz Costa Ltda., que deverá entregar a obra em maio de 2012.

enviar comentário
Publicidade

Dona de casa é pega com 2,5 kg de droga na bolsa em parada de ônibus

Foto: Divulgação PF

Uma dona de casa cearense, de 37 anos, foi presa pela Polícia Federal de Mossoró acusada de tráfico de drogas. A senhora estava em uma parada de ônibus, na BR 304, com 1,42 Kg de crack e 1,23 Kg de cocaína, escondidas entre peças de roupas e sacos plásticos na bolsa.

Ao ser abordada,  a dona de casa tentou enganar os policiais afirmando que só tinham objetos pessoais dentro da bolsa. De imediato, a mulher recebeu voz de prisão e foi encaminhada para autuação na sede da Delegacia, no bairro de Nova Betânia.

Durante o seu depoimento, a suspeita disse que a droga seria levada para o Ceará.

Enquadrada na Lei de Entorpecentes, a mulher, depois de submetida a exame de corpo de delito, foi transferida para o Centro de Detenção Provisório onde aguardará o pronunciamento da justiça.

Somente este ano, a PF já apreendeu 35,3 Kg de drogas no Estado. A maior quantidade é de cocaína. 10 pessoas foram presas e uma menor apreendida.

Com informações do Nominuto

enviar comentário
Publicidade
Publicidade

PM aborta tentativa de arrombamento de caixa eletrônico em Nísia Floresta

Por pouco não se teve mais um terminal eletrônico arrombado no Rio Grande do Norte. A Polícia Militar frustou a ação de a quadrilha que realizaria o assalto no centro da cidade de Nísia Floresta, durante na madrugada desta terça-feira (3). Uma mulher classificada como “olheira” do bando foi presa e esclareceu o planejamento da quadrilha. Dois veículos que seriam usados no assalto também foi apreendidos.

As informações do caso foram repassadas pelo tenente Augusto Gadelha, oficial de serviço do 3º Batalhão da PM – responsável pelo patrulhamento da região. Segundo ele, por volta das 2h da madrugada de hoje, equipes da Força Tática realizaram ronda de rotina na região de Nísia Floresta. Na oportunidade, flagraram uma mulher em atitude suspeita dentro de um veículo. Para a PM, trata-se de uma olheira que alertou o bando da presença da polícia.

“Ela avisou que a polícia estava por lá e o melhor seria abortar a ação. A mulher foi detida e esclareceu o que a quadrilha pretendia”, disse o oficial da PM. O veículo modelo corsa de cor azul, e placas MXS-3018, em que a suspeita estava foi apreendido. Ao chegar à agência do Bradesco, onde fica o caixa eletrônico, a PM notou que a vidraça já estava quebrada e o assalto estava prestes a ser realizado.

“Acreditamos que ia ser uma explosão, uma vez que eles já estavam cavando um espaço para colocar os explosivos embaixo do terminal”, acrescentou o tenente Gadelha. Após o flagra, outro veículo supostamente pertencente à quadrilha foi apreendido. Um carro tipo Gol de placas HPZ-9299, de São Luís do Maranhão, foi abandonado em um posto de combustível no município de São José de Mipibu.

“A mulher informou que o carro é do marido. Acreditamos que outros dois veículos davam apoio ao assalto, além de uma moto, mas não encontramos”, informou o tenente PM. A mulher, identificada como Bianca Fernandes da Cruz, foi conduzida à Delegacia de Plantão da zona Sul para prestar esclarecimentos. Segundo a PM, a suspeita já havia cumprido pena relativa à tráfico de drogas.

enviar comentário
Publicidade

Gol demite 131 funcionários e corta 80 voos diários após rombo de R$ 700 milhões em 2011

Além das demissões, a Gol também alterou a quantidade de voos diários. Foram reduzidos em torno de 80 voos de um total de cerca de 900 operados diariamente. Em nota, a companhia disse que as medidas foram tomadas para que a empresa possa “adequar-se à nova realidade do mercado”, manter seu plano de negócios disciplinado e a sustentabilidade de sua operação”.

