Geração de empregos com carteira assinada, caiu 71,5%. É o pior resultado desde 1999

No programa eleitoral de Dilma Rousseff, o Brasil é um país extraordinário. Os fatos é que às vezes atrapalham um pouco. O Ministério do Trabalho divulgou os dados doemprego em julho. Numa comparação com julho do ano passado, a criação de vagas formais, com carteira assinada, caiu 71,5%. É o pior resultado desde 1999. No período de janeiro a julho, a queda foi de 30,3% em relação aos primeiros sete meses de 2014. Coisa pior só havia ocorrido no primeiro semestre de 2009.

Na estreia de Dilma no horário eleitoral, a marquetagem de sua campanha acomodou belas frases sobre o emprego nos lábios de uma narradora bonita. O Brasil “evitou que a crise internacional entrasse porta adentro da casa dos brasileiros”, disse a moça. A gente olha para Europa, para os Estados Unidos, e vê quantos milhões de empregos foram destruídos nos últimos anos. Aqui, ao contrário, o emprego aumentou.”

Considerando-se os índices colecionados pelo próprio governo, o discurso eleitoral da campanha de Dilma é frágil e enganador. É frágil porque busca no retrovisor os dados que escasseiam no parabrisa. É enganador porque celebra o aumento do emprego num instante em que as vagas começam a faltar. A desaceleração vem desde março. Na indústria, julho foi o quarto mês consecutivo de saldo negativo.

Josias de Souza

    Nenhum Comentário

    Brasileiro não reconhece escola como instituição importante na formação da cidadania

    saladeaulaStock Photo

    O brasileiro não reconhece a escola como elemento importante na formação da cidadania. O sistema de educação básica aparece em penúltimo lugar – atrás apenas do Judiciário – em avaliação da contribuição das instituições para formação e disseminação dos valores cívicos feita em pesquisa da CPM Research com 1.110 entrevistados. A família aparece em primeiro lugar, seguida da universidade, da mídia, da polícia e do Ministério Público. O estudo será apresentado nesta quarta-feira no Encontro Internacional do Ciclo Educação para o Futuro, na PUC-SP. Segundo o estudo, feito com habitantes das cinco regiões do país no início deste mês, os brasileiros não admitem ter deficiências na formação sobre o assunto. A maioria se considera cidadão ativo por ter consciência de seus direitos e deveres.

    - As manifestações de junho de 2013 mostraram a nossa incapacidade no que diz respeito à cidadania ativa. Cada um saiu de casa com o seu cartaz, dizendo o que era importante para si, mas sem estar organizado. Isso vem de uma falta de formação no ensino básico, que não nos ensina sobre nossos direitos e deveres como cidadãos – avalia Oriana Monarca White, diretora da CPM Research e membro do Núcleo de Estudos de Futuro (NEF) da PUC-SP.

    Entre as ações consideradas mais importantes para ser um cidadão ativo, “ensinar as crianças a serem cidadãos ativos desde os primeiros anos da escola” aparece em quinto lugar e “acompanhar o trabalho dos representantes públicos” em nono, atrás, por exemplo, de “ter um CPF”, em sétimo lugar.

    Oriana desenvolve pesquisa de pós-doutorado sobre o tema. Ela compara a situação do Brasil com a de outros países como Itália e Espanha, onde o ensino de cidadania ativa é orientado por programas conduzidos pelos ministérios da educação. Durante um mês, a professora aplicou métodos usados por esses países em duas escolas públicas de São Paulo. O projeto envolveu exibição de filme, leitura de contos e fotografia.

    - A ideia foi fortalecer alguns preceitos e ensiná-las a se articular na hora de reclamar – conta Oriana.

    Duas educadoras italianas, Milva Valentini e Patrizia Bracarda, vão participar do encontro na PUC-SP. Depois de apresentar o projeto de pós-doutorado, em outubro, Oriana pretende enviar propostas sobre o tema para o Ministério da Educação:

    - A discussão desse tema nas escolas, desde muito cedo, precisa ser imposta pelo ministério. É incrível que a sociedade civil – através de ONGs, por exemplo – se organize para trabalhar com isso. Mas precisamos de leis tratando do assunto.

