TREINAMENTO COPA: Sesap realiza treinamento em ameaças Químicas, Biológicas, Radiológicas e Nucleares‏

A Secretaria de Estado da Saúde Pública (Sesap), por meio da Subcoordenadoria de Vigilância Sanitária (Suvisa), realiza de hoje (22) até o próximo sábado (26), no Hotel Praiamar, em Ponta Negra, o treinamento em ameaças Químicas, Biológicas, Radiológicas e Nucleares (QBRN), promovido pelo Ministério da Saúde, por meio da Secretaria de Atenção à Saúde e da Coordenação Geral da Força Nacional do SUS. O evento ocorre nos turnos da manhã e tarde, a partir das 8h30.

O treinamento tem como objetivo capacitar os profissionais das diversas áreas envolvidas na realização da Copa do Mundo 2014, em todas as cidades que vão sediar o mundial de futebol, para que possam agir com eficiência diante da eventual ocorrência de atentados terroristas. Com esse trabalho, o Ministério da Saúde pretende padronizar o conhecimento na área, apresentando as definições básicas relativas aos agentes químicos, biológicos, radiológicos e nucleares, assim como discutir conceitos referentes aos processos de identificação e descontaminação de agentes QBRN, estabelecer responsabilidades e fluxo de comunicação entre as diversas áreas envolvidas, harmonizar procedimentos relacionados aos QBRN no setor de saúde e estabelecer a integração entre as três esferas de gestão do SUS (municipal, estadual e federal) com os demais órgãos públicos envolvidos na preparação de resposta às ameaças.

A abertura do treinamento, realizada na manhã desta terça-feira (22), foi presidida pela subcoordenadora da Suvisa, Vitória Régia da Cunha, que representou o Secretário de Estado da Saúde Pública, Luiz Roberto Fonseca. Participaram do evento representantes da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), da Força Nacional do SUS, da Secretaria de Saúde de Natal, do Exército Brasileiro, Marinha do Brasil, hospitais Walfredo Gurgel e Giselda Trigueiro,   Laboratório Central (Lacen), Defesa Civil, Corpo de Bombeiros, Polícia Militar e Subcoordenadoria de Vigilância Epidemiológica da Sesap.

Iniciando as exposições, o Capitão do Exército Brasileiro, Tadeu Jordão Barradas, que coordena o QBRN, de Belo Horizonte (MG), falou sobre “A importância das operações QBRN – interagências durante os eventos de massa”, “Definição e classificação de agentes químicos” e “Efeitos fisiológicos de agentes químicos”.

Nesta quarta-feira (23), será abordado o tema biológico, com uma discussão sobre noções gerais de biossegurança. Já nesta quinta-feira (24), serão enfocados os princípios de proteção radiológica. Na sexta-feira (25), serão abordados a assistência e agentes radiológicos e nucleares e, finalizando, no sábado (26), serão discutidos a assistência e produtos químicos.

REPERCUSSÃO NACIONAL: Policiais e bombeiros militares entram em greve no RN, destaca O Globo

Policiais e bombeiros do Rio Grande do Norte entraram em greve nesta terça-feira. As categorias reivindicam melhorias estruturais, envio da Lei de Promoção de Praças para a assembleia do estado e concurso público. Nesta manhã será realizada uma assembleia para decidir pelo fim ou pela manutença da paralisação.

O secretário de Segurança Pública e da Defesa Social Elieser Girão afirmou que o estado possui efetivo suficiente para atender os serviços de segurança mesmo com a paralisação. O secretário se pronunciou após publicação de mensagens na internet que alertavam para possíveis arrastões e saques durante a greve.

— Isso não vai acontecer — garante.

Elieser Girão classificou os textos como terroristas e informou que a Secretaria abriu uma investigação para apurar suas origens.

— Estamos com investigações abertas em função de mensagens, que eu classifico como sendo mensagens terroristas, pregando o terror na população, dizendo que vai haver quebra, saques, homicídios, por causa dessa paralisação — disse em entrevista a Intertv, afiliada da TV Globo.

Sobre a greve, Girão afirma que o governo não aceita a greve porque a negociação não foi interrompida e que a paralisação foi originada de uma associação e não de um sindicato.

— A associação tem papel de associação e não de sindicato. Eles precisam entender isso. Não vou aceitar que pessoas levantem bandeiras políticas no meio da associação. Eles são profissionais que estão trabalhando e devem trabalhar.

O Globo

A notícia já ganhou destaques em outros grandes portais, como Estadão, Uol e outros.

    2 Comentários

    1. Claus disse:

      Esse secretário é um palhaço mesmo, dizer que o estado tem como atender os serviços de segurança mesmo com a paralisação, secretário o estado não tem como atender o tal serviço com o efetivo completo imagine com essa paralisação, secretário volte pro seu EB, e pare de conversar asneira.

