Publicidade

Governo anuncia retomada das contratações no programa Minha Casa Minha Vida

rlu396mgc_4uebd2peuu_fileFoto: Tiago Falqueiro/Blog do Planalto

O governo Michel Temer anuncia nesta quinta-feira (29) as regras para o primeiro lote de contratações do Minha Casa Minha Vida da gestão peemedebista. A meta é contratar 40 mil novas moradias ainda em 2016 na faixa 1,5 do programa, que foi promessa de campanha à reeleição da presidente cassada Dilma Rousseff, ainda em 2014. Mas as obras nunca saíram do papel.

A ideia do governo é que o início das contratações ainda este ano contribua para aquecer o setor da construção civil e impulsionar a economia, principalmente com geração de novos empregos. Também é um agrado à classe média e uma agenda positiva para o governo em meio à recessão – e às vésperas do primeiro turno das eleições municipais.

A faixa 1,5, criada para beneficiar a classe média baixa, é destinada a famílias com renda mensal de até R$ 2.350 e conta com subsídio do FGTS e do Tesouro.

A ideia no governo Dilma era atender famílias que tinham renda superior aos limites da faixa 1 (onde as moradias são totalmente subsidiada pelo Tesouro), mas não tinham orçamento suficiente para se habilitar à faixa 2 (onde o subsídio é menor).

Em março deste ano, em meio ao acirramento do processo de impeachment, Dilma chegou a anunciar a novidade em evento no Palácio do Planalto, mas sua equipe não conseguiu tornar viável essa parte do programa.

Os imóveis que serão oferecidos no programa terão valor máximo de R$ 135 mil nas regiões metropolitanas de São Paulo e Rio e no Distrito Federal. Até um terço do valor (R$ 45 mil) pode ser integralmente subsidiado pelo FGTS (90%) e Tesouro (10%), dependendo da faixa de renda (quanto maior a renda, menor o subsídio integral). Os R$ 90 mil restantes, nesse caso, são financiados pela Caixa a longo prazo, com juros, também subsidiados, de 5% ao ano. Nas outras regiões do País, os valores dos imóveis e dos subsídios têm algumas variações.

Para a faixa 1,5 do MCMV serão destinados R$ 3,8 bilhões. Desse valor, R$ 1,4 bilhão será para pagar os descontos no valor dos imóveis, sendo R$ 1,26 bilhão bancado pelo FGTS e R$ 140 milhões pelo Tesouro. Os outros R$ 2,4 bilhões sairão também do FGTS por meio de financiamentos com juro subsidiado. O subsídio da faixa 1,5 é maior do que o dado na faixa 2 (famílias com renda de até R$ 3,6 mil). A seleção dos beneficiários não será feita pelas prefeituras – como na faixa 1 – mas pelos bancos (Caixa e BB) e pelas próprias construtoras, que analisarão o enquadramento das famílias nos critérios.

O ministro das Cidades, Bruno Araújo, extinguiu o sorteio que tinha sido determinado pela equipe de Dilma para a seleção dos beneficiários da faixa 1,5. Segundo a secretária Nacional de Habitação, Henriqueta Arantes, os novos critérios atendem a um maior número de famílias, além de garantir isonomia ao processo. O ministério fixou que cada empreendimento tenha, no máximo, 500 mil moradias.

R7, com Estadão

enviar comentário
Publicidade

Eleição para vereador é proporcional e terá ‘nota de corte’ neste ano

03092010-03092010ef18664Em São Paulo, 1.273 candidatos concorrem a 55 vagas de vereador na Câmara Municipal. Os vereadores são responsáveis por elaborar e votar projetos de lei para a cidade e analisar os gastos feitos pelo prefeito.

A eleição dos vereadores é proporcional, ou seja, o número de vagas na Câmara para um partido ou coligação é definido pelo quociente eleitoral.

O quociente é o resultado da divisão entre o total de votos válidos na eleição por 55, que é o número de vagas disponíveis.

Soma-se, então, o total de votos obtidos por um partido ou coligação (considerando os votos na legenda e também os votos nominais) e divide-se esse total pelo quociente. O resultado dessa conta diz quantas cadeiras na Câmara tal partido ou coligação poderá assumir.

Se um partido conquista três vagas, por exemplo, são eleitos seus três candidatos com mais votos.

Neste ano, porém, a reforma eleitoral trouxe uma inovação. Para serem eleitos, os candidatos a vereador têm que receber ao menos 10% do quociente eleitoral em votos. Em 2012, o índice foi de 103.843, o que significaria um mínimo de 10.384 votos.

