Publicidade

Valor pago pelo Brasil para contratar médicos cubanos aumenta 90%

O Brasil vai repassar à Organização Pan-Americana de Saúde (Opas) R$ 973,9 milhões para a contratação de cubanos para o programa Mais Médicos, quantia 90% maior do que o primeiro termo de ajuste – R$ 511 milhões. O extrato do termo foi publicado hoje no Diário Oficial da União. De acordo com o Ministério da Saúde, a fórmula do cálculo seguiu o mesmo padrão do contrato anterior. O aumento nos valores, informou a pasta, é resultado do número de profissionais recrutados para o programa: 11.400 médicos. O contrato terá validade de seis meses.

No primeiro convênio, o valor previa a contratação de 4 mil médicos. Dos R$ 511 milhões, R$ 487 milhões para as despesas de contratação e R$ 24,3 milhões pagos à Opas como comissão. Do valor total do aditivo publicado hoje, de acordo com o ministério, 86% serão destinados para os gastos diretos com o profissional, como o pagamento da bolsa formação e da ajuda de custo de instalação.

O governo informou ainda que vai superar a meta de chegar até abril com 13 mil profissionais no Mais Médicos. A expectativa é de que, até lá, 14,9 mil médicos estejam atuando.

A partir desta quarta-feira, 5, chegam ao País mais 4 mil cubanos recrutados para o 4º ciclo do Mais Médicos, que agora se encerra. Assim como em outras etapas, o número de cubanos é significativamente maior do que o de demais estrangeiros e médicos formados no Brasil. Além dos cubanos, o 4º ciclo conta com 1.479 profissionais – dos quais 1.078 brasileiros que optaram por migrar do Programa de Valorização da Atenção Básica (Provab) e 401 selecionados em seleções individuais – desse total, 197 com diplomas obtidos no Brasil.

Atualmente o programa conta com 9.425 médicos, 75% cubanos. Os profissionais recrutados pela Opas desembarcam em seis cidades brasileiras, onde vão permanecer por três semanas para fazer o curso de aperfeiçoamento.

Estadão

Comentários (4) enviar comentário
  1. Carvalho disse:

    Será que Cuba repassará parte desses 973 milhões de reais para o PT?
    A torneira do mensalão foi fechada. Será que outras torneiras foram abertas?

  2. João disse:

    Vocês sabem como manipular notícias. A manchete correta seria: "O Ministério da Saúde aumentou o número de profissionais cubanos no Mais Médicos , de 4.000 para 11.400". Mas, invertem o título da notícia para parecer que está ocorrendo algum tipo de fraude. Ai, pega leitores que leem apenas o titulo da matéria, como o Sr. Sinésio Filho, para criar um bando de desinformados.

  3. sera disse:

    é bom mostrar que não são só os cubanos que participam desse projeto

  4. sinesio filho disse:

    Muito dinheiro!!! deve voltar como mensalão.. Terra de bandidos é esse Brasil de mer…

Publicidade

Apesar dos investimentos para a Copa, internet 2G ainda é dominante no País

Embora 80 cidades contem com a moderna cobertura de telefonia celular 4G e os principais municípios do País já tenham cobertura 3G, a maior parte dos brasileiros ainda utiliza 2G. Isso deve mudar a partir de junho, quando os celulares 3G devem superar os 2G no País, prevê o presidente da Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel), João Rezende. A predominância de uma tecnologia inferior pode ser explicada pelo alcance da cobertura.

Enquanto o 2G alcança todos os municípios brasileiros, o 3G chega a 3.473 municípios, onde vive 90% da população nacional. De acordo com a Anatel, o País encerrou o ano de 2013 com 159,7 milhões de telefones celulares 2G, enquanto os 3G ficaram em 94,8 milhões.

Mas, no início de 2013, a vantagem numérica do 2G sobre o 3G era bem maior: 194,7 milhões contra 53,9 milhões. Ao longo do ano, a tecnologia 3G cresceu 75,9% em número de usuários, enquanto a 2G perdeu 17,9% de seus clientes.

“Em junho deste ano, o 3G deve ultrapassar o 2G em quantidade de telefones”, afirmou, em entrevista ao Estado. No ano passado, 3 milhões de usuários por mês trocaram o aparelho 2G pelo 3G. “A migração foi acelerada.”

Motivos. Rezende destaca duas variáveis como responsáveis por essa mudança. A primeira é o aumento da competição entre as teles, que diminuiu o preço dos aparelhos e pacotes 3G. A segunda é o crescimento da renda dos brasileiros, que, com mais dinheiro, investem em celulares com acesso à internet.

“Esse aumento no número de usuários 3G exige cada vez mais investimentos em infraestrutura e banda por parte das empresas para que não tenhamos problemas com qualidade nos serviços”, afirmou.

Desde junho de 2012, quando as vendas de novas linhas foram suspensas pela Anatel, as teles são fiscalizadas trimestralmente pelo órgão regulador.

Outro fator que deve acelerar essa tendência é o leilão da faixa de 700 MHz, que vai oferecer 4G. Na licitação, que deve ocorrer no primeiro semestre deste ano, o governo pretende obrigar as companhias a antecipar as metas do 3G. Para alguns dos cerca de 2 mil municípios ainda sem cobertura, o prazo vai até o fim de 2019. A ideia é encurtar este período, para 2016 ou 2017.

Incipiente. Já a tecnologia 4G deve demorar mais tempo para se popularizar. A cobertura, que começou em maio nas seis cidades-sede da Copa das Confederações, encerrou o ano de 2013 com 1,3 milhão de celulares em todo o País. Cerca de 200 mil por mês migram do 3G para o 4G, mas, em dezembro, foram 400 mil a mais.