    2. Sergio Nogueira disse:

      Triste ocaso de um Governo que na verdade ninguém sabe se começou. Passados os quatro anos a Prefeita estadual não tem nada o que apresentar, nenhum projeto que alavancasse o RN, nenhuma ação concreta que trouxesse melhorias ao povo.
      Crise na saúde, que até Secretário demitido em feriado após reportagem da Globo, na educação, na segurança, estradas que não foram recuperadas, o prolongamento da Prudente que não conseguiram fazer 250 metros por ano e enfim concluí-lo.
      Penso que o caso é de sentir vergonha pela incapacidade administrativa cujos auxiliares, domésticos, inclusive, e outros que só conheciam o horizonte mossoroense do mundo, afundaram, impediram ou nada fizeram.
      Aguarda-se pedido de desculpas.

    Paralisação Bombeiros e PMs: Cúpula da Sesed/RN se reúne para formatar proposta a categorias

    A Secretaria de Estado da Segurança Pública e da Defesa Social (Sesed/RN) está reunida neste momento com representantes do Ministério da Justiça e Ministério Público com objetivo de formatar uma proposta que possa satisfazer os policiais militares e bombeiros que iniciariam paralisação na manhã desta terça-feira (22). Representantes dos bombeiros e policiais militares serão recebidos pela cúpula, por volta de 12h, na Procuradoria Geral do Estado.

    As categorias estão acampadas em frente à Governadoria há mais de uma semana e, agora, só vão sair de lá depois que o projeto de Lei de Promoção de Praças for enviado à Assembleia Legislativa e sancionado.

    Apesar de terem como foco principal a Lei de Promoção de Praças, os policiais e bombeiros militares decidiram criar uma pauta de reivindicações com outros pontos urgentes para as categorias. Entre eles estão: pagamento dos níveis do subsídio e das férias; implantação de um auxílio alimentação; fornecimentos de material de trabalho adequados; reajuste de 15% no subsídio; e convocação dos 824 candidatos aprovados na segunda fase do último concurso realizado pela PM.

    EXCELENTE OPORTUNIDADE: Em mais um concurso, Aeronáutica abre seleção com 614 vagas para sargentos

    Após ter aberto seleção com 80 vagas, a Aeronáutica lançou novo edital para o exame de admissão ao curso de formação de sargentos (modalidade B, turmas 1 e 2 de 2015). São oferecidas 614 vagas. Podem participar candidatos de ambos os sexos, que concluíram ou vão concluir o ensino médio, com idade entre 17 e 25 anos (até 31 de dezembro de 2015). As remunerações não foram divulgadas.

    As especialidades oferecidas apenas a homens são: mecânica de aeronaves, material bélico, e guarda e segurança. E as especialidades para ambos os sexos são: controle de tráfego aéreo (cargo detentor da maioria das chances, 192 delas), comunicações, foto-inteligência, eletricidade e instrumentos, equipamento de voo, meteorologia, suprimento, informações aeronáuticas, desenho, estrutura e pintura, eletromecânica, metalurgia e bombeiro.

    O certame será composto por provas escritas no dia 20 de julho, sobre as disciplinas de português, inglês, matemática e física. A serem realizadas em Brasília/DF, Belém/PA, Recife/PE, Fortaleza/CE, Salvador/BA, Rio de Janeiro/RJ, Belo Hoprizonte/BH, São Paulo/SP, São José dos Campos/SP, Campo Grande/MS, Porto Alegre/RS, Canoas/RS, Curitiba/PR, Manaus/AM e Porto Velho/RO. Haverá ainda inspeção de saúde, exame de aptidão psicológica e teste de avaliação física.

    As inscrições vão de 23 de abril até 26 de maio, pelo site http://www.eear.aer.mil.br. A taxa custa R$ 60.

    O curso de formação será ministrado na Escola de Especialistas de Aeronáutica (EEAR), em Guaratinguetá/SP. A duração aproximada é de dois anos. A formação nas especialidades do Curso de formação de sargentos é reconhecida pelo Ministério da Educação (MEC) como curso técnico de nível médio.

    No momento da matrícula, o candidato passa a ser aluno do curso de formação de sargentos, militar da ativa. Os formandos no curso serão distribuídos e classificados nas organizações militares do Comando da Aeronáutica, abrangendo todo o território nacional, de acordo com a necessidade da Administração.

    CorreioWeb

    FOTO: Governadora participa de Ato de Passagem de Comando na Base Aérea de Natal

    IMG000000000027456A Governadora Rosalba Ciarlini participou, na manhã desta quinta-feira (17), da solenidade de Passagem de Comando da Primeira Força Aérea Brasileira, realizada no Pátio da Base Aérea de Natal (BANT).

    Na ocasião, Brigadeiro do Ar Hudson Costa Potiguara assumiu o comando da Primeira Força Aérea, em substituição ao Major Brigadeiro do Ar Paulo Borba, que exerceu o cargo durante o período de ano e agora segue para Belém/PA.

    Também participaram da solenidade o comandante da Polícia Militar do RN, Coronel Francisco Canindé de Araújo, e o comandante do Corpo de Bombeiros Militar do RN, Coronel Elizeu Lisboa Dantas.