Na eleição proporcional, se um candidato recebe muitos votos, isso contribui para que seu partido conquiste mais vagas, o que pode ajudar a eleger outros candidatos da mesma sigla -é o efeito dos puxadores de votos. A exigência de um mínimo de votos busca cortar esse efeito.

Caso um partido conquiste, por exemplo, três cadeiras, mas só dois dos seus candidatos alcancem 10% do quociente em votos, a terceira vaga é redistribuída para o partido ou coligação com maior média.

Folha Press

enviar comentário
Publicidade

Pendência no STF pode barrar posse de Carlos Eduardo caso seja reeleito prefeito de Natal, destaca reportagem

Com as contas da Prefeitura de Natal do ano de 2008 reprovadas pela Câmara Municipal, o prefeito Carlos Eduardo (PDT) pode ter sua candidatura impugnada. Um recurso do Ministério Público do RN está para ser julgado no Supremo Tribunal Federal contra a decisão do Tribunal de Justiça que foi favorável ao prefeito. Confira texto completo do AGORA RN aqui

enviar comentário
Publicidade

Sérgio Moro decreta sigilo de inquérito que investiga planilha da Odebrecht

Sergio-Moro-300x225O juiz federal Sérgio Moro, titular da 13ª Vara Federal em Curitiba, responsável pelas ações penais da Operação Lava Jato, decretou sigilo do inquérito da Polícia Federal que investiga crimes relacionados ao Setor de Operações Estruturadas da empreiteira Odebrecht.

Em despacho publicado nessa quinta-feira (29), no sistema eletrônico da Justiça Federal, o juiz afirma que novos mandados podem ser cumpridos contra terceiros e a divulgação dos autos poderia comprometer a investigação.

“Como as investigações dos pagamentos nesse setor têm desdobramentos imprevisíveis, o que poderá levar à necessidade de novas diligências, inclusive novas quebras e buscas, decreto sigilo sobre estes autos em relação a terceiros e aos investigados. Observo, ademais, que nenhum dos investigados no processo 5046159- 54.2016.4.04.7000 sofre no momento qualquer restrição a sua liberdade ou a sua propriedade. Franqueado, por ora, o acesso apenas à autoridade policial e ao MPF, sem prejuízo do levantamento do sigilo quando não houver mais riscos às investigações”, despachou o juiz.

O juiz também determinou que o acesso ao inquérito pelos investigados será decidido caso a caso.

Em petição encaminhada nessa quarta, a defesa do ex-ministro Antônio Palocci, questionou o sigilo de parte da investigação. Sérgio Moro respondeu em despacho que a defesa indique especificamente o pedido de acesso. “Observo que a maior parte dos procedimentos relacionados ao presente feito tramitam sem sigilo ou sob sigilo nível 1, estando acessível, portanto, às partes, ainda que via processo relacionado. Caso haja algum procedimento a que a Defesa não tenha acesso, deve indicar especificamente o número para viabilizar análise individualizada deste Juízo”, disse o juiz.

Considerando que Palocci será ouvido nesta quinta-feira (29), o juiz liberou o acesso da defesa. “Especificamente no que diz respeito ao inquérito 5054008-14.2015.404.7000, considerando-se que Antonio Palocci Filho será ouvido pela autoridade policial na data de amanhã, defiro o acesso ao referido inquérito”, encaminhou.

Investigação

O delegado da Polícia Federal (PF) Filipe Pace, que atua na força-tarefa da Operação Lava Jato, abriu, na última terça-feira (27), um inquérito sobre suspeitas de pagamento de propina pelo grupo Odebrecht em dezenas de obras pelo Brasil.

As investigações começaram na 23ª fase da Lava Jato, em fevereiro, quando foi rastreado um repasse do grupo ao marqueteiro João Santana.

A PF possui planilhas e e-mails que, em conjunto, apontam que houve pagamento de propina em diferentes níveis de “solidez”. Algumas obras investigadas são do âmbito federal, do governo do PT, mas há também obras de governos estaduais da antiga oposição, como as linhas 2 e 4 do metrô de São Paulo, obra realizada sob comando do PSDB. Há, ainda, obras de gestões municipais. As obras mais antigas da lista são de 2004.