O número é mais modesto do que previa o governo. Rezende acreditava que o ano se encerraria com 4 milhões de usuários no 4G. O ministro das Comunicações, Paulo Bernardo, achava que esse número seria ainda maior. Parte disso pode ser explicada pelo valor do aparelho, que ainda custa mais de R$ 1 mil. “Ainda estamos com uma adesão tímida, mas isso é um processo que ganha escala à medida que a cobertura aumenta e que o preço dos aparelhos cai”, afirmou Rezende.

A partir de 31 de maio deste ano, as companhias terão de oferecer 4G em todas as capitais e cidades com mais de 500 mil habitantes. “Com certeza, com cobertura maior, o número de usuários também deve crescer mais.”

Segundo o diretor executivo do Sindicato Nacional das Empresas de Telefonia e de Serviço Móvel Celular e Pessoal (Sinditelebrasil), Eduardo Levy, faltam apenas nove municípios para chegar a essa meta: Aracaju, Duque de Caxias, Feira de Santana, Londrina, São Gonçalo, São Luís, Teresina, Porto Velho e Rio Branco.

Estadão

enviar comentário
Publicidade

Brasil "enfia" 5 na África do Sul em amistoso

59j8gwlnib_3e2u5ver66_fileFoto: Jefferson Bernardes/Vipcomm

O Brasil mais uma vez mostrou que é um dos favoritos ao título da Copa 2014. Contra um adversário só esforçado, é verdade, fez a sua parte e venceu sem problemas nesta quarta-feira (5), no Soccer City, em Johanesburgo. A equipe bateu a África do Sul por 5 a 0 no último amistoso antes da convocação final para o Mundial. Oscar, Neymar (três vezes) e Fernandinho fizeram os gols.

Luiz Felipe Scolari aproveitou a partida tranquila para tirar suas últimas dúvidas quanto aos convocados. A lista final dos 23 jogadores sai em 7 de maio e o treinador parece mesmo estar com o grupo praticamente fechado. Um goleiro, um zagueiro, um lateral-direito e um volante são basicamente as posições em aberto para o banco de reservas. Fica espaço para uma surpresa no meio-campo. Hernanes, que desta vez não foi lembrado, corre riscos.

Como era de se esperar no amistoso que lembrou três meses da morte de Nelson Mandela, o time pentacampeão não demorou para impor sua superioridade em Johanesburgo.  O primeiro gol até pegou algumas pessoas de surpresa, mas Hulk acertou um belo lançamento para Oscar sair sozinho na cara do gol. O meia só teve o trabalho de dar um leve tapa para tirar do goleiro aos 9 minutos de primeiro tempo e abrir o marcador.

O Brasil tocava a bola sem ser ameaçado pelo adversário que não se classificou para a Copa do Mundo. Em ritmo de treino, alcançou o segundo gol com sua maior estrela, aos 40 minutos da primeira etapa. Paulinho colocou na frente e Neymar não teve trabalho para chutar cruzado e ampliar o placar.

Fim dos testes

De volta ao time canarinho depois de perder seis jogos devido aos seguidos problemas de lesão, Fred pouco tocou na bola no primeiro tempo. Ainda assim, o camisa 9 é homem de confiança da tão falada Família Scolari e só deixa o grupo se não tiver mesmo condições físicas. Aos 20 segundos da etapa final, escorou para Neymar dar um lindo toque por cima do goleiro e marcar o terceiro gol. Já nos acréscimos, Neymar mostrou também mostrou sua versão oportunista e fechou a conta.

A partida seguiu na mesma toada. A novidade mesmo ficou por conta da apresentação do segundo uniforme, todo azul, com inspiração no litoral brasileiro. O goleiro Julio César foi pouco exigido e mostrou que ainda está em forma em apenas uma oportunidade, no chute prensado de Patosi.

Novidades na lista do treinador, Rafinha e Fernandinho deixaram a África em situações distintas. O lateral-direito não acrescentou muito mais que Daniel Alves e seu concorrente direto Maicon. Já o volante apareceu um pouco mais e, assim como o titular Luiz Gustavo, parece mesmo ter tomado conta da posição. Foi coroado com um golaço, de fora da área aos 34 minutos.

A seleção brasileira ainda tem mais dois amistosos antes da estreia na Copa 2014. A equipe enfrenta o Panamá em 3 de junho, no Serra Dourada, em Goiânia (GO); três dias depois, encara o Panamá, no Morumbi, em São Paulo (SP). Nenhum dos adversários estará no Mundial.

R7

enviar comentário
Publicidade

Siemens é proibida de participar de licitações no Brasil por cinco anos

A Justiça Federal determinou que a empresa alemã Siemens fique impedida de participar de licitações públicas e fechar contratos com governos no Brasil pelos próximos 5 anos. A decisão, de janeiro, tem base em sindicância feita nos Correios que apontou suspeita de pagamento de propina da Siemens para obter contratos com a estatal federal.

Por causa do resultado da sindicância – instaurada em 2008 -, que apontou diversas irregularidades cometidas pela Siemens em duas licitações em 1999 e em 2004, os Correios decidiram punir a multinacional alemã e a impediram de participar de licitações pelo período de cinco anos.

A Siemens impetrou mandado de segurança na Justiça questionando a decisão, mas em agosto de 2013 o juiz de primeira instância não apenas deu razão aos Correios como afirmou que o impedimento de contratar deveria ser estendido a toda a administração pública.

