Publicidade

Beto Rosado esclarece sobre ranking e aponta que não é o pior parlamentar do RN

por Dinarte Assunção

Foto: Vanessa D’Oliviêr

A assessoria de imprensa entrou em contato com o Blog do BG para esclarecer sobre a matéria Fátima Bezerra e Beto Rosado são os piores parlamentares da bancada do RN, aponta ranking.

Ao blog, a assessoria esclareceu que o levantamento publicado considerou apenas o ano de 2017. Quando, no entanto, se leva em conta toda a atividade parlamentar, o deputado sai de último para oitavo, num ranking de 11 posições.

A senadora Fátima Bezerra, que foi a segunda pior no ano de 2017, passa para a pior quando se considera o período acumulado. A deputada federal Zenaide Maia vem logo atrás.

No ano de 2017, Beto Rosado, explicou a assessoria teve mal desempenho em razão de afastamento provocado por questões de saúde.

O ranking leva em consideração a presença nas sessões, os privilégios de que gozam, a qualidade do trabalho legislativo e os processos que respondem.

Comentários (10) enviar comentário
  1. Antônio disse:

    Faz parte da tática comunista falar mal dos políticos.
    Para o PT, quanto pior melhor.
    O congresso representa o povo.
    O Brasil tem vários problemas.
    O primeiro para se livrar é o risco do comunismo.
    Não podemos citar uma Cuba ou uma Venezuela.
    Lá os bandidos começaram assim.
    Falam mal dos congressistas para depois ocuparem o poder e colocar só gente dá mais e proibir o povo de criticar…
    Isto é, critica o político bom para colocar um ruim e perder o direito de critica-los.
    Autoritarismo comunista é assim…

  2. Paulo Cardoso disse:

    Queres compreender o peso do voto veja a velocidade em que o brasil afunda.

    Paulo Cardoso

  3. Martins disse:

    Nossos "representantes" são os piores do Brasil, perdemos o Huber e a Refinaria.

  4. Marcio disse:

    A incompetência destes parlamentares que estão ali para sugar somente os benefícios do mandato, faz do nosso estado um dos piores no ranking em todos os indicativos.
    O Rio Grande do Norte é muito lindo e demasiadamente quebrado.

  5. Rocha Neto disse:

    Se tivesse sido escolhido o melhor a assessoria e ele não tinham emitido nenhuma explicação. Infelizmente faz vergonha a nossa representação na alta câmara federal. Pobre Mossoró, pobre Rio Grande do Norte. Com relação a Fátima. Sem comentário.

    • Rocha Neto disse:

      Foi e é pura verdade o que escrevi. Tenho 67 anos, e me dá saudades da atuação de deputados e senadores como exemplo Vingt Rosado, Wilma de faria, Lavoisier Zezito Martins, Joao Faustino, Betinho Rosado(pai), Sandra Rosado, João Maia, Laire Rosado, Paulo David Geraldo Melo… E muitos outros.
      Esta aí exposta a minha moderação. …ou a falta dela.

  6. Junior disse:

    A situação do RN é uma das piores no país, logo, entende-se que toda a bancada é incompetente, pois nada fizeram pra mudar isso, principalmente os PMDB que detém o poder!!!

  7. Quinquim disse:

    Já passou da hora do povo criar vergonha e deixar de votar nesses sangues sungas que não fazem nada pelo Estado do RN.

  8. Francisco disse:

    Bons mesmo são Agripino e Garibaldi. Nenhuma falta nas votações para lascar o povo.

Publicidade

Ezequiel Ferreira enaltece musculatura e fortalecimento do PSDB para 2016

coletiva_psdb_01Ao participar da coletiva de imprensa sobre o crescimento do Partido da Social Democracia Brasileira (PSDB), no Rio Grande do Norte, o presidente da Assembleia Legislativa, deputado Ezequiel Ferreira de Souza, exaltou que o partido ganha musculatura e fortalecimento para as Eleições de 2016.

“Com o trabalho que já vinha sendo realizado pelo presidente, Valério Marinho e pelo presidente de honra, deputado federal Rogério Marinho, o PSDB está presente hoje em mais de 150 municípios potiguares. Foram mais de 1.200 novas filiações. Temos mais de 60 pré-candidatos a prefeito e 1.200 pré-candidatos a vereador”, enumerou o deputado nesta quarta-feira (20), salientando que partido tinha 3 prefeitos e 51 vereadores e recebeu a filiação de 10 prefeitos e 10 vice-prefeitos e 121 vereadores.