    Programa Vida Viva do Corpo de Bombeiros terá investimentos do Ministério do Esporte

    Oportunizar uma melhor qualidade de vida através da prática regular de atividade física. Esse é o objetivo do Programa Vida Viva do Corpo de Bombeiros Militar do RN (CBMRN) que oferece, desde 2005, atividades esportivas regularmente para população da melhor idade. Nesta quarta-feira (16), durante um encontro entre o subcomandante da corporação, Coronel Otto Ricardo Saraiva, e o Secretário de Esportes de Natal, Eduardo Machado, realizado no quartel do CBMRN, em Natal, a instituição militar recebeu a boa notícia de que será incluído, pela Prefeitura de Natal, no Programa Vida Saudável, do Ministério do Esporte. Com isso, o programa Vida Viva, que hoje é mantido por meio de uma parceria entre a academia Flex Fitness e o CBMRN, passaria a receber investimentos direto do Governo Federal ampliando a oferta de serviços e, consequentemente, o número de vagas para novos participantes.

    De acordo com o Secretário Municipal de Esporte, Luiz Eduardo Machado, representantes da Secretaria estiveram, em Brasília, com intuito de implantar novas ações esportivas e de qualidade de vida em Natal. Dentre os projetos, a capital será beneficiada com 16 núcleos do programa Segundo Tempo, destinado à estudantes, e 20 núcleos do programa Vida Saudável, para o cidadão idoso.

    ”O Programa Vida Saudável, na sua essência, visa oportunizar a prática de exercícios físicos, atividades culturais e de lazer para o cidadão idoso, estimulando a convivência social e contribuindo para que o esporte e o lazer sejam tratados como políticas públicas e direitos de todos. A inclusão do programa já mantido pelo Corpo de Bombeiros do RN levou em consideração a credibilidade que o órgão possui perante a sociedade, além da estrutura física já disponível na instituição  o que permitirá segurança aos investimentos que serão feitos”, disse Luiz Eduardo Machado.

    Para o Coronel Otto Ricardo, apesar dos programas sociais não serem uma atividade fim do Corpo de Bombeiros, como o combate a incêndios e salvamentos, a manutenção destes programas demonstram o esforço do órgão para elevar ainda mais o seu papel de responsabilidade social junto a população norte-rio-grandense.

    “O Corpo de Bombeiros oferece à cerca de 100 mulheres atividades que promovem benefícios à saúde. Através da prática regular da atividade física estamos conseguindo promover um estilo de vida mais ativo e saudável para a população da melhor idade. A notícia da inclusão do Vida Viva no programa do Ministério do Esporte é recebida com muita alegria pois permitirá aos bombeiros melhorar as ações já existentes e ampliá-las”, disse o subcomandante do CBMRN.

    As atividades do Programa Vida Viva funcionam todas as terças e quintas feiras, das 6h às 7h, no interior do Quartel do Comando Geral do CBMRN. As componentes recebem orientações de saúde com professores de Educação Física da academia Flex Fitness. Nestas atividades, o orientador busca, também, desenvolver nestas jovens senhoras a valorização pessoal delas na sociedade. Neste contato com os militares do Corpo de Bombeiros, a comunidade passa a conhecer melhor a realidade da instituição e ainda adquire conhecimentos que proporcionarão, até mesmo, o salvamento de vidas e a redução de acidentes domésticos.

    Dados complementares do Programa Vida Saudável do Ministério do Esporte

    O Brasil vem sofrendo com as inúmeras transformações e consequências de um país em desenvolvimento. Com a tecnologia e a modernidade, passou-se a viver mais, com o desafio de refletir e promover políticas públicas voltadas para qualidade de vida do cidadão idoso ― incluindo aqueles com deficiência – a partir de 60 anos. Nesse sentido e com o objetivo de desenvolver uma proposta de política pública e social, o Ministério do Esporte reconheceu em 2012 o Vida Saudável, até então uma das vertentes do PELC (tipo de núcleo), que se desenvolve por intermédio da Secretaria Nacional de Esporte, Lazer e Inclusão Social (Snelis) e está, atualmente, vinculado aos seguintes departamentos: Departamento de Desenvolvimento e Acompanhamento de Políticas e Programas Intersetoriais de Esporte, Educação, Lazer e Inclusão Social (Dedap) e Departamento de Gestão de Programas de Esporte, Educação, Lazer e Inclusão Social (Degep); e sob a coordenação da CGPEL – Coordenação-Geral de Esporte e Lazer e CGAO-LIES – Coordenação-Geral de Sistemas e Acompanhamento de Programas e Projetos de Inclusão Social.

    O Programa Vida Saudável, na sua essência, visa oportunizar a prática de exercícios físicos, atividades culturais e de lazer para o cidadão idoso, estimulando a convivência social, a formação de gestores e lideranças comunitárias, a pesquisa e a socialização do conhecimento, contribuindo para que o esporte e o lazer sejam tratados como políticas públicas e direitos de todos.

    Objetivos

    ·     Nortear ações voltadas para pessoas predominantemente a partir de 60 anos nos núcleos de esporte e lazer;

    ·     estimular a gestão participativa entre os atores locais direta e indiretamente envolvidos;

    ·     orientar entidades convenentes para estruturar e conduzir políticas públicas de lazer e de esporte para idosos;

    ·     promover a formação continuada de agentes sociais de lazer e esporte recreativo, preparados para atender o público idoso;

    ·     incentivar a organização coletiva de eventos de lazer e esporte recreativo para envolver a população local para além dos núcleos; e

    ·     reconhecer as qualidades da cultura local na apropriação do direito ao lazer e ao esporte recreativo.