A empresa recorreu, mas o Tribunal Regional Federal da 1ª Região manteve a decisão e determinou, em janeiro, o imediato cumprimento da pena.

A informação sobre a sanção faz parte do informe financeiro da própria empresa, publicado na Alemanha há poucas semanas para investidores.

Os Correios, que agora aparecem ligados a uma empresa do cartel do setor metroferroviário no Estado de São Paulo, também foram o nascedouro do escândalo do mensalão. A denúncia feita pelo ex-deputado Roberto Jefferson, preso nesta semana, foi uma resposta a informações de que chefiava um esquema de corrupção na estatal que desviava dinheiro para pessoas de seu partido, o PTB.

A Siemens aparece nos autos como suposta pagadora de propina em duas planilhas que constam da denúncia criminal feita pelo Ministério Público Federal em 2008 em que apontava esquema de corrupção nos Correios. Entre os nove réus na ação estão o próprio Jefferson e Maurício Marinho, ex-chefe de departamento dos Correios.

A sindicância que apurou as irregularidades envolvendo a Siemens se baseou em dados colhidos pela Controladoria-Geral da União, pela Polícia Federal e pelo Ministério Público Federal.

A investigação apontou em seu relatório a “associação da Siemens com empresa agenciadora, visando se beneficiar em processos licitatórios e em contratos, com pagamento de propina”.

Acordo. No caso do cartel de trens, a Siemens já admitiu ao Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade) que participou de acertos com outras empresas a fim de obter contratos tanto em São Paulo como no Distrito Federal.

A multinacional alemã também é suspeita de pagar propinas a agentes públicos e até a políticos. Um inquérito da Polícia Federal investiga o caso. Nele, seis pessoas, entre elas ex-dirigentes da Companhia Paulista de Trens Metropolitanos (CPTM), foram indiciadas. Ainda não há, porém, decisões judiciais nem denúncias criminais envolvendo a empresa alemã com o cartel de trens.

Estadão

enviar comentário
Publicidade

Brasil tem o 3º maior crescimento econômico do mundo em 2013

Untitled-1Apesar de modesto em relação a anos recentes, o ritmo de crescimento do PIB (produção de bens e serviços da economia) do Brasil somente ficou abaixo dos apresentados por China e Coreia do Sul em 2013 – entre 13 economias que já apresentaram seus resultados, selecionadas pelo IBGE.

O avanço da China, aliás, não é parâmetro para ninguém. Está 5,7 pontos porcentuais acima da média mundial, de 3,0%. É desempenho que eleva muito o índice médio. Todos os demais países ficam abaixo dessa linha.

A Coreia do Sul conseguiu resultado bem próximo disso, com 2,8% de expansão. O crescimento da economia brasileira no último ano, de 2,3%, está imediatamente acima dos 1,9% de variação dos PIBs de África do Sul, Estados Unidos e Reino Unido.

Untitled-2O resultado do último trimestre também mantém a economia brasileira na terceira posição entre 13 economias que já divulgaram seu resultados, elencadas pelo IBGE. Dessa vez, o desempenho do PIB do Brasil fica empatado com o de Reino Unido e Holanda, atrás de Estados Unidos e Coreia do Sul.

Mas vale ressaltar o pífio resultado do PIB no Brasil no terceiro trimestre. Com a queda de 0,5% entre julho e setembro, a economia brasileira teve uma base bem baixa da qual se recuperar entre outubro e novembro.
Untitled-2 Untitled-3Essa lógica também vale para o avanço econômico de 2,3% em 2013. Afinal, em 2012, a economia brasileira cresceu apenas 1,0%.
Untitled-4Untitled-5
Estadão

Comentário (1) enviar comentário
  1. joana darc disse:

    Muita gente vai ter que engolir essa.. kakakakak

Publicidade

CONCURSOS: Mais de 2 mil oportunidades encerram inscrições nesta quinta; vagas no RN e salários até R$ R$ 18 mil

Acaba nesta quinta-feira (27), o prazo de inscrições de quatro concursos públicos que, juntos, ofertam 2.367 vagas. As oportunidades são para ingresso na Marinha do Brasil; no Corpo de Fuzileiros Navais da Marinha; na Defensoria Pública do Rio de Janeiro (DPGE/RJ) e na Procuradoria-Geral do Acre (PGAC). Há chances para todos os níveis de escolaridade, com salários de até R$ 18 mil.

Marinha

São 180 vagas, abertas pelo Centro de Instrução Almirante Graça Aranha (Ciaga), para ingresso no curso de formação e adaptação de aquaviários. Interessados podem se inscrever pelo site www.ciaga.mar.mil.br.

Há chances de nível fundamental e médio técnico para ambos os sexos. Os postos são: moço de convés, moço de máquinas, cozinheiro, taifeiro, enfermeiro e auxiliar de saúde. Candidatos ainda devem possuir indicação de empresa. Haverá provas no dia 26 de abril, além de teste de suficiência física. A data de início do curso de formação ainda não foi definida. Ele será ministrado no Rio de Janeiro, Angra, e Macaé.

Fuzileiros Navais

São oferecidas, ao todo, 1.860 vagas – sendo 1.620 chances preferencialmente para candidatos do Sul e Sudeste para lotação no Centro de Instrução Almirante Milcíades Portela Alves (Ciampa); e 240 vagas destinadas preferencialmente a candidatos do Nordeste e Centro-Oeste, no Centro de Instrução e Adestramento de Brasília (Ciab).