    O Globo

    CAOS GRANDE: Taxistas fecham cruzamento do Midway

    Vários taxistas de Natal e Extremoz fecharam por volta das 18:00h o cruzamento da Hermes da Fonseca com Bernardo Vieira, na esquina do Shopping Midway.

    O motivo do protesto é a violência, uma taxista João Batista da Souza, de 54 anos teve o carro roubado na noite de quarta-feira (20) e foi encontrado morto na manha desta quinta em extremoz.

    O Caos nesse momento na Hermes da Fonseca é gigante.

      1 Comentário

      1. Potiguar disse:

        NATAL SE TRANSFORMOU NUM IMENSO BAIRRO DO ALECRIM

      Apple remove Secret da App Store brasileira após ordem judicial

      O aplicativo Secret, que ganhou popularidade e causou polêmica no Brasil nas últimas semanas, não pode ser mais baixado por usuários de iPhone a partir desta quinta-feira (21).

      Ao tentar instalar o programa na loja virtual da Apple, o usuário se depara com uma mensagem de “item indisponível”. A remoção segue a decisão da Justiça do Espírito Santo, que proibiu a circulação do app no país a pedido do Ministério Público do Estado.

      A determinação da Justiça também exige que o Secret seja retirado da Play Store, loja de aplicativos do Google, e remotamente desinstalado dos aparelhos em que esteja presente. O mesmo vale para o Cryptic, versão não oficial do Secret, para Windows Phone.

      Segundo a decisão liminar, Apple, Google e Microsoft têm mais oito dias para tirar o Secret do alcance dos brasileiros. A multa para cada dia de descumprimento é de R$ 20 mil.

      O Secret permite que usuários escrevam mensagens sem ter o nome divulgado, além de deixar que eles vejam se uma postagem na rede foi feita por um contato que esteja cadastrado no telefone ou entre os amigos do Facebook -sem que o autor seja identificado.

      O juiz Paulo César de Carvalho, da 5ª Vara Cível de Vitória, diz que o aplicativo fere o artigo 5º da Constituição Federal, que, apesar de determinar a livre manifestação do pensamento, veda o anonimato.

      Folha Press

      Polícia investiga sumiço do filho de Elias Maluco

      A polícia do Rio investiga o desaparecimento do filho de Elias Pereira da Silva, o traficante Elias Maluco, um dos líderes da facção criminosa Comando Vermelho, preso em 2002 pela morte do jornalista Tim Lopes. Diego Alves dos Santos, de 30 anos, já cumpriu pena por assalto e porte ilegal de arma e é considerado o líder do tráfico de drogas nas favelas do Dique e Furquim Mendes, no Jardim América (zona norte do Rio). Ele sumiu no dia 8 de agosto.

      Segundo a mãe de Diego contou à polícia, nesse dia dois homens que estariam trajando coletes da polícia foram à casa de Diego, no morro do Chapadão, em Costa Barros (zona norte), e o levaram para local desconhecido. Depois disso a mãe teria recebido um pedido de resgate de R$ 1 milhão. Sem informar à polícia, a família de Diego negociou a redução do valor e entregou R$ 276 mil aos sequestradores. Apesar disso, Diego não reapareceu. O caso foi registrado na polícia no último dia 13.

      O caso está sendo investigado pela Divisão Antissequestro da Polícia Civil, que não descarta a participação de policiais no episódio.

      Por conta do sumiço do filho, Elias Maluco, que está preso numa penitenciária federal de Campo Grande, no Mato Grosso do Sul, teria ordenado ataques a policiais que estejam de folga ou fazendo segurança particular, no Rio.

      fonte: Estadão Conteúdo

      Livro de Erick Pereira simplifica normas das eleições 2014 para o leitor

      ConviteManual Esquemático das Eleições- 2014. Este é o novo livro de Erick Wilson Pereira, Doutor em Direito Constitucional pela PUC/SP. O livro é prático e vai direto aos assuntos a que se propõe e desta forma se torna quase que uma referência obrigatória de consulta para aqueles que estão atuando, assessorando, pesquisando ou simplesmente interessados no processo eleitoral de 2014. O que “Pode e Não Pode” é o principal capítulo deste trabalho.

