FOTO: Corpo de Bombeiros do RN estuda medidas para agilizar a legalização de empreendimentos

Reuniao-CBRMO Comandante Geral do Corpo de Bombeiros Militar do RN, Coronel Elizeu Lisboa Dantas, reuniu-se na tarde desta quarta-feira (23), na sede do Comando Geral do CBMRN, em Natal, com o diretor superintendente do Sebrae-RN, José Ferreira de Melo Neto, secretário estadual de Tributação do RN, José Airton da Silva, e Irani Santos, Coordenadora de Desenvolvimento Científico e Tecnológico da Secretaria de Estado do Desenvolvimento Econômico (SEDEC), para discutir a efetivação da Rede Nacional para a Simplificação do Registro e da Legalização de Empresas e Negócios (Redesim) no estado do Rio Grande do Norte. A Redesim é um sistema integrado que permite a abertura, fechamento, alteração e legalização de empresas em todas as Juntas Comerciais do Brasil, simplificando procedimentos e reduzindo a burocracia ao mínimo necessário.

De acordo com o Comandante Geral do Corpo de Bombeiros Militar do RN, Coronel Elizeu Lisboa Dantas, a reunião teve por objetivo esclarecer a participação dos Bombeiros no processo de construção da Redesim no RN, tendo em vista, que compete a Corporação, por meio do Serviço Técnico de Engenharia (Serten), realizar a análise de projetos e vistorias em edificações, nos aspectos relacionados à proteção contra incêndio e pânico, e, consequentemente, conceder as devidas liberações.

“A Redesim fará a integração de todos os processos dos órgãos e entidades responsáveis pela legalização das empresas, por meio de uma única entrada de dados e de documentos, acessada via internet. A Redesim oferecerá aos usuários mecanismos de simplificação e desburocratização para facilitar a abertura de novos negócios. Esperamos através desta integração de dados poder dar mais celeridade a quem busca se regularizar junto a nossa instituição”, disse o Coronel Elizeu Lisboa Dantas.

Segundo o diretor superintendente do Sebrae-RN, José Ferreira de Melo Neto, a Redesim será administrada por um Comitê Gestor, composto por órgãos e entidades do governo federal, estadual e municipal, responsáveis pelo processo de registro e legalização dos empresários, sociedades empresárias e sociedades simples, tendo o Sebrae RN como um articulador.

“A Redesim é um grande cadastro sicronizado e já existe na forma da lei. Estamos trabalhando na sua efetivação. A participação do Corpo de Bombeiros é fundamental neste sistema pois as demais liberações dependem dele. Quando a Redesim estiver em funcionamento trará grandes facilidades ao empreendedor. A nossa expectativa é que o projeto esteja implantado até o final deste ano”, disse José Ferreira de Melo Neto.

Corporação aguarda a aprovação do novo Código de Segurança contra Incêndios pela Assembleia Legislativa do RN

O Governo do Estado, desde o dia 5 de maio de 2014, encaminhou para a Assembleia Legislativa, o Projeto de Lei que regulamenta o novo Código de Segurança contra Incêndio e Pânico do Estado do Rio Grande do Norte. Participaram da elaboração do PL representantes do Sindicato da Indústria da Construção Civil (Sinduscon), Conselho Regional de Engenharia Civil (Crea), além do Sebrae.

O documento consiste na atualização dos conceitos previstos no Decreto 6.576 de 03 de janeiro de 1975, tendo como inovação o estabelecimento de medidas que há três décadas não estavam ainda disponibilizadas pela tecnologia de equipamentos preventivos contra incêndio.

Dentre as mudanças estão a inclusão dos sistemas de detecção e alarme; o controle de fumaça e os sistemas de extinção por gases inertes, bem como as medidas de proteção passiva que não foram contempladas à época, entre elas o controle de materiais de revestimento e acabamento; a acessibilidade de veículos de combate a incêndio às edificações; a distância de segurança entre as edificações; a compartimentação horizontal e vertical e a exigência de equipes de intervenção (brigadas de incêndio).

“A aprovação do novo Código do CBMRN será um grande avanço para o Rio Grande do Norte, pois é concebível se ter um código de prevenção tão antigo, que não atenda às necessidades atuais. Além disso, irá facilitar a concessão de licenças para os micro e pequenos empresários, retirando a necessidade de contratação de arquitetos para a elaboração de projetos como acontece hoje. Com a implantação do novo código, eles vão poder passar direto para a etapa da vistoria, agilizando o processo”, explica o Coroenl Elizeu Dantas.

A partir da implantação do Projeto de Lei somente as edificações com mais de 500m² serão obrigadas a apresentar projetos de combate a incêndio e controle de pânico para se regularizarem junto ao órgão. As edificações menores que 500m² ficam sujeitas somente a vistoria dos bombeiros. Assim, o estado passa a oferecer um tratamento diferenciado às micro e pequenas empresas e espera, com isso, uma maior procura, deste seguimento, em busca da regularização de suas edificações.

“Com uma demanda reduzida de projetos para analisar, a Corporação terá mais tempo para se dedicar aos grandes empreendimentos, considerados de maior risco”, explica o Comandante do CBMRN, Elizeu Lisboa Dantas.

Em nota, Governo diz que número de homicídios no RN não chegou aos mil casos e destaca avanços

Veja nota na íntegra:

A Secretaria de Estado da Segurança Pública e da Defesa Social (Sesed/RN) vem por meio desta nota comunicar que, ao contrário do noticiado, o número de homicídios no RN não chegou aos mil casos. Tanto por discrepância entre os números divulgados, quanto pela ausência de distinção entre ‘morte por crime violento’ e ‘óbito’. Conforme dados oficiais elaborados pelo Centro Integrado de Operações de Segurança Pública (Ciosp), elaborados com informações do Portal SISNECRO, que é o sistema utilizado pelo Instituto Técnico e Científico de Polícia (Itep) até o dia 09 de julho deste ano, foram registradas 903 mortes violentas.

Porém, os crimes violentos estão subdivididos em: homicídio, latrocínio, lesão corporal seguida de morte e confronto com a polícia. Neste último caso, o Código Penal Brasileiro aponta: “Art. 23 – Não há crime quando o agente pratica o fato: III – em estrito cumprimento do dever legal ou no exercício regular de direito”. Sendo assim, no período de 1º de janeiro a 9 de julho deste ano deverão ser contabilizados 881 homicídios, uma vez que 22 dos casos computados a vítima morreu em confronto com a polícia, segundo os mesmos dados do Ciosp.

A distribuição do número de ocorrências registradas pelo ITEP, tipo crimes violentos letais, por tipo, de 01 de janeiro a 09 de julho de 2014, no Estado foi de 688 para homicídio doloso, 170 para lesão corporal seguida de morte, 23 roubo seguido de morte (latrocínio) e 22 mortes de confrontos com a polícia. Destaca-se ainda que os casos de morte apontados pelo Itep como ‘a esclarecer’ tem sido computados dentro do número total de mortes, o que leva a uma leitura incorreta dos dados.