Interessados podem se inscrever pelo site www.mar.mil.br/cgcfn. A taxa custa R$ 12. Para participar é preciso ter entre 18 e 21 anos de idade, altura mínima de 1,54m e máxima de 2,00m, além de ter nível fundamental completo.

O concurso será composto por seis etapas: exame de escolaridade (no dia 29 de abril), verificação de dados biográficos, verificação de documentos, inspeção de saúde, teste de suficiência física e exame psicológico. Quem passar por todas as fases poderá se matricular no dia 27 de julho de 2015 no curso de formação de soldados fuzileiros navais, com duração de 17 semanas, a ser realizado no Ciampa, no Rio de Janeiro, e no Ciab, em Brasília. O salário será de R$ 590. Se aprovado, o então soldado passa a receber R$ 1.435.
Após o curso, as 1.860 vagas são divididas da seguinte maneira: 1.079 para o RJ, 186 para o DF, 74 para o RS, 112 para o PA, 74 para o MS, 205 para o AM, 56 para o RN e 74 para a BA.

DPGR/RJ

A oferta é de 321 oportunidades para níveis médio e superior. Do total de vagas, 5% são reservadas para deficientes e 20% para candidatos negros e índios. Os salários variam entre R$ 2.914,97 e R$ 3.589,52 para jornadas de trabalho de 40h semanais.

Interessados podem se inscrever até as 23h59, por meio do site da banca organizadora, a Fundação Getulio Vargas (FGV). As taxas de participação são de R$ 77 e R$ 110, para níveis médio e superior, respectivamente.

Haverá provas objetivas no dia 6 de abril no turno matutino para nível superior, e vespertino para nível médio. Do total de chances, 252 são para o cargo de técnico superior jurídico (bacharéis em direito); 50 para técnico superior especializado (graduados em engenharia civil, estatística, contabilidade, economia, psicologia, entre outros) e 19 para técnico médio. A seleção é válida por um ano, podendo ser prorrogada por igual período.

PGAC

São seis vagas ao cargo de procurador do estado. As inscrições devem ser feitas pelo site www.concursosfmp.com.br, até às 20h. A taxa custa R$ 250. As provas objetivas, antes previstas para serem realizadas no dia 16 de fevereiro, agora serão aplicadas no dia 23 de março.

O salário é de R$ 15.378, podendo chegar a R$ 18.453,60 com titulações. De acordo com a PGAC, o número de vagas pode aumentar dependendo do interesse e disponibilidade orçamentária do órgão.

Para concorrer é preciso ser bacharel em direito e ter inscrição definitiva na Ordem dos Advogados do Brasil (OAB). A FMP Concursos é a banca organizadora.

Além da avaliação objetiva, os candidatos serão submetidos à prova discursiva, prática, oral e avaliação de títulos.

CorreioWeb

enviar comentário
Publicidade

Adidas retira das lojas camisetas que relacionam o Brasil ao turismo sexual

Depois do repúdio do governo brasileiro e de reclamações de consumidores nas redes sociais, a Adidas anunciou que não vai mais vender as camisetas comemorativas da Copa do Mundo que relacionavam o Brasil ao turismo sexual. A empresa disse que a camiseta fazia parte de uma edição limitada que só seria vendida nos Estados Unidos.

Patrocinadora da Copa do Mundo, a Adidas disse que suspenderá a venda das camisetas, porque acompanha de perto a opinião de seus consumidores e parceiros. O Instituto Brasileiro de Turismo (Embratur) repudiou o vínculo da imagem do Brasil com o turismo sexual.

Em uma das camisetas a Adidas expôs a figura de uma mulata ao lado da frase looking to score, um trocadilho sobre fazer gols e pegar garotas. De acordo com a Embratur, a promoção turística do Brasil no exterior não faz esse tipo de referência, e tem o objetivo de mostrar um país culturalmente diverso, com roteiros turísticos, ícones patrimoniais, belezas naturais, hospitalidade e modernidade.

Agência Brasil

Comentário (1) enviar comentário
  1. paulo kasinsk disse:

    Vá entender!… Uma multinacional, que, pressupõe-se, paga as melhores cabeças do marketing, e comporta-se como uma serigrafia de fundo de quintal. Também duvido que isso aumentasse um cachê sequer na bolsinha das meninas. Não sejamos hipócritas: os caminhos são outros e irreversíveis, todo mundo sabe disso. A questão é local, nacional e mundial, e movimenta uma grana que não tem tamanho. Até cansa falar disso, de tanto blablablá que já foi dito. Também é bom que se diga: não são as casadas que seguram o faturamento dos motéis, a proporção é infinitamente menor. Agora veja, meu nobre editor, o que são as contradições da vida. Uma atividade ilícita que gera milhões e milhões de empregos formais, lícitos. Da arrumadeira à cozinheira, do cara que entrega a Coca-Cola à dona de casa que faz sabonetinhos inodoros para distribuir nos estabelecimentos. É muita coisa, estimado editor, é muita grana, meu caro, e que, naturalmente, arrasta consigo uma série de mazelas. Esse lance da Adidas, aí, sem trocadilho, foi apenas uma bola fora.