    O programa tem o objetivo de democratizar o lazer e o esporte recreativo, priorizando o protagonismo da pessoa que envelhece, na perspectiva da emancipação humana e do desenvolvimento comunitário, valorizando a diversidade cultural local fomentando o respeito à diversidade sexual, étnica e religiosa, implementando e ampliando as ações intersetoriais com ministérios, secretarias estaduais e municipais, instituições de ensino superior e outros setores da sociedade, garantindo a participação de pessoas, predominantemente, a partir de 60 anos, contribuindo para que as políticas de lazer e de esporte recreativo avancem do atual estágio de política de um governo para a dimensão mais ampla de Política de Estado.

    Os eixos centrais do Programa Vida Saudável são:

    1 – Implementação e desenvolvimento de Núcleos de Lazer e Esporte Recreativo, nas diversas regiões brasileiras, com atividades sistemáticas e assistemáticas de lazer e esporte recreativo, no sentido de garantir o direito ao lazer para pessoas idosas (predominantemente, a partir de 60 anos).

    2 – Formação continuada de gestores, agentes sociais de lazer e esporte, lideranças comunitárias, legisladores e demais parceiros atuantes na esfera pública, com vistas à formação e implementação de políticas locais para pessoas idosas.

    Público-Alvo

    ·     O Programa tem como público-alvo prioritariamente idosos a partir de 60 anos, incluindo pessoas com deficiências em núcleos com atividades de lazer e esporte.

    Número de Beneficiados: 200 pessoas por núcleo VS.

    FOTOS: Astronauta quer criar perímetro de defesa ao redor do planeta contra asteroides

    3hqfaawx5l_4j02kitf1t_file 18_09_09_146_fileO astronauta Ed Lu acredita que um asteroide pode colidir com a Terra e erradicar a vida humana. Tanta preocupação fez com que sua fundação sem fins lucrativos B612 planejasse criar um “perímetro de defesa” ao redor do planeta. A ideia é ficar de olho nas pedras gigantes que estiverem na rota da Terra. A ideia parece ter saído de um filme de ficção científica, mas já existem pessoas importantes bancando o plano de Lu.

    O primeiro passo para o plano de Lu é completar um telescópio espacial chamado de Sentinel (Sentinela, em tradução livre). Equipado para varrer o espaço procurando por possíveis ameaças, o equipamento tem lançamento agendado para 2018.

    Na lista de doadores para a fundação de Ed Lu, estão pessoas como Peter Norvig, do Google, e o CEO da rede social Reddit, Yishan Wong.

    O astronauta passou seis meses a bordo da Estação Espacial Internacional (ISS, na sigla em inglês). Em entrevista para a Wired, Lu afirma que pôde verificar a quantidade grande de crateras que existem na Lua, no tempo em que esteve na ISS.

    Na entrevista, o astronauta afirma que os humanos já estão “tomando tempo emprestado”.

    — A Terra tem crateras também – você não as vê porque elas estão debaixo dos oceanos. Qualquer pessoa que sabe alguma coisa sobre o espaço entende que isso é algo que precisamos resolver. Nada mais importa se nós formos dizimados.

    O astronauta faz questão de afirmar que os asteroides são tão poderosos quanto uma bomba atômica.

    — Desde 2000, nós já tivemos oito impactos de tamanhos semelhantes a Hiroshima [se referindo ao impacto gerado pela bomba atômica] ou maiores, e o fato de asteroides atingirem a Terra de forma aleatória significa que nós já estamos “fazendo hora extra”. Você não sabe quando o próximo impacto vai acontecer.

    A agência espacial norte-americana Nasa já encontrou mais de 10 mil asteroides com ajuda de seus telescópios. Uma média de 50 asteroides encontrados a cada dois anos.

    Entretanto, o telescópio Sentinel deve identificar 200 mil asteroides apenas em seu primeiro ano no espaço. De acordo com estimativas do astronauta, há milhões de asteroides com a capacidade de destruir uma grande cidade no espaço.

    O Sentinel deve escanear o espaço com raios infravermelhos várias vezes por dia. Desta forma, será possível capturar as imagens dos asteroides, que não refletem muito a luz, segundo Lu.

    Analisando as diversas imagens captadas, o telescópio poderá medir a velocidade dos asteroides e também calcular suas trajetórias.

    R7

    Sete fogem do complexo penal João Chaves, na zona Norte

    Sete presos abriram buracos no teto de duas celas e escaparam pulando o muro do complexo penal Doutor João Chaves, na zona Norte de Natal, na madrugada desta terça-feira (15). De acordo com a Polícia Militar, a fuga aconteceu por volta de 1h. Na ocasião, quatro fugitivos estavam em uma das celas e outros três em outra.

    Segundo a PM, com informações da Companhia de Guarda, o grupo fugiu usando uma corda que dava acesso ao Complexo Cultural da zona Norte. Até o começo da manhã desta terça os nomes dos sete presos ainda não foram confirmados.