RN APRESENTA NÚMERO MELHORES EM RELAÇÃO A CAPITAIS DO NORDESTE

Uma análise do cenário nacional e regional revela que o Rio Grande do Norte apresenta uma taxa de homicídios menor do que em estados limítrofes. No RN são 34,7 homicídios para cada 100 mil habitantes, enquanto que em estados limítrofes, como Pernambuco (37,1), Paraíba (40,1) e Ceará (44,6), a incidência de mortes violentas é maior. No Brasil, essa taxa fica em 25,2 para cada 100 mil habitantes. Além disso, mesmo com um aumento nos homicídios em Natal, as cidades de Fortaleza, com índice de 72,8, e João Pessoa, com 66,9, estão classificadas entre as 10 cidades mais violentas do mundo, na 7ª e 9ª posições respectivamente, com Natal aparecendo na 12ª colocação, com taxa de 57,6.

GOVERNO DO ESTADO ADQUIRE MATERIAIS E CONVOCA APROVADOS NA POLÍCIA CIVIL

Para reforçar a estrutura dos órgãos de segurança pública do Rio Grande do Norte, o Governo do Estado investiu mais de 31 milhões de reais, em 2014, para aquisição de equipamentos para uso na atividade policial. Dentre eles, destaque para os materiais adquiridos para as Polícias Civil e Militar: veículos sem compartimento de prisão (50), Furgão para transporte de equipamentos táticos (3), motocicletas (60), algemas (1824), pistolas automáticas (500), fuzis de Precisão (4), escudos e capacetes Nível III para o Bope (40), coletes balísticos (3020), rádios portáteis digitais (1200), munição (56 mil) e capacetes para controle de distúrbios civis (300), além de outros materiais. O investimento totalizou cerca de R$ 31,1 milhões de reais investidos pelo Governo do Estado.

Além disso, foram convocados também, somente neste ano, quase 90 novos policiais civis que estavam formados e aguardavam nomeação para assumir seus cargos. A distribuição foi de 16 delegados, 19 escrivães e 49 agentes. Não obstante as dificuldades de ordem orçamentária e/ou de responsabilidade fiscal, os dados acima revelam que o Governo do Estado mantém seu compromisso com a Segurança Pública e com a sociedade potiguar, a fim de dar-lhe a devida proteção.

POLÍCIA MILITAR REFORÇA POLICIAMENTO ATRAVÉS DE OPERAÇÕES

A Polícia Militar, por sua vez, tem intensificado o número de operações nas ruas como forma de mostrar que o patrulhamento ostensivo vem acontecendo. Destacamos as Operações Divisa Segura, realizadas através de parceria entre as Polícias Militar e Civil do RN e estados vizinhos, como Ceará e Paraíba, para abordagem de veículos em trânsito entre as unidades federativas. Entre abril e julho deste ano já foram realizadas nove destas missões. Além destas, ocorreram também duas Operações Cadeado, nas fronteiras do Estado, a Operação São João, nas cidades de Assú e Mossoró, Operação Verão e Operação Carnaval. A Polícia Militar também irá acompanhar a Festa de Sant’Ana no município de Caicó com o auxílio do Centro Integrado de Comando e Controle Móvel (Ciccm/RN), assim como foi utilizado no Mossoró Cidade Junina.

Finalizamos informando que estamos com gestões junto ao Ministério da Justiça (MJ) para recebermos o reforço da Força Nacional de Segurança para as ações de Polícia Investigativa, para cobrir as deficiências de efetivo da Polícia Civil do Rio Grande do Norte. Reforçamos nosso compromisso com a defesa da sociedade e fazemos o chamamento aos profissionais de Segurança Pública de que cada um deve cumprir o seu papel, conforme os compromissos profissionais assumidos.

“Não existem métodos fáceis para resolver problemas difíceis” – René Descartes.

    3 Comentários

    1. Natã disse:

      Só quem sabe contar nessa capitania hereditária é o povo da SESED o resto são todos analfabetos. E ainda falam como se fosse uma vantagem “os números estão errados, não foram 1000, foram só 900″. Nem se amarrar eles adimitem a incompetência.

    2. Leonidas disse:

      Mais um secretário mentiroso. Manipulando os dados para jogar a sujeira para debaixo do tapete.

    3. TOMAZ disse:

      SE A SEGURANÇA ESTÁ “BOA” COMO A SESED ESTÁ DIZENDO,COMO EXPLICAR QUE NA MINHA CIDADE,PASSA E FICA(12000 HABITANTES) EM TRES DIAS HOUVE 2 ASSASSINATOS,UMA PESSOA ESFAQUEADA,ARROMBAMENTO NA SECRETARIA DE EDUCAÇÃO,ALÉM DE PEQUENOS ASSALTOS A ESTABELECIMENTOS COMERCIAIS DE DIA,E A DROGA CORRENDO FROUXA.A POLICIA DE LÁ( 2 OU 3 POLICIAIS POR DIA,COM UM CARRO VELHO,PNEUS VELHOS,ARMAS ANTIGAS,SEM COMBUSTÍVEL,SEM TELEFONE)DIZ QUE NÃO PODE ATUAR POR FALTA DESTAS COISAS CITADAS, ENTRE PARÊNTESIS, FICAM ESPERANDO SEMPRE PELA BOA VONTADE DO PREFEITO(COLOCAR GASOLINA-OBRIGAÇÃO DA SESED).E A SEGURANÇA MELHOROU.SÓ SE FOR A DA CASA DO SECRETÁRIO(ESTA DEVE SER BEM FISCALIZADA).

    ALERTA: Golpistas aproveitam queda do voo MH17 para enganar usuários de Twitter e Facebook

    Golpistas estão aproveitando o interesse de internautas na queda do voo MH17 da Malaysia Airlines no leste da Ucrânia para espalhar links questionáveis ou perigosos. A advertência é dada por especialistas em segurança digital.

    De acordo com a “BBC”, um link para um site pornô disfarçado como um vídeo mostrando a queda da aeronave foi postado numa página do Facebook dedicada a uma das vítimas do acidente.

    Além disso muitos tweets foram postados no microblog fazendo-se passar por reportagens do desastre mas, na verdade, incluindo links de spam ou phishing.

    É muito comum que golpistas digitais aproveitem o ensejo de qualquer tema em voga na mídia para explorá-lo comercialmente.

    “Quando há muita gente discutindo um tópico on-line, spammers e fraudadores apressam-se em explorar o momento”, disse ao site o especialista em segurança Richard Cox, do coletivo antispam Spamhaus. “É uma resposta razoavelmente rápida e previsível dos indivíduos por trás de golpes desta natureza. Eles estão nisso para fazer dinheiro. Não há compaixão envolvida”.

