Publicidade

FOTO: Soda cáustica é vendida como tequila em bar no PR e três clientes são internados

A DHPP (Divisão de Homicídios e Proteção à Pessoa) do Paraná investiga um acidente que levou três clientes de um bar a beberem soda cáustica em vez de bebida alcoólica. Os três foram hospitalizados.

O caso ocorreu no início da madrugada do último sábado (13). Um homem, sua irmã e uma amiga dos dois foram ao estabelecimento e pediram três doses de tequila.

O dono do bar, Mauro Jardim de Almeida, serviu os três copos. A primeira cliente a beber passou mal e em pouco tempo começou a vomitar, diz a polícia.

“Os dois amigos ingeriram um pouco da bebida, encostaram a bebida na boca, já sentiram um ardor e pararam”, diz a delegada Sabrina Alexandrino.

Os irmãos chegaram a ir ao Hospital Cajuru, mas foram liberados. Já a amiga, Bianca Fonseca, permanecia internada nessa segunda-feira (15).

O dono do bar diz ter colocado o produto na boca e cuspido fora. Segundo Mauro, a soda cáustica foi colocada em uma garrafa usada de tequila, e em algum momento, por engano, foi parar na prateleira das bebidas. O empresário diz não acreditar que alguém tenha agido de propósito.

“Foi uma funcionária minha. Mas não tem sabotagem, nada, ninguém teve intenção de fazer nada”, afirma.

A polícia, que ainda ouve as testemunhas do caso, diz que a hipótese de acidente é a mais provável. “A gente trabalha com a possibilidade, embora seja cedo para afirmar, que a pessoa que serviu a bebida (…) tenha pego [a garrafa] por equívoco e tenha servido as pessoas sem perceber que se tratava de uma substância tóxica”, diz Sabrina.

Band

 

enviar comentário
Publicidade

Deputado deixa liderança do PR para votar a favor do impeachment

mauricio quintelaO deputado Maurício Quintella Lessa (AL) anunciou nesta segunda-feira (11) que deixou a liderança do PR na Câmara dos Deputados. De acordo com Lessa, o motivo da renúncia à liderança é sua posição favorável ao impeachment da presidente Dilma Rousseff. Ele afirmou que a Executiva do partido é contrária ao impeachment.

De acordo com Quintella Lessa, cerca de 25 deputados do PR, que tem 40 parlamentares na Câmara, também são favoráveis ao impeachment. Quintella Lessa disse ainda que o PR ainda não decidiu quem será o novo líder da sigla na Câmara, mas que “tudo indica” que seja o deputado Wellington Roberto (PB), que faz parte da chamada “tropa de choque” do presidente da Câmara, Eduardo Cunha (PMDB-RJ).

“Eu era líder de um partido de 40 deputados, que tinha uma executiva com uma posição firmada e uma bancada, com a sua maioria, com uma posição divergente da executiva. Então, o meu trabalho era tentar fazer essa interlocução entre a posição da executiva e a posição da bancada. E eu tinha um deadline que era hoje”, disse Quintella Lessa.
O ex-líder do PR disse ainda que decidiu não orientar a bancada do PR na comissão do impeachment, porque os outros três integrantes do partido na comissão vão representar a vontade da executiva do partido, contrária ao impeachment.

“Eu não achei justo com os deputados que estavam lá [na comissão], que representam a posição do PR, orientar de uma forma e votar de outra, então eu liberei os deputados para votar conforme o partido na comissão, mas tomei a minha decisão, a minha decisão que será acompanhada por grande parte da minha bancada, que é uma posição em favor do impeachment”, afirmou.

Quintella Lessa também disse que “tentou convencer” a executiva do PR de se posicionar a favor do impeachment, mas não conseguiu.

“A presidente atentou contra o orçamento da União […] Acho que o governo da presidente Dilma não tem a menor condição de tirar o país da crise que se encontra hoje”, criticou Quintella.

Lessa informou também que não vai votar na comissão do impeachment, com isso será substituído pelo suplente do bloco parlamentar do qual o PR faz parte.

enviar comentário
Publicidade

Luiz Almir assina ficha de filiação no PR

João Maia e Luiz Almir (2)O mais novo filiado do Partido da República – PR no Rio Grande do Norte é o vereador Luiz Almir, que assinou a ficha de filiação nesta segunda-feira (07) na presença do presidente estadual do partido, o ex-deputado federal João Maia.

“O PR cada vez mais próximo do povo e da Zona Norte de Natal. Você é bem vindo à família PR”, declarou João Maia.

