Publicidade

Cartórios de Natal podem ter candidato a vereador em 2016

Com o espaço político aberto entre os cartórios após a eleição de Carlos Augusto Maia pra deputado estadual, os cartoriais e tabeliões estão se articulando em torno do nome do jovem João Rafael, do PPS, para lançá-lo candidato a vereador de Natal nas eleições do próximo ano.

O blog foi informado por pessoas da área que a categoria quer um representante na Câmara Municipal de Natal e que João Rafael é um nome de consenso entre os grandes cartórios com boa projeção de votos.

Filiado ao PPS, ele deve enfrentar uma grande disputa interna já que o PPS possui outros grandes nomes como o secretário municipal de Esporte, Dudu Machado, e a suplente de deputada Laura Helena, filha do presidente estadual da legenda Wober Júnior.

Comentários (7) enviar comentário
  1. ESTAMOS DE OLHO! disse:

    Está fácil…. é só o povo ficar ligado e não votar nestes candidatos!!

  2. Jean disse:

    A Câmara do Povo agora é a Câmara das Classes? O povo não existe?

  3. SURPRESO disse:

    Já combinaram com o povo?

  4. Por um Brasil melhor disse:

    O carro na frente dos bois, os políticos escolhe os políticos a serem eleitos, e o dono do voto como é que fica, que pena que maioria da população não abriu os olhos prá isso, que o importante na eleição é ele e não quem monta maracutaia.

  5. moacir disse:

    Será que haverá algum representante do povo?

  6. Junior pinheiro disse:

    Mais gente que nao faz nada na politica, país miseravel!!!!seria tao bom se o povo estudasse mais um pouco, pra dar um basta nesses aproveitadores….!!!!!

Publicidade

Candidato político tira a roupa no coração de Nova York

George Davis, candidato à Comissão de Supervisores (órgão que avalia a administração pública em condados de vários estados americanos) de São Francisco (Califórnia, EUA), resolveu tirar a roupa, na quarta-feira (6/8), em protesto no coração de Nova York. A manifestação foi contra a proibição da nudez em público em São Francisco, aprovada em 2013. O projeto tem a autoria de Scott Wiener, adversário político de Davis. O político defende que a nudez em locais públicos é uma afirmação da liberdade de expressão garantida pela Constituição americana.

102_756-blog-nude-02

102_754-blog-nude-01

102_756-blog-nude-03

Fonte: O Globo

enviar comentário
Publicidade

“Acho incoerente um coordenador de campanha querer dividir palanque”, declara George Soares

George-Soares

Reunir adversários políticos no mesmo palanque não tem sido algo agradável para muitos candidatos ao pleito de 2014. O deputado estadual e candidato à reeleição George Soares (PR), por exemplo, achou incoerente o prefeito de Assu, Ivan Júnior (PROS) coordenar a campanha do candidato ao Governo, Henrique Eduardo Alves (PMDB) no vale do Assu, já que ele vota em Fátima (PT) para o Senado e em Fábio Faria (PSD) para a Câmara Federal.

 “O prefeito se propôs a ser coordenador da campanha. Acho um pouco incoerente um coordenador de campanha querer dividir palanque. De minha parte não vejo problema em ter um único palanque em Assu, até porque o slogan da campanha é união”, declarou o deputado ao Jornal de Hoje,  nesta quarta-feira (23).

Ivan Júnior é adversário político de George Soares na região do Vale do Assu, porém vai ter que se unir a equipe liderada pelo prefeito de Assu em prol da eleição do líder do PMDB. Mesmo não digerindo muito bem a notícia, o candidato deixou claro que não será problema pra ele esse novo “apoio” e que o importante é a vitória de Henrique e dos candidatos do grupo.

 “Esse trabalho do apoio do prefeito já vinha sendo divulgado na imprensa no sentido de que o prefeito ia apoiar Henrique Eduardo. O deputado nos chamou e disse que isso estava sendo conversado. Deixei claro a Henrique, na presença de João Maia e Benes Leocádio, que é coordenador da campanha, que o nosso grupo seria solução e não problema. Disse também, que o nosso intuito nessa eleição é a vitória de todos. Portanto, quem quer vencer tem que somar”, disse.