    Segundo Cox, os golpistas podem estar usando software que automaticamente detecta posts regulares e os reencaminha usando as mesmas hashtags.

    O Globo

    Derrubada de avião na Ucrânia pode levar ao boicote da Copa na Rússia, alerta colunista

    Untitled-5 Untitled-4Coluna – Ilmar Franco – O Globo

    http://oglobo.globo.com/blogs/ilimar/

    Senado aprova Estatuto Geral das Guardas Municipais; medida vai para análise presidencial

     O Senado aprovou na noite desta quarta-feira (16), um projeto de lei que permite a municípios brasileiros criar uma guarda municipal, mantendo, contudo, restrições quanto ao uso de arma de fogo previstas no Estatuto do Desarmamento. De acordo com a norma, o uso está condicionado a três hipóteses: a capitais dos Estados e municípios com mais de 500 mil habitantes e nas cidades com população entre 50 mil e 500 mil ou em municípios que integram regiões metropolitanas, quando os guardas estiverem em serviço.

    Já avalizado por deputados, o texto segue para a análise presidencial, onde pode ser aprovado na íntegra, sofrer vetos ou ser barrado completamente. Os senadores se posicionaram favoráveis a criar o chamado Estatuto Geral das Guardas Municipais, proposto pelo deputado federal Arnaldo Faria de Sá (PTB-SP).

    Conforme o estatuto, o uso de arma de fogo será suspenso em razão de restrição médica, decisão judicial ou justificativa da adoção da medida pelo dirigente da guarda.

    A proposta aprovada determina que o efetivo das guardas terá limites de acordo com o tamanho da população. Em municípios com até 50 mil habitantes, o efetivo de guardas pode ser de 0,4% da população. Nas cidades com populações entre 50 mil e 500 mil habitantes, esse porcentual cai para 0,3%, desde que não inferior à regra anterior. Nos municípios com população superior a 500 mil habitantes, o índice será de 0,2%, também não podendo ser menor que na regra anterior.

    R7

    Secretário Girão avisa que policiais civis insatisfeitos devem procurar outra profissão

    Matéria do Jornal de Hoje

    O titular da Secretaria Estadual de Segurança Pública e Defesa Social (Sesed), Eliéser Girão, não recebeu bem a notícia do ato que policiais civis promoveram nessa terça-feira (15), quando entregaram, na Delegacia de Homicídios (Dehom), coletes, munições e viaturas em situações irregulares. O secretário cobrou profissionalismo e disse que quem estiver insatisfeito deveria procurar outra profissão.

    “Eu estava fora ontem, discutindo segurança em alguns municípios do Estado e soube por alto dessa situação. Já conversei com o delegado geral sobre isso. Estou cobrando profissionalismo da Polícia Civil. O policial fez um juramento de trabalhar e ter dedicação exclusiva em benefício da segurança pública do Estado. Se não quer trabalhar, se é sindicalista que quer botar fogo, o que não me parece ser um caso, ele precisa se lembrar que fez um juramento de trabalhar pela sociedade potiguar. Para esse pessoal eu digo isso, se não estiver satisfeito, procure outra profissão”, frisou.

    Eliéser ainda afirmou que esse tipo de atitude tem atrapalhado nas investigações dos crimes. “Atitudes como essa nós lamentamos, pois o profissional esqueceu do juramento que ele fez e que ele foi voluntário para ser policial civil. Ele não foi obrigado. Ele tem que trabalhar, ele tem que investigar. Faça uma pesquisa com a população, saber se a Polícia Civil está trabalhando nas investigações. Todo mundo reclama que estão acontecendo crimes, roubos e não tem investigação. O pessoal (policiais civis) deveria fazer o seguinte: vamos investigar, mostrar que somos profissionais. Se não são profissionais, procurem outra profissão”. O secretário ainda lembrou que o Governo adquiriu novos equipamentos que já estão sendo entregues. “Os coletes novos chegaram e estão sendo distribuídos. Também compramos 500 novas pistolas”.

    Na tarde dessa terça-feira (15), agentes da Delegacia Especializada em Homicídios, em cumprimento à Operação Polícia Legal, fizeram a entrega de viaturas irregulares, coletes e munições vencidas. De acordo com eles, a partir de agora, os policiais não vão mais aceitar trabalhar dentro da ilegalidade e nem colocando a própria vida em risco. Em assembleia realizada na noite de segunda-feira (14), os policiais civis do Rio Grande do Norte decidiram que, a partir dessa terça-feira, não vão mais conduzir viaturas em condições ilegais. Ou seja, os agentes que não possuírem curso de formação específico para condução de veículos de emergência não poderão guiar as viaturas. Além disso, os carros que estejam com documentação atrasada serão entregues à Delegacia Geral da Polícia Civil (Degepol).

    No total, os agentes da Dehom fizeram a entrega de sete viaturas, sendo que três já se encontram no setor de transporte, pois estavam quebradas, bem como 21 coletes e aproximadamente 150 munições, de vários calibres diferentes. Os coletes e as munições estão vencidos, alguns desde 2000. Na assembleia com a categoria, a diretoria do Sindicato dos Policiais Civis e Servidores da Segurança Pública do RN (Sinpol-RN) lembrou que, desde meados de junho, já havia enviado ofício para a Degepol solicitando que fosse providenciada regularização imediata das habilitações dos policiais que dirigem viaturas, o que ainda não foi feito.

    “Como a Polícia Civil, representante da legalidade, vai servir de exemplo se está atuando dentro da ilegalidade?”, contesta Djair Oliveira, presidente do Sinpol-RN. Além da falta de habilitação específica, ele cita que muitas viaturas estão com documentação atrasada. Ainda em junho, o Sindicato também havia informado sobre essa situação à Sesed e ao Ministério Público.

