Publicidade

Agripino destaca falta de materialidade contra ele apontada pelo próprio STF

O senador José Agripino emitiu nota aprofundando a defesa sobre o recebimento de denúncia pelo STF a respeito de acusação de que teria recebido propina da OAS sobre o estádio da Arena das Dunas.

O senador destaca que os próprios intergrantes do STF que receberam a denúncia destacara que não há materialidade de crime, mas sim indícios, o que os levaram a dar prosseguimento à ação penal.

Ele ainda rebateu as acusações atribuídas a si, conforme a nota abaixo:

Nota senador Jose Agripino (1)

Comentários (7) enviar comentário
  1. joao ligeiro disse:

    Se forem confirmadas as acusações imputadas a José Agripino, cai por terra um passado político de honestidade. Desses mandatos todos só conheci um fato que desabonou o governador que seria o rabo de palha onde foi traído por alguem que divulgou as gravações realizadas em reunião privada onde seu ouviu do governador uma verdade praticada por TODOS políticos, qual seja: "qualquer enxoval ou cesta basica compra o voto e nós ganhamos a eleição". esse foi o único ato de corrupção CONHECIDO do senador. Sua passagem pelo executivo potiguar foi de austeridade e compromisso em restaurar o "vaso quebrado" como alardeava. Afora a antipatia do senador e a falta de consideração do seu pimpolho, eles não tem muita intimidade com a corrupção não. CREIO EU. não sei…

  2. Paulo Cardoso disse:

    Citar falta de materialidade já é uma estratégia de defesa. Enquanto isto busca se comprar a inocência e sair ileso das acusações.

  3. Zinebrino disse:

    Todo castigo para (quem vota a favor da reforma da previdência), é pouco.

  4. REÚCONFESSO disse:

    Materialidade…

  5. REÚCONFESSO disse:

    A materalidade está nos patrimonios e contas bancarias do laranjal !!!

  6. paulo martins disse:

    Abrir o pdf para ler uma nota de Zé Agripino? Nem louco. Tenho mais o que fazer.

  7. Giovanni disse:

    Homem honesto, integro, só falta ser beatificado pela igreja, é um santo.

Publicidade