Publicidade

Ex-governador do Rio, Anthony Garotinho volta a ser preso

O ex-governador Garotinho nega acusações de delatores da Odebrecht – Gabriel de Paiva/20-02-2017 / Agência O Globo

A Polícia Federal (PF) prendeu, na manhã desta quarta-feira, o ex-governador do Rio Anthony Garotinho. Os agentes cumpriram um mandado de prisão domiciliar.

Três agentes estiveram por volta das 10h30m na porta da Rádio Tupi, em São Cristóvão, Zona Norte do Rio.

Garotinho apresentava seu programa diário no rádio quando o mandado foi cumprido. O programa vai continuar no ar até as 11h, com outro apresentador.

O carro da PF neste momento está levando Garotinho para Campos, onde será cumprida a prisão domiciliar.

OPERAÇÃO CHEQUINHO

Garotinho é réu em decorrência da Operação Chequinho, que investiga suposta fraude nas eleições municipais de Campos no ano passado com o uso do programa assistencial Cheque Cidadão.

Em novembro, o ex-governador chegou a ser preso preventivamente junto com vereadores do município fluminense, mas obteve habeas corpus do Tribunal Superior Eleitoral (TSE).

Na ocasião, a prisão foi decretada pelo juiz Glaucenir Silva de Oliveira, que atua como juiz substituto na 100ª Zona Eleitoral.

O Globo

Comentário (1) enviar comentário
  1. RonaldoSérgio disse:

    Só nao da para entender porque PRISAO DOMICILIAR. Se fosse um cidadao comum estaria,certamente,no presidio!.Ô..Brasil !!!

Publicidade