      1 Comentário

      1. Messias Rayff Caldas Targino disse:

        Sou policial civil há 14 anos, nunca faltei um dia de trabalho, nunca fui punido, entretanto até hoje espero receber do Estado ARMA, COLETE À PROVA DE BALAS E ALGEMAS, condição primária, para desenvolver a atividade de polícia judiciária, como preconiza a Lei Complementar 270/04, em seu Art. 89. Igualmente, devemos ter dezenas de colegas que se encontram na mesma situação, trabalhando com equipamentos particulares, adquiridos com recursos próprios.
        Gostaria de saber do Senhor General Eliézer Girão Monteiro Filho, se a equipe que faz a sua segurança pessoal, usa armas inadequadas, munições vencidas, coletes vencidos, e ainda, se o Senhor usa seu veículo particular para trabalhar, abastece as viaturas que o acompanham por onde anda, com dinheiro próprio , se paga suas despesas de viagem quando se desloca a serviço do Estado com dinheiro próprio etc.etc.etc.etc.etc. Assim sendo, como pode exigir que desenvolvamos profissão de risco sem as condições básicas de segurança, amparados apenas pelo juramento, quando da admissão na carreira; como pode um médico operar sem bisturi (com uma faca), é essa a qualidade do serviço que o senhor quer oferecer a nossa sociedade que clama por segurança, seja justo, haja com dignidade e assuma a omissão do Estado, que o Senhor o representa enquanto secretário; denuncie a omissão desse governo desastroso que o senhor faz parte, assuma que os policiais civis do nosso Estado são verdadeiros heróis e não os trate como delinquentes, pois não somos.
        Gostaria de informar a sociedade, da existência de parecer da Promotoria de Controle Externo da Atividade Policial, no Inquérito Civil 09/2012, fls. 05, ” Neste contexto de elevada deficiência de pessoal, a solução encontrada para manter em funcionamento as Polícias Militar e Civil foi a convocação dos policiais para o trabalho extraordinário, com sacrifício das folgas, mediante o pagamento de diárias em valor mórdico, numa indisfarçável exploração da mão de obra policial” procedimento presidido pelo Promotor Wendell Betoven Ribeiro Agra.
        Gostaria ainda, de solicitar a Comissão de Direitos Humanos da OAB, que visitem delegacias e acompanhem a forma desumana de trabalho, imposta pelo Estado aos policias civis.
        Gostaria também, de informar aos Delegados de Polícia, que não apoiam nossas reivindicações, que nós não somos inimigos, mais sim, parceiros, irmãos, prontos para protegermos uns aos outros nas incursões policiais, aos quais reitero o pedido feito acima ao senhor Secretário de Segurança: Que sejam justos e dignos da função que ocupam, denunciando a condição desumana de trabalho que nos é imposta.
        E por último, que não sou sindicalista, nem tenho vontade de ser, nem estou me reportando como representante de classe, apenas fazendo um desabafo pessoal como resposta as declarações infelizes do gestor da SESED, acredito eu, por falta de conhecimento da real situação da Polícia Civil do nosso estado. Aproveitando a oportunidade, convido ainda, a população e os órgãos competentes a visitarem as delegacias, para em loco, apreciarem a situação das unidades policias do Estado.
        Messias Rayff Caldas Targino- Agente de Polícia Civil

      Seu celular foi roubado? Veja como desativar o WhatsApp do aparelho

       facebook-whatsapp-aquisicao-compra-fusao-app-redes-sociais-chamada-logo-logotipo-1392893155756_300x300Quando um telefone com o aplicativo WhatsApp é roubado ou perdido, dois procedimentos são indicados: bloquear o número e desativar a conta. Com isso, é possível evitar que pessoas mal-intencionadas se passem pelo usuário – recentemente, por exemplo, ladrões roubaram um iPhone e alteraram a foto do usuário.

      O WhatsApp funciona atrelado ao número do telefone e só pode ser usado em um único aparelho por vez. Ao bloquear a linha (o que pode ser feito entrando em contato com a operadora), o programa deixa de enviar ou receber mensagens utilizando o plano de dados. Também é importante desabilitar o app: mesmo com a linha bloqueada, é possível trocar mensagens via Wi-Fi, de acordo com o suporte do WhatsApp.

      Para tanto, entre em contato com a empresa por e-mail no support@whatsapp.com. Você deve mencionar no pedido o número de seu telefone dentro do padrão internacional. Após ter a conta desabilitada, é possível reativá-la por 30 dias – ao final desse período, ela será permanentemente deletada do sistema do WhatsApp.

      Como o serviço está em inglês, o ideal é pedir algo como “My phone was stolen. Please, can you disable my account? My phone number is XXXX. Thanks” (meu telefone foi roubado. Por favor, vocês poderiam desativar minha conta? Meu número é XXXX).

      Todos esses procedimentos não impedem que a pessoa em posse do telefone antigo tenha acesso aos dados armazenados nele – como fotos, contatos e vídeos trocados via WhatsApp.

       Reativação

      Ao desbloquear o número de telefone junto à operadora, você pode utilizar um novo cartão SIM para reativar sua conta no aplicativo – esse processo de desbloqueio é feito dentro do próprio app, no novo telefone. O processo vale tanto para manter o número antigo (caso opte pela portabilidade) quanto para ativar a conta em um novo número de telefone.

      Quando essa troca de SIM é feita, parece que você voltou a utilizar o WhatsApp pela primeira vez: ele validará sua conta com uma chamada telefônica ou via SMS.

      Com o novo SIM, o usuário não terá acesso às mensagens e demais conteúdos enviados e recebidos antes de o telefone ter sido roubado. Mas ele receberá as mensagens pendentes (enviadas durante o tempo em que a conta foi inativada) e será reinserido automaticamente nos grupos dos quais participava.

      UOL

      FOTO: Comitiva da Segurança Pública visita unidades da PM no litoral norte do Estado

      IMG000000000035007Nessa terça-feira (15), uma comitiva da Segurança Pública do Estado visitaram Unidades da Polícia Militar pertencente à área de atuação da 2ª Companhia Independente da Polícia Militar (CIPM) e responsáveis pelo policiamento em praias do litoral norte, participando em audiências públicas nas Câmaras Municipais e respondendo aos anseios da população na área de Segurança Pública do Estado.

      A comitiva da Segurança Pública foi formada pelo Secretário de Segurança Pública e da Defesa Social, General Eliéser Girão Monteiro Filho, Comandante Geral da Polícia Militar do RN, Coronel PM Francisco Canindé de Araújo Silva, Comandante do Corpo de Bombeiros do RN, Coronel BM Elizeu Lisboa Dantas, Comandante do Policiamento do Interior da PMRN, Coronel PM Francisco Reinaldo de Lima, Chefe de Operações do CPI, Major PM Francisco Flávio Melo dos Santos, e Comandante da 2ª CIPM, Major PM Josemário Xavier.

      Barra de Maxaranguape

      A primeira cidade a ser visitada pela Comitiva da Segurança Pública nessa terça foi o Pelotão da PM em Barra de Maxaranguape. O Pelotão da PM em Barra de Maxaranguape é comandando pelo Tenente Silva Neto, contando com 24 Policiais Militares, devidamente equipados com coletes balísticos, rádios comunicadores, armamento e munições para garantirem a segurança na localidade.

      A prefeita de Maxaranguape, Maria Ivoneide da Silva, recebeu a comitiva da Segurança Pública no Município e acompanhou a visita nas instalações do Pelotão da PM na cidade. Após a visita, a Comitiva da Segurança se dirigiu à Câmara Municipal de Maxaranguape para participar de uma audiência pública no município.