Essa já era uma filiação esperada. O próprio Blog do BG já havia noticiado que o caminho praticamente certo para Luiz Almir era o PR. Para o Blog, à época, Luiz disse que estava conversando com outros partidos também, mas que o PR era o que as conversas mais tinha avançado.

Luiz deve ser um dos chamados “puxadores de votos” do PR para se coligar para manter a aposta de eleger três vereadores.

Comentários (5) enviar comentário
  1. Verdade seja dita disse:

    Esse "R" com certeza não o é da Republica. Como acabar com uma eleição certa com essa troca de partido. Será o mote para o novo palestrante Luiz Almir.

  2. BRASIL MOSTRA TUA CARA disse:

    Meus pêsames ao partido!

  3. Verdade seja dita disse:

    Estão rindo de quem?

  4. Sergio Nogueira disse:

    Luiz Almir está cada vez mais parecido com Valter Mercado. Vote djá será o lema dele na eleição?

  5. EDER disse:

    GRANDE ESCOLHA DE LUIZ ALMIR . SAIR DO PARTIDO DE MICARLA.

    SERÁ QUE TEM VOTO MESMO ?

Publicidade

UTC doou ao DEM, PR, PMN e PRTB por ordem de Gim Argello, diz delator

Um dos delatores do esquema de corrupção investigado pela Operação Lava Jato, o diretor financeiro da UTC, Walmir Pinheiro Santana, detalhou à Procuradoria-Geral da República um acerto que teria sido feito em 2014 entre Ricardo Pessoa, dono da empreiteira, e o então senador Gim Argello (PTB-DF). Pelo acordo, o parlamentar atuaria para que Ricardo Pessoa não fosse chamado a depor na CPI da Petrobras. Em contrapartida, Ricardo Pessoa faria contribuições em favor de pessoas indicadas por Gim Argello.

Segundo Walmir Santana, o acerto era ‘um tipo de blindagem’ para Ricardo Pessoa. “No início do mês de julho de 2014, Ricardo Pessoa se aproximou do declarante (Walmir Santana) e afirmou ter chegado a um acordo com Gim Argello no sentido de que ele, Ricardo Pessoa, fosse blindado em relação a CPI; que, em contrapartida, teriam que fazer doações no valor de R$ 5 milhões a pessoas que Gim Argello indicaria.”

O delator explicou a transação. “No total foram pagos R$ 1,7 milhão em favor do DEM; que, em favor do PR, R$ 1 milhão; que, em favor do PMN, R$ 1,15 milhão; que, em favor do PRTB, também foram pagos R$ 1,15 milhão; que, os totais doados perfazem os R$ 5 milhões acordados com Gim Argello; que, o declarante, ao que se recorda, recebeu a totalidade dos recibos eleitorais.”

O executivo prestou depoimentos em 4, 5 e 6 de agosto à Procuradoria-Geral da República. Em um deles, Walmir Santana contou que após a instalação da CPMI, ‘existiam umas afirmações de que Ricardo Pessoa seria chamado para prestar depoimento’. O dono da UTC, segundo Walmir Santana, passou a procurar ‘pessoas dessa CPMI’ e chegou a Gim Argello, que teria ‘uma certa influência’ sobre Vital do Rêgo, então senador e presidente da CPMI e hoje ministro do Tribunal de Contas da União (TCU). Segundo Walmir Pinheiro Santana, Ricardo Pessoa reuniu-se algumas vezes com Gim Argello.

Transação

No depoimento, Walmir Santana declarou que o dono da UTC disse que ‘seria procurado por uma pessoa de nome Paulo Roxo, que teria maiores instruções de como proceder’. “Ainda no início de julho de 2014, Paulo Roxo esteve com o colaborador e Ricardo Pessoa, ocasião em que Paulo Roxo passou a lista do primeiro pagamento que seria realizado em 10 de julho”, declarou. “Seriam feitos depósitos para o PR (R$ 1 milhão), para o DEM (R$ 500 mil), PMN (R$ 250 mil) e para o PRTB (R$ 250 mil), totalizando R$ 2,5 milhões.”

Walmir Santana disse que no primeiro encontro, Paulo Roxo estava acompanhado de ‘uma pessoa de nome Valério’. “Paulo Roxo apenas falou que estava ali representando Gim Argello e fizeram o cronograma para os pagamentos; que para os demais pagamentos, Paulo Roxo afirmou que dois ou três dias antes de cada pagamento passaria as instruções.”

Segundo Walmir Santana, houve mais um encontro com Paulo Roxo. Em meados de agosto, Paulo Roxo teria levado recibos eleitorais dos pagamentos já feitos e informado os demais partidos para os quais seriam transferidos recursos. Esta reunião teria ocorrido em 18 de agosto de 2014.