      O livro trata da legislação eleitoral e suas nuances peculiares, sobretudo diante das modificações que são editadas por via de Resoluções do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), terminam por merecer um notório destaque, requerendo uma constante atualização. A publicação trata das questões jurídicas de modo simples, direto e claro para o leitor facilitando o entendimento das leis e normas que regem um processo eleitoral proporcionando que os que desejarem participem de uma eleição preservando a lisura e a legitimidade das eleições.

      Em 106 páginas Erick Pereira leva o leitor a detalhar a Lei Eleitoral para 2014 em quatro oportunidades: Propaganda Eleitoral, Condutas Vedadas os Agentes Públicos, Principais Datas do Calendário Eleitoral 2014 e Pode e Não Pode. Em Propaganda Eleitoral há 10 subitens que vão ajudar na consulta ao livro: Não é propaganda eleitoral antecipada, características da propaganda em geral, vedações na propaganda eleitoral, Calúnia, Difamação ou Injúria, Propaganda Eleitoral na Internet, Propaganda Eleitoral na Imprensa, Vedações no Rádio e na Televisão, Debates, Propaganda Gratuita no Rádio e na Televisão e Propaganda no Dia das Eleições.

      Em Condutas Vedadas aos Agentes Públicos, Erick Pereira norteia o comportamento para quem faz parte da administração pública direta, indireta ou fundacional nos três meses do processo eleitoral, depois são apresentadas as principais datas do calendário eleitoral 2014.

      SERVIÇO:

      Lançamento do livro Manual Esquemático das Eleições 2014

      O livro não será vendido. O exemplar será entregue aos participantes mediante doação de um brinquedo, material esportivo ( meião) ou 1 kg de alimentos que será doado a Casa do Bem.

      Dia: 04/09/2014

      Hora: 19h

      Local: Auditório do curso de Pós Graduação de Direito (UFRN)

      Endereço: Prédio de Prática Jurídica do Curso de Pós Graduação e Direito da UFRN – Anexo Jurídico- Setor I – CCSA (por trás da TVU).

      Engenharia Ambiental da UFRN recebe conceito máximo do MEC

      Sem títuloFoto: AGECOM

      O Curso de Engenharia Ambiental, da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN), acaba de ser reconhecido pelo Ministério da Educação e obteve o conceito “5”, nota máxima atribuída às graduações.

      A avaliação in loco aconteceu entre 10 a 13 deste mês (agosto) e analisou o corpo docente, instalações e infraestrutura, biblioteca e a organização didática pedagógica. O relatório enviado à instituição destaca a titulação, produção acadêmica e regime de trabalho do corpo docente, assim como “a excelente atuação do Coordenador”.

      Os avaliadores constatam “que o projeto do Curso Bacharelado em Engenharia Ambiental atende aos objetivos e as condições de oferta previstos no PPC e PDI, bem como as possibilidades de inserção do profissional egresso no mercado de trabalho da região e do país”.

      No documento, a equipe responsável pela avaliação ressalta “a excelente experiência vivenciada pela IES, no que refere à formação dos cursos de engenharias Ambiental, Biomédica, Redes e Comunicação, Petróleo, Mecatrônica, Materiais, Mecânica e de Computação”. Por fim, o MEC respalda o modelo de dois ciclos adotado pelo curso para essa formação do profissional de engenharia, “o qual visa a melhoria do ensino e qualidade profissional”.

      Ao parabenizar a equipe docente e técnica, pelo reconhecimento do curso, a reitora Ângela Maria Paiva Cruz agradeceu aos professores de Engenharia Ambiental e do Bacharelado em Ciências e Tecnologia, formadores de competências exigidas para o primeiro ciclo.

      Sobre a importância da conquista, a reitora lembrou que “resultada dos projetos pedagógicos bem elaborados, sustentados e executados pelos que fazem a Escola de Ciências e Tecnologia (ECT) e Centro de Tecnologia (CT) e as unidades administrativas que dão suporte às ações da instituição”.