      Durante a audiência pública, o Secretário de Segurança Pública, General Girão, apresentou alternativas para a população para realizarem denúncias com o Disk Denúncia e confeccionarem os Boletins de Ocorrências por meio da Delegacia Virtual, além de repassar para a população local folhetins com dicas de segurança. “A Segurança Pública é um conjunto. Precisamos todos, polícia e população, trabalharmos juntos”, disse o Secretário.

      Touros

      Após a visita em Barra de Maxaranguape, a Comitiva da Segurança se dirigiu ao município de Touros, para também participarem de uma audiência pública na cidade.

      O Comandante Geral da PM apresentou o Pelotão da PM em Touros ao Secretário de Segurança, tendo como comandante o Aspirante PM Wenderson, o qual conta com um efetivo de 30 Policiais Militares.

      Em audiência pública realizada na Câmara Municipal de Touros, o Secretário de Segurança Pública respondeu aos anseios da população local e anunciou o envio de uma nova viatura e de duas motocicletas para reforçar o policiamento ostensivo na localidade. A audiência pública contou com a presença do Prefeito do Município, Ney Leite.

      São Miguel do Gostoso

      Já à tarde, a Comitiva da Segurança visitou a cidade de São Miguel do Gostoso onde participaram de uma Sessão Solene na Câmara Municipal para implantação de um Pelotão Turístico da PM no Município.

      “Atualmente a Polícia Militar do RN atua em São Miguel do Gostoso com um Destacamento, que conta com 10 Policiais Militares. Com a instituição do Pelotão Turístico, poderemos aumentar o número de Policiais na cidade para 40 homens”, explicou o Comandante Geral da PM aos vereadores e à população presente. O Pelotão Turístico ficará sob o comando do Tenente PM Wolcsak, e estará subordinado à 2ª CIPM.

      Polícia em Natal “tenta” combater onda de assaltos em bares e restaurantes; estabelecimentos já tomam medidas radicais

      A Tribuna do Norte destaca em sua edição nesta quarta-feira (16), o desafio da Polícia Militar para aumentar as rondas ostensivas na Zona Sul de Natal, região que vem registrando vários arrastões em bares, lanchonetes e restaurantes nos últimos dias. De acordo com a reportagem, baseada em informações do Comando de Policiamento Metropolitano, com uma estrutura “comprometida”, durante o dia, a corporação conta com 10 viaturas em circulação para cobrir todos os bairros da região. E o pior: esse número cai para seis durante a noite.

      Para se ter uma ideia da onda de arrastões oficialmente registrados, o alerta se dá com as estatísticas de apenas uma semana, entre o dia oito deste mês e a noite segunda-feira (14). Na ocasião, foram contabilizados sete arrastões na cidade, com pelo menos cinco deles registrados entre os sete bairros da Zona Sul. O dado mais alarmante e que assombra a região que possui quase 170 mil habitantes é que nenhum suspeito foi preso durante as ações criminosas.

      Segundo a reportagem, a Polícia não descarta que uma mesma quadrilha esteja envolvida nas ações em destaque. A Polícia Civil, inclusive, decidiu nesta semana, diante da grande incidência os crimes no curto espaço de tempo, concentrar as investigações sobre os arrastões na Delegacia Especializada em Furtos e Roubos (Defur), que costuma tratar de casos envolvendo o valor de pelo menos 30 salários mínimos.

      Ainda segundo a reportagem, por outro lado, a Polícia Militar, através do coronel Wellington Alves, comandante do Policiamento Metropolitano, disse que existe apoio das forças especiais, como BPChoque e Cavalaria, que circula em algumas áreas. No patrulhamento normal, a média é de duas viaturas por bairro, segundo ele, com redução do quantitativo por volta das 21h.

      Diante da insegurança, da rápida ação dos bandidos, dos riscos, pois os assaltos têm sido cometidos por homens em grupo, sempre armados e com apoio, alguns estabelecimentos da região começam a fechar mais cedo, e alguns até não abre mais a noite. Um exemplo da onda de medo se dá em outro segmento, o de supermercados, que desde esta segunda-feira (14) funcionam apenas até 22h.

        6 Comentários

        1. Rocco disse:

          Engraçado que para fazer blitz aparece policia, bafometro, a lei funciona, nao que eu seja contra a blitz, mais tem que haver uma ordem de prioridades. Toda lei que serve pra arrecadar funciona, e a lei que serve pra servir eh sempre a ultima na lista das prioridades.

        2. ivete bezerra disse:

          Quero chamar a atenção de Nemesis sobre a solução indicada por ele. No Brasil a lei determina que os votos a serrem apurados sao os votos válidos. Portanto, quem vota nulo, em branco e quem nao comparece para votar está ajudando a eleger os maus politicos.
          A conta é matematica e muito simples,
          Num universo de 100.000 votos válidos de 100.000 eleitores, quem ganha precisa somar 50.001 votos.
          Se houver 20.000 votos em branco, voto nulo e eleitores nao comparecerram, o universo dos votos validos passará para 80.000. Nesse novo total de votos, quem ganha será o candidato que atingir 40.001 votos.
          Veja, Nemesis, ja diminuiu em dez mil votos necessarios para o candidato mais votado se eleger.
          Portanto, a melhor proposta é votar em qualquer outro candidato. Votar no candidato menos provavel de ganhar, votar no candidato menos colocado nas pesquisas.
          Isso vai levar ao candidato precisar de dois votos a mais para cada voto dado a qualquer outro candidato.
          Quer dificultar a vida doscandidatos politicos? Vote em qualquer candidato.
          Percebeu a diferença?

        3. Mila disse:

          O que eu queria saber é onde estão “escondidas” as viaturas, motos, helicópteros e etc que foi usado na copa. Nunca a cidade foi tão segura. Em cada esquina da cidade havia policiamento. Bastou acabar a copa que tudo sumiu, não se vê um carro de polícia nem muito menos polícia nas ruas…..