O crescimento coloca o PSDB como a maior bancada na Assembleia Legislativa com cinco deputados estaduais: além do próprio Ezequiel, José Dias, Márcia Maia, Gustavo Carvalho e Raimundo Fernandes. Todos eles presentes na coletiva de imprensa na sede do partido no bairro de Lagoa Seca, em Natal, recepcionados pelo presidente do partido, Valério Marinho, e pelo presidente de honra, deputado federal Rogério Marinho.

Questionado se o partido poderia passar a apoiar o Governo do Estado, em virtude do rompimento do Partido dos Trabalhadores com o governo Robinson Faria, Ezequiel Ferreira explicou que não houve esta sondagem por parte do atual governo. Mas assegurava o apoio da bancada na Casa Legislativa em todas as ações e iniciativas necessárias para solucionar as demandas cobradas pela sociedade potiguar.

“Cada deputado que chegou ao PSDB é oriundo de outros partidos como PSB, PMDB, PROS e PSD. Cada um tinha perfil de independência frente ao Governo, mas todos deram apoio às mensagens governamentais no ano que passou. Agora unidos e formando a maior bancada no Legislativo vamos contribuir com soluções num momento de crise e de dificuldades extremas em nome da população potiguar”, explica Ezequiel Ferreira.

Comentários (2) enviar comentário
  1. Tatuverdadeiro disse:

    Orfãos …

  2. Tatuverdadeiro disse:

    Só raposa felpuda , estamos orgãos !!!

Publicidade

Deputado deixa liderança do PR para votar a favor do impeachment

mauricio quintelaO deputado Maurício Quintella Lessa (AL) anunciou nesta segunda-feira (11) que deixou a liderança do PR na Câmara dos Deputados. De acordo com Lessa, o motivo da renúncia à liderança é sua posição favorável ao impeachment da presidente Dilma Rousseff. Ele afirmou que a Executiva do partido é contrária ao impeachment.

De acordo com Quintella Lessa, cerca de 25 deputados do PR, que tem 40 parlamentares na Câmara, também são favoráveis ao impeachment. Quintella Lessa disse ainda que o PR ainda não decidiu quem será o novo líder da sigla na Câmara, mas que “tudo indica” que seja o deputado Wellington Roberto (PB), que faz parte da chamada “tropa de choque” do presidente da Câmara, Eduardo Cunha (PMDB-RJ).

“Eu era líder de um partido de 40 deputados, que tinha uma executiva com uma posição firmada e uma bancada, com a sua maioria, com uma posição divergente da executiva. Então, o meu trabalho era tentar fazer essa interlocução entre a posição da executiva e a posição da bancada. E eu tinha um deadline que era hoje”, disse Quintella Lessa.
O ex-líder do PR disse ainda que decidiu não orientar a bancada do PR na comissão do impeachment, porque os outros três integrantes do partido na comissão vão representar a vontade da executiva do partido, contrária ao impeachment.

“Eu não achei justo com os deputados que estavam lá [na comissão], que representam a posição do PR, orientar de uma forma e votar de outra, então eu liberei os deputados para votar conforme o partido na comissão, mas tomei a minha decisão, a minha decisão que será acompanhada por grande parte da minha bancada, que é uma posição em favor do impeachment”, afirmou.

Quintella Lessa também disse que “tentou convencer” a executiva do PR de se posicionar a favor do impeachment, mas não conseguiu.

“A presidente atentou contra o orçamento da União […] Acho que o governo da presidente Dilma não tem a menor condição de tirar o país da crise que se encontra hoje”, criticou Quintella.

Lessa informou também que não vai votar na comissão do impeachment, com isso será substituído pelo suplente do bloco parlamentar do qual o PR faz parte.

enviar comentário
Publicidade

PF conclui inquéritos que investigam 4 deputados e 2 ex-deputados do PP

A Polícia Federal informou ter concluído nesta segunda-feira (21) quatro inquéritos da Operação Lava Jato envolvendo os ex-deputados João Pizzolatti (PP-SC) e Mário Negromonte (PP-BA) e os deputados federais Mario Negromonte Junior (PP-BA), José Otávio Germano (PP-RS), Luiz Fernando Ramos Faria (PP-MG) e Roberto Pereira de Britto (PP-BA).