      1 Comentário

      1. Comentador disse:

        Rapaz, eu sendo o investigador faria um levantamento dos agentes do complexo que estão fazendo obras em suas respectivas casas. Quem sabe os sete presos não estão rebocando paredes por lá…

      Bombeiros e Samu discutem integração dos planos para Copa em Natal

      Representantes do Corpo de Bombeiros Militar (CBMRN), da Secretaria Extraordinária de Grande Eventos (Sesge) e dos Serviços de Atendimento Móveis de Urgência (Samu RN e Samu Natal) estiveram reunidos na tarde desta segunda-feira (14.04), no quartel do Comando Geral do CBMRN, para discutir as ações relacionadas ao plano de operações a ser executado no Arena das Dunas e eventos simultâneos, que vão acontecer no período dos jogos da Copa do Mundo no Rio Grande do Norte.

      O comandante geral do Corpo de Bombeiros, Coronel Elizeu Lisboa Dantas, adiantou que no período da Copa a instituição contará com um efetivo diário de 311 militares e ativará postos de salvamentos avançados (PAS) em áreas estratégicas, do chamado cinturão turístico, como a Br 101 e Via Costeira, mantendo equipes de prontidão dentro e fora do estádio, além das FanFests. Os bombeiros do RN contarão ainda com o reforço de militares da Força Nacional de Segurança Pública, do Ministério da Justiça (MJ), e do Corpo de Bombeiros Militar do Maranhão (CBMMA) para as ações de prevenção e salvamento aquático, o que permitirá a cobertura de até 140 quilômetros de orla marítima, por meio da ativação de 22 postos de Guarda Vida (hoje existem 4 postos). Além disso, bombeiros militares do estado do Pará darão apoio para ações de QBRNE (Química, Biológica, Radiológica, Nuclear e Explosiva), relacionados a possíveis ataques terroristas.

      “Para ações de QBRNE teremos seis peritos, diariamente, na escala de serviço, atuando com uma viatura do tipo Auto Hidro-Químico (AHQ), com corredor de descontaminação e equipamentos de proteção individual”, destacou o Coronel Dantas.

      De acordo com Valéria Bezerra, Coordenadora do Samu Natal, cada um dos órgãos (Bombeiros e Samus) terá a sua parcela de contribuição. Segundo ela, as ações de assistência médica de urgência e emergência que se fizerem necessárias em Natal serão reguladas pelo Samu Natal já que a área da capital é de responsabilidade da SMS. Já as ações que ocorrerem na região metropolitana serão atendidas pelo Samu RN, normalmente.

      “Durante os jogos, o Samu Natal contará com 35 profissionais, diariamente, na escala de serviço, sendo mais dois médicos reguladores atuando em um posto de comando situado no interior do Arena das Dunas. A assistência médica de urgência e emergência da capital também terá sua estrutura reforçada pela Sesap. Ficou garantida a permanência de viaturas do Samu/RN nas cercanias do estádio, a fim de apoiar o Samu Natal e fazer os atendimentos que forem necessários”, disse Valéria Bezerra.

      Cecília Picinin, Coordenadora Geral do Samu 192/RN, destacou que a integração dos planos operacionais dos órgãos que atuam no socorro à urgências no RN ficará como um legado da copa e poderá ser ativado em qualquer outro grande evento ou ocorrências de maior vulto. 

      “O Samu RN dará todo apoio necessário para que o Corpo de Bombeiros e o Samu Natal possam atender com eficiência as demandas que se fizerem necessárias no período da Copa. Estaremos, inclusive, disponibilizando equipes extras do Samu RN, que ficarão em plantão permanente, nos dias de jogos da Copa, para apoiar nas ocorrências. Em dias de jogos ativaremos nossas equipes com três horas de antecedência e permaneceremos de prontidão até três horas após o final das competições. Vejo tudo isso como um grande legado”, disse.

      Corpo de Bombeiro capacita militares para ações de QBRNE

      Nesta terça (15) e quarta-feira (16), dez militares do CBMRN estarão participando de uma capacitação de QBRNE, na Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN), para se tornarem multiplicador destes conhecimentos. Segundo o Coronel Elizeu Dantas, o curso será oferecido pela Marinha do Brasil e a aquisição de equipamentos, para atuação neste tipo específico de salvamento, será fornecida pela Secretaria Nacional de Segurança Pública (Senasp) e pelo Corpo de Bombeiros Militar do Pará. Segundo Elizeu Dantas, um processo de compra de materiais para ações de QBRNE também está tramitando internamente no CBMRN.

      Por segurança: Estudantes realizam protesto nesta segunda em frente de universidade na Salgado Filho

      Nesta segunda-feira (14), a partir das 18h acontecerá uma mobilização em frente a UnP Salgado Filho, organizada pelo Diretório Central dos Estudantes da Universidade Potiguar (DCE-UnP) e pelos Centros Acadêmicos de diversos cursos da instituição. A iniciativa visa cobrar mais segurança pública para os universitários e moradores das regiões próximas ao Campus.