      “Acolhemos esse reconhecimento de curso”, disse a reitora, “seguros de estarmos seguindo as diretrizes previstas no Plano de Desenvolvimento Institucional da UFRN, o PDI, e, por isso, alcançando as metas estabelecidas em nosso Plano de Gestão”.

      Para Ângela Paiva, o conceito “excelente” atribuído pelo MEC “é um avanço, no sentido da aprimorar a qualidade do ensino, pesquisa e extensão na maior e mais antiga universidade pública do Rio Grande do Norte”.

      Histórico

      Considerado de “qualidade excelente” pela avaliação do MEC, o Curso de Engenharia Ambiental foi implantado na UFRN em 2011, num período da reestruturação das universidades federais.

      Coordenado pelo professor Helio Rodrigues dos Santos, a graduação de Engenharia Ambiental está vinculada ao Centro de Tecnologia (CT/UFRN) e tem capacidade para receber 80 alunos por ano, divididos em entradas semestrais de 40 alunos.

      A primeira turma ingressou no segundo semestre de 2012. Quem cursa o primeiro ciclo pode obter o grau de Bacharel em Ciência e Tecnologia (BC&T), enquanto os concluintes que integralizam os dois ciclos recebem o diploma de Bacharel em Engenharia Ambiental.

      Com informações da UFRN

        5 Comentários

        1. Carvalho disse:

          Ainda bem que a estabilização da economia, materializada pelo Plano Real, permitiu a melhoria das universidades federais e a construção de vários institutos federais de educação tecnológica.
          Pena que tudo de bom que o Plano Real possibilitou para a população e para o próprio governo esteja com os dias contados por conta da irresponsabilidade e da incompetência do governo do PT. Os indicadores econômicos estão todos no vermelho (da cor do PT), a inflação está novamente saindo do controle, o Real foi desvalorizado com a desculpa de facilitar a exportação dos produtos brasileiros (eliminar o custo Brasil, o custo PT e realizar uma reforma tributária não resolveria?)
          Com esse governo incompetente também é tempo de uma Petrobrás com gigantescas perdas, Eletrobrás quebrada, perda de refinaria para a Bolívia, inúmeras leis sancionadas pela presidenta incompetenta que estão em completa desarmonia com os anseios dos brasileiros e imprensa livre ameaçada de ser censurada.

        2. nailde disse:

          Assino embaixo a opinião do internauta Luciano. Após anos voltei a UFRN para uma pós graduação e simplesmente fiquei encantada com a estrutura encontrada. E pensar que os tucanos queriam privatizar as universidades federais do Brasil! Pena que muitos jovens não tem parâmetro para compreender a diferença destes dois governos. Muitos não viveram aquela época de miséria e de submissão ao FMI. É uma questão de programa de governo o que está em jogo nessas eleições. Temos que mostrar as diferenças, comparar e orientar os eleitores mais jovens!

        3. Luciano disse:

          Até parece a UFRN desmantelada e abandonada nos finais dos anos 90 na qual eu estudei! Só nao ver quem é mau caráter! Hoje a UFRN possui cerca de 30 mil alunos, entre graduação e pós graduação, novos cursos, novos laboratórios, salas de aula com ar, bibliotecas novas, bolsas de estudo….afinal uma nova Universidade. Pergunta o que os tucanalhas fizeram na UFRN! NADA e de quebra sem aumento por longos anos para os funcionários e professores e como consequência, greves e mais greves. Tem gente que ainda quer de volta esses canalhas para presidir o país!

        4. Rafael Vale disse:

          E pensar que quando estudei na UFRN nos tempos de FHC/PSDB faltava de tudo, carteiras e quadros quebrados, salas sem lâmpadas…, professores em greve.
          Hojé a UFRN é outra universidade, a biblioteca central é maravilhosa, existem bibliotecas setoriais, salas e laboratórios modernos.
          Desafio qualquer um a encontrar um único tijolo colocado na UFRN pelo PSDB, em compensação a UFRN no governo do PT praticamente dobrou de tamanho e virou uma universidade respeitada, deixando as universidades particulares comendo poeira.

          • Anderson disse:

            É verdade Rafael, minha turma mesmo teve que comprar resma de papel para poder imprimir as matriculas. Mas também não quer dizer que Aécio vá ter a mesma postura que FHC naquele tempo.