Uma das planilhas apreendidas chama-se Programa Posição Especial Italiano e cita R$ 128 milhões pagos em propina ao PT a mando do “italiano”, que seria o ex-ministro Antonio Palocci, preso na segunda-feira (26), na 35ª fase da operação. Palocci deve depor nesta quinta-feira (29).

Até agora, a PF tem decifrado os documentos sem a ajuda dos executivos da Odebrecht, que negociam uma delação premiada. A única investigada que colaborou com com a força-tarefa no Paraná foi Maria Lúcia Tavares, ex-funcionária do “setor de propinas” do grupo. Ela foi chamada de “corajosa” pelo delegado Filipe Pace, por “romper o silêncio” da Odebrecht.

A empreiteira não se manifestou sobre o caso. Todos os partidos têm negado os indícios de propina.

Confira a lista das obras já divulgada:

(mais…)

enviar comentário
Publicidade

Polícia Civil prende seis suspeitos de atuação no tráfico de drogas e outros crimes em Currais Novos

Uma equipe de policiais civis da Delegacia de Currais Novos, com apoio da Polícia Militar, conseguiu prender em flagrante seis homens, nessa quarta-feira (28). Eles são suspeitos pela prática de crimes como receptação de veículo roubado, posse ilegal de arma de fogo e tráfico de drogas.

A Polícia Civil recebeu uma informação anônima de que homens estariam escondendo uma motocicleta roubada, em uma residência da cidade. A equipe de policiais foi até o local indicado e conseguiu encontrar o veículo roubado e prender em flagrante dois homens que estavam na casa. José Rodrigo do Nascimento, 19 anos e Igor Pablo Medeiros, 20 anos também estavam com dois revólveres. A dupla será autuada pelos crimes de receptação e posse ilegal de arma de fogo.

Após a prisão dos dois, a equipe da DP de Currais Novos recebeu informações de que quatro homens, que estavam em outras casas, estariam com drogas. A Polícia dirigiu-se até os locais informados e prendeu em flagrante Francimar Gomes de Moura, 31 anos; Josuel Pereira dos Santos, 26 anos; Marcos Antônio da Silva Oliveira, 37 anos e José Cícero Dantas do Nascimento, 34 anos. Nos locais alvos das prisões, os policiais civis apreenderam 860 gramas de maconha, 200 gramas de crack, duas balanças de precisão, celulares e dinheiro fracionado.

enviar comentário
Publicidade

Flamengo acumula fracassos em torneios continentais

cheirinho2 cheirinho1Web não perdoa o rubro-negro e memes fizeram a festa

O desempenho do Flamengo em competições continentais nas últimas duas décadas não tem repetido o mesmo sucesso obtido em território nacional, onde conquistou duas Copas do Brasil e um Campeonato Brasileiro. Com a inesperada queda para o Palestino (CHI) nas oitavas de final da Copa Sul-Americana, na noite desta quarta (28), o clube segue sem títulos e acumula eliminações precoces.

De 2000 para cá, foram seis saídas na primeira fase e três nas oitavas de final, entre Libertadores e Sul-Americana.

As melhores colocações foram um vice-campeonato na Copa Mercosul de 2001 e uma queda nas quartas da Libertadores de 2010.

Além do desempenho aquém do esperado, o Flamengo acumulou algumas eliminações históricas neste período -como nas oitavas da Libertadores de 2008 para o América do México, após vencer fora por 4 a 2 e perder por três 3 a 0 na volta com um Maracanã lotado, num jogo que consagrou o artilheiro Cabañas.

Mais recentemente, em 2014, novo vexame na Libertadores, quando caiu na primeira fase para o León, do México, outra vez num Maracanã com grande público.

Técnico da equipe, Zé Ricardo ressaltou o equilíbrio atual do futebol entre os países:

“O futebol de hoje está mundialmente bem nivelado. Todo mundo trabalha bem, em todas as ligas há resultados surpreendentes, o que um tempo atrás não acontecia. Deu para perceber que tem trabalho muito bom no Chile. Lamentamos muito nossa eliminação, mas nossa carreira é feita de sucessos e insucessos. Precisamos evoluir e amadurecer”.

O último título internacional do Flamengo foi a Copa Mercosul, em 1999.