Companhias aéreas investem em voos que vão até regiões da Baixada Fluminense | Foto: Tamyres Matos / Agência O Dia

A companhia disse que as medidas são para “adequar-se à nova realidade do mercado” | Foto: Divulgação

A Gol disse ainda que não deixará de atender a nenhum dos 63 destinos nacionais e 13 internacionais que compõem sua malha aérea. “O que está em curso é uma redução de frequências. Esta diminuição, adequada à nova realidade da companhia, manterá a oferta de assentos prevista para 2012”.

A direção do Sindicato Nacional dos Aeronautas (SNA) reuniu-se hoje com representantes da Gol para discutir a reestruturação da companhia. A empresa comunicou à entidade que avaliou como necessário o desligamento de 86 pilotos e 45 comissários, todos em fase de admissão ou treinamento.

Segundo nota do sindicato, a entidade tentou evitar as demissões, “mas a companhia foi intransigente. A Gol assumiu com o SNA o compromisso de dar preferência, em novas contratações, aos trabalhadores demitidos”.

As informações são da Agência Brasil

enviar comentário
Publicidade

Internet de Todos será investigado

Integrantes do executivo potiguar e do Ministério Público Estadual (MPE) deverão se reunir na tarde de hoje para discutir o que fazer com o Projeto Internet Para Todos. Lançado pelo Governo do Estado em 2009, o projeto prevê o fornecimento gratuito de sinal de internet, porém nunca funcionou plenamente. Até meados da semana passada, o processo do Internet Para Todos, que consumiu, segundo informações registradas à época, cerca de R$ 1,4 milhão, não havia sido encontrado pelo governo estadual. No entanto, o processo reapareceu nas documentações da Secretaria Estadual da Saúde Pública (Sesap), por onde teria sido feito um convênio com o Ministério da Saúde que viabilizou o projeto.

E é para saber a razão da verba ter saído dos cofres da Saúde que está marcada a reunião de hoje. “Ainda não tive tempo de olhar o processo. Mas a questão é: porque ele estava na [secretaria] de saúde? Até agora não entendi”, confessa o procurador geraldo Estado, Miguel Josino.

Além da participação da Procuradoria Geral do Estado (PGE), a reunião, que deverá ocorrer na própria sede do órgão, também contará com representantes do Tribunal de Contas do Estado (TCE) e do MPE. O quadro de componentes da reunião é fechado com os representantes da Coordenadoria de Tecnologia da Informação e Comunicação (Cotic), órgão ligado à Secretaria Estadual de Administração e dos Recursos Humanos (Searh).

Quando da implantação do Internet Para Todos, a Cotic foi o setor responsável por gerir e tocar o projeto, mesmo com os recursos vindo da área da saúde e a coordenadoria estando dentro da estrutura da Searh. A finalidade da reunião, segundo Miguel Josino, não é apenas discutir o que foi feito do projeto, mas também jogar luz sobre os andamentos posteriores. “A sociedade precisa saber o que realmente aconteceu. Não é questão de olhar para trás, mas sim de fazer o que é certo. Algo que todo gestor público precisa ter consciência de fazer quando ocupa um cargo como este”, declarou Josino.

Fonte: Diário de Natal

Do BG: O Blog passou alguns dias atrás do rastro do internet de todos, realmente o dinheiro foi de um convênio da saúde, agora também apuramos que o então secretário Wagner Araújo para viabilizar o projeto usou a estrututa e computadores da Coordenadoria de Tecnologia da Informação e Comunicação (Cotic), órgão ligado à Secretaria Estadual de Administração e dos Recursos Humanos (Searh). Foi da Cotic que saiu a estrutura para o projeto, causando inclusive problemas posteriores para a secretaria fazer o seu serviço devido a falta dos equipamentos transferidos para o Internet de Todos. A ordem na época segundo funcionários atuais e fazer o Internet de Todos funcionar por cima de pau e pedra.

Aproveitando que o MPE e a PGE vai investigar o internet de todos, porque também não faz um pente fino nos contratos com as operadoras de celucar e uma triagem nas contas pagas pelo governo passado?

enviar comentário
  1. Carlos Costa disse:

    Olá Bruno,Em face aos noticiários na
    média escrita e falada local, não estou autorizado pelo meu superior, porém gostaria de esclarecer essa relação da "Internet
    de Todos" com a SESAP.Esta
    havendo um desencontro de informações no tocante a essa matéria.