        Definidos os detalhes do sorteio de grupos da Copa do Nordeste 2015

        Sucesso de público em sua última edição, a Copa do Nordeste voltará ainda mais quente em 2015. Pela 1ª vez em sua história, a competição contará com a presença de dois representantes do Piauí e dois do Maranhão.

        Ao todo, são 20 clubes que serão divididos em cinco grupos com quatro equipes na 1ª fase. Os 8 classificados para as quartas-de-final serão formados pelos líderes de cada grupo, além dos três melhores segundos colocados.

        O sorteio de grupos, que volta a ser dirigido, já está marcado. Ocorrerá no dia 18 de setembro na Arcadia Apipucos, em Recife, capital pernambucana. A metodologia dos trabalhos também já foi definida. Os 20  participantes serão divididos em quatro potes, seguindo a versão vigente do ranking da CBF, divulgado em dezembro do ano passado.

        Cada chave terá um time de cada pote, para proporcionar um equilíbrio técnico geral. O Ceará está no pote A e o Fortaleza no pote B. A divisão ficou assim:

        POTE A – Vitória, Bahia, Náutico, Ceará e Sport

        POTE B – Fortaleza, América-RN, Salgueiro, CRB e Sampaio Corrêa-MA.

        POTE C – Campinense, Botafogo-PB, Confiança-SE, Coruripe-AL e Moto Club.

        POTE D – Globo-RN, Piauí, River-PI, Serrano-BA e Socorrense-SE

        Já estão confirmadas as presenças de dirigentes da CBF, presidentes de clubes participantes e federações estaduais. De acordo com o calendário de 2015, divulgado pela CBF, a Copa do Nordeste será disputa em 12 datas, entre 4 de fevereiro a 29 de abril.

        De O Povo

        FOTO: Polícia Civil identifica acusada por tentativa de homicídio na ZN e prende homem acusado de estupro de enteadas de 7 e 13 anos

        IMG-20140821-WA0005A delegada Thaís Telino, da Delegacia Especializada em Homicídios (Dehom), conduziu investigação que culminou na descoberta da verdadeira identidade de “Jéssica de Cassiopéia”. Sob identidade falsa, Elida Gomes da Silva, 22 anos, foi presa em flagrante na tarde da última quarta-feira (20) por tentativa de homicídio, na Zona Norte de Natal, e encaminhada à 6ª DP.

        O crime se deu em um bar, localizado no loteamento Nova República, no Conjunto Nova Natal. A acusada bebia em companhia de Thaíse Jéssica Soares do Nascimento, 24 anos, quando, após discussão, desferiu golpes de faca no pescoço da vítima. A vítima, que responde por um homicídio, foi socorrida para o hospital Doutor José Pedro Bezerra, no bairro de Santa Catarina. Ambas as mulheres são usuárias de drogas.

        Polícia Civil de Caraúbas prende homem por estupro de vulnerável

        Um homem apresentou-se na tarde desta quinta-feira (21) à Delegacia da Polícia Civil de Caraúbas e recebeu voz de prisão sob acusação de estupro de vulnerável. Foragido da polícia desde 29 de maio de 2014, o homem é acusado de ter abusado sexualmente de suas duas enteadas, tendo respectivamente as idades de 7 e 13 anos. O acusado encontra-se preso e à disposição da justiça.

         

        TJ mantém afastamento do prefeito de Barcelona-RN

         A 3ª Câmara Cível do Tribunal de Justiça, à unanimidade de votos, reformou a sentença proferida em Mandado de Segurança, e determinou, assim, a revalidação da Resolução do Presidente da Câmara de Vereadores do Município de Barcelona/RN que declarou a extinção do mandato do então Prefeito Carlos Zamith de Souza.

        Com isso, deve ser reempossado ao cargo o vice-prefeito Vicente Mafra Neto, o que suspende a determinação em contrário fixada na sentença proferida naquele Mandado de Segurança, de que a Casa Legislativa Municipal reempossasse Carlos Zamith de Souza no cargo de Prefeito, no prazo de 24 horas, sob pena de multa diária de mil reais.

