Argentina deu calote internacional

A Argentina recusou todas as propostas apresentadas no processo de negociação sobre sua dívida e escolheu dar o calote, afirma um comunicado do NML Capital, fundo do bilionário de Wall Street Paul Singer, e o que mais tinha recursos a receber da Casa Rosada, conforme a sentença da Suprema Corte dos Estados Unidos.

“Aceitamos muitas das propostas criativas apresentadas pelo mediador”, afirma o porta-voz do NML no comunicado enviado na madrugada desta quinta-feira, acusando a Argentina de ter recusado de “considerar seriamente” todas elas. O mediador em questão é o advogado Daniel Pollack, designado pelo juiz federal Thomas Griesa para cuidar das negociações entre a Argentina e os credores norte-americanos. Ontem venceu o prazo para a Argentina pagar US$ 1,3 bilhão a estes fundos. Só o NML teria cerca de US$ 800 milhões a receber.

Pollack e o NML afirmam que a Argentina entrou em default desde a tarde da quarta-feira, mas o país não reconhece o calote, segundo declarações do ministro da Economia, Axel Kicillof, dadas no início da noite desta quarta-feira. “Calote é quando não se paga e a Argentina paga e vai continuar pagando”, afirmou a jornalistas, ressaltando que o país depositou US$ 830 milhões no final do mês de junho para pagar os credores que aderiram às reestruturações da dívida de 2005 e 2010, mas Griesa impediu que os bancos repassassem o pagamento aos fundos. Além disso, depositou recentemente US$ 650 milhões para pagar dívidas ao Clube de Paris, disse o ministro.

Bancos

No início da noite da quarta-feira, se falava da possibilidade de bancos privados argentinos assumirem a dívida dos fundos norte-americanos, por meio de uma operação de compra de títulos e, assim, evitar o calote. O próprio Kicillof destacou esta possibilidade na entrevista à imprensa. Com isso, as negociações passariam a ser entre os argentinos e estes bancos, mas rumores no final da noite davam conta de que as conversas não avançaram.

fonte: Estadão Conteudo

    Nenhum Comentário

    Imprensa Nacional destaca: “Zebra gaúcha, Novo Hamburgo está nas oitavas da Copa do Brasil”

    Esse texto a Folhapress, maior agência de notícia do Brasil distribuiu para seus associados no Brasil todo, inclusive para a Folha de São Paulo com o seguinte titulo: “Zebra gaúcha está nas oitavas da Copa do Brasil”. O ABC poderia ter passado sem esse vexame, cair para um time que não jogava desde abril é demais.

    O Novo Hamburgo, do Rio Grande do Sul, é o primeiro time a passar pela terceira fase da Copa do Brasil e se juntar aos seis pré-classificados das oitavas de final.

    Graças a um gol nos acréscimos, o clube de 103 anos, que não disputa nenhuma das quatro divisões do Campeonato Brasileiro nesta temporada, assegurou vaga nesta quarta-feira (30) ao vencer por 2 a 0 o potiguar ABC, que está na Série B. No jogo de ida, em Natal, havia perdido por 1 a 0, na semana passada.

    O lateral direito Afonso recebeu passe na área e abriu o placar aos 27 minutos no estádio do Vale. As duas equipes se encaminhavam para uma decisão por pênaltis até que, aos 46 minutos do segundo tempo, o atacante Juba desviou na pequena área um cruzamento em cobrança de falta e marcou o gol salvador.

    Torcedores e jogadores comemoraram bastante a façanha. O Novo Hamburgo, apelidado de Noia, já tinha superado o catarinense Joinville, da segunda divisão nacional, e o paranaense J. Malucelli nesta competição.

    Os próximos confrontos serão definidos por sorteio. Atlético-MG, Atlético-PR, Botafogo, Cruzeiro, Flamengo e Grêmio, que participaram a Taça Libertadores da América deste ano, entrarão na Copa do Brasil na fase de oitavas de final.

      Nenhum Comentário

      Prefeitura adia liberação do viaduto da BR 101 e evita marcar nova data

      Está na Tribuna do Norte

      Por conta das chuvas que caíram em Natal, em junho e julho o consórcio Queiroz Galvão/Ferreira Guedes não conclui as obras do viaduto da rodovia federal BR-101, que tinha previsão para ser aberto hoje ao  tráfego de veículos. O secretário municipal adjunto de Obras Públicas e Infraestrutura, engenheiro Caio Múcio Pascoal, disse que as obras deve continuar  mais uns dez dias, motivo pelo qual, agora, a Semopi prefere não estabelecer mais uma data para a sua inauguração.