 George lembrou que Ivan Júnior é prefeito de uma cidade importante e polo do Vale do Assu, porém acha que o gestor municipal encontrará dificuldades para explicar a população sobre suas escolhas.

 “O prefeito tem o grupo que ele lidera e votará em candidatos que ele terá dificuldades de subir no mesmo palanque. Por exemplo: o prefeito vota em Henrique Eduardo, em Fátima Bezerra e em Fábio Faria. Já nosso grupo apoia a chapa completa, Henrique Eduardo, João Maia e Wilma de Faria, tendo como deputada federal, Zenaide Maia, que está na mesma coligação formada por PMDB/PR/PSB. Então, o nosso grupo irá fazer um trabalho de fortalecimento e o prefeito irá fazer o mesmo, mas em parte”, lembrou George Soares.

 Sobre o grande número de partidos aliados na coligação União pela Mudança, o deputado defendeu o líder Henrique Eduardo Alves como um bom articulador.

 “Inicialmente foi difícil arrumar as coligações proporcionais, mas entendo que Henrique Eduardo trabalhou bem, de forma sábia e equilibrada os compromissos com essa reunião de vários partidos”, disse.

 A entrevista completa foi publicada na edição desta quarta-feira (23), do Jornal de Hoje.

Comentário (1) enviar comentário
  1. bosco disse:

    Fico imaginando a distribuição(fatiamento ) do Estado falido, será que vai sobrar algum real para investimento?

Publicidade
Publicidade

Governo de Minas fez aeroporto em fazenda de tio de Aécio

O governo de Minas Gerais gastou quase R$ 14 milhões para construir um aeroporto dentro de uma fazenda de um parente do senador tucano Aécio Neves, no fim do seu segundo mandato como governador do Estado.

Construído no município de Cláudio, a 150 km de Belo Horizonte, o aeroporto ficou pronto em outubro de 2010 e é administrado por familiares de Aécio, candidato do PSDB à Presidência.

A família de Múcio Guimarães Tolentino, 88, tio-avô do senador e ex-prefeito de Cláudio, guarda as chaves do portão do aeroporto. Para pousar ali, é preciso pedir autorização aos filhos de Múcio.

Segundo um deles, Fernando Tolentino, a pista recebe pelo menos um voo por semana, e seu primo Aécio Neves usa o aeroporto sempre que visita a cidade, onde o senador mantém seu refúgio predileto, a Fazenda da Mata, a 6 km do aeroporto.

Dono do terreno onde o aeroporto foi construído e da fazenda Santa Izabel, ao lado da pista, Múcio é irmão da avó de Aécio, Risoleta Tolentino Neves (1917-2003), que foi casada por 47 anos com Tancredo Neves (1910-1985).

A pista tem 1 km e condições de receber aeronaves de pequeno e médio porte, com até 50 passageiros. O local não tem funcionários e sua operação é considerada irregular pela Anac (Agência Nacional de Aviação Civil).

Critérios adotados pelo governo foram técnicos, diz Aécio

O candidato do PSDB à Presidência, senador Aécio Neves, afirmou por meio de sua assessoria de imprensa que a construção do aeroporto de Cláudio seguiu critérios técnicos, e que o governo de Minas não levou em consideração o fato de o proprietário do terreno ter parentesco com ele.

A assessoria ressaltou que, durante o processo de definição e execução da obra, não houve qualquer gestão pessoal de Aécio, que governou Minas Gerais de 2003 a 2010.

“Não se levou em conta de quem era a propriedade do terreno. É importante observar que a desapropriação da área contrariou o interesse do antigo proprietário, que move ação na Justiça contra o Estado”, diz a nota, referindo-se à disputa judicial em curso entre o Estado e o tio-avô do senador, Múcio Tolentino.

Fonte: Folha de S. Paulo

Comentários (6) enviar comentário
  1. Paulo disse:

    Descobriram a pista de pouso da helicoca air. O negócio era avançado, tinha seu próprio ponto de pouso. O aecin é danado, fez de minas o seu paraíso. Concordo quando dizem que sua chapa não foi bem escolhida. O ideal seria, para presidente, Aécio vice Adão.

