Publicidade

Dilma tem reunião fechada com Lula para discutir suspeitas contra ex-presidente

Dilma e Lula durante encontro em Brasília em 2014

A presidente Dilma Rousseff esteve em São Paulo na tarde desta sexta-feira (12), onde se encontrou com o ex-presidente da República Luiz Inácio Lula da Silva. O encontro ocorreu no Hotel Renassaince, na região da avenida Paulista, a portas fechadas, e terminou por volta das 20h30. A reunião não estava prevista na agenda presidencial.

Segundo informações publicadas pelo jornal “Folha de S.Paulo” e outros veículos da imprensa nacional, as suspeitas acerca do ex-presidente estiveram na pauta da reunião.

Os jornalistas não puderam entrar no lobby do hotel. Foram barrados por seguranças e tiveram que aguardar do lado de fora. Uma recepcionista disse aos profissionais da imprensa que o acesso foi negado porque havia muitos eventos no estabelecimento hoje.

Dilma desembarcou no aeroporto de Congonhas por volta das 17h e sua chegada ao hotel não foi vista pelos jornalistas. A presidente retorna ainda hoje para Brasília. Amanhã (13),  Dilma irá para o Rio de Janeiro para o Dia Nacional de Mobilização contra o mosquitoAedes aegypti. O mosquito é responsável pela transmissão dos vírus da zika, da dengue e da febre chikungunya.

Instituto Lula

Mais cedo, Lula participou de uma reunião do conselho do Instituto Lula, feita no Hotel Grand Mercure, na região do Parque Ibirapuera. A reunião estava agendada desde o fim do ano passado. Participaram da reunião o ministro da Cultura, Juca Ferreira, o presidente do PT, Rui Falcão, o presidente do instituto, Paulo Okamotto, o diretor Celso Marcondes, os ex-ministros Paulo Vannuchi e Luiz Dulci, entre outros.

Segundo Okamotto, a reunião de hoje, que teve início por volta das 10h30, tratou unicamente sobre mudanças no Instituto Lula, que deve passar a olhar mais para questões nacionais e não internacionais, como vinha fazendo.

“O que aconteceu hoje é que a diretoria chamou uma reunião dos conselheiros do instituto para fazer um balanço sobre o trabalho do instituto nos últimos quatro anos e definir um plano estratégico para o próximo período no Brasil. Dentro da avaliação da diretoria do instituto e dos membros conselheiros, vimos a necessidade, por conta da conjuntura política e econômica, de focarmos nosso trabalho mais aqui no Brasil, discutindo alternativas para o País”, disse.

De acordo com Okamotto e outros conselheiros do instituto que falaram com a imprensa, em nenhum momento a reunião tratou sobre as investigações da Operação Lava Jato e sobre o depoimento que Lula dará ao juiz Sergio Moro, por videoconferência, como testemunha de defesa do pecuarista José Carlos Bumlai.

“O presidente inclusive, disse que as questões relativas a ele, ele mesmo enfrenta”, disse o ministro Juca Ferreira, negando que as investigações tenham sido objeto da reunião de hoje.

IG

enviar comentário
Publicidade

Dois homens são mortos em confronto com a polícia na Zona Norte

Dois homens morreram em confronto com a polícia na tarde desta sexta, 12, no bairro do Potengi, Zona Norte da capital potiguar.

Segundo a própria polícia, uma pistola e um revólver calibre 38 foram apreendidas com os homens.

Policiais militares verificavam um veículo com registro de roubo, quando desconfiaram da atitude dos homens que estavam no local.

Ainda segundo a polícia, os homens entraram em uma casa e iniciaram os disparos. Na troca de tiros, os homens foram baleados. Os dois morreram a caminho do hospital.

enviar comentário
Publicidade

Denúncias de violência contra mulher no carnaval aumentam mais de 200%

As denúncias de violência contra a mulher através do Ligue 180 bateram recorde e aumentaram 221% neste ano em relação a 2015. A pedido do Delas, a Secretaria de Políticas para as Mulheres separou os dados das denúnicias de todo o Brasil no período de pré-carnaval e carnaval.