      Foto Jean FábioObras no viaduto da BR-101 vão continuar por mais dez dias

      “Os serviços que restam são justamente aqueles impossíveis de fazer com água”, disse ele. De acordo com as estatísticas da Gerência de Meteorologia da Empresa de Pesquisa Agropecuária do Rio Grande do Norte (Emparn), as precipitações pluviométricas que provocaram atraso na execução das obras do viaduto, ocorrerem em 42 dias dos últimos dois meses. Nos 30 dias de junho choveu 21 dias, mesmo número de dias chuvosos nos 31 dias deste mês.

      O viaduto da BR-101 é o único equipamento do Complexo Viário Dom Eugênio de Araújo Sales que falta ser entregue ao trânsito de veículos entre as avenidas Salgado Filho e Prudente de Morais, em Lagoa Nova. Caio Pascoal disse que estão em  execução a pavimentação asfáltica sob o viaduto e em cima dele, bem como o recapeamento do trecho da BR-101.

      Leiam reportagem completa: http://tribunadonorte.com.br/noticia/prefeitura-adia-liberacao-de-viaduto/289161

        Nenhum Comentário

        Pesquisa Consult/96FM: Para o Senado, Wilma aparece em primeiro com 39,35%

        Para o Senado, a ex-governadora Wilma de Faria tem 39,35% da preferência do eleitorado potiguar. A principal adversária, a petista Fátima Bezerra aparece com 28,29%, na pesquisa do Instituto Consult, divulgada nesta quarta-feira (30), na 96 FM. A margem de erro é de 2,3% para mais ou para menos.

        Os demais candidatos não somaram 1%. Os dados mostram a candidata Ana Célia, do PSTU, com 0,76%, Roberto Ronconi, do PSOL, com 0,53% e o professor Lailson, do PSL com  0,29%. Não votam em nenhum somam  14,53% e Indecisos 16,24%.

        O Instituto entrevistou 1.700 pessoas em 58 municípios do Rio Grande do Norte, nos dias 26, 27 e 28 de julho. A pesquisa 96FM/Consult foi registrada na Justiça Eleitoral com o protocolo 008/2014. No Tribunal Superior Eleitoral o registro foi 261/2014.

          Nenhum Comentário

          Pesquisa Consult/96FM: Para o Governo, Henrique Alves tem 37,06% e Robinson Faria 22,71%

          O líder do PMDB, candidato ao Governo do Estado, Henrique Alves continua na preferência do eleitorado, segundo pesquisa Consult,divulgada na noite desta quarta-feira (30). Contratada pela 96FM, os dados mostram o presidente da Câmara com 37,06% da preferência, seguido de Robinson Faria (PSD) com 22, 71%.

          Em terceiro, na pesquisa estimulada (onde são citados os nomes dos candidatos), o candidato do PSOL, Robério Paulino aparece com 1,18%.  Araken Faria (PSL) tem 0,71% e Simone Dutra (PSTU), 0,41%.

          Não votam em nenhum dos candidatos somam 18,88% e Não sabem 19,06%. A margem de erro é de 2,3% para mais ou para menos.

          O Instituto entrevistou 1.700 pessoas em 58 municípios do Rio Grande do Norte, nos dias 26, 27 e 28 de julho. A pesquisa 96FM/Consult foi registrada na Justiça Eleitoral com o protocolo 008/2014. No Tribunal Superior Eleitoral o registro foi 261/2014.

            Nenhum Comentário

            Dilma lidera disparada preferência do eleitorado potiguar com 46,94%, mostra Pesquisa Consult

            A presidente Dilma Rousseff (PT), candidata à reeleição lidera com folga a preferência do eleitorado potiguar. Os números da pesquisa Consult divulgados na noite desta quarta-feira (30) na 96 FM, mostram a petista com 46,94%, seguida do tucano Aécio Neves com 12,12%.

            Em terceiro lugar, o candidato à Presidência do PSB, Eduardo Campos aparece com  7,82%. Pastor Everaldo tem 0,41%, Luciana Genro 0,18%,  Eymael 0,12%, Levy Fidelix 0,12%, Mauro Lasi e Rui Pimenta 0,06% cada. Eduardo Jorge e Zé Maria, não foram citados.

            Nenhum  soma 13,41% e Não sabe 18,76%. A margem de erro é de 2,3% para mais ou para menos. Os dados são da pesquisa estimulada, onde os nomes dos candidatos são citados.