  2. Paulo disse:

    Descobriram a pista de pouso da helicoca air. O negócio era avançado, tinha seu próprio ponto de pouso. O aecin é danado, fez de minas o seu paraíso. Concordo quando dizem que sua chapa não foi bem escolhida. O ideal seria, para presidente Aecio, vice Adão.

  3. Luciano disse:

    Eu até aceito algumas pessoas quererem mudanças, mas votar em uma pessoas conhecida como "playboy do Leblon" ou ainda "Aébrio do volante" é demais…..Politicamente é só apertar mais que aparece muito mais coisas, afinal ele é do PSDB, o terceiro partido mais corrupto do país!

  4. Frasqueirino disse:

    No RN governo Garibaldi Alves houve o chamado "Escandalo da Adutora do Bode" onde houve desvio para abastecer terras de um mui amigo do entao governador. Coisas do Brasil.

  5. Rafael Vale disse:

    Construiu na fazenda de um familiar.
    Desapropriou, ou seja, o familiar recebeu dinheiro, mas é quem administra, tem as chaves dos portões e é preciso pedir autorização a ele para pousar.
    Fico imaginando se uma situação dessas fosse com um político do PT.
    Esse é o jeito PSDB de governar.

  6. Carvalho disse:

    Os órgãos de controle e fiscalização e o Ministério Público tem que apurar essa denúncia.
    A sociedade não pode aturar ou admitir que haja mal uso do dinheiro público ou atos de improbidade administrativa.

Publicidade

Henrique visita comunidade de Nova Natal e vai ao São João do grupo Ale

O candidato do PMDB ao Governo do Estado, Henrique Alves, visitou na noite deste sábado (19) a comunidade de Nova Natal, a convite do vereador Chagas Catarino (PP). Henrique foi recebido com festa pelo povo da comunidade e discursou para os presentes, acompanhado da candidata ao Senado, Wilma de Faria (PSB), e do vereador Rafael Motta (PP), candidato a deputado federal.

Henrique Alves destacou a liderança de Chagas Catarino como vereador presente nas comunidades da capital. “Chagas, quando eu for governador, se assim o povo do RN quiser, serei sempre um amigo para lutar pela comunidade de Nova Natal e pelas outras comunidades da capital do Estado”, afirmou. E complementou: “A quem está presente aqui nesse encontro eu peço para pensar no futuro da sua cidade, do seu bairro, dos seus filhos, do seu Estado. Pense como será ter Henrique, Wilma, Carlos Eduardo, o prefeito de Natal, Chagas Catarino, Rafael Motta, lutando juntos por esse Estado, para tirar esse Estado da dificuldade”.

A candidata ao Senado, Wilma de Faria, destacou a necessidade de mudança no RN. “Estamos com um candidato com histórico de luta para mudar o quadro que temos hoje, de notícias negativas na saúde, na segurança e em tantas áreas. Esse candidato é Henrique”, garantiu. O vereador Rafael Motta também falou sobre a capacidade de agregar do candidato do PMDB. “Henrique poderá trazer os investimentos que o RN precisa receber”, disse.

São João

No fim da noite, Henrique Alves foi até o tradicional São João da Ale, onde foi recebido pelo presidente do Grupo Ale, o potiguar Marcelo Alecrim. A Ale é uma das maiores empresas de distribuição de combustíveis do país. O São João da Ale acontece todos os anos com a presença de funcionários e diretores do grupo.

19072014-_MG_0530

 19072014-_MG_1003

enviar comentário
Publicidade

Candidato de Arapiraca-AL propõem guerra civil municipal

Por Paulo Marcello

A frase “Criar Guerra Civil Municipal” causou uma verdadeira pandemia nas redes sociais no início desta tarde, em Arapiraca. Tudo por conta da matéria intitulada “Propostas de Rogério Teófilo para Segurança Pública” postada no site oficial do candidato.

A assessoria de imprensa do candidato tucano não prestou atenção na redação e, com isso, causou as mais diferentes reações nesta corrida eleitoral do município.