Neste ano, serviço registrou 3.174 relatos de violência entre 01 e 09 de fevereiro. Em 2015, de 10 a 18 de fevereiro, foram registrados 1.158 relatos, segundo relatório da secretaria.

Dentre os relatos de violência registrados em 2016, 50,94% (1.892) foram encaminhados para autoridades policiais e Ministério Público, a pedido da/o denunciante. E do total de relatos de violência registrados neste ano, 51,18% (1.901) corresponderam à violência física; 28,43% (1.056), à violência psicológica; 7,51% (279), ao cárcere privado; 7,16% (266), à violência moral; 3,34% (124), à violência sexual; 2,29% (85) à violência patrimonial; e 0,08% (03), ao tráfico de pessoas. Veja mais detalhes nos gráficos e a comparação com 2015:

Dados de 2016

Dados de 2015

A secretaria ainda aponta que, quando comparado o mesmo período de 2016 em relação a 2015, nota-se um aumento de 206% nos relatos de violência física; 185%, de violência psicológica; 1.113%, de cárcere privado; 280%, de violência moral; 148%, de violência sexual; 286%, de violência patrimonial; e 200%, de tráfico de pessoas.

Causas das denúncias

Dados ainda mostram os cinco estados que registraram os maiores números absolutos de relatos de violência. São Paulo lidera com 618 casos, seguido por Rio de Janeiro, com 487 e Minas Gerais, com 387. Completam a lista Bahia, com 223, e Rio Grande do Sul, com 195.

A lista de estados foi quase a mesma em 2015, mas com números bem menores no ano passado: São Paulo, 224; Rio de Janeiro, 161; Minas Gerais, 103; Bahia, 93 e Paraná, 69.

Campanha

Nesse carnaval, campanhas para que as mulheres usassem o Ligue 180 ganharam força e famosas posaram com a camiseta da campanha “#meunumero é 180”.

IG

enviar comentário
Publicidade

Ministério investiga 3.852 casos suspeitos de microcefalia

Ministério da Saúde e os Estados investigam 3.852 casos suspeitos de microcefalia em todo o País. O novo boletim divulgado nesta sexta-feira (12) aponta, também, que 462 casos já tiveram confirmação de microcefalia e/ou outras alterações do sistema nervoso central, sendo que 41 com relação ao vírus zika. Nesta semana foram confirmados 24 novos casos, na comparação com a semana anterior.

Outros 765 casos notificados foram descartados por apresentarem exames normais, ou apresentarem microcefalias e/ou alterações no sistema nervoso central por causas não infeciosas. Ao todo, 5.079 casos suspeitos de microcefalia foram registrados desde o início das investigações em 22 de outubro de 2015 até 6 de fevereiro de 2016. Deste total, 62,5% dos casos (3.174) foram notificados em 2015 e 37,5% (1.905) no ano de 2016.

Pernambuco permanece com o maior número de casos confirmados com relação ao vírus zika (33), seguido do Rio Grande do Norte (4), Paraíba (2), Ceará e Pará com um caso cada. Amapá e Amazonas são os únicos Estados que não têm nenhum registro de casos suspeitos de microcefalia.

No total, foram notificados 91 óbitos por microcefalia e/ou alteração do sistema nervoso central após o parto (natimorto) ou durante a gestação (abortamento espontâneo). Destes, 24 foram investigados e confirmados para microcefalia e/ou alteração do sistema nervoso central, sendo que oito foram descartados. Outros 59 continuam em investigação.

O Ministério da Saúde investiga todos os casos de microcefalia e outras alterações do sistema nervoso central, informados pelos Estados e a possível relação com o vírus zika e outras infecções congênitas. A microcefalia pode ter como causa diversos agentes infecciosos além do zika, como sífilis, toxoplasmose, outros agentes infecciosos, rubéola, citomegalovírus e herpes viral.