            O Instituto entrevistou 1.700 pessoas em 58 municípios do Rio Grande do Norte, nos dias 26, 27 e 28 de julho. A pesquisa 96FM/Consult foi registrada na Justiça Eleitoral com o protocolo 008/2014. No Tribunal Superior Eleitoral o registro foi 261/2014.

              Nenhum Comentário

              Eleição 2014: Candidatos divulgam agenda para esta quinta-feira

              Os candidatos ao Governo do Rio Grande do Norte, Henrique Eduardo Alves (PMDB), Araken Faria (PSL) e Robinson Faria (PSD) divulgaram, nesta quinta-feira (31), os compromissos políticos e eleitorais para o dia de hoje. Reuniões, entrevistas, eventos e caminhadas estão na programação dos candidatos.

              Henrique Alves começa o dia se reunindo com lideranças políticas na Casa 15, às 10h. Pela tarde, as 15h, tem entrevista na FM Universitária, e, logo em seguida, caminhada no bairro do Bom Pastor ( Concentração: Praça do Beijoqueiro c/ Av. Lima e Silva). Pela noite, as 19h30, participa do lançamento da candidatura do deputado Hermano Morais, no Plaza Casa Show – Av. Itapetinga – Zona Norte. Mais tarde, as 20h30 participa de reunião com o vereador Aroldo Alves e o deputado Gustavo Fernandes, no Cuxá – Av. Salgado Filho.

              Araken Faria, pela manhã se reúne com a equipe do comitê de campanha. Pela tarde, as 16h30 participa de uma reunião na ABIH-RN.

              Robinson Faria, às 10h, concede entrevista ao Jornal Tribuna do Norte. Ao meio dia, atende lideranças políticas no Expresso #55 #131. As 15h participa de caminhada no bairro de Felipe Camarão.

              Os demais candidatos não encaminharam as agendas para esta quinta-feira (31).

                Nenhum Comentário

                IBOPE: Pesquisa revela preferência do eleitorado para os Governos de SP, MG, RJ, PE e DF

                A pesquisa Ibope divulgada na noite desta quarta-feira (30) apontou a preferência do eleitorado para os governos do Rio de Janeiro, Minas Gerais, São Paulo e Distrito Federal. Encomendada pela TV Globo, a pesquisa é a primeira avaliação do Ibope realizada após o registro das candidaturas.

                Entre os que lideram a preferência do eleitorado estão: Geraldo Alckmin, em São Paulo; Anthony Garotinho, no Rio de Janeiro; José Roberto Arruda, em Brasília e Fernando Pimentel, em Minas Gerais. Os números também mostram empate técnico em Minas e Rio de Janeiro.

                São Paulo

                Candidato à reeleição, o governador de São Paulo Geraldo Alckmin (PSDB) lidera a disputa pelo Palácio dos Bandeirantes. De acordo com os números do Ibope, o tucano tem 50% das intenções de voto, percentual suficiente para assegurar a reeleição no primeiro turno.

                Somados, todos os outros candidatos a governador têm 21%, menos da metade do patamar de Alckmin. Em segundo lugar, o empresário Paulo Skaf (PMDB) aparece com 11%. E o ex-ministro da Saúde Alexandre Padilha (PT), com 5%.

                Considerando a margem de erro — três pontos percentuais para mais ou para menos, Skaf e Padilha estão empatados tecnicamente. No entanto, também há empate técnico entre o petista e outros cinco candidatos de partidos nanicos que alcançaram 1% cada um.

                O candidato petista é o que tem a maior taxa de rejeição: 19%. Já o governo tucano é avaliado como “ruim ou péssimo” por 19%.

                Ainda de acordo com o levantamento, encomendado pela TV Globo, brancos e nulos somam 15%. O instituto ouviu 1.512 pessoas entre 26 e 28 de julho. A pesquisa foi registrada no Tribunal Superior Eleitoral com o número BR – 00272/ 2014.

                Rio de Janeiro

                O deputado federal Anthony Garotinho (PR) lidera pesquisa de intenção de voto para o governo do Rio de Janeiro, conforme dados divulgados nesta quarta-feira (30). Ele tem 21% da preferência do eleitorado, segundo Ibope.

                No entanto, o senador Marcelo Crivella (PRB), com 16%, e o atual governador Luiz Fernando Pezão (PMDB), com 15%, aparecem empatados tecnicamente com Garotinho. A margem de erro é de três pontos percentuais.

                O senador Lindbergh Farias (PT) registrou 11% das intenções de voto. O levantamento indicou que 21% pretendem votar em branco ou nulo.