Nota divulgada pela assessoria da PF não informa quais são os crimes atribuídos a cada um dos investigados.

Segundo apuraram o G1 e a TV Globo, a todos foram imputados os crimes de corrupção passiva qualificada, lavagem de dinheiro e organização criminosa. A Mario Negromonte Filho também é atribuído o crime de ameaça.
O G1 busca contato com os parlamentares e ex-parlamentares alvos da investigação.

Segundo informou a PF, os inquéritos foram enviados nesta segunda para o Supremo Tribunal Federal (STF), que supervisiona as investigações, junto com todo o material colhido na investigação. Agora, o procurador-geral da República, Rodrigo Janot, decidirá se apresentará denúncia ao Supremo.

De acordo com a nota divulgada pela PF, os inquéritos apuravam o envolvimento de políticos em possíveis crimes de corrupção e desvio de recursos da Diretoria de Abastecimento da Petrobras.

Foram colhidas provas em buscas e apreensões, e também por meio de testemunhas, documentos, diligências de campo e relatórios de análise de inteligência.

Segundo a TV Globo apurou, os policiais federais concluíram que os ex-deputados e ex-líderes do PP na Câmara João Pizzolatti e Mário Negromonte chefiaram uma organização que, durante oito anos, desviou aproximadamente R$ 500 milhões da Petrobras por meio de doações eleitorais fraudulentas e custeio de despesas pessoais.

Fonte: G1

enviar comentário
Publicidade

PSD terá dois novos deputados na Assembleia Legislativa até sexta

jaco e carlos

Com a janela de transferências sem a perda do mandato aberta com a reforma eleitoral, o PSD sairá fortalecido. O partido deverá ter dois novos integrantes na bancada da Assembleia Legislativa. São eles o deputado estadual Jacó Jácome e o deputado estadual Carlos Augusto Maia.

Jacó, filho do deputado federal Antônio Jácome, hoje comandando o PTN, assina a ficha de filiação já nesta quarta-feira (16). Jacó e o pai deixam o PMN. Apesar de não ter pretensões de se candidatar nas eleições desse ano, Jacó aposta em um amplo projeto para 2018 dentro do novo partido.

Já na sexta-feira (18) será a vez de Carlos Augusto assinar a ficha de filiação. Carlos Augusto está no PT do B, mas está a caminho do PSD para fortalecer seu projeto de pré-candidatura a prefeito de Parnamirim com apoio do governador Robinson Faria. Carlos, inclusive, está bem nas intenções de voto e é um dos nomes fortes de Robinson na Assembleia.

O PSD sai fortalecido com a janela de transferências. Amplia a representatividade na Assembleia Legislativa de três para quatro cadeiras. Os dois se juntam a bancada composta por Dison Lisboa e Galeno. José Dias que também foi eleito pelo PSD, deixou a legenda rumo ao PSDB na janela.

Comentário (1) enviar comentário
  1. Helio Motta disse:

    Nossa que grande mudança qualitativa o PSD terá!!!!

Publicidade

Mineiro cobra revisão de contrato de R$ 11 milhões do Governo do RN com Arena das Dunas

MineiroO deputado estadual Fernando Mineiro (PT) apresentou requerimento, na sessão desta quarta-feira (9) da Assembleia Legislativa, para que seja analisada a possibilidade de suspensão do contrato de R$ 11 milhões do Governo do Estado com a concessionária que administra o Estádio Arena das Dunas, que sediou a Copa do Mundo de 2014 em Natal.

No requerimento, Mineiro pede que “sejam observadas as questões relacionadas ao reequilíbrio econômico e financeiro do contrato”. “Quando a Arena foi construída, o país e o estado passavam por outra situação financeira. Além disso, há a questão de que na época da construção foi dito que o empreendimento seria superavitário. O governo precisa estudar a possibilidade de suspensão desse contrato. Além de saber se todos os itens do documento estão sendo cumpridos”, ponderou.

O Governo do RN repassa mensalmente R$ 11,7 milhões à concessionária Arena das Dunas. A decisão de cobrar a revisão do contrato se deu após o anúncio do Governo de Pernambuco da suspensão do contrato com a Arena Pernambuco.