Veja abaixo o desempenho do Fla nas últimas duas décadas:

Libertadores

2002 – 1ª fase
2007 – Oitavas
2008 – Oitavas
2010 – 4ª de final
2012 – 1ª fase
2014 – 1ª fase

Sul-Americana

2003 – 1ª fase
2004 – 1ª fase
2009 – 1ª fase
2011 – Oitavas
2016 – Oitavas

Mercosul

2000 – Quartas
2001 – Vice

Folha Press

enviar comentário
Publicidade

Não compartilhe boatos: Notícia sobre carro roubado com bebê dentro é falsa; “caso” voltou ao Whatsapp no RN

BoatoA informação que circula pelas redes sociais sobre um suposto furto de carro com um bebê em seu interior é falsa. O boato que já circula há tempos na internet retornou pelas redes sociais do Rio Grande do Norte nesta quinta-feira (29) quando a mensagem começou a ser compartilhada em aplicativos de celular.

“Galera, ajuda a divulgar aí: roubaram agora no centro um Uno 2006, prata, placa: GZB-8905 favor ligar no 98852-8589. O dono esta louco pois levaram o carro com a bebe dele dentro. Repasse rápido, por favor é sério. Repassa quem puder. Repassando de outro grupo…..e vamos orar também pra que nada aconteça a essa criança, bebê tem só 2 meses repassem aí galera”, diz a falsa mensagem.

O caso, além de falso, já é antigo. Desde 2014, circula nos estados de Santa Catarina, Espírito Santo, Piauí, Rio de Janeiro, São Paulo, Rio Grande do Sul, Pernambuco, Bahia, entre outros.

Uma rápida pesquisa no Google mostra dezenas de resultados de notícias informando que a denúncia não procede, além de revelar que o boato já percorreu vários estados brasileiros.

Já a pesquisa da placa do veículo no Denatran (Departamento Nacional de Trânsito) realmente aponta para um Fiat Uno 2006, porém de cor cinza, roubado na cidade de Divinópolis, em Minas Gerais. No telefone informado na mensagem (sem o DDD), as ligações da Sesed não se completaram.

enviar comentário
Publicidade

Choque de trem deixa dezenas de feridos em Nova Jersey, nos EUA

ayp6tg3xq_7c9c9hia6i_fileDezenas de pessoas ficaram feridas após um trem de passageiros se chocar nesta quinta-feira (29) em Nova Jersey, nos EUA.

A imprensa local afirmou que mais de 100 pessoas estão entre as vítimas, sendo muitas delas ficaram gravemente feridas.

De acordo com as primeiras informações, o acidente aconteceu nesta manhã por volta das 8h30 — horário de grande movimento nos trens da cidade — quando um trem bateu contra a estação após descarrilar.

O choque ocorreu no terminal Hoboken e ainda não há detalhes sobre os motivos do acidente.

Imagens compartilhadas nas redes sociais mostram um severo estrago na estação e uma composição aparentemente prensada.

O serviço ferroviário regional foi suspenso e diversas viaturas de Polícia e ambulâncias foram enviadas ao local.

O trem viajava em direção à cidade de Nova York.

R7

enviar comentário
Publicidade

TJ reforça que ‘bandido bom é bandido morto’, diz sobrevivente do Carandiru, pastor evangélico

carandiruAo ouvir as palavras “legítima defesa”, o pastor evangélico Sidney Francisco Sales deu um sobressalto do outro lado da linha.

“Como assim? Aquilo foi um extermínio, como em Auschwitz [o campo de concentração nazista onde judeus foram exterminados] ou no Camboja [nos anos 1970, quando houve massacres de centenas de pessoas em um mesmo dia]”, diz um dos sobreviventes do episódio que ficou conhecido como massacre do Carandiru.

Na terça (27), o Tribunal de Justiça de São Paulo decidiu anular a condenação de 74 policiais envolvidos no ataque.

Em 1992, invasão da polícia para coibir uma rebelião deixou 111 presos mortos e corredores e escadas do presídio inundados de sangue. “Todos foram executados, não havia ninguém armado. Todos acabaram condenados novamente, porque estavam ali cumprindo suas penas e acabaram mortos”, diz Sales.

No momento da invasão da polícia, ele estava no quarto andar do pavilhão 9. Ele fazia parte da equipe da faxina e da distribuição de comida. Sobre a decisão do TJ, Sales foi avisado nesta quarta (28) cedo, pela própria reportagem. “Não estava sabendo não. Mas ela ajuda a reforçar a tese de que bandido bom é bandido morto”, diz o pastor.

Hoje, entre palestras sobre sua vida, Sales coordena algumas unidades de recuperação de viciados em drogas. “Temos 200 pessoas em Vargem Grande Paulista, Campo Limpo e Jundiaí. E outros 50 já com carteira assinada”, diz.