                Conforme a pesquisa, Garotinho também é o mais rejeitado – 44% dos entrevistados declararam que não votariam no parlamentar. E 31% disseram considerar “ruim ou péssima” a gestão de Pezão.

                Foram entrevistadas 1.204 pessoas entre os dias 26 e 28 de julho. O levantamento foi registrado no Tribunal Superior Eleitoral com o número BR – 00271/ 2014.

                Distrito Federal

                Condenado por improbidade administrativa em segunda instância, José Roberto Arruda (PR) tem 32% das intenções de voto na disputa pelo governo do Distrito Federal, conforme pesquisa realizada pelo instituto Ibope.

                Em seguida, aparecem o atual governador Agnelo Queiroz (PT), com 17%, o senador Rodrigo Rollemberg (PSB), com 15%, Toninho do Psol (Psol), com 6%, o deputado federal Luiz Pitiman (PSDB), com 6%, e Perci Marrara (PCO), com 1%.

                 

                Agnelo Queiroz aparece com a maior taxa de rejeição: 46%. Arruda é rejeitado por 32% dos entrevistados. Ele já foi governador do DF. Chegou a ser preso. Foi condenado pelo esquema conhecido como “mensalão do DEM” e pode ter o pedido de registro de candidatura negado pela Justiça eleitoral. O Ministério Público quer que seja declarada a inelegibilidade de Arruda, com base na lei da Ficha Limpa.

                A pesquisa foi realizada entre 26 e 28 de julho e está registrada no Tribunal Superior Eleitoral com o número BR-00267/ 2014. O instituto ouviu 1.204 eleitores. A margem de erro é de três pontos percentuais, para mais ou para menos.

                Minas Gerais

                Os candidatos do PT e do PSDB ao governo de Minas Gerais estão empatados tecnicamente, segundo pesquisa. O ex-ministro do Desenvolvimento, Indústria e Comércio, Fernando Pimentel (PT), aparece com 25% das intenções de voto. Já o tucano Pimenta da Veiga (PSDB), que foi ministro das Comunicações, tem 21%.

                A margem de erro da pesquisa é de três pontos percentuais, para mais ou para menos. Por isso, a situação é de empate técnico. O resultado do levantamento indica a possibilidade de dois turnos no estado.

                O candidato petista aparece com índice de rejeição de 12%. Já 10% disseram que não votariam em Pimenta da Veiga.

                Em terceiro lugar, o candidato do PSB, Tarcísio Delgado, alcançou 3% das intenções de voto. André Alves (PHS) e Eduardo Ferreira (PSDC) aparecem com 2% cada um. Os outros três candidatos têm, cada um, 1% das intenções de voto.

                Brancos e nulos somam 13% e 31% disseram não saber em quem votar. O Ibope ouviu 1.512 eleitores entre 26 e 28 de julho. O levantamento está registrado no Tribunal Superior Eleitoral com o número 00268/ 2014.

                Pernambuco

                No estado de Eduardo Campos,  o senador licenciado Armando Monteiro Neto (PTB) lidera a corrida sucessória rumo ao Palácio do Campo das Princesas.. De acordo com pesquisa do Ibope encomendada pela TV Globo, ele teria 43% dos votos, caso a eleição fosse hoje. O segundo colocado é o ex-secretário da Fazenda, Paulo Câmara (PSB), que aparece com apenas 11%.

                  Nenhum Comentário

                  Genoino tem 34 dias descontados da pena e vai para o regime aberto

                  Por UOL

                  A Vara de Execuções Penais do Tribunal de Justiça do Distrito Federal descontou nesta quarta-feira (30) 34 dias da pena do ex-deputado José Genoino (PT-SP), condenado no processo do mensalão, em virtude de cursos de introdução à informática e de direito constitucional, feitos dentro do Presídio da Papuda, no Distrito Federal.

                  Com a decisão, Genoino já tem direito a cumprir pena em regime aberto desde o dia 20 deste mês. No entanto, a autorização será do ministro Luís Roberto Barroso, do STF (Supremo Tribunal Federal), responsável pela execução das penas dos condenados.

                  A data prevista para a concessão do benefício é 24 de agosto, quando ele completa um sexto da pena de quatro anos e oito meses de prisão no regime semiaberto, requisito para a mudança para o aberto. À Justiça do Distrito Federal, os advogados de Genoino alegaram que o cumprimento da pena no atual regime expirou devido aos 34 dias que o condenado tem de crédito, por ter trabalhado dentro do presídio.