      Alvo constante de assaltos, furtos e até mesmo sequestro relâmpago nos arredores da Universidade, os estudantes se organizam para o protesto com faixas, cartazes e roupa preta. A organização afirma que a manifestação será pacifica e que as vias não serão interditadas.

      “A expectativa é que mais de 500 estudantes participem do ato, que cobrará das autoridades mais segurança pública” explica Tony Robson, presidente do Diretório.

      SAMU 192 RN capacita profissionais em ações de desastres

      O Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu/192 RN), por meio do Núcleo de Educação Permanente (NEP), realiza nos dias 15 e 16 de abril, no auditório do Departamento de Enfermagem da Universidade Federal do RN (UFRN), a I Oficina de sensibilização para atuação em Desastres (QBRNE). O curso é destinado a enfermeiros, médicos, técnicos de enfermagem, condutores socorrista (SAMU), Bombeiros, Defesa Civil, equipes de assistência do Hospital de referência, estudantes do projeto de extensão (DESASTRES) da UFRN e profissionais do setor de Vigilância em Saúde.

      A organização do curso é do SAMU 192/RN, em parceria com a Marinha do Brasil, Projeto de Extensão da Professora Dra. Isabelle Costa da UFRN, Grupo Afinidade 3 do Curso de Especialização em Emergência em Saúde Pública do Hospital Sírio Libânes.

      “É o mínimo”, diz pai de vítima da Kiss sobre novas regras para boates; conheça

      O servidor municipal de Santa Maria (331 km de Porto Alegre) Ogier Rosado, 52, que perdeu o filho Vinicius, 26, na tragédia da boate Kiss em janeiro de 2013, comemorou com ressalvas o projeto de lei aprovado nesta quinta-feira (10) na Câmara dos Deputados que determina regras de segurança mais rígidas em casas noturnas.

      “É o mínimo que deveria ser feito, mas já é um avanço. Antes tarde do que nunca”, afirmou Rosado, que integra a Associação dos Familiares das Vítimas e Sobreviventes da Tragédia de Santa Maria. A proposta, elaborada por uma comissão externa da Câmara instaurada após a tragédia, ainda precisa ser aprovada no Senado. Ao todo, 242 pessoas morreram e mais de cem ficaram feridas no incêndio.

       Entre as novidades está a proibição do sistema de comandas, no qual o cliente paga o que consumiu somente quando deixa o estabelecimento, formando longas filas nos caixas. A proposta também define as responsabilidades de bombeiros e agentes públicos e torna crime a superlotação dos estabelecimentos, com penas de seis meses a dois anos de detenção, além de multa, para os proprietários.

      O servidor público defende ainda que as punições para os responsáveis sejam “um pouco mais rígidas” e que a Justiça seja menos tolerante com os proprietários dos estabelecimentos. “Muitas vezes o poder público fecha o espaço que está irregular, mas no dia seguinte os donos conseguem liminar na Justiça liberando o funcionamento. Há muitas brechas. Isso tem de mudar.”

      info_sta-mariaOutras mudanças

      Segundo o projeto, as prefeituras só poderão emitir alvará de funcionamento se o espaço tiver os alvarás de prevenção e proteção contra incêndios expedidos pelo Corpo de Bombeiros. Prefeitos, oficiais dos bombeiros e agentes públicos que não cumprirem as normas responderão por improbidade administrativa.

      As regras valem para estabelecimentos que comportarem cem ou mais pessoas e também para prédios públicos. Espaços menores, com apenas uma saída de fluxo ou que sejam frequentados por idosos, crianças ou pessoas com mobilidade reduzida, também deverão obedecer a legislação.

      O poder público (bombeiros e prefeituras) terá a obrigação de divulgar na web as informações sobre autorizações de funcionamento dos espaços fiscalizados. Nas portas dos estabelecimentos, deverá ser afixado o alvará de funcionamento e a capacidade máxima de público.

      Por fim, cursos de Engenharia e Arquitetura e correlatos de tecnologia e de ensino médio terão que incluir na grade curricular disciplina relativa à prevenção e combate a incêndios.

      Ogier Rosado afirma que a lei deve ser adaptada para municípios menores, que não dispõe de estrutura administrativa suficientes. “A realidade das cidades grandes é uma, a das pequenas é outra. Há municípios que nem Corpo de Bombeiros têm. Cada município terá que fazer adaptações dessa lei para que ela funcione”, disse.

      UOL

        2 Comentários

        1. antonio disse:

          Seis meses a dois anos de detenção, seria uma pena muito rígida, para esses proprietários de casas noturnas e boates que ficam apinhadas de pessoas ,muitas vezes ultrapassando o seu limite de lotação, com seus alvarás de funcionamento e sistema de segurança sem fiscalização? Quem mais uma vez elaborou estas regras ou foi irresponsável ou não esta nem ai para possíveis tragédias. A regras e as penalidades tem que ser bastante rígidas, a ponto de conscientizar esses proprietários, que ali em seus estabelecimentos estão frequentando seres humanos. Fato.

        2. Curioso disse:

          Mas isso não acontecerá, sabe pq? nosso vôos sempre partem ou chegam nas madrugadas e/ou final de manhã. Até nisso o RN não tem competência em brigar por horários mais convenientes.