“Aqui no RN, há um estudo sendo feito pelo Tribunal de Contas do Estado neste sentido”, observou Mineiro. Ele disse que irá apresentar, ainda, novo requerimento solicitando informações sobre o andamento do processo.

Para Mineiro, o governo deve fazer sua própria análise em paralelo ao TCE. “É preciso questionar se os itens do contrato estão sendo cumpridos, se é possível modificar o valor de R$ 11 milhões repassado mensalmente e repactuar novas bases”, completou.

Comentários (9) enviar comentário
  1. Rodrigo disse:

    Vc deveria ter visto isso antes de assinar o contrato, agora que rasgar? Impossível é muito ruim para o RN, não cumprir contrato significa espantar novas PPP. Arranje outro discurso, isso que vc tá propondo o governador jamais vai fazer.

  2. Paulo disse:

    FORA MINEIRO!!!!!!

  3. Thales disse:

    Corrupção é arte, tentar desviar a atenção faz parte.

  4. Guto disse:

    Deputado atrasado e oportunista, faz 6 meses que o Governo vem estudando isso, inclusive já foi notícia na mídia e agora vem se manifestar. #FORAMINEIRO

  5. Verdade seja dita disse:

    Já que tão correto porque nunca falou ou cobrou dos excessos de colaboradores na Câmara. Primeiro consertem a Casa dos Senhores para depois cobras dos outros e com moral é claro, sem moral não dá.

  6. Verys disse:

    Mineiro. Pq vc não inicia uma investigação junto com o Ministério Público apurando o contrato de transporte de querosene de aviação junto a Petrobras que fazem mais de vinte anos sem concorrência e pertence a um político raposa velha de nosso estado?

  7. Sergio Nogueira disse:

    Sobre os fantasmas da ALRN ele não faz muito mais que gastar saliva. Petista vive de cortina de fumaça. Petistas do RN: aproveitem seus dias porque em outubro e em 18 vocês só serão vistos na fila do SINE.

  8. Bismarck P. Sátiro disse:

    Deveria questionar o valor da obra, que na época acho que dobrou o valor, isso sim tem que ser revisto.

  9. Flavio Andrade disse:

    Tão zeloso e inteligente nosso Deputado. Se agisse assim com tanto afinco em outras esferas o Brasil estaria melhor,com certeza!

Publicidade

Câmara de Parnamirim investigará denúncias contra Carlos Augusto envolvendo o Deoclécio Marques

Carlos Augusto MaiaA Câmara Municipal de Parnamirim aceitou, na tarde desta segunda-feira (29), uma denúncia de que o deputado estadual Carlos Augusto Maia estaria utilizando o Hospital Deoclécio Marques como moeda política. O tema foi pauta na sessão ordinária e os vereadores prometem investigar a fundo a acusação.

Segundo informações da Câmara, funcionários da unidade afirmam que o deputado possui dois leitos reservados para pacientes indicados por ele. Áudios supostamente de pacientes e funcionários indignados com a situação foram compartilhados em redes sociais, o que motivou as discussões de hoje.

A vereadora Kátia Pires (DEM) afirmou que o Ministério Público do Rio Grande do Norte (MPRN) será acionado. “Já tinha ouvido algo parecido sobre essa denúncia e pelo menos três funcionários do hospital confirmaram a história. Vamos representar no MP para verificar. Isso é imoral, ilegal e precisamos combater a injustiça com Parnamirim. Registro aqui a minha indignação”, completou.

Já o presidente da Câmara, vereador Ricardo Gurgel (PSB), disse que irá procurar o deputado. “Não acredito que isso aconteça porque é um crime. Vou conversar com o deputado pessoalmente pra saber dessa situação”, contou.

Comentários (21) enviar comentário
  1. marcos disse:

    tudo farinha do mesmo saco,,,,,

  2. Vanusa disse:

    Ano de eleições e que nomes são bem aceitos na boca do povo, são totalmente perceguidos com difamações sem o menos ser apuradas já jogam nas redes sociais. E para esses vereadores, se formos atrás tbm veremos que com certeza estao na mesma situação e querem prejudicar o outro para que seu nome seja esquecido. Isso eu não estou aqui defendendo políticos. Mas sim que primeiro pra jugar temos que ter provas, vamos trabalhar para o povo senhora vereadora Katia e tentar esquecer os defeitos dos outros, pq quem tem telhado de vidro não atira pedra no do vizinho. Fica a dica!