                  Genoino teve prisão decretada no dia 15 de novembro do ano passado e chegou a ser levado para o Presídio da Papuda, no Distrito Federal. Mas, por determinação do presidente do STF, Joaquim Barbosa, ganhou o direito de cumprir prisão domiciliar temporária, uma semana após a decretação da prisão. Em abril, o ex-parlamentar voltou a cumprir pena de quatro anos e oito meses no presídio.

                  De acordo com o Código Penal, o regime aberto deve ser cumprido em nas chamadas casas do albergado, para onde os presos voltam somente para dormir. Em muitos casos, diante da inexistência do estabelecimento nos sistemas prisionais estaduais, os juízes determinam que o preso fique em casa e cumpra algumas regras, como horário para chegar ao domicílio, não sair da cidade sem autorização da Justiça e manter endereço fixo.

                    4 Comentários

                    1. Itla disse:

                      Tem que ser pena exemplar!

                    2. Elves Alves disse:

                      Na Copa Mundial da Corrupção o Brasil sempre foi e será eternamente imbatível: a taça do mundo é nossa, com o brasileiro corrupto não há quem possa.

                    3. Antônimo disse:

                      Nosso pais mais uma vez mostra que vale a pena roubar, ser trambiqueiroa, corrupto e ser membro do PT. Pais de bandidos, ladroares e corruptos. Ser honesto no nosso pais é ser otário!

                    4. Erminio Cristiano disse:

                      VÃO TER QUE ENGOLIR, SEUS PSDBISTA BABACA KKKKKKKKKKKKK CHOOOOOOOOORA PAPAAAAAAAAAAAAAAAAAAAI!!!!

                    ABC joga para não perder em Novo Hamburgo e dá adeus a Copa do Brasil

                    O ABC foi a Novo Hamburgo enfrentar o time da casa precisando só do empate, levou um gol no 1º tempo e ficou tentando segurar o resultado até os 46 do segundo tempo quando levou o segundo e deu adeus a competição.

                    Mais uma vez o ABC pagou pela covardia do primeiro tempo onde o time limitou-se a defender e do segundo tempo sem agressividade.

                    Com esse resultado o clube potiguar deixa de faturar R$ 500 mil de cota e mais uma vez dança prematuramente na Copa do Brasil

                      3 Comentários

                      1. Totinha Rocha disse:

                        Calma burras cor de rosa, a hora de vcs vai chegar, FRED vem ai é o fumo vai entrar.

                        AGuardem cartas.

                        KKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKK……….

                      2. Eduardo disse:

                        Vergonhoso, imoral, sem palavras, vexatório, foi como o time do ABC jogou com esse timeco sem série, mereceu inclusive ter perdido aqui em Natal mesmo. Alguma coisa dentro do grupo existe, e seria bom a diretoria enfrentar e dizer aos torcedores o que se passa…Dênis Marques ainda tá vivo? coisas assim…mas paquitas podem esperar a sua hora vai chegar…

                      3. caio fábio disse:

                        Chora “Burra Preta”, vai um hamburguezinho aí!!!

                      FOTO: Carro do Google Street View é flagrado mapeando as ruas de Natal

                      Após 2 anos, o carro do Google Street View está pelas ruas da cidade novamente. Segue foto de George Costa do veiculo mapeando a Rota do Sol:

                      Google

                        Nenhum Comentário

                        Pasadena: Presidente da Petrobras encrencada

                        Por Josias de Souza

                        O ministro José Jorge, do TCU, reconheceu que o órgão cometeu um erro ao julgar o processo que resultou na responsabilização de executivos da Petrobras por prejuízos na compra da refinaria de Pasadena. Relator do caso, ele informou que o equívoco será corrigido. Com isso, Graça Foster, atual presidente da estatal, deve ser incluída no rol de pessoas que tiveram os bens bloqueados para cobrir eventual ressarcimento dos danos, orçado por ora em US$ 792,3 milhões.

                        São 11 os diretores e ex-diretores da Petrobras que o TCU considerou passíveis de punição por decisões consideradas lesivas. Um dele, Ildo Sauer, ex-diretor Gás e Energia, já tinha deixado a estatal na época em que uma das decisões foi tomada. Substituiu-o no cargo Graça Foster. Daí a necessidade de corrigir o acórdão do TCU. Algo que levará a uma inevitável indagação: uma gestora com os bens bloqueados terá condições políticas de continuar no comando da Petrobrass?

                          6 Comentários

                          1. Carvalho disse:

                            IncomPeTência total.

                          2. Beto costa disse:

                            Eita tem petista aqui falando em comparar?.. Incauto, você é pagador de imposto? Ou é o tal do nem? Nem estuda nem procura emprego…há não,tem emprego não é isso?