Publicidade

FOTO: Ficou pronta a maior mansão do Brasil

VALE-ESTA-FOTO-AMILCARE

Com impressionantes 17 800 metros quadrados de área construída , a residência de Amilcare Dallevo Jr. , sócio da Rede TV, que é casado com a apresentadora Daniela Albuquerque, está 100% finalizada. No início de 2012, cerca de 300 operários trabalhavam na obra localizada nos arredores de São Paulo.  Entre outras atrações, a  propriedade tem hangar para quatro helicópteros, um heliponto que fica em cima da suíte do casal, um estacionamento subterrâneo com capacidade para cinquenta carros, um aquário de 8 metros de comprimento, um spa e um cinema. O quarto dos proprietários possui um total de 1 200 metros quadrados e conta com uma piscina privativa. Quem sobrevoa a área fica impressionado com o tamanho da mansão.  “É tão grande que faz as outras casas do entorno parecerem uma favela”, diz Gutho Galiano, dono da construtora GNG Engenharia.  No último final de semana, ele sobrevoou a região para fotografar casas e terrenos para o portfólio de sua empresa.

Veja

Comentários (3) enviar comentário
  1. Rosaldo disse:

    Esse não é um dos sócios da Rede TV??? Não é aquela TV que a imprensa publicou que estava com os salários de funcionários atrasados?????

  2. paulo kasinsk disse:

    Sinceramente, meu nobre editor, não sinto a menor inveja de um negócio desses. É brega demais, estimado. Existem coisas que o coração não abarca; tem dia que tudo o que você quer é um pão francês com mortadela e uma Coca-Cola. Botar o pé no chão molhado e andar de mãos dadas, trocando, como diria meu poeta maldito, Cazuza, trocando "Segredos de liquidificador". Essa gente não sabe o que é isso, meu caro, nunca chorou de saudade nem muito menos pagou os micos do amor. Cometendo o sacrilégio de reescrever parte do poema de Álvaro de Campos, heterônimo de Fernando Pessoa, digo que os micos do amor têm o mesmo sentido de "Todas as cartas de amor são ridículas. Porque se não fossem ridículas não seriam cartas de amor". Essa gente é fútil demais, meu caro. Também não vou entrar no papo velho e careta de que isso é um deboche com a cara do brasileiro. Cada um é feliz ou infeliz à sua maneira. O fato é que cada rico tem sua breguice. Haaa…, como eles adoram, parece até que não vivem sem um. Esse é um dos males dos nossos tempos. Novo rico, então!…

    • fabiana disse:

      Paulo Kasinsk,

      Assino embaixo tudo que foi dito por você. Muita ostentação. Desnecessária.

Publicidade

Anvisa amplia lista de substâncias proibidas no Brasil

A Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária) decidiu ampliar a lista de substâncias de uso proibido no Brasil. Até agora, 68 substâncias, entre as quais a heroína e a cocaína integravam a lista. Após reunião da diretoria colegiada nesta terça-feira (18), mais 21 passaram a fazer parte da relação, totalizando 89 substâncias de uso proibido no País.

Em entrevista à Agência Brasil, o diretor-presidente da Anvisa, Dirceu Barbano, explicou que o pedido de revisão da lista foi feito pela Polícia Federal e pelo Ministério Público de Santa Catarina. Ainda segundo Barbano, maior parte das substâncias que integram o levantamento tem efeito alucinógeno e estimulante e incide diretamente sobre o sistema nervoso central.

— Quando apreendidas, são consideradas substâncias de trânsito ilícito. A comercialização, o porte ou a utilização são considerados crime.

Uma das substâncias incluídas é a metilona, um alucinógeno sintético estimulante semelhante ao ecstasy. Outra substância que teve o uso proibido foi a metoxetamina, droga recreativa com efeitos estimulantes.

A lista completa das 89 substâncias consideradas de uso proibido deve ser publicada amanhã (19), no Diário Oficial da União, e será disponibilizada também no site da Anvisa. A última atualização da lista havia sido feita pela agência em 2012.

Agência Brasil

enviar comentário
Publicidade

TIM vai investir mais de R$ 11 bilhões no Brasil até 2016

O presidente da Telecom Italia, Marco Patuano, disse hoje (18) que a TIM vai investir mais de R$ 11 bilhões no Brasil até 2016 e tem interesse em participar de leilões no setor. A Telecom Italia controla a operadora de telefonia móvel. “Temos interesse nas novas frequências no dia em que estiverem disponíveis. O Brasil é um mercado prioritário”, afirmou. Segundo ele, a empresa vai investir no país, em 2014, R$ 4 bilhões.

Sobre os rumores de uma possível venda da TIM, Patuano disse que “neste momento não há nenhuma oferta ou discussão”. “Nunca vi uma situação na qual uma companhia que está sendo fechada vai aumentar os investimentos. Ano passado, aumentamos os investimentos em R$ 500 milhões e este ano vamos aumentar os investimentos”, disse o presidente da Telecom Italia, após reunião com o ministro das Comunicações, Paulo Bernardo.

Com relação a uma possível fusão entre a TIM e a GVT, Patuano disse que há muita especulação sobre esse tema. “São duas companhias que têm posições complementares. A TIM é uma companhia muito boa que faz telefonia móvel e a GVT é uma ótima companhia que faz telefonia fixa. Então há possibilidade de fazer uma especulação que isso seria uma combinação ótima. Porém, neste momento não estamos falando [sobre uma eventual negociação]”, disse o presidente da Telecom Italia.

Agência Brasil

enviar comentário
Publicidade

Vejam quais são as cidades mais fáceis e difíceis de conseguir emprego no Brasil

São Paulo, Rio de Janeiro e Curitiba, respectivamente, são as cidades onde é mais fácil encontrar empregos on-line no Brasil. Isso por serem cidades com menor taxa de aplicantes por vaga anunciada, ou seja, onde a competição por postos de trabalho ainda é menor em comparação às demais capitais incluídas na pesquisa realizada pelo site de busca de empregos Adzuna. Curitiba entrou para o ranking este ano, impulsionada por vagas geradas no setor de serviços. Porto Alegre e Goiânia fecham a lista das cinco cidades onde as chances de conseguir um emprego são maiores.