        4. nemesis disse:

          Aqui vai a solução.. no dia da votação e bem simples, não precisa quebrar nada nem queimar ônibus nem muito menos fechar avenidas , basta apenas quando estiver de frente para urna digitar 00 ou 00000 e confirmar. Esse sim vai o maior e mais eficaz de todos os protestos já realizados. Porque é insanidade querer resultados diferentes fazendo sempre as mesmas escolhas…acorda povão…

        5. Oliveira Júnior disse:

          Acho engraçado, nós cidadãos de bem estamos cada vez mais presos e reféns da bandidagem, enquanto os meliantes cada vez mais soltos e livres para atuar onde bem entender. A polícia sempre chega atrasada e não consegue prender ninguém e sempre falam e se formalizar o famoso BO para estatística, porém quando vamos fazer este documento enfrentamos BUROCRACIA IMENSA que nos faz perder mais tempo. O Secretário agora diz que vai agir! E porque não agiu antes? Cadê as blitz? Só é para fazer bafômetro? Se o bandido não estiver bêbado pode circular? Cadê as viaturas, as motos BMW? Estão guardadas para eventos especiais como do desfile 7 de Setembro e recepcionar autoridades? Nós cidadãos de bem somos a autoridade de paga os salários dos políticos, polícia e todos dos funcionários públicos, porém somos tratados pior do que bandidos, pois para os bandidos existem dos DIREITOS HUMANOS, mas cadê o DIREITO PARA OS HUMANOS DIREITO? Vamos ver se a polícia irá ter interesse em agir… Quando há sequestro de pessoas ligado aos políticos ou a pessoas do Judiciário, tudo é esclarecido rapidamente, temos aí vários exemplos… Cadê o judiciário? Cheio de brejas para beneficiar os contraventores. ACORDA BRASIL!!!! CHEGA DE POLÍTICOS QUE SÓ FAZEM PROMETER E NÃO REALIZAM NADA. O poder de mudança está em nossas mãos!!! Outubro está chegando temos que encarar como o mês mais importante para nossa nação e não a COPA, que deixou o Brasil mais quebrado do que já estava. Vão dizer que as pesquisas mostraram excelente índice de satisfação dos estrangeiros, porém os gringos só viram as maquiagens, tudo bonito, organizado e seguro. Cadê os blindados nas ruas? Cadê o exercito, Marinha, Força de Segurança nas ruas? Tudo sumiu e só restaram 10 viaturas para ruas durante o dia e 6 a noite. Cadê o LEGADO DA COPA? Cadê o CIOSP de última geração? Fica aqui as perguntas que não querem calar!!! Se alguém souber a resposta favor compartilhas, pois até agora não sei de nenhuma.

        6. Francisco Candido disse:

          A população e os empresários que se virem, a classe política só tem olhos e ouvidos para suas ELEIÇÕES. ACORDA POVO SEU VOTO TEM VALOR E MUITO PESO.
          Falar em discurso é fácil e enganador, CHEGA – Tá na hora do povo EXIGIR AÇÃO POSITIVA PARA POPULAÇÃO. BASTA de falatório, chega de enganação.

        FOTO: Viaduto em construção em SP desaba sem deixar vítimas

        obraanelviariocubataogooglestreetviewFoto: Google Street View / Reprodução

        Um viaduto em construção na rodovia Anchieta, no anel viário de Cubatão (SP), desabou na manhã desta quinta-feira, por volta das 10h40. Segundo o Corpo de Bombeiros ninguém ficou ferido e uma das possibilidades para o acidente é a de que uma viga que era instalada tenha se soltado e derrubado outras duas.

        Segundo a Ecovias, concessionária que administra a rodovia Anchieta, as causas da queda do viaduto serão investigadas. De acordo com informações do Twitter oficial da prefeitura de Cubatão, a administração municipal cobrou da Ecovias que seja feita uma investigação das causas do desabamento, além de ter solicitado explicações oficiais sobre o acidente.

        Terra – via Agência Brasil

        FOTO: Polícia Militar realiza Operação Saturação em vários pontos da Capital; ônibus tiveram atenção especial

        IMG000000000034558Durante a tarde e início da noite dessa quinta-feira, 10, a Polícia Militar realizou mais uma ação da Operação Saturação em vários pontos da Capital. A operação está sendo executada com a intenção de saturar o policiamento ostensivo nas áreas de maior índice de criminalidade. Os índices criminais, estes advenientes dos registros de ocorrências no CIOSP, são analisados, organizados e categorizados pelo setor de estatística do CIOSP. Por sua vez, os dados são considerados para o planejamento ou reforço de policiamento nas “manchas criminais” da cidade – números de ocorrências relacionados ao local, hora e data.

        O Efetivo empregado na Operação desta quinta-feira somam aproximadamente 80 policiais militares pertencentes às unidades da Rocam, CPRE, 1º BPM, 5º BPM, BOPE, BPChoque e RPMON. E foram utilizadas 20 viaturas motocicletas, 15 viaturas automóveis e 10 cavalos.

        A Operação foi comandada pelo Major PM Franco, Subchefe de Operações do Comando de Policiamento Metropolitano. Na operação foram realizadas abordagens a veículos e pessoas. Os ônibus tiveram uma atenção especial na operação.

          9 Comentários

          1. Murilo Savio disse:

            O TENENTE PLAYBOY só tem coragem de fazer medo a gente indefesa!!! QUERO VER ELE ENFRENTAR BANDIDO DE VERDADE SEM SE BORRAR!!!!!!!!!!!!

          2. paulo césar disse:

            Pela foto vejo um possível trabalhador já idoso sendo revistado.
            Não sei a razão porque a polícia não faz uma grande blitz contra motoqueiros, quando sabemos que a maior parte dos assaltos são praticados por bandidos em motos.
            Simples: foi moto, para, revista e manda seguir, isso em qualquer hora e qualquer lugar. Bastava a guarnição militar motorizada vê uma moto(e principalmente com dois ocupantes) mandar parar e averiguar. Muita gente inocente iria ser incomodada mas acredito que diminuiria em muito o número de assaltos. Ontem mesmo vi no engarrafamento da Ponte de Igapó um moto com dois homens e dava para ver nitidamente o volume do revolver na cintura do garupa.

          3. ventura disse:

            Pra resolver o problema da segurança publica só mantendo a vagabundagem na cadeia e diminuindo a maioridade penal. Pode ter 1 milhão de PMs nas ruas, eles vão prender e a justiça soltar, vamos ficar sempre andando em círculo.

          4. Lucio Borges disse:

            Isso deve ser um onibus da zona norte kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

          5. primo disse:

            Pessoas desinformadas ou influenciadas por discurso de esquerda fanatica, acha que a policia nao deve prevenir e nem atuar. Gente assim, acha que bandido é reeducando e resultado da politica econômica capitalista bla bla bla. De fato, a nossa sociedade é bandida no momento que pensa que ação da policia para manter a segurança é abuso.

          6. Flávio Gois disse:

            POLÍCIA CONTINUE ASSIM COM ESSA VERDADEIRA BLITZ CONTRA O CRIME E NÃO SÓ NA AV.ROBERTO FREIRE !PARABENS

          7. Lúcio Borges disse:

            Olha só isso sim é que é trabalho certo e nao aquelas blitz do tenente playboy!

            • paulo césar disse:

              E o tenente playboy tão eficiente não vai assumir um cargo no BOPE não?
              Lá ele mostraria se é arrochado mesmo. Não é esbravejando contra mulheres e idosos que o cidadão mostra que é macho. Quero ver ele encarar o que OS HERÓIS DO BOPE enfrentam no dia a dia.