     

    A
    SESAP elaborou,
    aprovou e já prestou contas ao Ministério da Saúde do convenio nº 5618/2004 que
    viabilizou aquisição de equipamentos de informática e comunicação, de maneira
    que os serviços de saúde na área da regulação do acesso no Estado pudessem ser iniciados.

    Esse convênio possibilitou a liberação de R$ 2 milhões do Ministério da Saúde
    com 10% de contrapartida do Estado para prover a rede de saúde do Estado junto
    as Secretarias Municipais de Saúde e unidades hospitalares estaduais de
    equipamentos de informática e comunicação, visando à regulação dos serviços de
    saúde – marcação de consultas, exames e internação através da web.

     

    O processo
    n° 125099/2007-5 (remetido a PGE) e o contrato n° 051/2009 – documentação essa
    da SESAP, nunca sumiu, estavam arquivados no setor de prestação de contas de
    convênios e no setor de gerenciamento de contratos da SESAP, a disposição para qualquer pericia e análise dos órgãos de controle como: DENASUS, TCU, TCE,….

     

    Essa
    infraestrutura tecnológica adquirida pela SESAP, permiti utilizar o padrão aberto de conexão sem fio, WiMAX –
    certificado pelo IEEE – Institute of Electrical and Electronics Engineers. – esse padrão permite que
    vários usuários possam utilizar a infraestrutura sem um interferir no outro, é
    como uma via de várias mãos e contra mãos, então o governo pode fazer uso na
    educação, segurança pública, turismo, saúde, etc., é só configurar.

     

    O
    Gabinete Civil, através da COTIC – Coordenadoria de Tecnologia, Informática e
    Comunicação do Estado, na época, utilizaram apenas a infraestrutura da saúde
    para prover através de um sinal (link 256k) liberado pela própria COTIC para a
    “Internet de Todos” na Praça das Flores – possuímos também torres, antenas e
    rádios instalados, além da cidade do Natal, também em Mossoró, Caicó e Pau dos
    Ferros.

     

    A infraestrutura
    de comunicação da saúde está disponível para que outras áreas do governo possam
    utilizar, no campo da educação, segurança pública, turismo, etc.

    O serviço “Internet de Todos” foi propagado
    pelo Governo do Estado e coordenado pelo Gabinete Civil e pela Secretaria
    Estadual da Administração e dos Recursos Humanos, através da COTIC, pegando carona
    nessa infraestrutura adquirida pela SESAP.

     

    ë importante frisar que essa infraestrutura possui ainda uma tecnologia atual e
    confiável para os serviços, e que pode ser utilizada pela área de TIC do
    governo de forma a minimizar custos em aquisições em equipamentos de
    comunicação como, por exemplo, torres.

    Eu que Coordenei a área de TI e de Planejamento da SESAP em parte do governo passado e, que
    hoje contribuo no governo atual como Coordenador do Programa de Telemedicina da
    SESAP, desconheço a existência física de algum projeto relativo à
    disponibilização de sinal aberto (Internet) para o uso de nossa população ou
    mesmo turistas em trânsito em nosso Estado, porém, a tecnologia existe, está
    ai, é só o governo atual fazer o planejamento necessário para a sua utilização.

    Atenciosamente,

    Carlos
    Eduardo de Albuquerque Costa

Publicidade

Servidores da Saúde em Greve

Uma nova onda de greves começa a se desenhar no Rio Grande do Norte. Ontem os servidores da Saúde do Estado iniciarem uma greve por tempo indeterminado. Liderados pelo Sindicato dos Trabalhadores em Saúde (Sindsaúde), eles se concentraram ontem em frente ao Hospital Monsenhor Walfredo Gurgel, de onde saíram em passeata até o Hemonorte, Centro de Reabilitação Infantil (CRI) e Hospital Psiquiátrico João Machado. Em cada uma das unidades, fizeram ato público de 10 minutos explicando aos usuários o motivo da paralisação.

A pauta pede, principalmente, o pagamento do reajuste de 14,92% (referente a inflação dos últimos dois anos), implantação de uma tabela de incentivo à qualificação, incorporação de gratificações, contratação de pessoal e melhores condições de trabalho para diminuir a sobrecarga dos servidores. A pauta também pede o pagamento de plantões trabalhados entre agosto de 2010 e março de 2011 e a finalização das reformas nos hospitais Santa Catarina, na Zona Norte de Natal, e Rafael Fernandes, em Mossoró. Na manifestação de ontem havia caravanas de diversos municípios, como Pau dos Ferros, Caicó, Apodi e Currais Novos.

