Publicidade

Mineiro sonha com voto no colegiado, mas…

Desde o início do novo mandato, que o deputado Fernando Mineiro se articula para formar um bloco para ter direito a assento e voto no colegiado de líderes. Mineiro não é bobo e poder é sempre bom. Ainda mais quando se é o único opositor ferrenho ao Governo.

Mas, as tentativas de Mineiro devem terminar indo por água abaixo. Primeiro o parlamentar tentou formar um bloco com Fábio Dantas, do PHS, e os deputados George Soares  e Vivaldo Costa, ambos do PR. Mas Vivaldo deu pra trás, por optar por ficar nas bases do Governo. Ele não é bobo e sabe que é melhor ter o apoio da máquina, principalmente, para seu fortalecimento no Seridó.

Depois surgiram os boatos de que uma nova tentativa do petista estava sendo feito com o grupo “independente” do PSD, ou seja, com os deputados Zé Dias e Gesane Marinho. Essa informação não foi confirmada por nenhum dos três ao blog, mas adianto: vai ser difícil.

Primeiro, porque Zé Dias e Mineiro já não se entendem politicamente há tempos (na política tudo pode mudar). Segundo, porque Gesane não vai querer perder o apoio de Rosalba fundamental para sua possível candidatura à Prefeitura do Natal, pela possível candidatura de seu irmão Bertoni à Câmara Municipal de Natal e pela possível candidatura de sua mãe Doutora Fátima à Prefeitura em Canguaretama. Gesane não quer perder essa força política por tão pouco.

É muita coisa pra pra superar. Pelo visto, Mineiro vai ter que esperar mais um pouco pra Mineiro poder  participar mais ativamente do colegiado de líderes, que só participam blocos de partidos ou grupos com, no mínimo, três deputados.

enviar comentário
Publicidade

Homem tenta suicídio da Árvore de Natal de Mirassol

Um homem ainda não identificado subiu a árvore de Natal do conjunto Mirassol para tentar suicídio. As últimas informações dão conta que o rapaz continua pendurado a estrutura de ferros, que forma o eixo central da decoração realizando ameaças.

O local está isolado pelo Corpo de Bombeiros e uma das mãos da BR-101 se encontra isolada.

Ainda não há informações sobre qual o motivo que está levando o homem a tentar tirar a própria vida.

Na foto, tirada por Marcelo Montenegro, o homem aparece no meio da estrutura.

Comentários (3) enviar comentário
  1. SHATONSON disse:

    E A MULHER PASSOU EMBAIXO E GRITOU!!
    "SAI DAÍ ABESTADO, EU TE BOTEI FOI UM PAR DE CHIFRES, E NÃO UM PAR DE ASAS!"

  2. So falo a verdade disse:

    Idiotaaaaaaaaaaa so quer aparecer, era bom q tinvece morrido mesmo retardado….

  3. ABC disse:

    Chifre quando não mata, endoida ….

Publicidade

Ladrão tentou roubar lutador de MMA que luta no UFC. Levou uma surra e ainda foi preso

Qualquer ladrão por menor que seja fica todo machão com uma arma na mão. Achando que podia fazer tudo, Anthony Miranda, de 24 anos, resolveu assaltar um carro dirigido por um fortão, em Chicago (EUA).

O assaltante se aproximou do veículo e pediu um isqueiro para a vítima. Quando o motorista disse que não tinha fogo, Miranda mostrou o revólver e anunciou o assalto.

Não tenho dó de ladrão, mas… pobre Miranda. Mal sabia que estava tentando roubar um lutador de MMA que compete no maior torneio da modalidade, o UFC (Ultimate Fighting Championships).

O lutador, que não quis ser identificado, pegou a arma, tirou as balas e deu uma surra em Miranda. O ladrão apanhou tanto que ficou com o rosto cheio de marcas roxas.

Quando a polícia chegou, declarou nocaute, o lutador manteve seu cinturão, digo, seu carro, e Miranda foi levado para a cadeia. Quer dizer, antes de ser preso, o ladrão ainda teve de dar uma passadinha do hospital.

*Com informações do New York Daily News

Comentário (1) enviar comentário
  1. JOSÉ disse:

    SE FOSSE NO BRASIL O LUTADOR PODERIA SER PROCESSADO PELO ESTADO,OU PELO FAMILIARES DO LADRÃO, E AINDA PODERIAM EXIGIR INDENIZAÇÃO.$

Publicidade

MPF denúncia ex-prefeito cassado de Pedro Velho por ocultação de documentos

O Ministério Público Federal no Rio Grande do Norte (MPF/RN) denunciou o ex-prefeito de Pedro Velho Elizeu Jalmir de Macedo por ocultar documentos públicos relativos ao uso de recursos federais durante a gestão dele entre os anos de 2007 e 2009.

Elizeu Jalmir foi prefeito de Pedro Velho de 2005 até 2009, quando teve o mandato cassado pela Justiça Eleitoral.

Em fiscalização, a Controladoria-Geral da União não localizou documentos que comprovassem receitas e despesas referentes aos anos de 2007 a 2009.

Segundo o MPF/RN, a conduta praticada pelo ex-prefeito Elizeu Jalmir tem impedido o atual prefeito Lenivaldo Brasil Fernandes de regularizar o Município de Pedro Velho junto aos órgãos federais, e acabar com as restrições cadastrais da prefeitura.