— A pesquisa tem foco em vagas anunciadas na internet, e refletem tendências no mercado de trabalho em cada uma destas capitais. A presença de Curitiba e Goiânia na lista de cidades onde é mais fácil encontrar empregos aponta para uma descentralização na geração de vagas, fora do eixo Rio-São Paulo, dado também confirmado pelas fontes oficiais — comenta João Francisco Lemos, gerente regional do site Adzuna para o Brasil.

De acordo com os dados, a competição por empregos em São Paulo e no Rio de Janeiro aumentou com relação ao levantamento realizado em maio de 2013. São Paulo apresentava uma taxa de 15 candidatos por vaga em maio do ano passado, aumentando para 16 nos dados deste ano. Já o Rio de Janeiro apresentava 13 candidatos por vaga em maio passado, aumentando para 17 nos dados deste ano.

— Este ano, São Paulo ficou à frente do Rio na lista de cidades com menor relação candidato por vaga. E o aumento da competição no Rio de Janeiro pode ser reflexo da desaceleração no número de empregos criados — explica Lemos, ressaltando que a avaliação feita pelo Adzuna não é positiva, se imaginarmos que os números de pessoas à procura de emprego ainda é muito alto, e houve aumento desse número em relação ao ano passado.

A pesquisa aponta Recife como a capital mais difícil para encontrar um emprego no Brasil, com até 90 candidatos para cada vaga anunciada, seguida de Salvador. São Luís, Belém e Vitória completam a lista das capitais mais difíceis para encontrar empregos.

O Adzuna também pesquisou a média salarial anunciada por categorias de emprego. O segmento com maior média salarial foi contabilidade e finanças, com média salarial mensal de R$ 4.496, seguido por engenharias (R$ 3.570) e setor jurídico (R$ 3.272).

Entre as cidades pesquisadas, as que possuem maior média salarial anunciada são Brasília, São Paulo, Rio de Janeiro, Porto Alegre e Curitiba.

No seu levantamento, o Adzuna classificou 10 capitais brasileiras de acordo com o número de anúncios de empregos publicados no site, que possui mais de 300 mil vagas atualizadas mensalmente, e comparou este número com os dados sobre desemprego disponibilizados pelo IBGE, CAGED, DIEESE e fontes municipais. A comparação permitiu estabelecer uma proporção da relação de candidatos por cada vaga gerada e fornecer um mapa da empregabilidade no país.

Os setores que mais contratam on-line

De acordo com o levantamento, os setores com maior demanda de contratação são, respectivamente, o setor de serviços (58.640 vagas), setor industrial (32.939 vagas vagas) e setor administrativo (22.082 avgas). O setor que apresentou maior crescimento no número de vagas publicadas entre junho e dezembro de 2013 foi o de logística (11.889 vagas).

No panorama geral, afirma Lemos, o setor de serviços continua à frente na criação de vagas, enquanto finanças, engenharias e tecnologia da informação guardam as melhores ofertas profissionais, a julgar pela média salarial.

O Globo

enviar comentário
Publicidade

Concursos abrem 14,4 mil vagas com salários de até R$ 25 mil

Concursos públicos em todo o País com inscrições abertas oferecem atualmente 14.941 mil vagas para todos os níveis, com salários de até R$ 25 mil, como no caso das vagas para analista legislativo da Câmara dos Deputados. As oportunidades são para diversas regiões do País. Confira processos seletivos que estão na fase inicial.

Amazul

A Amazônia Azul e Tecnologias de Defesa AS (Amazul) abriu processo seletivo para 280 vagas em cargos de nível fundamental e técnico, com salários que variam de R$ 1.300 a R$ 2.868.

Para nível fundamental, as vagas são para eletricista, encanador, soldador mecânico, auxiliar de fabricação e montagem e bombeiro. Já para o nível técnico são para técnico em eletricidade, mecatrônica, mecânica, química, soldagem, qualidade, radioproteção, segurança do trabalho, edificações, desenhista projetista, informática, enfermagem do trabalho, cerâmica/metalurgia, operador de reator nuclear, operador de subestação, assistente administrativo, industrial, desenhista, industrial e operação de processos.

As inscrições devem ser realizadas até o dia 23 de fevereiro por meio do site do IBCF.

Assembleia Legislativa de Pernambuco

Até o dia 24 de fevereiro, a Assembleia Legislativa de Pernambuco recebe inscrições para concurso público que visa preencher 100 vagas para cargos de nível médio e superior. A distribuição de vagas pode ser consultada no edital.

Os salários variam de R$ 4.780,74 (nível médio) a R$ 11.315,33 (superior). As inscrições devem ser feitas exclusivamente pela internet e as taxas variam de R$ 83,80 a R$ 123,80.

Bandes

Até o dia 20 de fevereiro, o Banco de Desenvolvimento do Espírito Santo (Bandes) recebe inscrições para o concurso público que irá preencher 9 vagas para cargos de nível médio e superior.

Os salários variam de R$ 1.503,32 a R$ 3.575,86. As inscrições devem ser realizadas por meio do site www.idecan.org.br. As taxas são de R$ 36,54 e R$ 58,50.