                          3. Rafael Vale disse:

                            Preço da gasolina:
                            FHC:
                            1998 = R$ 0,85
                            2002 = R$ 2,25
                            Aumento de 170% em 5 anos

                            LULA
                            2003 = R$ 2,25
                            2009 = R$ 2,50
                            Aumento de 11% em 6 anos

                            Basta comparar para saber em quem votar

                          4. Luciana Morais Gama disse:

                            A PETROBRAS não eh mais a mesma, alias também acabaram com os CORREIOS, ambas eram empresas super respeitadas pelo mundo afora, agora nas mãos do PT estão ladeira abaixo. Se alguém estiver recebendo contas e faturas antes do vencimento, se pronuncie, pois as minhas quando chegam, e as vezes nem chegam, so chegam após os vencimentos. O que salva a gente ainda eh a internet. XO PETRALHAS!!!

                            • Lino disse:

                              Estratégia de Petista mesmo. Ludibriar o povo com informações incompletas.
                              O valor do combustível sofreu estes reajustes em função do valor do barril no mercado internacional. Se fosse o contrário, informariam para se explicar.
                              Com o PT é assim, a informação é passada de acordo com a conveniência. Típico de regimes de governo ditatoriais e totalitários, de quem não sabe conviver com a democracia e a rotatividade de poder.
                              Tem jeito não, o país acordou da anestesia aplicada no povão, através da política de pão e circo. Acabou PT, vão pra Cuba, lá é bom de mais !

                              • Natã disse:

                                Que tal o PT ir pra Cuba e levar o PSDB na mala, aí sim estariamos livres de boa partes de falsos socialistas e de mentirosos liberais.

                          Aécio Neves propõe reduzir pela metade número de ministérios

                          aecio_cniFoto: Marcelo Camargo/Agência Brasil

                          O candidato do PSDB à Presidência da República, Aécio Neves, disse hoje (30), em entrevista coletiva, que, se for eleito, reduzirá pela metade o número de ministérios em seu governo e extinguirá pelo menos um terço dos cargos comissionados existentes hoje. Segundo ele, isso não significa que todas as áreas atendidas pelos 39 ministérios atuais não sejam importantes, mas sim que precisam ser “desburocratizadas”.

                          “Existe um grupo trabalhando no redesenho do Estado brasileiro, comandado por aquele que eu considero o mais eficiente gestor público, o ex-governador de Minas Gerais Antonio Anastasia. Estamos conversando para redesenhar o Estado brasileiro”, disse o candidato, sem antecipar quais ministérios serão cortados.

                          Segundo Aécio, pelo menos um terço dos ministérios pode ser extinto “imediatamente”, de modo a reduzir “o gigantismo do Estado” e melhorar a gestão pública. Além disso, ele disse que, nas áreas em que for possível, vai estabelecer regime de metas aos funcionários públicos para estimular a melhor prestação de serviços públicos. “O meu governo será o da meritocracia e da eficiência.”

                          Antes da entrevista coletiva à imprensa, o candidato prometeu a empresários de diversos setores reunidos em Brasília para sabatina promovida pela Confederação Nacional da Indústria (CNI) que fará um choque de infraestrutura no país se for eleito em outubro. Segundo ele, a medida terá que ser tomada em parceria com o setor privado e a partir da atração de capital interno e investimentos estrangeiros.

                          “Isso criará o ambiente propício para [o país] retomar a capacidade de investimento e voltar a crescer. Mas 2015 já está precificado pelo atual governo. Pela própria situação da Petrobras, que precisará ser redefinida. Tudo isso deve ser orientado pela manutenção da solidez dos nossos pilares macroeconômicos. O superávit será o possível e será feito de forma absolutamente transparente, diferentemente do que ocorre hoje.”

                          Na sabatina, o tucano se comprometeu a construir uma agenda comercial “e não ideológica como é hoje”. Pare ele, “o que deve prevalecer não é o interesse de um governo”. Aécio Neves defendeu investimentos no setor energético e garantiu que retomará o programa do etanol. Para ele, a Petrobras é vítima das medidas do atual governo. “Estamos na contramão do mundo ao subsidiar combustível fóssil. Temos que enfrentar de forma clara a questão do gás e criar regras claras” afirmou, acrescentando ainda que é necessário buscar novas fontes de energia alternativa, como a biomassa, “que, só com o que São Paulo produz, poderia nos fornecer energia equivalente à [da Usina] de Belo Monte”.