  3. Cristina Nascimento disse:

    Bom dia a todos. Parabenizo LANDA pela reflexão e digo mais. O Hospital Regional Deoclecio Marques vem vivenciando uma gestão que busca a qualificação do servidor, incluindo no processo de educação permanente do SUS; o abastecimento dos insumos (medicamentos médico-hospitalar); a manutenção corretiva e preventiva de equipamentos; fazer os leitos e as cirurgias rodarem; e ainda, atender e da os devidos encaminhamentos as necessidades de quem busca o apoio da Direção.

  4. Islen Rocha disse:

    É bom que investigue e caso venha ser verdade que os culpados sejam punidos, porém fica a minha crítica os vereadores de Parnamirim/RN que não quiseram investigar a denuncia do Veriador Ricardo Gurguel com respeito as empresas contrtadas para prestar serviços terceirizados no município, estamos de olho senhores.

  5. João Alcantara de Melo disse:

    Fazer denúncia anônima é muito fácil, qualquer pessoa pode fazer. Agora é bom ter provas, acusação assim é crime!

  6. Celeucia disse:

    Vcs deviam te vergonha na cara e fazer o q é melhor p população, porque o hospital Deoclécio ta lotado d gente doente,precisando d atenção, e tem médico q nem vai lar,os enfermeiros falta ao trabalho, são todos uns ignorante com os paciente, tratar os paciente como uma coisa qualquer, e quando da d 11 p meia noite estão todos dormindo, e a pessoa tem q ir atraz deles p Tomar a medicação,isso sim é uma pouca vergonha,

  7. Paulinho disse:

    Deixem o menino trabalhar, ao invés de estar acusando o rpz !!

  8. Lucio Pontes disse:

    Para questões de postura pública nao cabe ações de averiguação pessoal . os vereadores devem utilizar as estruturas oficiais de investigação para trazer a toda a população de Parnamirim a verdade! Chega de corporativismo!

  9. Toinho disse:

    Katia Pires acusando de uso do público para fins eleitorais?! Çei…

    Começaram a tentar derrubar o rapaz. Trupe da situação tem apego grande ao poder e nem imagino do que são capazes. Só precisam se lembrar que tem telhado de vidro.

    Vou ali pagar minha fatura da CAERN e colocar o lixo na caçamba da LÍDER.

  10. Denis Duarte disse:

    Começou a baixaria. Todo mundo sabe que em Parnamirim sempre se fez política com clientelismo. Mesmo sendo uma cidade grande os vereadores vivem de troca da favores.

  11. Pedro Albuquerque disse:

    E outra coisa, Bruno Giovane tu bates muito no Deputado Carlos Maia, pq não bates nos outros Deputados? Bates nele para tentar mostrar para sociedade que és imparcial? será que é pq é um fantasma da AL e com batendo noutro deputado tu perdes a boquinha?

  12. Landa disse:

    Isso é mentira. Agora que o Deoclécio finalmente tem uma gestão voltada para o cidadão ficam inventando história. O motivo: quebrou as pernas da politicagem que comia solta lá dentro nas gestões anteriores. Pq a Câmara nunca apareceu lá antes? Manda provar. Agora a Camara devia se preocupar em rever o Termo de Compromisso da Pactuaçao… devem nem saber o q é isso. Perguntar ao prefeito pq os tec da UPA recebem o salário e os téc de enfermagem da prefeitura q trabalham lá estao com o salario atrasado. Deviam se preocupar em fazer projetos pra melhorar a saúde e nao encher o saco de quem ta trabalhando. A dorcde cotovelo é pq o Deoclécio deixou decser curral politico de muita gente, inclusive do prefeito.

  13. Hugo disse:

    Vereadores oposicionistas que trocam suas ideologias por cargos. Vamos procurar melhorias pro povo… Tá faltando tudo na saúde!

  14. Hugo disse:

    Sou agente comunitário de saúde em Parnamirim, que tal noticiar que tá faltando medicamento nos postos de saúde??? Hoje mesmo faltava até dipirona na Ubs de Parque industrial… Esses vereadores não querem o melhor pro povo, querem o melhor pra o bolso deles.