Brigada Militar do RS

O governo do Rio Grande do Sul abriu inscrições para preencher 2 mil vagas de soldados na Brigada Militar. São 1,6 mil policiais militares e outras 400 para atuação no Corpo de Bombeiros.

De acordo com o edital, além da prova os candidatos farão exames de saúde, capacitação física e psicológica.

As inscrições devem ser realizadas até o dia de março. As inscrições devem ser realizadas por meio do site http://www.exatuspr.com.br/.

Câmara dos Deputados

A Câmara dos Deputados abriu concurso público para preencher 113 vagas de nível médio e superior. Os salários são de R$ 12.286,61 e R$ 25.125,39 (acesse o edital).

Os cargos são de analista legislativo e técnico legislativo. As inscrições devem ser realizadas até o dia 24 de fevereiro por meio do site. As taxas são de R$ 110 e R$ 150.

Casal

A Companhia de Saneamento de Alagoas (Casal) abriu inscrições para o concurso público que irá preencher 196 vagas para todos os níveis. Para o ensino fundamental o cargo é de encanador, com salário de R$ 871,25. Já para ensino médio e superior são diversos cargos (acesse o edital) com salários de R$ 3.934,14.

As inscrições devem ser realizadas por meio do site da Universidade Federal de Alagoas (Copeve) até o dia 24 de fevereiro. As taxas vão de R$ 60 a R$ 80.

Conselho de Arquitetura e Urbanismo de Minas Gerais

O Conselho de Arquitetura e Urbanismo de Minas Gerais abriu concurso para preencher 33 vagas de nível médio e superior com salários de até R$ 5.763. Para nível superior, as vagas são para Assistente de Tecnologia da Informação, Arquiteto Analista, Arquiteto Fiscal, Contador e Advogado. Já para o nível médio, os cargos são de Auxiliar Administrativo, Assistente Administrativo e Assistente Financeiro.

As inscrições devem ser realizadas pelo site www.gestaodeconcursos.com.br/site até o dia 21 de fevereiro. As taxas são de R$ 65 e R$ 95.

Conselho de Nutricionistas de SP e MS

O Conselho Regional de Nutricionistas da 3ª região, em São Paulo e Mato Grosso do Sul está com inscrições abertas para preencher 6 vagas e formação de cadastro reserva em cargos de nível médio e superior.

Os salários vão de R$ 1.078,50 a R$ 3.573,49. As inscrições devem ser realizadas até o dia 16 de março por meio do site www.quadrix.org.br. As taxas são de R$ 45 e R$ 60.

Corpo de Bombeiros do Piauí

O Estado do Piauí abriu inscrições para preencher 112 vagas de nível médio e superior no Corpo de Bombeiros do Estado. São 100 vagas para o curso de formação de soldados, 10 para o curso de formação de oficiais e duas para o curso de adaptação e oficiais de Bombeiros Militares Engenheiros. Os salários variam de R$ 2.047,63 a R$ 3.897,04.

As inscrições devem ser realizadas até o dia 21 de fevereiro e as taxas variam de R$ 70 a R$ 100.

Defensoria Pública do Rio de Janeiro

A Defensoria Pública do Estado do Rio de Janeiro abriu inscrições para preencher 321 vagas de nível médio e superior. As inscrições devem ser realizadas pelo site da FGV até o dia 27 de fevereiro. As taxas são de R$ 77 e R$ 110.

As vagas são para Técnico Superior Jurídico, Técnico Superior Especializado e Técnico Médio da Defensoria.

Empaer

A Empresa Mato-grossense de Pesquisa, Assistência e Extensão Rural (Empaer) está com inscrições abertas para preencher 225 vagas de profissionais de nível médio e superior. Os salários variam entre R$ 2.188,30 e R$ 4.376,58, com uma jornada de trabalho de 40 horas.

As inscrições devem ser realizadas até o dia 10 de março no site da organizadora do concurso. As taxas variam de R$ 60 a R$ 90.

FCEE

A Fundação Catarinense de Educação Especial (FCEE) abriu concurso público para 264 vagas de professor. As oportunidades são para nível superior e o salário é de R$ 1.672,63.

As inscrições devem ser realizadas até o dia 10 de março pelo site da fundação. A taxa é de R$ 90.

Fundação Oswaldo Cruz

A Fundação Oswaldo Cruz abriu 400 vagas de nível médio/técnico e superior. Os salários são de R$ 2,1 mil e R$ 6,9 mil, mais auxílio alimentação de R$ 723,20. Os cargos podem ser consultados no edital.

As oportunidades são para Belo Horizonte, Campo Grande, Curitiba, Manaus, Porto Velho, Rio de Janeiro, Salvador, Recife, Fortaleza e Brasília.

As inscrições devem ser realizadas até o dia 24 de fevereiro por meio do site da Fundação Dom Cintra.

IFBA

O instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia da Bahia (IFBA) está com inscrições abertas para o concurso público que visa preencher 387 vagas de nível médio e superior. São 39 cargos para 20 cidades da Bahia (confira o edital) com salários que R$ 1.640,43 a R$ 3.392,42.

As inscrições devem ser realizadas no site da Funrio e as taxas são de R$ 50 e R$ 70.

Marinha

O Comando do Pessoal de Fuzileiros Navais da Marinha abriu concurso público para 1.860 vagas. As oportunidades são para formação de soldados fuzileiros navais para as turmas I e II de 2015. A remuneração durante o curso é de R$ 590.