A supressão de documentos é crime previsto no artigo 305 do Código Penal, com pena de até seis anos de reclusão e multa.

A denúncia será analisada pela 2ª Vara da Justiça Federal.

Com informações do MPF

enviar comentário
Publicidade

Jovem que publicava fotos e ostentava no Facebook teve Apto assaltado

Informações publicadas no Facebook ajudaram a motivar o assalto a um apartamento de classe média na zona oeste de São Paulo, diz a polícia.

Um rapaz de 16 anos, da família vítima do crime, costumava publicar no site fotos suas de equipamentos eletrônicos e de viagens ao exterior.

Segundo a polícia, um jovem de 16 anos que estudou na mesma escola que o adolescente planejou o assalto, com a ajuda de dois adultos.

“A vítima ostentava entre amigos e colocava as informações no Facebook. Isso motivou a cobiça”, disse a delegada Fabiana de Sena, do DHPP (Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa).

O crime aconteceu no último dia 29, por volta das 23h.

Os dois adultos entraram no apartamento da família usando uma chave furtada dias antes pelo jovem. Eles renderam quatro pessoas.

Durante o assalto, um dos suspeitos recebeu uma ligação no celular e falou: “não tem tanta coisa aqui como você disse”, disse a delegada.

Segundo a polícia, os assaltantes deixaram o apartamento levando joias, telefones celulares, seis relógios, R$ 370 e eletroeletrônicos.

Na fuga, a dupla foi surpreendida por policiais da Rota e houve troca de tiros, diz a polícia. Os dois homens foram feridos e morreram no hospital. Segundo Sena, o jovem diz ter sido pressionado para ajudar no crime.

“Os adolescentes colocam informações pessoais nesses sites. É importante que os pais os orientem para que não façam isso”, diz a delegada.

Fonte: Folha de São Paulo

enviar comentário
Publicidade

Erro da Justiça deixa Potiguar inocente 149 dias na prisão

Depois de quase 150 dias detida arbitrariamente no Presidio Estadual de Parnamirim, o julgamento da jovem Maria Elayne foi realizado ontem, 05 de dezembro, na 3ª Vara Criminal da Zona Norte de Natal.  A ré foi absorvida.

A jovem permaneceu todo esse tempo na prisão acusada indevidamente de tráfico de drogas.

Segundo relato do defensor Manoel Sabino houve um grande erro neste caso. “Começamos ouvindo os policiais que realizaram sua prisão. Ambos disseram que a acusada não tinha nada a ver com a droga e que estava ‘no lugar errado, na hora errada’. Espantados, tanto eu como o promotor começamos a tentar entender o que havia acontecido”, declarou.

Pelo que ficou apurado, a Polícia estava realizando buscas por drogas.

Maria Elayne Soares Fonseca da Silva morava perto do local e vinha passando na rua no momento da ação policial. Nada foi encontrado com a moça e ficou averiguado que ela não morava na casa onde as drogas estavam.

Mesmo assim, ela foi levada presa, indiciada pelo Delegado e denunciada por um Promotor.

A Defensora Pública da Vara fez a defesa de Maria Elayne, arrolou testemunhas e pediu a liberdade, mas a Justiça manteve a acusada presa por 149 dias.

Maria Elayne estudava, trabalhava e tomava conta de um filho pequeno.

Na prisão, o desespero se transformou em depressão e Maria Elayne cortou os pulsos.

Conseguiram salvar sua vida.

No julgamento, finalmente, Maria Elayne teve a oportunidade de contar sua história. Ficou provada não apenas a sua inocência, mas a prisão arbitrária a que foi submetida e que a fez perder o ano de estudos e o trabalho.

O promotor, ao pedir sua absolvição, ficou emocionado e, com a voz embargada, questionou os diversos erros que quase custaram a vida de Maria Elayne.

Maria Elayne poderia ser qualquer um de nós neste sistema falida. Ao defensor, restou a indgnação. “Eu, como Defensor Público, lembrei o caos do Sistema Penitenciário, a superlotação e as terriveis condições do cárcere”, disse Manoel Sabino.

O juiz, também emocionado, absolveu Maria Elayne.

Com informações do Blog de Georgia Nery

Comentários (4) enviar comentário
  1. Nina disse:

    Quem irá resgatar os dias que essa cidadã perdeu presa indevidamente?? que justiça arbitrária é essa que ao invés de resgatar vidas as distrói??? Essa Justiça está uma palhaçada, dilacerando vidas!!!!!!

  2. Napoleandro disse:

    Agora resta a ela mover uma ação e receber uma boa indenização para reparar os danos

    • SHATONSON disse:

      O QUE TAMBÉM NÃO TEM GARANTIA NENHUMA DE RECEBER NESSA VIDA NÉ NAPÔ? VAMOS COMBINAR, QUERER INDENIZAÇÃO DA JUSTIÇA?

  3. SHATONSON disse:

    SUCESSÃO DE SUCESSOS QUE SE SUCEDEM SUSSESSIVAMENTE, SEM SESSAR
    PULISSA, ACUSASSÃO, DEFESSA,  JUSTISSA, OMISSA, REPULSSA, OFENSSA, NÃO PENSSA.

    FALA SÉRIO, ENQUANTO ISSO, NA SALA DE JUSTIÇA?

    O PAÍS DA PIADA PRONTA, MAIS UMA APRONTA, QUE NÃO SE CONTA! 

Publicidade