                          Entre as prioridades elencadas, o presidenciável defendeu a retomada das negociações com outras regiões do mundo e a criação de mecanismos que estimulem a internacionalização das empresas nacionais com o fim da bitributação. Aécio disse que a atual política tenta incentivar esse movimento do setor privado, ao mesmo tempo em que o “Fisco desestimula”.

                          Alinhando o discurso a uma das principais demandas dos empresários, o tucano ainda garantiu um combate “diário” ao custo Brasil. “O Brasil ainda é uma economia fechada. Mas isso tem que ser feito com estratégia. Temos que criar as condições de competitividade, com choque de infraestrutura em parceria com setor privado e aumento de produtividade da economia”, defendeu.

                          Agência Brasil

                            1 Comentário

                            1. Erick disse:

                              Perguntaram a ele quais ministérios seriam fechados, não soube o que responder.

                              Um candidato que em campanha afirma que o Brasil investiu demais na educação técnica e que o salário mínimo tá muito alto já se sabe o que vai fazer quando eleito. Adeus petrobras e universidades… Ainda bem que já me formei.

                            MUITO BOM: Rosalba anuncia ampliação do Centro de Convenções

                            Trade

                            A Governadora Rosalba Ciarlini recebeu no início da noite desta quarta-feira (30), na Governadoria, representantes do trade turístico do Rio Grande do Norte em uma visita de cortesia. Acompanhada da secretária de Estado do Turismo, Gina Robinson, a Chefe do Executivo Estadual anunciou que um dos mais importantes equipamentos do setor no Estado será ampliado. A Caixa Econômica Federal autorizou hoje o processo licitatório referente a um convênio de R$ 30 milhões para ampliação do Centro de Convenções de Natal, localizado na Via Costeira.

                                     Ainda no encontro, a Governadora recebeu os parabéns pela organização, pelo engajamento e pelo planejamento de Natal como cidade-sede da Copa do Mundo de 2014, que contou com a Arena das Dunas, o Aeroporto de São Gonçalo do Amarante e obras estruturantes como fomentadores do turismo no estado durante o Mundial.

                            “Muitos turistas já voltaram e continuarão a nos visitar com frequência porque um dos legados da Copa foi esse, o fortalecimento do turismo com a enorme divulgação que tivemos das TVs dos países durante as transmissões dos jogos. Esse foi o passo inicial que levou o turismo a outro patamar no nosso estado”, observou.

                            A reunião foi composta ainda por Max Fonseca, presidente da Associação Brasileira de Bares e Restaurantes, Fernanda Paiva, da Associação Brasileira da Indústria de Hoteis, Emanuelle Barreto, do Natal Convention & Visitors Bureau, Abdon Gosson, da Associação Brasileira de Agências de Viagens (ABAV), e Luís Sérgio, do Polo Praia da Costeira.

                              4 Comentários

                              1. Ferreira disse:

                                A cinco meses de perder o cargo !?
                                Por que será que não houve essa iniciativa antes ??
                                Todos nós sabemos do que isso se

                              2. Paulo Dantas disse:

                                30 milhoes so da para pagar as diarias que essa secretaria de turismo recebe um um ano.
                                Essa Gina e a campea em receber diarias no Rio Grande do Norte
                                O que ela recebe em um ano dava para manter um hospital
                                VERGONHA

                              3. octavio disse:

                                Mais uma promessa dessa governadora.
                                Veja o suas promessas, feitas e realize pelo menos 5, para quando sair do governo,dizer “Fiz 5 % do prometido”

                              4. Frasqueirino disse:

                                Jogando para a midia. O Giverno Rosalba esta falido, năo paga aos fornecedores e continua com os salarios dos funcionários publicos atrasados. Ampliaçăo do Centro de Convenções mais uma promessa que nāo se concretizará.

                              Dilma: governo não desorganizou a economia durante crise internacional; presidente faz críticas ao PSDB

                              2014-738070383-2014073068007.jpg_20140730Foto: André Coelho / Agência O Globo

                              Em exposição inicial na sabatina da Confederação Nacional da Indústria (CNI), a presidente Dilma Rousseff afirmou que, diferentemente do que se fazia no passado, seu governo não desorganizou a economia durante a crise internacional.

                              — Não só nos protegemos da crise como também formamos a base para a retomada do crescimento. Não desorganizamos a economia como se fazia no passado, não só recorrendo ao FMI, de maneira alguma deixando que nossa economia tivesse um comprometimento grave por conta da crise – declarou Dilma.