        Os desembargadores que integram a 3ª Câmara Cível analisaram os recursos interpostos contra sentença proferida pelo juízo de São Tomé que anulou o ato que havia declarado a extinção do mandato do prefeito Carlos Zamith de Souza e empossado Vicente Mafra Neto no cargo de prefeito do Município de Barcelona/RN.

        Na fundamentação da decisão que concedeu o Mandado de Segurança e em ações na Justiça Federal, foi consignado que não havia sido decretada a perda da função pública ao então prefeito, de forma que, em virtude da coisa julgada formada naqueles autos, se afigurava ilegal a resolução da Câmara de Vereadores de Barcelona que havia declarado extinto o mandato do então Prefeito Carlos Zamith de Souza, a qual contrastava, inclusive, com o Princípio da Separação dos Poderes, previsto no art. 2º da Constituição Federal.

        Relator

        Porém, para o relator do acórdão na 3ª Câmara Cível, juiz convocado Herval Sampaio, tal entendimento não deve prosperar pois, ainda que não tenha sido decretada, na sentença prolatada nos autos Ação Civil Pública de Improbidade Administrativa nº 2008.84.00.001352-4, bem como no acórdão do TRF- 5ª Região, a perda da função pública ao então prefeito, essa medida se revela como uma consequência inafastável e automática de sua condenação pela prática dos atos de improbidade administrativa previstos nos arts. 10, XI, e 11, caput, da Lei nº 8.429/92.

        “Portanto, diante da condenação que lhe foi imposta, por comprovados atos de improbidade administrativa, envolvendo malversação de recursos públicos, revela-se, à luz de todos os fundamentos aqui explicitados, juridicamente inadmissível a permanência do Recorrido no cargo de Prefeito do Município de Barcelona”, comentou.

        O relator ainda ressaltou no seu voto que as condutas improbas que justificaram a aplicação, dentre outras, da sanção de suspensão dos direitos políticos (a acarretar, naturalmente, a perda da função pública) ficaram devidamente descritas no acórdão proferido pela Segunda Turma do TRF- 5ª Região (AC 522551/RN).

        Apelações Cíveis nºs: 2014.013160-7 e Mandado de Segurança nº 0100018-32.2014.8.20.0155
        TJRN

        Vice-presidente da República Michel Temer não vê ilegalidade em doação de bens da presidente da Petrobras

        O vice-presidente da República, Michel Temer, disse que a doação de patrimônio a parentes em usufruto é um ato dos mais naturais entre as famílias brasileiras e não vê qualquer ilegalidade no ato da presidente da Petrobras, Graça Foster, que passou a parentes dois imóveis no início do ano.

        A doação de Graça foi feita enquanto tramitava processo no TCU (Tribunal de Contas da União) que investigava a compra da refinaria de Pasadena (EUA) pela estatal, mas antes da decisão do órgão que decidiu bloquear bens de diretores da estatal para ressarcir um prejuízo apontado pelo órgão de US$ 792 milhões (R$ 1,7 bilhão).

        “Não vou entrar no mérito da decisão [da presidente da Petrobras] que é de cunho pessoal, mas não vejo ilegalidade nenhuma nesse ato. Ele foi feito antes da decisão do TCU “, disse Temer, que apresentou uma palestra no evento VI Brasil Nos Trilhos, que reúne empresas do setor ferroviário em Brasília.

        Sobre a candidatura de Marina Silva (PSB) à Presidência, Temer disse que é preciso respeitar todas as candidaturas, mas que a preocupação da presidente Dilma Rousseff (PT) é ganhar a eleição, contra qualquer candidato.

        Temer não participou da reunião da campanha realizada nesta quarta (20) pela presidente, mas disse que já gravou falas para o horário eleitoral. Perguntado o que disse, respondeu: “Falei bem da Dilma”.

        PALESTRA

        Durante sua palestra, Temer fez um discurso voltado para empresários e repetiu várias vezes que o governo apoia e incentiva a iniciativa privada no país e quer parcerias com os empresários.

        “O governo não tem nada contra o lucro do empresário”, afirmou o vice-presidente.