O pastor, que entrou no Carandiru após ser condenado por roubo de cargas aos 19 anos, em 1989, ficou paraplégico depois de ser baleado por um desafeto quando saiu da Casa de Detenção. Chegou a ser preso outra vez, viciou-se em drogas e, então, nos anos 1990, depois de ser novamente solto, passou cinco anos numa clínica de reabilitação.

No dia do massacre, ele teve que ajudar a carregar os corpos dos mortos e quase foi executado por PMs antes de eles saírem do pavilhão.

Sales não condena exatamente os próprios policiais, que estavam ali cumprindo ordens, segundo ele. Mas sim o coronel Ubiratan Guimarães e o diretor do presídio na época, Ismael Pedrosa. “Eles nunca foram condenados pela justiça dos homens. Foram eles os responsáveis pelas mortes. Mas acabaram condenados pela justiça divina”, diz Sales. Os dois morreram assassinados.

“Faltou habilidade para contornar a rebelião”, diz.

Folha Press

Comentários (2) enviar comentário
  1. Tales disse:

    Um ex presidiário vira pastor evangélico! Típico!

  2. Marcelo disse:

    Com todo respeito ao Pastor, mas é muito melhor ver um bandido morto, do que uma pessoa do bem. Naquela invasão, ou os policiais matavam os bandidos ou seriam mortos por eles. Em uma rebelião, jamais um policial vai receber flores ou um pudim de leite condensado e sim tiro ou facada. Reforçando, bandido bom é bandido morto!

Publicidade

Governo do RN expõe frustração de receitas, adia definição de calendário de pagamento de servidores, e deverá seguir com faixas salariais

29269247161_a384c8528f_zComo já vem ocorrendo nos últimos meses, o Governo do Rio Grande do Norte pretende pagar os salários de setembro dos servidores por faixas salariais. A situação da Folha foi discutida durante reunião nessa quarta-feira (28) com a presença de líderes sindicais, do secretário estadual de Planejamento Gustavo Nogueira e da secretária-chefe da Casa Civil Tatiana Mendes Cunha. Durante o encontro, o Governo, mais uma vez, expôs a frustração de receitas como motivo pelo qual ainda não é possível definir o calendário de pagamento do mês de setembro.

Segundo o o secretário Gustavo Nogueira, a frustração de receitas já ultrapassa o montante de 300 milhões de reais neste ano, sem contar com a  queda significativa no Fundo de Participação dos Estados, que representa 40% das nossas transferências federais.

O calendário e a forma de pagamento do mês de setembro deverão ser anunciados em uma nova reunião no dia 6 de outubro.

Comentários (9) enviar comentário
  1. escritor disse:

    Pra concluir presidente…….Olhem se a PB e o PI torraram 700 milhoes do fundo previdencia para pagar folha.

  2. Fora PT Cramunhão disse:

    De pior a pior. É a cantiga da perua.

  3. escritor disse:

    O estado mais rico do nordeste, o Piaui, o governo em janeiro lancou o calendario de pagamento de 2016 e 2017. O maximo de atraso, em alguns poucos meses de 2016, sera de pagamento ate o dia 13. Em 2017 pagamento.previsto para no maximo 5 dia do subsequente. Enquanto isso o miseravel RN….

  4. escritor disse:

    site www paraiba gov br mostra que no Estado vizinho o pagamento da folha de setembro sera dias 29 e 30. Aqui no RN a.folha de agosto terminou de ser paga dia 26 de setembro
    Mera opcao politica do Governador.

    • M. D. R. disse:

      Quando era candidato ao governo do ESTADO o Sr. ROBISON, disse no palanque fazendo críticas a ex. -governadora recursos tem o que está faltando é GESTÃO é agora tem ou ñ tem!!..

  5. pronto falei disse:

    Pergunte aos funcionários do TJ, MP e AL, se já receberam e se não receberão até o dia 30/09. O salário não sai todo do dinheiro do Estado, mas existe um grande repasse, que garanto que já foi pago.

    • Aurélio disse:

      Governo ruim e sem rumo é assim mesmo. Agora o que não pode é haver dois pesos e duas medidas com os marajás recebendo seus polpudos salários na frente dos outros.

  6. Chico disse:

    Mais eu garanto que os salários dos Secretários e o do Governador serão os primeiros a receber, que hoje são os maiores. Pimenta no dos outros é refresco. Todo mês a mesma coisa, se não tem condições de gestão peça pra sair é mais honroso.

