Publicidade

Nos EUA, Bolsonaro diz que não é o nome mais capacitado para ser presidente, mas não está envolvido em escândalos de corrupção

Reprodução/Facebook

Em palestra fechada a investidores e analistas em Nova York, o deputado Jair Bolsonaro (PSC-RJ) afirmou que não é o nome mais capacitado para ser presidente do Brasil, mas não está envolvido em escândalos de corrupção.

“Tem muita gente mais preparada do que eu, mas no Brasil hoje o pessoal está alvejado. Praticamente não tem candidato deles que se apresenta aí que não tenha problemas na Lava Jato ou já tiveram no mensalão”, disse o deputado na Câmara de Comércio Brasil-Estados Unidos, na quarta-feira (11).

“Gostaria que isso não acontecesse. Tem gente lá que eu gosto [sic], mas, infelizmente, não vou citar nomes nem vou criticar, estão envolvidos nessas questões. Então, hoje em dia, cai para mim.”

Na quinta-feira (12), em tom mais polido, Bolsonaro voltou a fazer autocrítica em palestra no Conselho das Américas.

“Estendo a mão aos senhores. Entendam a minha inexperiência em algumas áreas, mas o mais importante é a vontade de acertar”, rogou.

A Folha teve acesso à integra das duas palestras, ambas fechadas. O deputado, empatado em segundo lugar na disputa presidencial de 2018, de acordo com o Datafolha, desculpou-se por arroubos agressivos.

“De vez em quando me perco nas palavras, sim, me perco, me perco, peço desculpas. Mas o nosso objetivo exatamente é o bem de todos”, afirmou, no segundo evento.

Bolsonaro pediu uma nova Constituinte e a reformulação da legislação trabalhista.

“Temos um problema na CLT, está engessada na Constituição”, reclamou, para então defender a adoção do modelo americano, que não prevê direitos como férias e licença-maternidade.

O deputado repetiu lugares-comuns em favor da livre iniciativa.

“O Custo Brasil é altíssimo, a burocracia é enorme, o número de horas para abrir uma empresa no Brasil acho que é… Estamos em primeiro lugar no mundo”, observou.

“Temos que ressuscitar o [ministro do Planejamento na ditadura militar] Helio Beltrão, né, mas revigorado, para desburocratizar o Brasil.”

Ao comentar a reforma da Previdência proposta pelo governo Michel Temer, porém, Bolsonaro foi mais cauteloso.

“Dá para sair, devagar, dá. Não adianta o pré-candidato aqui dizer que vai fazer. Não vai fazer, a verdade acima de tudo. Pode até agradar os senhores aqui, mas ele vai ter dificuldade um ou dois anos depois ao ver que não fizemos”.

Bolsonaro declarou sua admiração pelos Estados Unidos e disse que o país deveria ser “o primeiro parceiro comercial” do Brasil.

“Em muitas coisas, temos afinidades. Sou apaixonado por esse país do coração, gostaríamos que nos aproximássemos, que os acordos fossem mais céleres”, desejou.

Sobre política, Bolsonaro disse que “o Judiciário é um tanto quanto aparelhado também” e o Congresso, um “gargalo” para o Executivo em algumas matérias, mas afirmou contar com as bancadas da segurança, evangélica e do agronegócio (conhecidas como da bala, da bíblia e do boi) como sustentação.

“Temos um sentimento muito grande que pode unir o Parlamento brasileiro.”

Folha de São Paulo

 

Comentários (10) enviar comentário
  1. anderson disse:

    çççeeei

    e a lista da JBS? Quem acredita nas explicações dele deve a todos os outros políticos o mesmo benefício da dúvida…

  2. Romualdo disse:

    "A direita brasileira não tem um projeto de país e, portanto, não tem um projeto de governo e, portanto, qualquer um lhe serve".

  3. José Edmilson de Holanda Júnior disse:

    Bolsonaro disse que não é o mais preparado para ser presidente, acho que isso é modéstia sua, um país que teve como presidente um analfabeto cachaceiro e uma guerrilheira analfabeta. Em comparação com esses Bolsonaro é sim o mais preparado.

  4. Jbs disse:

    Apesar de tudo, essa declaração me faz ver ele com olhos mais condescendentes.

  5. William disse:

    Ainda não consigo entender como ainda dão cabimento a um doidinho dessa qualidade. Vários anos ele, filhos, irmão e todos os parentes e não tem uma emenda ou um projeto de qualidade. Mais um bocão que aproveita a fragilidade do momento.

  6. Pato Amarelo disse:

    Tão ou mais importante que o voto para Presidente serão os votos para Deputados Federais e Senadores. Caso não haja uma renovação ampla e irrestrita no Congresso Nacional, Presidente nenhum fará milagre, a menos que haja um golpe de Estado.

  7. luiz disse:

    Quer tirar férias e licença-maternidade dos civis. E ainda tem quem vote nisso!!!!!!!!!

  8. Amando Gomes disse:

    Oposto a soberba de LULA que é quem sabe mais, entende mais, tem solução para tudo, vai transformar o Brasil numa Suécia, mesmo tendo passado 13 anos no poder e não fez 10% de tudo que prometeu e volta a prometer, Bolsonaro se mostra ciente de sua condição e aberto a mudar e crescer.
    LULA mentiu e mente repetindo promessas que jamais serão realizadas, pois ele não faz ideia de como realizar e não tem capacidade de tornar real.
    LULA disse que tirou 36 milhões da pobreza, mentiu! O Brasil tem 122 milhões de habitantes, então LULA afirmou que 1 em cada 4 brasileiros foi ele criou emprego. MENTIRA!
    A verdade que existe é que o PT deixou 12,5 milhões de desempregados ao sair do governo.

  9. Venâncio disse:

    Quem trocaria 01 BOLSONARO por 10000 investigados?
    Quem trocaria 01 BOLSONARO por 1000 processados?
    Quem trocaria 01 BOLSONARO por 100 condenados?
    Se alguém respondeu 01 SIM, APROVA A CORRUPÇÃO, NÃO QUER O MELHOR PARA O BRASIL, deveria mudar para Venezuela ou Cubaque além de corrupção tem ditadura.

    • Jailson disse:

      Mais cidadão disposto a perpetuar a espécie na política. Mais um que só tem blá-blá-blá para uma audiência desqualificada igual à dos americanos com Trump.

Publicidade