“Com toda certeza foi uma tremenda gafe mas, nessa altura do campeonato isso só pode demonstrar que tem gente batendo cabeça na coordenação da campanha”, comentou um dos coordenadores do candidato Alves Correia (PTdoB).

De imediato a matéria já foi clicada e compartilhada por outros sites e redes sociais ganhando notoriedade pela falta de revisão quando se trata de assunto de tamanha relevância como a segurança pública do município.

Até o fechamento desta matéria, às 14h14min, desta quinta-feira, 27 de setembro de 2012, a informação “truncada” ainda estava no site do candidato Rogério Teófilo (PSDB).

Leia a matéria na íntegra:

Propostas de Rogério Teófilo para Segurança Pública

Neste ponto iremos trabalhar para dar mais segurança e paz para os moradores da cidade. Com medidas firmes e objetivas vamos trabalhar para combater o tráfico de drogas e à criminalidade, com iluminação adequada, programas sociais para jovens e crianças e ocupação dos espaços públicos com parques e praças poliesportivas.

Propiciar um salto de qualidade do desempenho dos órgãos municipais ligados à segurança e à justiça;

Articular com a administração estadual a revisão da política de segurança pública de segurança para o município;

Viabilizar a implantação de sabes de polícia comunitárias da Política Nacional de Segurança;

*Criar a Guerra Civil Municipal;

Assegurar o funcionamento das quatro delegacias distritais e da delegacia da criança e do adolescente e a criação da delegacia anti-drogas;

Elaborar e implantar um plano de combate ao uso de drogas;

Promover a inserção dos egressos do sistema prisional no mercado de trabalho;

Envolver os jovens de áreas de risco em atividades construtivas;

Fortalecer o Gabinete de Gestão Integrada Municipal e o Conselho Municipal de Segurança;

Desenvolver e implantar programas que usem a cultura e o esporte como instrumento de inserção dos jovens;

Estruturar adequadamente o Conselho Tutelar para o cumprimento do estatuto da criança e do adolescente;

Adotar experiências exitosas de outros municípios no contexto da segurança pública.

*No final desta tarde o site do candidato corrigiu o erro mudando para: Criar a Guarda Civil Municipal 

enviar comentário
Publicidade

Casa de candidato a prefeito em Monte Alegre é alvo de tiros de 12

(Foto: Francis Paiva e Thathiagns Marcelino/ Cedida ao G1)

A campanha em Monte alegre não está para brincadeira. Um homem em um veículo não identificado atirou de um espingarda contra a casa do candidato ao executivo Severino Rodrigues da Silva (PMDB), durante a madrugada desta terça-feira (11).

O candidato não estava em casa, mas os tiros atingiram a placa da campanha que fica em frente ao muro da residência. Na imagem de Severino ao lado de sua vice, os projeteis atingiram o seu  rosto.

No momento em que os disparos foram efetuados, só estavam na residência o caseiro e um assessor de Severino.

A Polícia Militar foi acionada logo em seguida, mas ninguém foi localizado ou preso.

enviar comentário
Publicidade

Certus aponta vitória de Fernando Cunha em Macaíba com mais de 20% de maioria sobre Marília Dias

Sob o protocolo RN-00082/2012, o instituto Certus em parceria com O Jornal de Hoje, divulgou na tarde desta quarta-feira (05), a mais nova pesquisa da sucessão de Macaíba, na Grande Natal. A pesquisa ouviu 400 eleitores no último sábado (1º) em oito bairros e em nove comunidades rurais do município.

De acordo com os dados, o ex-prefeito Fernando Cunha (PMN) lidera a corrida com mais de 20,75% de maioria sobre a prefeita Marília Dias (PMDB), que disputa a reeleição. Na estimulada, Fernando pontou 50,75% enquanto Marília atingiu 30,00%. Dr. Menguita (PSB) foi citado por 6,60% na pesquisa estimulada. Nenhum somou 2,50%, Não Sabe 10,00% e Não respondeu 0,25%.

Fernando Cunha também lidera a espontânea com 44,25%, enquanto Marília conseguiu 28,00%. Dr. Menguinta 4,50%. Ainda na espontânea, outros 25,00%, Nenhum 2,25%, Não Sabe 20,25% e 0,50% Não Respondeu.

