PROCON Estadual emite Nota sobre fato ocorrido com 8 consumidores vítimas de anúncio errado de produto

Nesse sábado 12/08, fiscais do procon Estadual receberam denúncias de consumidores que estavam no SAMS CLUB em Natal , vítimas de uma situação em que a televisão constava preço anunciado no valor de R$ 279,00 em prateleira, valor este bem abaixo do valor de mercado real do produto. 08 (Oito) consumidores se dirigiram ao caixa e foram informados que o valor anunciado estava impresso errado e que o produto custava em verdade R$ 2.790,00 .

O órgão de proteção ao consumidor esteve imediatamente no local e os fiscais lavraram um auto de constatação , atestando o ocorrido e identificando os 08 consumidores que se dirigiram ao caixa e seguindo o procedimento administrativo , foi dado prazo de 10 dias para que a empresa apresente defesa e posterior análise do setor técnico do PROCON RN , será aplicada ou não a penalidade de multa .

” Não é interesse do órgão estimular enriquecimento ilícito ou possível má-fé do consumidor . No entanto , fizemos nosso papel de proteção ao consumidor e prontamente chegamos ao local para fazermos o auto de constatação, o que somente após o devido processo legal pode gerar multa ou não ” , afirmou o Coordenador Geral do Procon Estadual Cyrus Benavides.

Várias notícias inverídicas estão sendo noticiadas de que vários consumidores levaram televisões por preços ínfimos , quando na verdade , nenhum consumidor levou a televisão pelos valores expostos de R$ 279,00 . No entanto , os 8 consumidores que foram vítimas dessa situação e que foram ao caixa , estão amparados pelo auto de infração do procon para que levem ao judiciário a análise do caso e em aproximadamente 60 dias haverá decisão do PROCON sobre a aplicação ou não da penalidade de multa em desfavor do estabelecimento.

A recomendação do Procon foi que o estabelecimento efetuasse a venda do produto, conforme anunciado , em relação tão somente aos 8 consumidores que de boa-fé se dirigiram ao caixa com os televisores , antes da placa de preço ser retirada.

Publicidade

Comentários:

  1. Olimpio disse:

    Boa fe uma ova. Isso e comum da maioria do brasileiro que fica procurando levar vantagem no erro dos outros. Como diria BORIS CASOY, isso e uma vergonha.

  2. JC disse:

    Em um país civilzado, o primeiro consumidor que visse o erro chamaria a atenção do supermercado e tudo estava resolvido. Povo oportunista!

  3. Val Lima disse:

    Mero erro de um funcionário (q deve ter lhe custado o emprego). Caso acionada,a justiça não reconhecerá direito algum à esses (oito) consumidores,tendo em vista a diferença exorbitante de preço do produto,o q caracteriza má-fé….

  4. Carlos Alfredo de Morsis disse:

    Os consumidores no caso em comento estão obtendo enrequecimento ilícito
    Pois todos nós sabemos que é inconcebível adquirir um produto dessas características no varejo. O bom senso e sobretudo a boa fé que deve fazer parte dos contratos e das relações comerciais sadias devem prevalecer,

  5. Rnatal disse:

    Estou abismado desde que li essa notícia.
    Óbvio que houve um erro no preço, o certo seria chamar um funcionário para conferir e não o Procon. O Procon, órgão que respeito, não deveria, na minha opinião, ter lavrado ato, afinal, um ser humano pode errar uma digitação e estamos falando de valores muito distintos e de um produto que não poderia ser esse preço em lugar nenhum.

    Como que uma empresa que vem para o RN e gera empregos tem estimulo para continuar atuando aqui diante dessa situação?

  6. anita disse:

    Depois a gente abre a boca pra dizer "este congresso não me representa". Representa sim!!!! Nós somos esse lixo aí mesmo. Sempre querendo levar vantagem em tudo pra se sentir o sabidao, o espertao, o que se dá bem em cima dos outros. N tem Sérgio Moro q dê jeito nessa malandragem que a gente tras do berço.