  15. Hugo disse:

    BG tá sem pauta??? O único propósito dessa denúncia ANÔNIMA no aplicativo do vereador Ricardo Gurgel é tentar manchar a imagem desse deputado. O política suja essa de Parnamirim. Ricardo tá baixando o nível. Vai terminar igual a campanha de 2008 quando n se elegeu nem vereador. Se liga Parnamirim.

  16. EDER disse:

    A QUEM ELE INDICAR SERÁ O PREFEITO

  17. Pedro Albuquerque disse:

    Deputado trabalhando e essa cambada de ladão da Câmara de Parnamirim, que não fazem nada com picuinha política. A vereadora Katia Pires é cria de Mauricio e Henrique Alves.

  18. Bandeira disse:

    E o escândalo da ALRN? Vai falar nada não!

  19. José Cláudio Pereira disse:

    Se a vereadora Kátia Pires, parar pra pensar, vai perceber que tem tantos outros problemas importante que precisam de sua ação, no bairro onde reside e detem sua maior base eleitoral;( NOVA PARNAMIRIM)que seria muito mais sensato trabalhar para resolver o que interessa a os moradores do bairro do que se preocupar com essas picuinhas.
    Lutar para resolver a situação da Av. Maria Lacerda, torna-la uma via urbanizada e humanizada no que se refere a mobilidade, diz a prefeitura que via é estadual, por isso não pode fazer benfeitoria, fica o povo sofrendo, nem parada de transporte coletivo existem, a população fica ao relento, levando sol, chuva e vento. Coitado do povo pra se livrar deste castigo danado, se abriga no canteiro para não morrer queimado, fazendo a travessia pode ser noite ou dia, correndo enorme risco de morrer atropelado.
    Basta a vereadora, mobilizar a população através de movimentos fazendo com que chamarmos atenção da prefeitura para resolva esse impasse junto ao governo do estado, absolvendo a Av MARIA LACERDA, dando-lhe o cuidado que merece fazendo sua urbanização PROPORCIONANDO MAIS CONFORTO E CIDADANIA A OS MORADORES DE NOVA PARNAMIRIM, e pessoas que por ali transitam

Publicidade

Deputado Dison deve ser anunciado como líder do governo na próxima semana

disonO deputado estadual Dison Lisboa deve ser anunciado como líder da bancada governista da Assembleia Legislativa já na sessão ordinária da próxima terça-feira (16).

O deputado evitou entrar em detalhes informando que ainda não conversou com o governador Robinson Faria e que outros nomes também devem ser avaliados para desempenhar a função. “Existem outros nomes também. Ainda não há nada confirmado, mas acredito que esse assunto será resolvido já para a próxima semana”, disse.

Filiado ao mesmo partido do governador Robinson Faria, Dison já vinha sendo tratado como líder do governo há mais de três desde que começaram as especulações sobre a entrega da liderança do então líder Fernando Mineiro, que oficializou na semana passada a entrega para se dedicar a campanha de prefeito de Natal esse ano.

Robinson deve aproveitar o final de semana para conversar com Dison, que já vinha atuando em defesa dos projetos do Governo, e traçar as estratégias para o resto do mandato.

enviar comentário
Publicidade

Joanilson confirma convite de José Adécio para se filiar ao PSDC: “Mas sem presidência”

joanilson-de-paula-rego-wr-2-1024x679O vereador de Natal Joanilson de Paula Rego, presidente estadual do PSDC, confirmou ao blog que convidou o deputado estadual José Adécio para se filiar ao partido, mas foi enfático ao afirmar que o convite não envolve a presidência.

“José Adécio é um grande político. Sua experiência, história e força, com certeza, fortalecerão o partido e a ele mesmo. Esse convite foi feito para que ele se filie aos quadros do PSDC e esperamos que ele aceite, mas nada de presidência. A Presidência do partido continua comigo”, pontuou.

Segundo Joanilson, o partido ampliou as cadeiras em várias câmaras municipais espalhadas pelo estado, conquistou espaços importantes nesses últimos anos e que está trabalhando para manter ou ampliar as duas cadeiras na Câmara Municipal de Natal (CMN).

“O partido cresceu sob meu comando. Não faz sentido a troca na Presidência. Acho que houve um mal entendido nessa informação. continuo na Presidência”, afirmou.