Rejeição

A pesquisa Certus/Jornal de Hoje apontou que a prefeita Marília Dias (PMDB) lidera o quesito rejeição com 29,5%. O médico Menguita (PSB) obteve 28,25%. Já o ex-prefeito Fernando Cunha (PMN) só foi rejeitado por 14,5%.

enviar comentário
Publicidade

Felipe Alves chega a 30ª caminhada dessa campanha

O trabalho do candidato a vereador de Natal Felipe Alves se intensifica no último mês da corrida eleitoral. O sobrinho do ministro Garibaldi Filho chegou a marca de 30 caminhadas nesta terça-feira (4), andando pelo bairro das Quintas. O jovem advogado não demonstrou cansaço, muito pelo contrário, ele seguiu firme e forte rua a rua, casa a casa, conversando com cada morador com o intuito de divulgar suas propostas.

Foram duas horas e 30 minutos de caminhada pelas ruas da comunidade. Pessoas de todas as faixas etárias conversaram e foram cumprimentadas por Felipe Alves. Os moradores das Quintas se queixaram de vários problemas. Segundo eles, o bairro não tem um posto de saúde de qualidade, as escolas estão deixando a desejar e a violência atormenta as famílias da região.

enviar comentário
Publicidade

Eleições 2012: termina amanhã prazo para checar fotos e dados de candidatos que aparecerão nas urnas

A pouco mais de um mês das eleições municipais, o calendário eleitoral encerra uma série de prazos nos próximos dias. Amanhã (4), por exemplo, é a data limite para verificar as fotos e os dados dos candidatos que aparecerão nas urnas eletrônicas no primeiro e segundo turnos das eleições – 7 e 28 de outubro, respectivamente.

Na quinta-feira (6), termina o prazo para os candidatos substituírem a foto e os dados que serão mostrados nas urnas. Exatamente um mês antes do primeiro turno das eleições, no dia 7, os partidos políticos e candidatos são obrigados a divulgar, na internet, relatório discriminando a estimativa de gastos em dinheiro para o financiamento da campanha eleitoral.

Também na sexta-feira (7) é o último dia para os tribunais regionais eleitorais designem, em sessão pública, a comissão de auditoria para verificar o funcionamento das urnas eletrônicas, por meio de votação paralela.

O dia 7 é o prazo máximo para a publicação, pelo juiz eleitoral, da lista organizada em ordem alfabética, formada pelo nome completo de cada candidato e pelo nome que deve constar na urna eletrônica, também em ordem alfabética, seguidos da respectiva legenda e número. A lista será usada na votação e apuração.

De 26 a 28 de setembro, o Tribunal Superior Eleitoral (TSE) promove cerimônias para lacrar as urnas eletrônicas que serão usadas no segundo turno das eleições municipais, marcado para 28 de outubro.

Fonte: Agência Brasil

enviar comentário
Publicidade

Klauss alfineta oposição: "Extremoz mudou para melhor e não percebe isso quem não quer ver"

Na noite deste sábado, 01, nas proximidades entrada do Parque Ecológico das Dunas de Jenipabu, o prefeito Klauss Rêgo (PMDB), o Padre Edilson, seu vice de chapa e vários vereadores da coligação “Extremoz cada vez mais forte”, encerraram uma caminhada por todas as ruas do distrito de Campinas, realizando comício dirigido a comunidade e militantes.

O candidato a vice-prefeito, Padre Edilson, iniciou sua fala dizendo que estava feliz com a recepção do povo de Campinas a candidatura de Klauss Rêgo. “As pessoas recebem Klauss com alegria por causa do trabalho que ele vem realizando. Klauss tem olhado pelo povo. Aliás, o único prefeito que olhou para as pessoas de Campinas”, enfatizou.

“Klauss tem uma filosofia de trabalho diferente”, continuou Padre Edilson. “Ele trabalha para a maioria e foi por isso que a minoria formada pelos vereadores da Câmara Municipal de Extremoz o abandonou”, relatou. Falando sobre a prática danosa da compra de votos, Padre Edilson admoestou: “É preciso ter consciência. O cidadão verdadeiro não se vende. Não venda jamais o seu voto”, concluiu o candidato a vice-prefeito.