          8. Soldado disse:

            Isso nao evita os assaltos nos coletivos, apenas deixa o trabalhador que volta para casa cansado mais irritado!!! mais policia na rua, equipada e preparada, isso evita que os ônibus sejam assaltados.
            essas abordagens nada mais é que para o povo ver a maquiagem da segurança pública

          Governo comprará sistemas de defesa antiaérea da Rússia

          4ibcboc5lh_68oiz40q0b_fileO governo confirmou a compra de sistemas de defesa antiaérea Pantsir-S1, de fabricação russa, informou nesta quinta-feira o embaixador brasileiro em Moscou, Antônio José Valim Guerreiro.

          — A decisão sobre a compra desses sistemas antiaéreos da Rússia já foi tomada

          A afirmação do diplomata foi feita à agência “Interfax” ao comentar a visita do presidente russo ao Brasil.

          Putin chegará ao país no próximo domingo, como parte de uma viagem latino-americana, e aproveitará para assistir a final da Copa do Mundo no Rio de Janeiro. De acordo com o diplomata, “o contrato de provisão dessas armas poderia ser assinado já este ano (…) e é provável que o mesmo saia antes de outubro ou novembro”.

          — Ultimamente, foram frequentes as visitas de analistas brasileiros à Rússia para negociar a adaptação de algumas características técnicas desses sistemas aos requisitos da parte brasileira.

          As negociações sobre a provisão das baterias Pantsir-S1 de curto e médio alcance, dotadas de canhões automáticos e mísseis antiaéreos terra-ar, e também de outras duas baterias Igla foram iniciadas em fevereiro de 2012. Além disso, dentro de outro contrato, Valim Guerreiro lembrou que a Rússia deve finalizar a provisão de 12 helicópteros Mim-35.

          Os helicópteros “são necessários para a defesa de nossas fronteiras e, em particular, para prevenir voos de aeronaves vindas dos países vizinhos e que, geralmente, são usadas por traficantes de drogas”, explicou.

          Assinado em 2008, o contrato estipula a compra de 12 helicópteros de combate Mim-35, sendo que nove já teriam sido entregues. Os três restantes, de acordo com a fonte citada, deverão chegar ao país em breve.

          EFE

          ALRN: Reajuste da Polícia Civil é aprovado pelos deputados‏

          Os deputados aprovaram hoje (10) à unanimidade a mensagem do governo que reajusta vencimentos de várias categorias da Polícia Civil do RN.  A mensagem 110/2014 dispõe sobre a remuneração de delegado, escrivão e agente e também dispõe sobre o enquadramento de agentes e escrivães.

          Com a aprovação, os delegados terão um aumento real de 66% e os agentes e escrivães de 35%, referentes à reposição salarial dos últimos quatro anos. O reajuste será parcelado e implantado de forma gradual nos meses  de março e setembro de 2014 e em março e setembro de 2016.

          Na discussão da matéria, alguns deputados criticaram o governo pela demora no envio da matéria. Kelps Lima (Solidariedade) disse que os policiais deveriam ter sido ouvidos para que se tentasse até a última instância se equacionar o valor justo remuneratório para a polícia civil. “Não é possível que as questões do serviço público só sejam discutidas após greve e próximo às eleições”, disse.

          Fernando Mineiro (PT) afirmou que mesmo discordando da disparidade no percentual de reajuste entre as categorias, votaria a favor por se tratar de uma melhoria para os servidores. Para a deputada Márcia Maia (PSD), o reajuste para agentes e escrivães “Foi uma esmola”, conforme o próprio sindicato (Sinpol) havia reconhecido, mas não iria obstacular a votação da matéria. Agnelo Alves (PDT) criticou o fato do governo não enviar nenhum estudo sobre o impacto financeiro que o reajuste trará às finanças do Estado. “Voto a favor, mas sei que o governo não vai pagar, é lamentável”, disse.

          TABELAS DE VALORES CORRESPONDENTES OCUPANTES DOS CARGOS DE PROVIMENTO EFETIVO INTEGRANTES DA CARREIRA DE DELEGADO DE POLÍCIA CIVIL

          TABELA 1 – A PARTIR DE 1.º DE MARÇO DE 2015
          Categoria
          DELEGADO ESPECIAL R$ 18.752,13
          DELEGADO 3ª CLASSE R$ 16.876,92
          DELEGADO 2ª CLASSE R$ 15.189,23
          DELEGADO 1ª CLASSE R$ 13.670,30
          DELEGADO SUBSTITUTO R$ 12.303,27

          TABELA 2 – A PARTIR DE 1.º DE SETEMBRO DE 2015
          Categoria
          DELEGADO ESPECIAL R$ 20.268,99
          DELEGADO 3ª CLASSE R$ 18.242,09
          DELEGADO 2ª CLASSE R$ 16.417,88
          DELEGADO 1ª CLASSE R$ 14.776,09
          DELEGADO SUBSTITUTO R$ 13.298,48

          TABELA 3 – A PARTIR DE 1.º DE MARÇO DE 2016
          Categoria
          DELEGADO ESPECIAL R$ 21.785,84
          DELEGADO 3ª CLASSE R$ 19.607,26
          DELEGADO 2ª CLASSE R$ 17.646,53
          DELEGADO 1ª CLASSE R$ 15.881,88
          DELEGADO SUBSTITUTO R$ 14.293,69

          TABELA 4 – A PARTIR DE 1.º DE SETEMBRO DE 2016
          Categoria
          DELEGADO ESPECIAL R$ 23.302,70
          DELEGADO 3ª CLASSE R$ 20.972,43
          DELEGADO 2ª CLASSE R$ 18.875,19
          DELEGADO 1ª CLASSE R$ 16.987,67
          DELEGADO SUBSTITUTO R$ 15.288,90
          ———————-

          TABELAS DE VALORES CORRESPONDENTES AOS OCUPANTES DOS CARGOS DE PROVIMENTO EFETIVO INTEGRANTES DAS CARREIRAS DE AGENTE E DE ESCRIVÃO

          TABELA 1 – A PARTIR DE 1.º DE MARÇO DE 2015
          CLASSES/ NÍVEL I/ NÍVEL II/ NÍVEL III/ NÍVEL IV /NÍVEL V
          ESPECIAL R$ 6.266,65/ R$ 6.579,98/ R$ 6.908,98/ R$ 7.254,43/ R$ 7.617,15
          1ª CLASSE R$ 5.222,20/ R$ 5.483,32/ R$ 5.757,48/ R$ 6.045,35/ R$ 6.347,62
          2ª CLASSE R$ 4.351,84/ R$ 4.569,43/ R$ 4.797,90/ R$ 5.037,79/ R$ 5.289,69
          3ª CLASSE R$ 3.626,54/ R$ 3.807,86/ R$ 3.998,25/ R$ 4.198,16/ R$ 4.408,07
          4ª CLASSE R$ 3.022,11/ R$ 3.173,22/ R$ 3.331,88/ R$ 3.498,47/ R$ 3.673,39