De acordo o informe, os 462 casos confirmados foram registrados em 175 municípios de 13 Estados: Alagoas, Bahia, Ceará, Espírito Santo, Goiás, Mato Grosso do Sul, Pará, Paraíba, Pernambuco, Piauí, Rio Grande do Norte, Rio de Janeiro e Rio Grande do Sul. A região Nordeste concentra o maior número dos casos confirmados, sendo que Pernambuco continua com o maior número de casos confirmados (167), seguido de Bahia (101), Rio Grande do Norte (70), Paraíba (54), Piauí (29) e Alagoas (21).

Até o momento, 22 Estados estão com circulação natural do vírus zika: Goiás, Minas Gerais, Distrito Federal, Mato Grosso do Sul, Roraima, Amazonas, Pará, Rondônia, Mato Grosso, Tocantins, Maranhão, Piauí, Ceará, Rio Grande do Norte, Paraíba, Pernambuco, Alagoas, Bahia, Espírito Santo, Rio de Janeiro, São Paulo e Paraná.

enviar comentário
Publicidade

Censo Previdenciário do TJRN tem início nesta segunda

Magistrados e servidores da Justiça do Rio Grande do Norte, em exercício ou aposentados, além de seus pensionistas, têm um compromisso com a atualização de seus dados cadastrais a partir desta segunda-feira (15). É quando começa o Censo Cadastral Previdenciário do Judiciário do RN que envolve todas as pessoas que estão na base de dados do Tribunal de Justiça potiguar. Este trabalho é uma determinação do Ministério da Previdência Social.

O Censo terá início nas comarcas de Natal, São Gonçalo do Amarante, Mossoró e região (Baraúna, Areia Branca, Upanema e Governador Dix-Sept Rosado). O TJRN vai instalar postos de atendimento na sede do Tribunal de Justiça, no Centro de Natal; no Fórum Miguel Seabra Fagundes, também na capital; e no Fórum Silveira Martins, em Mossoró. Estes três postos irão realizar atendimentos no horário das 8h às 17h, sem intervalo para o almoço.

Devem participar da atualização cadastral, magistrados, servidores efetivos da ativa, aposentados e pensionistas, que estão na base de dados do Tribunal de Justiça potiguar. Estão dispensados de participar do censo os estagiários, bolsistas, servidores exclusivamente comissionados e os temporários.

Para magistrados e servidores da ativa, o período do Censo será de 15 a 26 de fevereiro, enquanto que para aposentados e pensionistas de 29 de fevereiro a 4 de março.

Nas demais comarcas, o prazo será de 15 de fevereiro a 11 de março e os locais de realização do Censo serão os mesmos destinados aos servidores do Poder Executivo, ou seja as Centrais do Cidadão ou posto de atendimento disponibilizados pelo Governo estadual.

Agendamento

A atualização cadastral tem caráter obrigatório e pessoal. O agendamento da melhor data para que cada integrante do Judiciário possa fazer o recenseamento deve ser feito pelo hotsite <www.tjrn.jus.br/censo>.

Segundo o juiz auxiliar da Presidência do TJRN, Seráphico Nóbrega, a atualização dos dados tem o objetivo não só de atualizar as informações mas também de permitir a interação entre todos os setores do Tribunal de Justiça, evitando a possibilidade de fraudes. “Estamos preparando uma estrutura para atender a todos sem demora, estimando uma média de 10 atendimentos por hora, em cada posto”, antecipa o juiz auxiliar.

Documentos

É preciso comparecer aos postos do censo com certidão de casamento, de nascimento, números do PIS ou do PASEP e três comprovantes de residência emitidos em até 90 dias antes da realização deste recenseamento, entre outros documentos. A relação completa dos documentos pode ser vista na Portaria Conjunta nº 20/2015.