                              A presidente fez ainda críticas veladas ao PSDB:

                              — Muitos conspiram aberta ou envergonhadamente contra o financiamento público. Tais posições ecoam o passado, quando o governo brasileiro virou as costas para a indústria nacional.

                              Dilma disse ainda que num eventual segundo governo dará prioridade a uma reforma tributária, ainda que a conjuntura política no Congresso não apoie a medida.

                              — Nós daremos prioridade como sempre demos a agenda da reforma tributaria, tentaremos sempre uma reforma abrangente. Iremos perseguir essa reforma mesmo quando a conjuntura não for a mais favorável: tendo como base a simplificação a desburocratização – afirmou a presidente.

                              O Globo

                              ‘Homossexualismo é pecado’, diz senador Marcelo Crivella, candidato ao governo do Estado do RJ

                              Candidato ao governo do Estado do Rio, o senador Marcelo Crivella, afirmou que a pobreza nas cidades da Região Metropolitana do Rio faz com que “as pessoas migrem para roubar na Capital”. Ele afirmou que as Unidades de Polícia Pacificadora (UPP) precisam ser “universais” e se estender por todo o Estado. Para ele, “homossexualismo não é crime, mas é pecado”.

                              As declarações foram dadas ao programa de televisão Band Eleições 2014 na noite dessa terça-feira, 29, como parte de uma série de entrevista com os candidatos ao governo.

                              Ao explicar por quê daria mais atenção à Baixada, caso fosse eleito, já que a maior parte de seu eleitorado está na Capital, Crivella disse que “tratar a Baixada Fluminense é uma das grandes maneiras de ajudar o povo da Capital”. “Se você deixar populações vivendo na miséria nas regiões periféricas essas pessoas migram para vir roubar na Capital, onde tem a maior riqueza (do Estado)”.

                              Ele acrescentou que “para serem boas” as UPPs precisam se tornar uma “política pública universal, racional e transparente. (Hoje) não é uma política de Estado. Não é universal porque tem muitas outras áreas que continuam dominadas. Precisamos fazer com que essa política não fique só na zona sul do Rio, ela tem que ir pro resto do Estado”.

                              Para isso, será necessário aumentar ao efetivo da polícia. “Esse resultado que está aqui hoje, traz uma insegurança tremenda para o nosso policial”.

                              Questionado sobre como conciliaria sua posição religiosa (já que é bispo da Igreja Universal) com a laicidade do Estado, ele ressaltou que “política é uma coisa e religião é outra” e garantiu que “não vou diferenciar eleitor (evangélico)”.

                              Crivella também comentou projeto de lei que tramita na Assembleia Legislativa do Rio (Alerj) que prevê punição aos estabelecimentos comerciais que discriminarem homossexuais e sofre resistência da bancada religiosa. “Sou contra qualquer tipo de homofobia. Ninguém tem o direito de mandar na vida dos outros. As pessoas têm que decidir (sobre suas vidas) e todos temos que respeitar”.

                              “Eu acredito que homossexualismo não é doença, mas é pecado porque eu acredito na Bíblia e esse é um direito que eu tenho. O homossexual tem o direito de achar que não é pecado. Preciso conviver com ele respeitando sua posição e ele me respeitando”.

                              Segundo Crivella, o receio do meio evangélico é de que a proposta de lei que criminaliza a homofobia “extrapole e tire o direito dos pastores de dizer que homossexualismo é pecado”. “Não farei um governo de discriminação”, completou.

                              “Eu defendo a vida, sou contra o aborto, defendo a família como ela é descrita na Constituição e não quero a liberalização das drogas. Não tem nada a ver com discriminar, perseguir ou odiar os homossexuais ou tirar deles os direitos civis”.

                              O senador disse que sua primeira ação à frente do governo seria fazer um mutirão nos hospitais para atender “a fila de 12 mil pessoas que esperam para fazer uma cirurgia simples”. Ele também afirmou que é preciso “levar emprego para onde as pessoas moram e residência para onde as pessoas trabalham” e “transformar as cidades dormitório em unidades produtivas”. Para isso é preciso “adensar as cadeias produtoras” do Estado.

                              O candidato explicou que sua proposta de lei que tramitava no Senado sobre terrorismo e greve foi “mal interpretado”. “O projeto não falava de manifestações, do povo na rua reclamando por seus direitos políticos. Falava sobre atos de terrorismo (e propunha que) esses crimes pudessem ser julgados com mais celeridade na Justiça e tivessem penas maiores”. O mesmo valeria para as greves que deveriam ter celeridade de julgamento na Justiça do Trabalho.

                              Folha Vitória

                              Carregar Mais Posts