Depois de ser excluído da executiva estadual do DEM sem qualquer comunicado prévio, José Adécio aguarda a janela de transferências sem perda do mandato para trocar de partido. Ele que sempre foi ligado politicamente ao presidente do DEM e senador José Agripino Maia, teve divergências nas eleições do ano passado ao decidir apoiar o governador Robinson Faria. Ele ainda estuda para qual partido ir.

enviar comentário
Publicidade

Projeto relatado por Rafael Motta evita gasto do SUS com turistas estrangeiros

foto 1 (4)A Comissão de Turismo da Câmara dos Deputados aprovou nesta quarta-feira (16) o Projeto de Lei nº 5.542/2013, que torna obrigatória a aquisição de seguro-saúde pelos estrangeiros que ingressarem no Brasil. A proposta tem como relator o deputado federal Rafael Motta (PSB).

A matéria é importante para que os visitantes estrangeiros não concorram com a população brasileira pelos escassos recursos do sistema público de saúde, principalmente,e em períodos de eventos internacionais no País, como Olimpíadas e Copa do Mundo.

A medida já existe em países da Europa e da América Central e tem a finalidade de resguardar o Sistema Único de Saúde (SUS) dos custos associados ao atendimento de emergência a estrangeiros, durante a permanência em território brasileiro.

“Com esse projeto, os turistas estrangeiros deverão estar acobertados pelo sistema privado e não pelo sistema público de saúde, o que acabará beneficiando os usuários do SUS. Devemos estar atentos, pois 2016 será um ano Olímpico, onde muitos estrangeiros estarão no País e não podemos deixar que isso prejudique o atendimento no sistema público de saúde”, ressaltou Rafael Motta.

Comentários (2) enviar comentário
  1. Vergonha alheia!!! disse:

    Parabéns Deputado precisamos de mais projetos em prol da nação!!!

  2. Carvalho disse:

    É a coisa mais óbvia que deveria já ter sido implementado há muito tempo.

Publicidade

JOGO SUJO: Cunha trabalha para levar processo de cassação de volta à estaca zero

cunha2Depois de manobrar de modo a adiar sucessivas vezes a análise do processo que pode levar á sua cassação no Conselho de Ética, o presidente da Câmara, Eduardo Cunha (PMDB-RJ), trabalha agora para que os trabalhos do colegiado voltem à estaca zero. Isso postergaria o desfecho do caso para o ano que vem, já que o Congresso entra em recesso no próximo dia 22. Depois da troca do relator do caso na semana passada, Cunha defende agora que os integrantes do conselho tenham o direito de pedir vista coletiva do texto que será apresentado pelo deputado Marcos Rogério (PDT-RO) – ele assumiu a relatoria após o afastamento de Fausto Pinato (PRB-SP).

Cunha pede ainda que seu advogado, Marcelo Nobre, possa se manifestar previamente sobre o relatório do pedetista. Já Rogério discorda. Para ele, um pedido de vista por parte da tropa de aliados do presidente da Câmara seria um precedente para que os deputados abrissem novamente a fase de discussão da representação. O processo parou antes de os deputados votarem o parecer de Pinato.

“Cercear o meu direito de defesa não é uma boa coisa. É só cumprir o regimento que as coisas andam no seu tempo devido, sem contestação ou obstáculos”, disse Cunha nesta segunda. “Sem dúvida cabe novo pedido de vista. Qualquer interpretação diferente disso é falta ao regimento. Obviamente que se foi feito um novo sorteio e houve troca de relator, o processo retornou ao estágio inicial. É natural que tenha relatório, abre para pedido de vista, a defesa terá de ser apresentada em função do novo relatório, e tem que conhecer [o texto antes] para poder apresentar a defesa. Mesmo que seja o mesmo relatório, isso faz parte do processo. Cabem outros argumentos a serem colocados porque daquele momento para cá outros argumentos surgiram em debates e discussões, e provavelmente a defesa vai querer trazê-los.”

“Não terei nenhuma atitude no sentido de acelerar o processo, mas também não vou procrastinar. Eu sei que vai haver esperneio”, rebateu Marcos Rogério. “No meu entendimento não cabe pedido de vista porque já ocorreu não só pedido de vista como a discussão da matéria. Nesse momento, um novo pedido de vista poderia ter outros desdobramentos, porque se pode pedir vista, pode discutir novamente também, em prejuízo ao processo. A matéria está madura para ser votada.”