Bloqueio

Segundo o regulamento do Censo Cadastral, o segurado ou dependente que não comparecer para realizar o Censo de atualização cadastral terá o pagamento da sua remuneração, de seus proventos de aposentadoria ou pensão bloqueados a partir do mês imediatamente posterior à conclusão do recenseamento, ficando seu restabelecimento condicionado ao comparecimento à Unidade Gestora do RPPS para sua regularização.

Comarcas de Natal, São Gonçalo do Amarante, Mossoró, Areira Branca, Baraúna, Governador Dix-sept Rosado e Upanema:

Para magistrados e servidores da ativa: de 15 a 26 de fevereiro.

Para aposentados e pensionistas: de 29 de fevereiro a 04 de março.

Horário de atendimento: 8h às 17h, sem intervalo para o almoço.

Demais comarcas:

De 15 a 11 de março

Horário de atendimento: 8h às 17h, sem intervalo para o almoço.

OBS: o agendamento só pode ser feito para os períodos acima mencionados.

TJRN

enviar comentário
Publicidade

Justiça mantém bloqueio de R$ 193 milhões de Neymar

CbCfLNwXEAAPRBLO juiz Roberto da Silva Oliveira, titular da 7ª Vara Federal de Santos, confirmou decisão do TRF-3 de manter o bloqueio de R$ 192.798.293,84 de Neymar, seus pais e suas empresas. A sentença foi publicada na quinta-feira. O atacante é acusado de sonegar impostos entre 2011 e 2013, num valor de R$ 63,6 milhões, sobretudo nas transações que selaram sua transferência do Santos para o Barcelona. O valor original da medida cautelar era de R$ 188,8 milhões, por conta de uma multa de 150%, aplicada quando o Fisco identifica simulação e fraude. Mas chega agora a quase R$ 193 milhões, devido aos juros (Veja aqui a decisão na íntegra).

No entanto, o magistrado indeferiu o pedido dos procuradores da Fazenda de bloqueio de bens futuros de Neymar e sua família, que eventualmente venham a ser descobertos. Seus advogados chegaram a pedir sigilo integral do processo, o que foi negado pelo desembargador Carlos Muta, do TRF-3, em novembro.

O atacante e seu pai também foram denunciados pelo MPF-SP por sonegação fiscal e falsidade ideológica, mas a denúncia foi rejeitada pelo juiz Mateus Castelo Branco, substituto da 5ª Vara Federal de Santos, na última semana. O procurador da República Thiago Lacerda Nobre, autor da denúncia, deve recorrer da decisão na próxima segunda-feira.

Já na 4ª Vara Federal de Santos a Justiça negou, por duas vezes, o pedido do pai de Neymar e manteve multas de R$ 459.671,25 aplicadas pela Receita Federal em 2012. Os valores teriam sido omitidos por ambos nas declarações de imposto de renda de 2007 e 2008, atribuindo os rendimentos à “Neymar Sport e Marketing S/S Ltda”, que gerencia os contratos do atacante, que à época ainda era da base do Santos. De acordo com a sentença, “a empresa tinha assim ‘único cliente’, bem como que a totalidade de sua receita advinha exatamente desses ‘direitos de imagem’. O juiz conlcui, no texto: “(…) também por este segundo argumento autoral se pode enxergar a elisão ilícita — dissimulatória”.

Apesar dos dados de constituição da empresa fundada em 2006 não constarem nos autos, a Receita observou que o contrato qualificara Neymar Jr. como maior de idade, sendo que à época tinha apenas 14 anos. Na semana passada, seus advogados recorreram da decisão na 1ª instância, mas o juiz Bruno César da Cunha Teixeira indeferiu o recurso.