“Os pagamentos tratados na reunião com Paulo Roxo em 18 de agosto foram realizados em 25 de agosto; 15 de setembro e 1 de outubro de 2010; que, esses pagamentos beneficiaram o DEM (R$ 600 mil), em 25 de agosto; em 15 de setembro também em favor do DEM, no valar de R$ 600 mil e o último, em 1 de outubro, no valor de R$ 300 mil em favar do PRTB e R$ 300 mil em favor do PMN; que, houve pagamentos em 30 de julho e 15 de agosto; que, esses pagamentos decorreram de contatos telefônicos com Paulo Roxo que o instruiu a realizar, em 30 de julho, pagamentos em favar de PMN, R$ 300 mil, e PRTB, R$ 300 mil; que, em 15 de agosto, novamente foram feitos pagamentos nos valores de R$ 300 mil para o PMN e R$ 300 mil em favor do PRTB.”

O delator afirmou que não sabe se outras empresas também pagaram a Gim Argello para evitar que empresários fossem chamados para a CPI ou CPMI. “Ricardo Pessoa não foi chamado a depor perante a CPMI ou CPI da Petrobras em 2014”, disse.

Procurados na sexta-feira (18) por e-mail, o ex-senador Gim Argello, o PMN e o PRTB não retornaram à reportagem.

Defesas

O DEM afirmou que, “não há qualquer relação do Democratas com o ex-senador Gim Argello, que ademais sempre integrou partido da base do governo ao qual o DEM faz oposição”.

Ainda segundo o partido, “em 2014, o Democratas recebeu da UTC o valor de R$ 1 milhão (um milhão de Reais), doação que foi devidamente declarada na prestação de contas do partido junto ao TSE”.

Já o Partido da República (PR) informou que, “por norma”, não comenta “assuntos relacionados a conteúdos ou procedimentos de investigação do Ministério Público”.

UOL

Comentários (3) enviar comentário
  1. Junior pinheiro disse:

    E tem algum partido que presta ???????? tem ????? tem algum politico pagando conta que nem a gente do povo tem ???? onde ?????? porque no BRASIL TEM DISSO NAO VIU!!!!!! e ainda há quem defenda….ops desculpa tem os baboes!!!!!!!!!!!

  2. Fala Sério disse:

    As "grandes" empresas e bancos sempre fazem doações "legais" a quase todos os partidos nas eleições.
    Uma vez que o partido coloca a doação na prestação de contas do TRE, torna-se "legal", segundo a cozes ditas, repetidas e ecoadas do PT. Então deve valer a todos, ou seria, só ao PT?
    Esse ritual se repete a cada campanha e isso ocorre a nível nacional, estadual e municipal, cada um no seu quadrado. Porém o crime está na origem dos recursos para doação.
    Então como o PT hoje domina e toma conta dos recursos públicos federais, quer acabar com a doação de terceiros, essa é uma das formas que o PT tenta impor para manter seu projeto de perpetuação no poder.

    • Rômulo disse:

      Fala sério, "Fala Sério! Quem defende financiamento empresarial de campanha é contra a saúde, educação e segurança públicas! Jamais haverá saúde pública de qualidade, enquanto houver bancada financiada por planos de saúde privados! A educação pública nunca vai prosperar, porque os grandes conglomerados da educação terão seu lobby! A bancada da bala lucra com a falta de segurança pública!

Publicidade

SÃO GONÇALO: Garibaldi confirma que PMDB apoiará candidatura de Poti Neto

Plenário do Senado durante sessão deliberativa ordinária. Em pronunciamento, senador Garibaldi Alves Filho (PMDB-RN). Foto: Moreira Mariz/Agência Senado
Foto: Moreira Mariz / Agência Senado

O senador Garibaldi Alves Filho, um dos maiores líderes do PMDB no Rio Grande do Norte, confirmou hoje ao portal Agora RN que o partido vai apoiar a candidatura de Poti Neto para prefeito de São Gonçalo do Amarante nas eleições do próximo ano.

Poti Neto é vice-prefeito e decidiu romper com o prefeito Jaime Calado pelo fato do PR estar firme com o projeto de lançar uma candidatura própria no município. Segundo Garibaldi, houve uma tentativa de negociação dos partidos em nível estadual, mas como elas terminaram esbarrando nas divergências locais, cada partido terá seu candidato em 2016.

““Estamos diante dessa perspectiva, cada uma terá o seu candidato próprio; o PR de um lado e o PMDB do outro. E o candidato do PMDB será Poti Neto, que é o atual vice-prefeito de Jaime Calado”, confirmou o senador.