        Segundo ele, só no setor de ferrovias, o país vai investir esse ano um valor recorde, de R$ 3,3 bilhões. Ele também falou de desoneração da folha de pagamento para as empresas e finalizou com um recado:

        “Não temam investir no Brasil. É apostar com certeza e segurança num bom negócio”.

        Folha Press

        Acusado de matar palmeirense, candidato a deputado deve ser expulso do PT

        Envolvido em mais um episódio de violência entre torcidas organizadas, o vereador de Francisco Morato e membro da Gaviões da Fiel Raimundo César Faustino pode ser expulso pelo PT.

        Integrantes do comando do partido ouvidos pela reportagem avaliam que, se a Justiça acolher o pedido de prisão preventiva do petista por suposto envolvimento na morte do torcedor palmeirense da Mancha Verde Gilberto Torres Pereira, ele poderá ser excluído dos quadros da legenda.

        Faustino, também conhecido como Capá, também pode ser suspenso do PT até que ocorra uma decisão da Justiça. Ele é candidato estadual pela sigla.

        A delegada Fabiana Aparecida Aceto, da delegacia de Franco da Rocha, informou nesta quinta-feira (21) que mudará a acusação contra o vereador de “tentativa de homicídio” para “homicídio”, depois da confirmação da morte cerebral do palmeirense.

        Integrantes da Executiva Nacional do PT paulista criaram uma comissão especial para tratar o caso. Nos últimos dias, petistas conversaram com torcedores da Gaviões da Fiel para tentar identificar o papel do vereador na agressão a Pereira.

        Como há relatos diferentes sobre o seu envolvimento, a cúpula do PT decidiu aguardar uma posição da Justiça para decidir o futuro político do vereador. Pela legislação, se perder a filiação, ele não poderá disputar as eleições de outubro.

        Por telefone, Faustino negou a correligionários que tenha agredido o torcedor.

        Na terça (19), a delegada pediu a prisão preventiva do vereador, que é acusado também de rixa qualificada e provocar tumulto.

        Entre os seis pedidos de prisão pelo episódio, um corintiano detido é assessor de Faustino e outro mora no mesmo endereço de uma assessora do vereador.

        O histórico do vereador também complica sua situação política. Faustino foi flagrado, no ano passado, dando um chute em um policial militar durante a briga de corintianos e vascaínos no Estadio Mané Garrincha, em Brasília

        Folha Press

        FOTO(IMPRESSIONANTE): Após ‘Malhação’, ator perde 100kg e diz que gostaria de voltar à TV

        montagem_renatao Renato Franco, que em 2005 fez sucesso como o Julião de “Malhação”, agora vive longe das gravações. Há nove anos sem trabalhos na TV, ele faz teatro amador e trabalha como  assessor cultural na Câmara Municipal.

        - Eu sou um cara do teatro, mas faço isso como diversão. Participo de um grupo de jovens na igreja e sempre organizamos peças.

        Depois de “Malhação”, Renato até recebeu convite para outras produções, mas optou por terminar a faculdade de Direito e cuidar da saúde. Com 220 kg, ele se sumbeteu a uma cirurgia de redução de estômago em 2007:

        - Depois da operação, perdi 70 kg. No ano passado, voltei à dieta e à rotina de exercícios e eliminei mais 30 kg. Agora, a minha meta é chegar aos 100kg. Hoje, me sinto mais disposto, mas não mudei meu jeito de ser. Continuo o mesmo de sempre. Não me acho um gostosão agora, já me achava antes – conta ele, aos 29 anos.

        Mesmo há tanto tempo fora das telas, ele diz que continua sendo reconhecido pelo personagem.

        - Às vezes, as pessoas me param na rua. Algumas me perguntam de onde me conhecem e eu mostro a foto e digo que com 100kg a mais fiz  ‘Malhação’ – diverte-se.

        Depois da novela, Renato foi chamado para atuar em um filme, mas após perder tanto peso não se encaixava mais no papel. Ele diz que não corre atrás de testes, mas se tivesse alguma proposta para voltar, estaria disposto.

        - Eu gosto muito de atuar. Acho que amadureci muito como ator desde ‘Malhação’, então se pintar um convite legal, eu toparia.