O Globo

enviar comentário
Publicidade

ABC e América estreiam na Copa do Nordeste neste fim de semana; veja duelos de seus grupos

921_imgbank_cn_20150701164442Grupo A (sábado, 13)

ABC x Campinense-PB . 18h30(horário de Natal) – Estádio Frasqueirão

Imperatriz- MA  x Salgueiro -PE.  18h30(horário de Natal) – Estádio Frei Epifânio

Grupo B (sábado, 13)

Coruripe – AL x América. 16h(horário de Natal) – Estádio Gerson Amaral

Estanciano – SE x CRB.  21h(horário de Natal) – Estádio Augusto Franco

enviar comentário
Publicidade

Carlos Eduardo reúne secretários nesta segunda para definir ampliação das ações de combate ao Aedes aegypti

O prefeito de Natal, Carlos Eduardo, realizará uma reunião com os titulares das secretarias de Meio Ambiente e Urbanismo (Semurb), Segurança Pública e Defesa Social (Semdes), Trabalho e Assistência Social (Semtas), Serviços Urbanos (Semsur), Educação (SME), Secretaria de Governo (SMG) e Companhia de Serviços Urbanos de Natal (Urbana), na próxima segunda-feira, dia 15 de fevereiro, às 10h, no Parque da Cidade Dom Nivaldo Monte, para discutir e ampliar as ações de combate ao Aedes aegypti em Natal.

Na ocasião, será definido o papel de cada Secretaria no combate ao vetor da dengue, zika e chikungunya e o secretário Luiz Roberto Fonseca apresentará o Vigiadengue, a nova abordagem de combate e monitoramento do Aedes aegypti, implantada pelo município e considerada pelo Ministério da Saúde como uma experiência eficaz a ser seguida pelo Brasil.

O secretário Luiz Roberto Fonseca ressaltou a importância do trabalho integrado com todas as secretarias municipais no combate ao mosquito. “O pico da transmissão da dengue ocorre entre os meses de março, abril e maio. Este é o momento da prevenção, de eliminarmos qualquer possibilidade de água parada, para que não tenha criadouro do mosquito. Vamos até as últimas consequências, mas não podemos perder a guerra contra esse mosquito. O trabalho intersetorial é fundamental para vencermos essa guerra”.

enviar comentário
Publicidade

Tênis carregam a bateria do celular com os passos do usuário

20160212165027_660_420Pesquisadores da Universidade de Wisconsin-Madison, nos Estados Unidos, estão trabalhando em uma palmilha de sapatos que consiga transformar a energia gerada pelo caminhar de uma pessoa em eletricidade. “Estimativas teóricas mostram que o pé humano pode produzir até 10 watts de energia, desperdiçada em forma de calor. A geração de um total de 20 watts ao andar não é algo pequeno, especialmente em comparação aos requisitos de energia da maior parte dos dispositivos móveis modernos”, explica o professor de engenharia mecânica, Tom Krupenkin.

“Desenvolvemos um novo método de conversão direta do movimento mecânico em energia elétrica que é apropriado para este tipo de aplicação”, explica o professor. A novidade é um líquido condutor que interage com uma superfície revestida de nanofilme, capaz de produzir energia elétrica. A única ressalva é que o método requer uma fonte de energia com alta frequência, maior do que a produzida pelo movimento humano.

20160212165055Os pesquisadores combinaram então a estrutura a um novo dispositivo, chamado Bubbler. Ele é constituído por duas placas planas com um líquido condutor no meio. Na placa de baixo, minúsculos furos permitem que o gás pressurizado entre, formando bolhas.

As bolhas crescem até encostarem na placa superior e explodirem. A produção contínua e explosão dessas bolhas movimenta o líquido, gerando uma carga elétrica.

Em testes, o método foi capaz de produzir cerca de 10 watts por metro quadrado. De acordo com os cientistas, o número deve crescer mais ainda, com mais estudos. No futuro, o sapato pode ser usado para carregar um smartphone e até gerar energia em áreas remotas.

Olhar Digital, UOL

enviar comentário
Publicidade

Presidente Judas Tadeu avaliou desempenho do ABC dentro e fora do campo no primeiro mês de sua gestão

Coletiva_12.02_ABCFC (2)Em entrevista à imprensa, nesta sexta-feira(12), o presidente Judas Tadeu fez uma avaliação do atual momento do ABC e dos quase dois meses da nova gestão. Tadeu destacou que a diretoria vem trabalhando incansavelmente desde que assumiu o clube, falou sobre o momento que vive o futebol abecedista, explicou as dificuldades pelo pouco tempo de preparação e fez questão de se desculpar com o torcedor pela falta dos resultados dentro de campo.