  7. escritor disse:

    Nao houve queda de repasse do Fundo de Participacao. Basta ver os numeros de 2015 e 2016 no Portal da transparecia. A arrecadacao de ICMS no mes passado foi a maior do ano. Porque no Nordeste somente o RN esta atrasando salarios dessa forma? Porque fez uma opcao politica. Nao vou atrasar investimentos e nem alguns fornecedores e vou atrasar o funcionalismo. Pq a paraiba nao atrasou. Seria a Paraiba uma estado nadando em dinheiro?

Publicidade

Publicada portaria que incorpora antirretroviral mais potente ao SUS

remediosFoto: Fábio Pozzebom/Agência Brasil

O Ministério da Saúde publicou hoje (29) no Diário Oficial da União a decisão de incorporar o antirretroviral Dolutegravir no tratamento para pacientes com HIV no âmbito do Sistema Único de Saúde (SUS).

O anúncio da inclusão do medicamento foi feito ontem (28) e a previsão é que o novo medicamento comece a ser distribuído na rede pública a partir de janeiro de 2017.

Inicialmente, a medicação será oferecida a pacientes que estão iniciando o tratamento e aos que apresentam resistência a antirretrovirais mais antigos.

Atualmente, o esquema de tratamento para pessoas que vivem com HIV, na fase inicial, é composto por apenas um comprimido que contém os medicamentos Tenofovir, Lamivudina e Efavirenz – conhecido como 3 em 1. No novo esquema serão dois comprimidos: o Dolutegravir, em substituição ao Efavirenz; e o 2 em 1, composto por Tenofovir e Lamivudina.

De acordo com o departamento de DST, Aids e Hepatites Virais, o novo antirretroviral apresenta alta potência e um nível muito baixo de efeitos colaterais, aspecto considerado bastante importante para a adesão e o sucesso do tratamento contra o HIV.

Panorama

Desde o começo da epidemia, o Brasil registrou 798.366 casos de aids, no período de 1980 a junho de 2015. Entre 2010 a 2014, o país contabilizou 40,6 mil novos casos da infecção ao ano, em média.

Em relação à mortalidade, houve uma redução de 10,9% nos últimos anos, passando de 6,4 óbitos por ano por 100 mil habitantes em 2003 para 5,7 óbitos em 2014.

Agência Brasil

enviar comentário
Publicidade

Deputado solicita instalação de telas de proteção na ponte Newton Navarro

ed3dba20532a6b7795668683aa51a4adinter_250-300Reconhecido pela Organização Mundial de Saúde (OMS) como um problema de saúde pública, o suicídio é a terceira causa de morte entre homens com idade dos 15 a 29 anos e vem aumentando principalmente entre a população jovem, de acordo com a Associação Brasileira de Psiquiatria (ABP). Preocupado com o problema, o deputado Hermano Morais (PMDB) está requerendo ao Departamento de Estradas e Rodagens (DER) que sejam instaladas telas de proteção ao longo da Ponte Newton Navarro, a fim de dificultar ações de pessoas que queiram cometer suicídio ou as vítimas de violência.

“O trajeto percorrido ao longo da ponte é de suma importância como via de rápida integração entre a Zona Norte e a Zona Sul de Natal, além de proporcionar mais uma forma de trajeto para municípios vizinhos da Região Metropolitana”, defendeu o parlamentar, que alertou sobre a vulnerabilidade do local onde já ocorreram diversos casos de suicídio.

Hermano destacou também que além da proteção à ponte, é preciso intensificar políticas públicas de cunho sociológico e reforçar a segurança no local. O Dia Mundial de Combate ao Suicídio foi instituído em 10 de setembro. De acordo com a ABP, os distúrbios mentais estão associados a praticamente 100% de todos os suicídios registrados no país. Embora o transtorno psiquiátrico seja condição necessária, não é suficiente para o comportamento suicida.

ALRN

Comentário (1) enviar comentário
  1. Thiago Bezerra disse:

    1o- A ponte é de Jurisdição Municipal;
    2o- Entre as maiores causas do suicídio está a questão financeira. Melhor seria abrir portas de emprego.
    3o- Cabe ao estado assistencia as pessoas com tal transtorno. Melhor doque dificultar o ato do suicídio é garantir que o cidadão nem pense nisso. (Não se mata na ponte mas se matará em casa ou cometerá outros crimes devido os transtornos sentidos).

Publicidade