Para evitar que a Conselho de Ética ignore todas as sete sessões conturbadas realizadas desde novembro sobre o processo contra Cunha, Marcos Rogério decidiu escrever um relatório preliminar sucinto. Cinco dias depois de ser oficializado como novo relator, ele vai ler nesta terça um parecer favorável à abertura do processo, mas sem detalhar a denúncia e as investigações contra o peemedebista em andamento no Supremo Tribunal Federal (STF). “O que há de mudança entre o meu voto e o do primeiro relator são os aspectos de fundamentação. Ele transcreve trechos da peça do Ministério Público com relação à existência ou não de conta no exterior​. Eu não estou colocando isso no meu relatório, porque para mim isso é peça de mérito e vai ser analisado em uma fase posterior. Nessa primeira fase estou enfrentando a admissibilidade: legitimidade de quem fez a representação, tipicidade da conduta, justa causa para investigar e legitimidade passiva. Estou admitindo a representação nesses termos.”

O novo relator também comparou o caso aos andamentos de processos na Justiça e argumentou que a Câmara já decidiu, neste ano, em questão de ordem semelhante, que não era compulsório conceder novo pedido do vista em casos de substituição na relatoria. Segundo ele, na questão de ordem número 26 de 2015, a cúpula da Câmara rejeitou abertura de prazo para vista em casos de término de legislatura. Na ocasião, Cunha respondeu ao deputado Felipe Maia (DEM-RN), autor da questão de ordem, que “quanto às matérias que já tiveram vista na comissão, caso haja novo relator e este mantiver o relatório, não caberá vista; também não caberia se ele apresentasse complementação, mas, por uma questão de bom senso e de acordo, cada comissão poderia até conceder; se ele proferir novo parecer, aí caberá vista”.

“Se invocar aspectos de matéria penal ou processual civil, há paralelos de que, quando não há prejuízo à defesa, não há nulidade. A defesa teve direito de participar do debate, os componentes do conselho tiveram oportunidade de debater a matéria, então não houve cerceamento de defesa. Teve todas as garantias, e o relator não está apresentando um novo relatório, não estou afirmando nada diferente do relator inicial. Meu voto como membro do conselho era pela admissibilidade e como relator também é. Os objetivos finais são os mesmos.”

“Em uma situação paralela, diz que quando houver mudança de legislatura e novo relator, se ele subscreveu o relatório anteriormente apresentado ou apresentar complementação de voto, não cabe vista. E veja que estamos tratando de nova legislatura, em que ha prejuízo para novos parlamentares. Se nessa situação não cabe vista, vai caber num processo da mesma legislatura, praticamente na mesma semana? Quais os fatos novos que justificariam um pedido de vista. Respeitar a ampla defesa é obrigação constitucional, mas a duração razoável do processo também é garantia constitucional.”

Comentários (2) enviar comentário
  1. Junior pinheiro disse:

    Esse cara é muito sujo, uma breve comparacao, qual a inteligencia dos nobres deputados de nosso pais… colocar presidentes como Severino Cavalcate e Eduardo Cunhao????? sebosos!!

  2. Luciano disse:

    Com apoio dos Tucanos e DEMOS! Onde andam os indignados com o PT?
    Hipócritas! !!!!!!!!!

Publicidade

Ministra do STF nega recondução de Pinato à relatoria de processo contra Cunha

 

pinatoA ministra Rosa Weber, do Supremo Trbunal Federal (STF), negou hoje (14) pedido do PRB para que o deputado federal Fausto Pinato (PRB-SP) seja reconduzido ao posto de relator do processo de cassação do mandato do presidente da Casa, Eduardo Cunha (PMDB-RJ).

O mandado de segurança chegou nesta manhã ao Supremo. Ao analisar a petição, a ministra entendeu que a questão deve ser decidida no julgamento de mérito.

Na semana passada, por decisão do 1º vice-presidente da Mesa-Diretora da Câmara, Pinato foi afastado da função. Na petição, o partido alega que Pinato foi afastado de forma ilegal e arbitrária da relatoria do processo contra Cunha no Conselho de Ética e Decordo Parlamentar da Câmara.

enviar comentário
Publicidade