“Passamos por um processo eleitoral tardio e isso fez com que começássemos tarde, tivemos que pular etapas, e o prejuízo está sendo visto no Departamento Médico, com vários jogadores lesionados pelo tempo de preparação inadequado”, destacou o presidente, sem, no entanto, deixar de reconhecer o direito do torcedor esperar mais do time.

“As derrotas para o Alecrim e o Baraúnas, e até mesmo o empate contra o ASSU são injustificáveis. E eu disse isso para os jogadores e a comissão técnica. Peço desculpas para a torcida e entendo como natural a cobrança, porque os torcedores estão há quatro anos sem títulos. Mas, peço compreensão. O trabalho está sendo feito, para recuperar o time no segundo turno. O plantel foi montado com critério e faço um apelo para que a torcida possa continuar confiando no nosso empenho”, declarou o presidente.

Judas Tadeu falou também sobre as avaliações feitas junto com a comissão técnica e jogadores nessa quinta-feira (11). “Ontem passamos o dia em avaliação com a diretoria. Ao treinador Narciso, à comissão técnica e aos jogadores, mostramos que não estamos satisfeitos e fizemos as cobranças necessárias, para que o grupo possa dar a volta por cima. Fomos surpreendidos com notícias que foram veiculadas da saída do treinador, mas em nenhum momento falamos sobre isso. Narciso é o nosso treinador, segue no comando da equipe e estamos avaliando o grupo. Não estão descartadas novas contratações, não existe grupo fechado e sabemos que precisamos de três ou quatro peças para reforçar nosso elenco”, concluiu.

O vice-presidente de futebol, Leonardo Arruda, também participou da coletiva e comentou sobre o elenco abecedista: “Tivemos que contratar todo um time e não apenas algumas peças. O grupo que disputou a Série B foi todo desfeito. Diante disso, tivemos que trazer 22 jogadores, alguns dos quais estavam parados. Isso porque, nosso trabalho começou tardiamente, em virtude do processo eleitoral no clube. Um novo time não é feito do dia para noite. Isso requer tempo. Estamos cientes da necessidade de evoluir, para buscar resultados positivos. Ontem, fomos procurados pelos atletas, que se comprometeram a melhorar, e demos esse voto de confiança”.

Sobre as contratações que ainda são necessárias, o presidente Judas Tadeu disse que a diretoria está atenta e conta com o apoio da torcida para. “Precisamos que o torcedor jogue junto com o time, através do Programa de Sócio. Queremos reforçar o grupo, qualificar o elenco, mas temos um problema orçamentário. A queda para Série C reduziu receitas e ocasionou a perda de patrocínios. Além disso, várias cotas foram antecipadas. Dos R$ 505 mil que o ABC receberia pela Copa do Nordeste 2016, R$ 200 mil foram antecipados em outubro de 2015 e R$ 80 mil em dezembro do mesmo ano, apenas a cinco dias das eleições que renovaram a diretoria do clube. Já a cota pela primeira fase da Copa do Brasil 2016, no valor de R$ 200 mil, foi totalmente antecipada em dezembro de 2015″.

No próximo dia 25, o ABC colocará no ar seu portal da transparência, cumprindo mais um compromisso de campanha e revelando ao torcedor a realidade financeira do clube.

“A transparência é uma prioridade desta gestão, porque queremos que o sócio-torcedor seja o maior patrocinador do ABC”, finalizou o presidente.

Também participou da entrevista, o vice-presidente executivo, Rodrigo Salustino.

Com informações do ABC

enviar comentário
Publicidade

Hemonorte faz apelo para doação de sangue

O Hemocentro do RN (Hemonorte) está precisando com urgência de sangue de todos os tipos para repor seu estoque que, no momento, está crítico. As doações realizadas não estão sendo suficientes para manter o estoque equilibrado. Hoje a unidade conta com pouco mais de 300 bolsas prontas para uso.