  7. George disse:

    Esse povo não tem jeito, qualquer pessoa sabe que isso é um erro.na verdade muitas pessoas só querem se aproveitar.é bom que não ganhem nada

  8. Marlene disse:

    É lógico que qualquer pessoa sabia que era impossível este preço está certo. ERRAR É HUMANO! E o consumidor não entender é praticar corrupção!

  9. Fabio Pereira disse:

    A verdadeira crise no Brasil é ética e moral!! Uma bola de neve que se inicia com "irrelevantes" atos de corrupção que passam impunes !!! Porque eu vou ser multado por jogar uma piuba de cigarro no chão se quem matou uma pessoa, ou quem roubou milhões de recursos públicos só ficam no máximo 6 anos na prisão, se forem presos???

  10. Rafael Bezerra disse:

    8 aproveitadores, que com seu ato de levar vantagem, não se preocupa com o funcionário que errou e será demitido por justa causa (prejuízo acumulativo).
    Se eles fossem complacente com a Sam's Club, com certeza, ela seria, tambem, anistiando o funcionário.

  11. Rosa Medeiros disse:

    Concordo com tudo que falaram…99% dos brasileiro são corruptos igual os politicos eleitos

  12. Waldemir disse:

    E esse PROCON vem
    Querendo dar uma de bom
    Eu pago imposto e não tenho SEGURANÇA SAÚDE e EDUCAÇÃO sou um consumidor do estado então processa o estado também o povo aí sim e enganado

  13. Santiago disse:

    Brasileiro em sua maioria é malandro. Sequer pensa no próximo. Se fosse num país civilizado, o primeiro cliente que percebesse o erro grosseiro do preço, avisaria imediatamente à gerência do caixa, inclusive para tentar preservar o emprego do responsável pela etiquetagem.

  14. Waldemir disse:

    É a lei de Gérson
    Por isso que este país está nessa naba
    Soltem aproveitador

  15. Morais disse:

    De BOA FÉ? Como assim?

  16. Fabio disse:

    Ninguém em sã consciência imaginaria uma TV por este preço, isto não é procurar por proteção dos direitos mas sim tentar levar vantagem indevida, esse é o povo que quer um governo honesto.

  17. O Cara disse:

    A culpa de P.A. Cabral…Se fôssemos colonizados por Holandeses…..Esse País era outro….

  18. Segura as tanga disse:

    Esse país não tem jeito. É problema genérico q vem desde o seu "descobrimento". É só dar uma folheada na história pra ver q o Brasil é colônia de exploração e de banimento para criminosos, sempre foi. A corrupção, o jeitinho brasileiro. Infelizmente é assim q somos conhecidos. Parabéns aos q repudiam a atitude dessas oito pessoas, mas na vida é assim: o que se ganha fácil, sempre vai fácil. Fiquemos atentos e seguem as tanga!

  19. Hugo disse:

    Dificil cobrar dos politicos nao acham? A propria populacao age assim. Quero defender politicos nao mas é preciso fazer nossa parte para reclamar da policia do governador ou do presidente.

  20. Fabio disse:

    Não sejamos hipócritas, falsos moralistas, se os senhores estivessem lá gostaria sim que os seus direitos de consumidor valessem.
    Se paga o que está na gôndola.

  21. marcio disse:

    Patetico esse tipo de gente!!! Lamentavel vergonha!!!

  22. Só olhando disse:

    Amanhã esses mesmos que agiram de má fé estarão falando mal dos políticos.

    O mal do Brasil é o brasileiro.

  23. Leitor disse:

    Verdade, isso sim é má fé, agora imaginem o responsável pela precificação desse produto, tenho pena. Brasileiro só pensa nele mesmo e ainda vai para as ruas cobrar dos outros…. brincadeira uma coisa dessas.

  24. Leitor disse:

    Verdade, isso sim é na fé, agora imagen o responsável pela precificação desse produto, tenho pena. Brasileiro só pensa nele mesmo e ainda vai para as ruas cobrar dos outros…. brincadeira uma coisa dessas.