Comentários (3) enviar comentário
  1. José Avelino disse:

    Com o governo medíocre que Robson Farias está fazendo a Re Rosalba já está dando saudade..

  2. joel Avelino de lima disse:

    Robson Farias vai dar um chega pra lá em vcs Alves, novamente. Viva robson farias.

  3. joel Avelino de lima disse:

    Esse senador com futuro político sempre é muito sem futuro vai levar um canga pé Grande em são Gonçalo até porque o prefeito e bem avaliado.

Publicidade

SÃO GONÇALO: Poti Neto oficializa rompimento do PMDB com Jaime visando a candidatura própria em 2016

poti-neto

O vice-prefeito de São Gonçalo do Amarante, Poti Neto, do PMDB, confirmou ao Blog do BG que o partido rompeu com o prefeito Jaime Calado, do PR, por discordar do novo projeto político do prefeito e por estar de olho na candidatura própria do partido para 2016.

Em conversa com o Blog, Poti Neto informou que o último cargo político que o grupo político tinha na Prefeitura foi entregue oficialmente nesta terça-feira (3).

“Esse foi o último cargo. Não possuímos mais nenhum cargo no governo. Rompemos por discordarmos do novo projeto político e também porque estamos pensando em uma candidatura própria do partido nas eleições do próximo ano”, disse.

Mesmo entregando os cargos da gestão, Poti vai continuar como vice-prefeito. Ele lembra que a decisão de continuar no cargo partiu do princípio dele ter sido eleito democraticamente para ser o vice, ocupando, assim, um cargo eletivo. “Então, vou continuar como vice-prefeito. Fui eleito pra isso”, completou.

O PMDB já vinha mantendo um distanciamento político de Jaime nos últimos meses e essa entrega de cargo apenas oficializa o que já vinha se desenhando. O próprio grupo político de Poti o quer como candidato nas eleições do próximo ano e continuar junto a Jaime poderia terminar fazendo com que o projeto não se concretizasse.

Comentários (2) enviar comentário
  1. Val Lima disse:

    O problema do grupo político do PMDB de SGA é a provável escolha do Prefeito Jaime pela candidatura do Sup da CEF aqui no RN,deixando de fora o vice Poti….dizem no município que havia um acordo firmado no pleito passado quando da formação da chapa vencedora , Neto seria o candidado de Calado já q o mesmo não poderia concorrer pois foi reeleito…. pelo visto a coisa não deu certo…..

  2. […] – Em conversa com o Blog, Poti Neto teria informado  que o último cargo que o grupo político tinha na Prefeitura foi entregue […]

Publicidade

João Maia vai “liberar” diretórios municipais nas eleições 2016

João Maia no RN AconteceO ex-deputado federal e presidente estadual do PR, João Maia, não vai interferir nas decisões dos diretórios municipais quanto às eleições de 2016. Em entrevista a jornalista Anna Ruth Dantas, ele disse que vai respeitar cada individualidade de cada localidade e que não vai repetir, obrigatoriamente, o palanque de 2014.

“Cada município tem sua peculiaridade. Cada um tem suas disputas locais. Eu converso com vários políticos, mas não tem como impor. As alianças são definidas localmente”, disse.

enviar comentário
Publicidade

Propaganda antecipada: MPF também representará contra evento do PR no Espaço América

O TRE receberá nesta terça(6) uma nova representação por propaganda antecipada. Assim como o evento do PMDB(veja aqui),o evento do PR realizado no Espaço América também entrará na mira, inclusive, com os mesmos citados: João Maia, Henrique Alves e Wilma de Faria. A representação é assinada pelo procurador eleitoral auxiliar do Ministério Público Federal, Kléber Martins.

enviar comentário
Publicidade

PR realiza Encontro Estadual amanhã em Natal

DSC_0167Será neste sábado, a partir das 9h, em Natal, o Encontro Estadual do Partido da República – PR. O evento irá acontecer no espaço do América Futebol Clube, no bairro do Tirol, e contará com as presenças do presidente estadual do partido deputado federal João Maia, prefeitos, vices, vereadores e lideranças do PR dos municípios potiguares. Também são esperadas as presenças do presidente da Câmara dos Deputados, Henrique Alves e a vice-prefeita de Natal, Wilma de Faria, dentre outras lideranças.

Para o presidente estadual do PR, João Maia, o evento será uma oportunidade de abrir, junto aos núcleos regionais, uma discussão sobre as prioridades para o RN, além de definir os projetos do próprio partido para as eleições deste ano, que passa por uma aliança com o PMDB, PSB, PROS, PDT, PV, dentre outros, e a indicação do nome de João Maia para a chapa majoritária, na condição de candidato a vice-governador.