Com um estoque de aproximadamente 40% do total de bolsas de sangue, se o número de doações não aumentar, o abastecimento da rede hospitalar ficará comprometido, o que pode prejudicar a realização de cirurgias. O Hemonorte faz um apelo a doadores de todos os tipos sanguíneos para ajudar a repor os estoques. Além das mídias sociais, a instituição está entrando em contato com doadores por telefone e pelo aplicativo Hemoliga.

Para doar sangue, é preciso que a pessoa tenha de 16 a 69 anos, esteja em boas condições de saúde e pese mais de 50 quilos. Recomenda-se evitar o consumo de alimentos gordurosos quatro horas antes da doação. A ingestão de bebidas alcoólicas tem de ser interrompida 12 horas antes da doação.

Os interessados devem comparecer ao Hemonorte, localizado na Av. Alexandrino de Alencar, 1800, Tirol, (próximo ao Parque das Dunas/Bosque dos Namorados) – de segunda-feira a sábado, das 7h às 18h ou aos postos de coleta fixos da Zona Norte (Biblioteca Américo de Oliveira) – Av. Itapetinga, 1430, Conj. Santarém – de segunda à sexta-feira, das 8h às 17h, e sábado, das 8h às 12h.

enviar comentário
Publicidade

Censo para servidores do interior do Estado começa no próximo dia 15 de fevereiro

O Governo do Rio Grande do Norte inicia, no próximo dia 15, a terceira etapa do Censo Cadastral Previdenciário destinada aos servidores ativos, aposentados e pensionistas do interior do Estado. Ao todo, são 16 municípios-polo onde vão acontecer os atendimentos, das 8 às 17h. O recadastramento é obrigatório e realizado de forma presencial. Quem não atualizar os dados previdenciários, terá pagamento de sua remuneração ou provento bloqueado a partir do mês imediatamente posterior ao final do Censo, que se encerra no dia 11 de março.

O recadastramento é um projeto piloto do Ministério da Previdência Social (MPS), financiado com recursos do Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID). No RN, os trabalhos são coordenados pela Secretaria de Estado da Administração e dos Recursos Humanos (Searh) e pelo Instituto de Previdência dos Servidores Estaduais (Ipern).

Os 16 municípios onde os servidores poderão realizar o recenseamento são: Açu, Angicos, Apodi, Caicó, Ceará-Mirim, Currais Novos, Goianinha, João Câmara, Macau, Mossoró, Nova Cruz, Parnamirim, Pau dos Ferros, Santa Cruz, São Paulo do Potengi e Umarizal. Caso o servidor não resida ou trabalhe em alguma dessas cidades, ele deve realizar o recadastramento no polo mais próximo.

A lista com os locais de atendimento e documentos necessários para o Censo está disponível no site www.melhorparavoce.rn.gov.br. O servidor ativo, aposentado ou pensionista que não levar a documentação completa, inclusive a de seus dependentes caso possua, não poderá realizar o recadastramento.

É importante ressaltar para os servidores que terão que se deslocar de seus municípios de origem para as cidades-polo que atentem para a documentação, a fim de não precisarem retornar outro dia para conseguirem atualizar os dados previdenciários. Isso evita a formação de filas e atrasos no atendimento.

Atendimentos na Searh

Os servidores ativos, aposentados e pensionistas de Natal e São Gonçalo do Amarante, que foram convocados na primeira e na segunda fase do Censo Previdenciário, mas que ainda não compareceram aos locais de atendimento, podem continuar a fazer o recadastramento até 11 de março, sem prejuízo para qualquer servidor. O atendimento será feito no auditório da Searh, também das 8 às 17h.

Mais informações no site www.melhorparavoce.rn.gov.br ou pelo telefone 3232-1076.

enviar comentário
Publicidade