        O Globo

        Publicitário e Cineasta potiguar tem filme selecionado no Festival CineMundo 2014

        O jornalista, publicitário e cineasta potiguar, Mark Wynkler, teve o curta-metragem experimental, Neste Agora (2014), selecionado para a mostra competitiva do Festival CineMundo 2014, que acontece entre os dias 16 e 23 de agosto na Caixa Cultura, no Rio de Janeiro. Realizado pelo coletivo Zol Filmes, do qual fazem parte Mark Wynkler e outra nordestina, a pernambucana Ana Olívia Godoy, o filme será exibido nesta sexta-feira, 22 de agosto, às 18 horas e concorre na categoria de melhor curta-metragem. Há pouco mais de 1 ano Mark Wynkler deixou a Direção de Criação da RAF Comunicação e Marketing em Natal e se mudou para o Rio de Janeiro para se especializar em cinema e audiovisual. Concluiu uma pós-graduação em roteiro de cinema na Puc-Rio e atualmente se especializa em Direção Cinematográfica na Escola de Cinema Darcy Ribeiro, onde conheceu os parceiros do coletivo Zol Filmes. No curta-metragem, Mark assina o Roteiro, a Fotografia e a Assistência de Direção.

        Site do Festival: www.cinemundo.org

        Mais sobre o filme.

        O curta-metragem Neste Agora (2014) tem duração de pouco mais de 6 minutos. O filme, sem diálogos e textos, conta apenas com imagens a história de uma senhora de idade que revisita suas alegres memórias de infância. Inspirado na avó de Mark, dona Gersina, e de outras avós do grupo que sofrem de Alzheimer, o filme mostra uma menina que tem suas memórias embaralhadas entre lembranças de família e brincadeiras com amigos, culminando na situação de uma senhora já de idade solitária sendo cuidada por uma enfermeira. “Nossa ideia era retratar essa regressão mental pela qual passam as pessoas que sofrem de Alzheimer. No caso da nossa personagem, é como se a senhora se visse como aquela criança. Todas as lembranças atuais dela se apagaram, sua memória regrediu. Ela perdeu as memórias recentes e acredita ser aquela criança, aquela menina que foi outrora”.

        Governo cria coordenadoria para integrar ações de combate a crimes no Nordeste

        Uma portaria do Ministério da Justiça publicada no Diário Oficial da União de hoje (21) institui a Coordenadoria Integrada de Segurança Pública do Nordeste. Formado por representantes de órgãos federais e dos nove estados nordestinos (Alagoas, Bahia, Ceará, Maranhão, Paraíba, Pernambuco, Piauí, Rio Grande do Norte, Sergipe), o grupo atuará como um fórum de segurança pública, de natureza executiva e deliberativa, cujo objetivo é promover a integração entre os órgãos e instituições para enfrentamento às ações criminosas na Região Nordeste.

        Nos últimos anos, especialistas têm abordado a disseminação da violência pelas várias regiões do país, especialmente no Nordeste. Divulgado no mês passado, o Mapa da Violência 2014 mostra que, entre os anos de 2002 e 2012, a taxa de homicídios no Nordeste quase duplicou, com destaque negativo para o Maranhão, a Bahia e o Rio Grande do Norte, onde as ocorrências mais que triplicaram. Na região, nesse período, o único estado que conseguiu reduzir o número de assassinatos foi Pernambuco, onde o número de casos diminuiu cerca de 25%.

        Entre os representantes federais na coordenadoria estarão servidores das secretarias Nacional de Segurança Pública (Senasp) e Extraordinária de Segurança Para Grandes Eventos (Sesge), ambas do Ministério da Justiça; da Polícia Federal e da Polícia Rodoviária Federal.

        A coordenadoria contará com comitês regionais e comissões estaduais de segurança pública. Os comitês avaliarão as atividades  e atuarão como órgão consultivo. As comissões deverão organizar oficinas sobre temas estratégicos no combate às organizações criminosas, além de garantir o intercâmbio de informações entre os órgãos integrantes e eleger ações prioritárias.

        Agência Brasil

        Carregar Mais Posts