  25. Paulo disse:

    Esta claro que foi um erro e de forma correta o consumidor era para pegar a etiqueta e tentar alertar e não se aproveitar , mais este Brasil deve mundar um dia mais vai demorar um pouco, nunca que uma tv dessa seria vendida por 279 ,00 este valor acho que não é o frete dela , mais Brasil do PMDB,PT,PSDB,PP,PR,PSD,PSB,PC do B, DEM, Psol, é todos querendo uma boquinha facil

  26. Flávio Cunha disse:

    Esse consumidores agiram com extrema malandragem!
    Esse Brasil não tem jeito mesmo. Qualquer um sabe que uma TV com esse preço não existe!
    Pessoal, vamos fazer esquecer esse jeitinho brasileiro, sempre querendo tirar vantagem em tudo

  27. JegueDegue disse:

    demissão de alguém a vista em 3, 2, 1…

  28. Luciana Morais Gama disse:

    Concordo com você Joaquim. Tentaram tirar proveito.

  29. paulo martins disse:

    Ato típico da maioria dos patrícios desta terra de Macunaíma.
    Patrícios que com dedo sujo em riste apontam o mal-lavado alheio.
    Terra de cego paraplégico que se abaixa para ocultar a nota que cai no chão, ao invés ao avisar à vítima do infortúnio.
    Brasil que é a cara do Congresso Nacional e da lisura e honestidade de suas autoridades públicas.

  30. Sincerão disse:

    Consumidores agiram de má-fé. Se o erro é facilmente perceptível (não se vende uma TV nova por esse preço), a loja não deve pagar. Há Muitas decisões nesse sentido. A loja deve processar cada um que levou. Jeitinho brasileiro.

  31. Sergio Nogueira disse:

    Não tem um único estudante do primeiro ano de direito que não saiba que uma situação dessa está claro que (i) os consumidores sabem que o preço não é esse e (ii) isso não é promoção mas um erro da empresa.
    Diante dessas condições a Justiça vem negando aplicar qualquer punição aos comerciantes.
    Mas claro que se alguém quiser fazer média com intenções políticas outros entendimentos podem aparecer.

  32. CURITIBA JÁ disse:

    Mesmo sabendo que era um erro, e quem ia pagar era o pobre do funcionário estes consumidores não abriram mão de prejudicar o funcionario agindo de má fé

  33. George Viana disse:

    Alguém de boa-fé teria avisado a um funcionário sobre o engano… O resto é burocracia e fumaça de nossa gente

  34. Lutemberg disse:

    País composto de pessoas desonestas em sua maioria, sempre em busca de levar vantagem em detrimento dos outros. Era óbvio que houve um erro grosseiro do supermercado, mas ninguém pensou em avisar os funcionários, apenas, tirar proveito da situação. Pena do pobre funcionário responsável pela gafe. Vai levar uma justa causa. E os ixpertos,, vão usufruir felizes o fruto da sua "sabedoria".

  35. Pics disse:

    Não muito diferentes dos saqueadores de Santos. Não tem jeito mesmo este país.

  36. Joaquim disse:

    Infelizmente esses consumidores agiram de má fé , esse país não tem jeito.

    • Anderson disse:

      Concordo plenamente. Ridículo é a posição do Procon em achar que seria boa fé dos clientes.

  37. Rafael disse:

    Na real, os Brasileiros querem ter políticos honestos, mas vivem ampliando o famoso jeitinho. Consumidores de boa fé? Pela foto, uma tv de 55 polegadas, por 200,00 temers? A sentença final deveria ser uma multa aos 08 pela cara de pau. Gostaria de saber se fossem com eles, em estabelecimento próprio, com preço impresso errado em suas prateleiras. Há, mas o Sams Club é de um grande grupo, então pode. Se o Procon fosse um orgão coerente, recomendaria o obvio: impressão errada mas de boa fé e consumidores na fila de má fé. Esse é o futuro da nação.

    • Flauberto Wágner disse:

      Ratifico aqui as suas palavras Rafael e vou mais além como podemos e queremos fazermos imposições das boas práticas da honestidade e do politicamente correto, quando usamos deste tipo de subterfúgio…