“Para o encontro dividimos o RN em 12 regiões. O evento terá a finalidade de discutir os problemas, as soluções e seus desafios para o segmento da indústria, do comércio, para a saúde, educação e segurança. Também faremos uma discussão sobre os projetos do PR para 2014, sempre em cima de propostas e projetos para o Rio Grande do Norte”, declara João Maia.

Comentário (1) enviar comentário
  1. Fina Ironia disse:

    La Mafia: Tutto Cosa Nostra!

Publicidade

PR realiza Encontro Estadual no próximo sábado em Natal

O Partido da República – PR estará realizando, neste sábado (05), seu encontro estadual a partir das 9h, no espaço do América Futebol Clube, no bairro do Tirol, em Natal. Além do presidente estadual do partido deputado federal João Maia, prefeitos, vices, vereadores e lideranças dos municípios potiguares, o encontro contará com as presenças do presidente da Câmara dos Deputados, Henrique Alves e a vice-prefeita de Natal, Wilma de Faria, dentre outras lideranças.

Para João Maia, o encontro será uma oportunidade de abrir, junto aos núcleos regionais, uma discussão sobre as prioridades para o RN, além de definir os projetos do próprio partido para as eleições deste ano, que passa por uma aliança com o PMDB, PSB, PROS, PDT, PV, dentre outros, e a indicação do nome de João Maia para a chapa majoritária, na condição de candidato a vice-governador.

“Vai ser um encontro muito expressivo, onde dividimos o RN em 12 regiões, e discutiremos os problemas, as soluções e seus desafios para o segmento da indústria, do comércio, para a saúde, educação, segurança… e também uma discussão sobre os projetos do PR para 2014, sempre em cima de propostas e projetos para o Rio Grande do Norte”, disse.

enviar comentário
Publicidade

Eleições suplementares de Mossoró: Presidente do PR diz que aliança com o DEM “não existe”

Deu no Blog Carlos Santos: A chapa lançada pela governadora Rosalba Ciarlini (DEM) e seu marido e líder político, Carlos Augusto Rosado (DEM), às eleições suplementares de Mossoró, é completamente “laranja”. Falsa do pé a cabeça.

Pelo visto, um novo estelionato eleitoral.

Em conversa há poucos minutos com o Blog Carlos Santos, o presidente municipal do PR, empresário Marcelo Rosado, disse que para ele foi “total surpresa”, o anúncio da chapa em que a empresária Seyssa Praxedes (PR) é apresentada como pré-candidata a vice-prefeita da prefeita cassada e afastada Cláudia Regina (DEM) – veja AQUI.

“Não tem a mínima condição; não existe”, definiu Marcelo.

Lembrou, a  propósito, de um princípio lógico para que uma chapa seja formada: “Ela faz parte do partido e o PR definiu que vai apoiar a deputada estadual Larissa Rosado (PSB) a prefeito”. E acrescentou: “Não sei como ela tomou essa posição”.

Apoio à Larissa

O empresário assinalou ainda que após saber da notícia, conversou com o deputado federal e presidente estadual do PR, João Maia. “Ele reiterou o que já nos tinha adiantado. O PR vai estar com Larissa”.

Marcelo Rosado reconstituiu o que ocorreu na campanha municipal de 2012, para espelhar a posição adotada dentro das eleições suplementares:

– Em 2012, o partido em Mossoró tomou decisão de estar no palanque em Larissa. Mas quando levamos a questão para Natal, houve reformulação do que tínhamos decidido e o PR acabou apoiando a vereadora Cláudia Regina.

Segundo Marcelo Rosado, “agora, fomos primeiramente para consulta a Estadual há uns três meses. João Maia antecipou que ficaríamos com Larissa, se o PMDB estivesse junto com o PSB para a campanha estadual.  PMDB, PSB e PR estão com aliança para a disputa estadual e em Mossoró deverá ser reproduzida essa formação.”

enviar comentário
Publicidade

João Maia discutirá articulações políticas para 2014 neste sábado com a Executiva Estadual do PR

Joao Maia Universidade 001 (2)O presidente estadual do PR, deputado federal João Maia reúne na manhã deste sábado (08), em seu apartamento em Natal membros da Executiva Estadual do partido. A intenção é retomar as discussões sobre as articulações políticas para 2014.

Nomes como o dos prefeitos Jaime Calado (São Gonçalo do Amarante), Antônio Peixoto (Ceará-Mirim), Vilton Cunha (Currais Novos), deputado George Soares, dentre outros estarão participando da reunião.

enviar comentário
Publicidade