Para a diretora do Sindicato dos Servidores da Saúde do Estado (Sindsaúde), Sônia Godeiro, os trabalhadores não aceitam mais o discurso do limite prudencial imposto pela Lei de Responsabilidade Fiscal (LRF). “Eles já anunciaram que não têm condições de conceder o reajuste, mas os servidores da saúde esperaram muito tempo e as arrecadações do governo mostram que existe dinheiro. O trabalhador e a população é que não podem ser responsabilizados pela falta de planejamento dos nossos governantes”, disse Sônia, sugerindo que o Governo diminua o número de cargos comissionados e retire da folha os funcionários que não estão na ativa como já acontece com outros estados.

Fonte: Diário de Natal

enviar comentário
Publicidade

Desembargador e Juiz que apuram escândalo dos precatórios do TJ estão com escolta Policial

Os membros da comissão que investiga os desvios de precatórios no Tribunal de Justiça, Caio Alencar e Luiz Alberto Dantas, estão sob escolta policial 24 horas. Da mesma forma, a presidente do Tribunal, Judite Nunes, que já tinha policiais à disposição por conta de seu cargo, teve a  segurança reforçada. O pedido partiu do próprio TJ, segundo fontes da Tribuna do Norte. O desembargador Caio Alencar confirmou ontem à TRIBUNA DO NORTE o acompanhamento permanente de policiais. A escolta está disponível desde quinta-feira da semana passada.

Frankie MarconeDesembargador Caio Alencar: É uma questão de prevenir.

Caio Alencar confirmou a existência de segurança particular para ele próprio e para o juiz Luiz Alberto Dantas, um dos principais responsáveis pela devassa no setor de precatórios do TJRN. Sobre a presidente Judite Nunes, ele preferiu não se pronunciar. “Sobre isso [escolta da presidente] eu não tenho como falar. Mas em relação a mim e a Luiz Alberto é verdade”, disse. Contudo, uma fonte da TRIBUNA DO NORTE assegura que realmente a segurança da presidente foi reforçada. O motivo para o pedido é “prevenção”. Não há até agora notícias de ameaças aos membros da comissão.

“Estamos sob escolta porque não sabemos com quem estamos lidando. É uma questão de prevenir. Estamos fazendo essa investigação até o fundo e precisamos nos prevenir”, disse Caio Alencar. A reportagem não conseguiu falar com Luiz Alberto Dantas. Não se sabe ainda até quando a escolta estará acompanhando os magistrados.

Segundo informações, a Polícia Militar disponibilizou entre três e quatro policiais, sempre do Bope, para acompanhar o cotidiano dos membros da comissão. Os policiais fazem a proteção nas residências de Caio Alencar e Luiz Alberto Dantas, no trajeto entre a casa e o Tribunal e ficam à disposição quando ambos estão trabalhando. Tanto os agentes quanto os veículos estão descaracterizados, sempre à paisana. Não há outros juízes no Rio Grande do Norte hoje com escolta da Polícia Militar.

Esse é o segundo caso de solicitação de guarda especial após o início das investigações sobre fraudes no TJRN. Carla Ubarana e George Leal colocaram como condição para colaborar com o Ministério Público Estadual a existência de uma escolta da PM. No termo de delação premiada, a inclusão no Programa de Proteção à Testemunha, caso o casal considere necessário, é um dos compromissos do MPE.

Carla e George, ao contrário das informações relativas à guarda dos membros da comissão e da presidente do TJRN, relataram ameaças dentro da prisão. Uma fonte próxima à investigação classificou essas ameaças de “difusas”, ou seja ainda sem identificação de possíveis responsáveis. Contudo, os dois ficaram amedrontados com o ocorrido, tanto que exigiram a proteção 24 horas. Entre as ameaças relatadas pelos acusados, está o aviso para que George Leal “tomasse cuidado para não morrer”. Já Carla afirmou ter sido ameaçada à noite, depois que as luzes eram apagadas na ala feminina do Complexo Penal “Dr. João Chaves”.

Fonte: Tribuna do Norte

enviar comentário
Publicidade