As mudanças

O prefeito Klauss Rêgo disse que toda Extremoz está iluminada. “Investimos forte na segurança de Extremoz. Não somente com iluminação, mas também envidando esforços para melhorar o nosso efetivo, que hoje conta com 56 policiais e oito veículos, maior do que o de São Gonçalo”, informou.

“Estou indo de porta em porta para pedir aos cidadãos de nossa terra a chance de continuar trabalhando pelas mudanças positivas que já estou acontecendo em nosso município. Em 2008 o povo de Campinas entendeu a nossa disposição e votou em mim. E agora, em 2012, não será diferente”, disse Klauss.

“Vamos fazer mais, muito mais, se Deus quiser. Hoje temos educação de qualidade no município, com merenda de alto nível e fardamento escolar para todos os estudantes”, historiou, lembrando que em Campinas havia necessidade de um Posto de Saúde, mas que isso dependia somente de um estudo – já encomendado – por parte do Ministério da Saúde. “Mesmo assim, o povo não está abandonado porque se precisar de saúde a prefeitura vem até aqui”, prometeu, lembrando que no dia 15 de setembro o Hospital e Maternidade Presidente Café Filho voltaria a funcionar plenamente e que crianças voltariam, também, a nascer em Extremoz.

Sonho realizado

Para Klauss Rêgo o funcionamento em sua plenitude do hospital era mais um sonho realizado. “A oposição tenta desesperadamente denegrir nossa imagem e somente não vê que Extremoz mudou é quem não quer ver”, lamentou Klauss.

– Por que as estruturas públicas não funcionavam antigamente? Perguntou o prefeito.

“Um prefeito não pode ficar administrando apenas do seu gabinete. Tem que correr atrás para conseguir as coisas para o município. Fui a Brasília diversas vezes em busca de verbas para a infraestrutura de Extremoz, por exemplo. Bati diversas vezes na porta da governadora Rosalba, que nunca me negou nada e a verdade, meu povo é que nós trabalhamos muito!”, ressaltou Klauss.

Abandono

“Temos o apoio do Governo Federal, do Governo Estadual e não temos o apoio da Câmara Municipal de Extremoz, porque de lá eles não conseguem enxergar a maioria”, disse Klauss, lembrando que o povo sabe o que quer e conhece aqueles que só pensam em si. “Trabalhamos para os que necessitam. Um bom exemplo está aqui mesmo em Campinas, onde estamos erradicando todas as casas de taipa, trocando por casas boas de alvenaria”, informou.

O prefeito disse que havia entregado mais de 1.500 casas à população. “E vem muito mais, podem esperar”, sorriu Klauss. “Vamos dar prioridade ao saneamento e calçamento de todas as ruas de Extremoz por meio do “Projeto Poeira Zero. “Quem me conhece sabe que cumpro com os meus compromissos e que o que eu digo não é promessa”, informou.

“Nada funcionava antigamente. Quando um cidadão precisava de uma ambulância tinha que ir bater na porta de um vereador. Hoje temos a Central de Ambulâncias e ninguém precisa ficar devendo favor a vereador nenhum, porque não é justo deixar o povo dependendo de favores, de uma gratidão em busca de votos”, falou Klauss.

Debate

“Mentiram durante o debate e depois, por meio de um folhetim, dizendo que eu não iria trazer a Escola Técnica de Nível Médio (IFRN) para Extremoz. Pois saibam que o terreno já foi doado e a escola já está licitada para ser construída no bairro Jardins de Extremoz”, informou. “Extremoz passou 30 anos nas mãos de quem não fez nada! Colocamos todos os órgãos do município para funcionar e hoje o cidadão é bem atendido na prefeitura”, encerrou Klauss Rêgo.

Comentário (1) enviar comentário
  1. Gilmarcio007 disse:

    Só deixando bem claro que as casas entregues a população,e obra do governo federal e não da  prefeitura, e a população paga por elas, não foi de graça…

Publicidade