Segundo o edital, após a conclusão do curso o aluno é nomeado fuzileiro naval e passa a receber R$ 1.435. Podem participar homens com idade entre 18 anos e máxima de 21 anos referenciados em 1º de janeiro de 2015, com altura entre 1,54 m e 2 m. Possui nível fundamental completo é uma exigência

As inscrições devem ser realizadas por meio do site da Marinha até o dia 27 de fevereiro. A taxa é de R$ 12.

Metrô do Distrito Federal

O Metrô do Distrito Federal abriu inscrições para preencher 232 vagas e formação de cadastro reserva para cargos de nível médio e superior. Os salários variam de R$ 2,9 mil a R$ 7 mil.

As oportunidades para os cargos de nível médio e superior podem ser consultadas no edital.

As inscrições devem ser realizadas exclusivamente por meio do site http://www.iades.com.br/inscricao/. As taxas variam de R$ 38 a R$ 48.

Ministério da Agricultura

O Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento abriu inscrições para o concurso que visa preencher 796 vagas em cargos de nível fundamental, médio/técnico e superior. Os salários vão de R$ 2.818,02 a R$ R$ 12.539,38.

As inscrições devem ser realizadas até o dia 6 de março por meio do site www.consulplan.net. As taxas variam de R$ 38,50 a R$ 71, dependendo do cargo escolhido.

Polícia Civil

A Polícia Civil abriu inscrições para preencher 1.384 vagas de investigador de polícia. O jornada de trabalho é de 40 horas semanais e o salário é de R$ 3.160,08.

Para participar do concurso, os candidatos devem ter nível superior em qualquer área. As inscrições vão até o dia 13 de abril por meio do site www.vunesp.com.br. A taxa é de R$ 63,92.

Prefeitura de Alagoa Grande

A prefeitura de Alagoa Grande (PB) abriu inscrições para preencher 417 vagas em cargos de todos os níveis de escolaridade. Os salários vão de R$ 678 a R$ 7 mil. As oportunidades podem ser consultadas no edital.

As inscrições devem ser realizadas até o dia 18 de março e as taxas vão de R$ 40 a R$ 70.

Prefeitura de Barreiras

A prefeitura de Barreiras abriu inscrições para o concurso público que visa preencher 932 vagas. Os cargos são de nível fundamental, médio/técnico e superior, com salários que variam de R$ 725,46 a R$ 1.842,15.

Os diferentes cargos e níveis de cada um podem ser consultados no edital. As inscrições devem ser realizadas por meio do site http://www.institutocidades.org.br/ até o dia 25 de fevereiro.

Prefeitura de Fortaleza

A prefeitura de Fortaleza abriu inscrições para preencher 1.576 vagas. São 440 oportunidades de nível superior e 1.136 para médio e fundamental. Os salários variam de R$ 870 a R$ 5.000 (consulte o edital).

As inscrições devem ser realizadas exclusivamente na internet por meio do site http://www.imparh.ce.gov.br/ até o dia 5 de março. As taxas são de R$ 40 e R$ 60.

Prefeitura de Santos

A prefeitura de Santos, no litoral de São Paulo, abriu inscrições para preencher 426 vagas, distribuídas em 24 cargos. As remunerações variam de R$ 1.313,64 a R$ 8.687,84 (confira o edital).

As inscrições devem ser realizadas até o dia 27 de fevereiro por meio do site do Ibam. As taxas são de R$ 47, R$ 72 e R$ 83.

RioPrevidência

O Fundo Único de Previdência Social do Estado do Rio de Janeiro (RioPrevidência) está com inscrições abertas para preencher 85 vagas em cargos de nível médio e superior.

Os cargos de nível superior são para especialista em previdência social, com salário de R$ 4.879,96, Já para nível médio as oportunidades são para assistente previdenciário, com remuneração de R$ 1.859,03.

As inscrições devem ser realizadas por meio do site da Fundação Ceperj até o dia 9 de março. As taxas são de R$ 80 e R$ 100.

Sabesp

A Companhia de Saneamento Básico do Estado de São Paulo abriu inscrições para 565 vagas de aprendiz com salário de R$ 724. As vagas são para estudantes do primeiro e do segundo ano do ensino médio, que tenham de 14 a 21 anos e 11 meses no dia da admissão.

As inscrições deve ser efetuadas por meio do site www.concursosfcc.com.br até o dia 24 de fevereiro. A taxa é de R$ 48.

Secretaria Municipal de Educação de Manaus

A Secretaria Municipal de Educação de Manaus (Semed) abriu inscrições para preencher 2.124 vagas, sendo 2 mil para professores de nível superior e 124 para pedagogos. O salário é de R$ 1.222,63, mais benefícios.

As inscrições devem ser realizadas por meio do site da Funcab até o dia 9 de março. A taxa é de R$ 80.

Tribunal de Justiça do Amapá

O Tribunal de Justiça do Amapá abriu inscrições para preencher 11 vagas de juiz de direito substituto, com salário de R$ 21.711,74. Para participar, os candidatos devem ter pelo menos três anos de atividade jurídica, exercida após a conclusão do curso superior.

As inscrições devem ser realizadas até o dia 6 de março, por meio do site da Fundação Carlos Chagas.

Tribunal de Justiça de Minas Gerais

O Tribunal de Justiça de Minas Gerais abriu concurso público para 37 vagas de juiz de direito substituto, com salário de R$ 21.711,74. Para participar, os candidatos devem ter pelo menos três anos de atividade jurídica, exercida após a conclusão do curso superior.

As inscrições devem ser realizadas até o dia 26 de fevereiro por meio do site http://www.gestaodeconcursos.com.br. A Taxa é de R$ 200.

Terra

enviar comentário
Publicidade