        Brasil tem 11% dos assassinatos do mundo, diz ONU; Norte e Nordeste lideram

        Um estudo sobre assassinatos no mundo, divulgado nesta quinta-feira (10) pelo Escritório da Nações Unidas sobre Drogas e Crime, em Londres, aponta que o Brasil registra 11,4% do total de mortes do planeta.

        Segundo o estudo da ONU , 437 mil pessoas foram mortas em 2012 no mundo; desses, 50.108 foram no Brasil. As maiores taxas de homicídios no planeta estão na América Latina e África.

        O levantamento relata preocupação com o crescimento dos casos no Norte e Nordeste do país.

        Segundo o texto, a taxa média de homicídios brasileira — 25,2 por cada 100 mil habitantes– é quatro vezes maior que a mundial, que ficou em 6,2 para 100 mil.

        Honduras registrou a maior taxa, de 90,4. Na América do Sul, o ranking é liderado pela Venezuela (53,7 por 100 mil), seguido por Colômbia (30,8) e Brasil.

        Os dados mundiais apontam que 80% das vítimas de homicídio são homens, que também são os assassinos em 95% dos caso.

        “Mais da metade das vítimas de homicídios têm menos de 30 anos de idade, com crianças menores de 15 anos de idade representando pouco mais de 8% de todos os homicídios”, aponta o estudo.

        Falsa estabilidade

        O relatório cita o Brasil como “um bom exemplo de estabilidade na taxa de homicídios”, mas afirma que os números vem “disfarçando disparidades regionais.”

        Os dados brasileiros usados como referência para o estudo são do Anuário Brasileiro de Segurança Pública, que aponta Alagoas como o Estado mais violento do pais, com taxa de homicídio de 76,3 por cada 100 mil habitantes –se fosse um país, seria o segundo mais violento do mundo.

        “Apesar de a taxa de homicídios pouco ter mudado ao longo dos últimos 30 anos, houve mudanças significativas nos seus diferentes estados. As taxas de homicídio caíram nos Estados e cidades do Rio de Janeiro e São Paulo, mas eles têm subido em outras partes do país, especialmente no Norte e Nordeste”, destaca.

        O exemplo de crescimento da violência nas duas regiões está na alta de taxa de homicídios, que subiu quase 150%, entre 2007 e 2011, nos Estados da Paraíba e Bahia.

        A única exceção à tendência de crescimento nas duas regiões é Pernambuco, “que experimentou uma diminuição da sua taxa de homicídios durante esse período de tempo, embora ele ainda está em um nível elevado.”

        UOL

        Ministro da Justiça diz que projeto sobre manifestações deve ser votado antes da Copa

        Os presidentes da Câmara, Henrique Eduardo Alves; e do Senado, Renan Calheiros; e o ministro da Justiça, José Eduardo Cardozo, decidiram dar preferência ao projeto do Senado sobre manifestações de rua. Eles estiveram reunidos nesta quinta-feira (10), no gabinete do presidente da Câmara,  para acertar a votação da proposta.

        O texto é um substitutivo do senador Pedro Taques (PDT-MT) ao Projeto de Lei do Senado (PLS) 508/2013, que está em tramitação na Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) do Senado. “A ideia é que o relator Pedro Taques concentre todas as sugestões apresentadas, do governo e dos parlamentares, para que tenhamos um texto que agrade à sociedade brasileira e possa ser aprovado com alguma rapidez”, afirmou o ministro.

        Cardozo acredita que o projeto será aprovado antes da Copa do Mundo.  O ministro disse que o governo quer garantir a liberdade de manifestações, mas também quer evitar o abuso de policiais e manifestantes. O senador Pedro Taques crê que é possível votar seu relatório na CCJ na próxima quarta-feira (16) e aprovar a lei antes de junho.

        Taques assinalou que o Brasil é um país democrático e não se cogita coibir as manifestações populares, mas reprimir crimes praticados durante aglomerações. Para isso, ele informou que está prevendo alterar o Código Penal para elevar a pena para o crime de dano ao patrimônio (hoje pena varia de seis meses a um ano, se aprovada a proposta, passará para dois a quatro anos); a qualificação do homicídio doloso se praticado em protestos públicos(dos atuais 6 a 20 anos, a pena poderá passar para 12 a 30 anos); e o aumento da pena da lesão corporal praticada nas manifestações.

        Máscaras

        Sobre o uso de máscara, o senador informou que uma alternativa é a criação de uma agravante genérica. “Entendemos não ser possível, no Brasil, proibir o uso de máscaras, embora haja quem defenda que sim. Vamos debater isso na CCJ” – afirmou.

        O relator informou também que o projeto vai tratar da violência praticada por policiais contra o cidadão, por isso deve prever alteração na Lei de Abuso de Autoridade (Lei 4.898/65).

        Com informações das Agências Câmara e Senado

          3 Comentários

          1. TITICO disse:

            MAMÃE LASQUE O PT. A ministra do Tribunal de Contas da União (TCU), Ana Arraes, mãe do ex-governador de Pernambuco e presidenciável, Eduardo Campos (PSB), afirmou que houve “conduta omissiva” da alta administração da Petrobras com relação aos atrasos nas obras de tubulação do Complexo Petroquímico do Rio de Janeiro (Comperj), no município de Itaboraí, Região Metropolitana do Estado do Rio.

            Por quatro votos a três, o TCU aprovou o pedido para que a presidente e o ex-presidente da estatal, Graça Foster e José Sérgio Gabrielli, respectivamente, sejam questionados sobre os atrasos nas obras. Os demais funcionários e ex-diretores da empresa responsáveis pelo projeto também deverão ser convocados para prestar esclarecimentos.

          2. TITICO disse:

            A ministra do Tribunal de Contas da União (TCU), Ana Arraes, mãe do ex-governador de Pernambuco e presidenciável, Eduardo Campos (PSB), afirmou que houve “conduta omissiva” da alta administração da Petrobras com relação aos atrasos nas obras de tubulação do Complexo Petroquímico do Rio de Janeiro (Comperj), no município de Itaboraí, Região Metropolitana do Estado do Rio.

            Por quatro votos a três, o TCU aprovou o pedido para que a presidente e o ex-presidente da estatal, Graça Foster e José Sérgio Gabrielli, respectivamente, sejam questionados sobre os atrasos nas obras. Os demais funcionários e ex-diretores da empresa responsáveis pelo projeto também deverão ser convocados para prestar esclarecimentos.

            A SE O PT TIVESSE UMA MÃE! mãe do presidenciável pelo PSB disse que a continuidade do contrato da empresa MPE pela Petrobrás foi “desastrosa e injustificada”. Em seu voto, Ana Arraes afirmou que a última auditoria do órgão nas obras da Comperj, iniciada em novembro de 2013, constatou que o porcentual de execução foi de 27% apenas. No entanto, levando em consideração o cronograma da empresa, as obras deveriam estar 72% concluídas.

          3. Rosaldo disse:

            O ministro da “justiça” mais parece um marionete nas mãos do PT.

          Tangará: juiz concede prazo para construção de cadeia pública

          O juiz da comarca de Tangará, Flávio Pires de Amorim, concedeu um prazo de seis meses para que o Estado apresente o projeto de construção da cadeia pública, cuja abrangência deverá atender os cinco municípios da Comarca (Boa Saúde, Serra Caiada, Senador Elói de Souza, Sítio Novo e Tangará). As obras deverão ser iniciadas em no máximo dois anos, a contar do término do prazo para apresentação do projeto. A sentença, proferida na quarta-feira (9), atende a pedido do Ministério Público Estadual.

          O magistrado determinou ainda que o Estado deverá se abster de utilizar servidores e equipamentos dos órgãos vinculados à Secretaria de Segurança Pública e Defesa Social do RN (Sesed), inclusive instalações físicas, armamentos e viaturas, em atividades estranhas às atribuições constitucionais de policiamento ostensivo e de polícia judiciária e investigações de infrações penais.

          Presos provisórios

          O Poder Executivo deverá adotar ainda as providências necessárias à apresentação, mediante escolta, dos presos provisórios perante o Juízo da Comarca de Tangará, para atos judiciais, quando devidamente requisitada; e manter vagas para os presos da Comarca de Tangará-RN em estabelecimentos administrados pela Secretaria de Estado da Justiça e da Cidadania (Sejuc) em número compatível com a demanda.

          A Sejuc deve informar os locais para onde devem ser encaminhados os presos provisórios autuados em flagrante delito na Comarca e/ou recolhidos por força de mandado de prisão expedido pelo Juízo de Tangará.

          Multa

          Para caso de descumprimento da decisão, a multa diária arbitrada foi de R$ 50 mil, a ser suportada pelos gestores públicos ou agentes do Estado responsáveis. O juiz Flávio Pires ressaltou, porém, que os agentes de polícia civil podem exercer atividades de revista e custódia de presos provisórios apenas durante a formalização das providências e diligências de caráter pessoal.

          (Ação Civil Pública n.º 0000133-82.2012.8.20.0133)

          TJRN

          FOTOS: Movimento “Basta de Violência no RN” finca 480 cruzes em gramado da Governadoria simbolizando mortes violentas no Estado

          IMG-20140410-WA0002

          IMG-20140410-WA0003IMG-20140410-WA0005 IMG-20140410-WA0006Fotos: Cedidas

          O Sindicato dos Policiais Civis e Servidores da Segurança Pública do Rio Grande do Norte (Sinpol/RN), representantes da Saúde, que vivem a expectativa para um acordo do fim da greve,  grupo de policiais militares, representantes da OAB e TJRN realizam desde o começo da manhã desta quinta-feira (10), o Movimento “Basta de Violência no RN”.

          Segundo os manifestantes, foram fincadas 480 cruzes no gramado da Governadoria, que significa o numero de mortes violentas no Estado até o momento, levantamento da Coordenação de Direitos Humano no RN. O grupo pede melhorias emergenciais na segurança pública do Estado.

          OAB também presente: Ato Público cobra segurança nesta quinta-feira na Governadoria

          TJRN adere ao “Basta de Violência no RN”

           

           

          Carregar Mais Posts