          TABELA 2 – A PARTIR DE 1.º DE SETEMBRO DE 2015
          CLASSES/ NÍVEL I/ NÍVEL II/ NÍVEL III/ NÍVEL IV/ NÍVEL V
          ESPECIAL R$ 6.773,56/ R$ 7.112,23/ R$ 7.467,85/ R$ 7.841,24/ R$ 8.233,30
          1ª CLASSE R$ 5.644,63/ R$ 5.926,87/ R$ 6.223,20/ R$ 6.534,36/ R$ 6.861,08
          2ª CLASSE R$ 4.703,86/ R$ 4.939,05/ R$ 5.186,00/ R$ 5.445,30/ R$ 5.717,57
          3ª CLASSE R$ 3.919,89/ R$ 4.115,87/ R$ 4.321,67/ R$ 4.537,75/ R$ 4.764,64
          4ª CLASSE R$ 3.266,57/ R$ 3.429,90/ R$ 3.601,39/ R$ 3.781,46/ R$ 3.970,53

          TABELA 3 – A PARTIR DE 1.º DE MARÇO DE 2016
          CLASSES/ NÍVEL I/ NÍVEL II/ NÍVEL III/ NÍVEL IV/ NÍVEL V
          ESPECIAL R$ 7.280,47/ R$ 7.644,48/ R$ 8.026,71/ R$ 8.428,05/ R$ 8.849,45
          1ª CLASSE R$ 6.067,05/ R$ 6.370,41/ R$ 6.688,93/ R$ 7.023,37/ R$ 7.374,54
          2ª CLASSE R$ 5.055,88/ R$ 5.308,67/ R$ 5.574,10/ R$ 5.852,80/ R$ 6.145,45
          3ª CLASSE R$ 4.213,24/ R$ 4.423,89/ R$ 4.645,09/ R$ 4.877,34/ R$ 5.121,21
          4ª CLASSE R$ 3.511,03/ R$ 3.686,58/ R$ 3.870,91/ R$ 4.064,45/ R$ 4.267,67

          TABELA 4 – A PARTIR DE 1.º DE SETEMBRO DE 2016
          CLASSES/ NÍVEL I/ NÍVEL II/ NÍVEL III/ NÍVEL IV/ NÍVEL V
          ESPECIAL R$ 7.787,38/ R$ 8.176,74/ R$ 8.585,58/ R$ 9.014,86/ R$ 9.465,60
          1ª CLASSE R$ 6.489,47/ R$ 6.813,95/ R$ 7.154,65/ R$ 7.512,37/ R$ 7.888,00
          2ª CLASSE R$ 5.407,90/ R$ 5.678,29/ R$ 5.962,20/ R$ 6.260,31/ R$ 6.573,33
          3ª CLASSE R$ 4.506,59/ R$ 4.731,91/ R$ 4.968,50/ R$ 5.216,93/ R$ 5.477,78
          4ª CLASSE R$ 3.755,48/ R$ 3.943,26/ R$ 4.140,42/ R$ 4.347,44/ R$ 4.564,81

          ALRN

            4 Comentários

            1. Breno disse:

              Está sendo questionado o reajuste desproporcional de 66% dado aos DELEGADOS, os quais já possuem um salário bem considerável.

            2. sergio disse:

              O serviço prestado por esses mal policias, osalario tá alto demais!!!

            3. primo disse:

              Reajuste de 66% é uma esmola? falar isso com o dinheiro dos outros é fácil…. porem, segurança publica que é bom para quem sustenta esses marajas, isso nao existe. Pobre da população do RN que paga salarios de maraja para a Policia Civil e recebe serviço de 5º mundo em troca. Bando de hipócritas. O estado de SP que é rico paga metade do que um policia civil ganha aqui.

            4. Rodolfo Lima disse:

              E o Governo Rosalba, mesmo com o Estado no limite prudencial da LRF, continua concedendo aumentos generosos para os seus servidores deixando a “bomba” para o próximo governador e por consequência para a população do RN. O TCE/RN deveria observar melhor tais fatos.

            Polícia Militar do RN apresenta dados comparativos de junho dos anos 2013 e 2014

            A Polícia Militar do Estado do Rio Grande registrou a redução do número de ocorrências atendidas no ano de 2014 em comparação ao ano anterior. De acordo com a Subcoordenadoria de Estatística e Análise Criminal do Centro Integrado de Operações de Segurança Pública, em junho de 2014 houve uma redução de 22,7% em relação às chamadas atendidas pelo CIOSP no mesmo período do ano anterior. Em 2013, foram atendidas 7.811 chamadas em Natal e Região Metropolitana; enquanto em 2014 o número de chamadas atendidas reduziu para 6.032 na mesma localidade.

            Em junho de 2013, as Unidades do Comando de Policiamento Metropolitano (CPM) foi responsável pela apreensão de 44 armas de fogo e de 5 kg de drogas e entorpecentes, além da captura de 15 condenados e a recuperação de 33 veículos roubados. Já nas Unidades do interior do Estado, subordinadas ao Comando de Policiamento do Interior (CPI), foi constatado a apreensão de 22 armas de fogo e 2 kg de drogas e entorpecentes, além da captura de 21 foragidos e a recuperação de 25 veículos roubados. No total, em junho de 2013, a Polícia Militar apreendeu 66 armas de fogo de diversos calibres, 7 kg de drogas e entorpecentes, capturou 36 foragidos das Unidades Prisionais do Estado e recuperou 58 veículos roubados em todo o Estado.

            Já no mês de junho de 2014, o Comando de Policiamento Metropolitano registrou a apreensão de 36 armas de fogo, 3,7 kg de drogas e entorpecentes e 208 comprimidos de ecstasy, além da captura de 8 condenados e a recuperação de 16 veículos. No interior do Estado, o CPI registrou a apreensão de 16 armas de fogo e 4,3 kg de drogas e entorpecentes, além da captura de 6 condenados e a recuperação de 10 veículos roubados. Ao todo, a Polícia Militar registrou na análise comparativa dos meses de junho do ano de 2013 e 2014 uma redução de 21% no número de armas apreendidas e um aumento de 14% em relação à apreensão de drogas e substâncias psicotrópicas em todo o Estado. Também foi constatada a redução de 61% na captura de condenados e foragidos do Sistema Prisional e redução de 55% na recuperação de veículos roubados.

            Em relação à prevenção e ao combate aos crimes de trânsito, o Comando de Polícia Rodoviária Estadual (CPRE) realizou 16.150 fiscalizações em veículos em todo o Estado em junho de 2013, tendo sido realizado 11 autos de constatação e 1.828 autos de infração, recolhendo 128 CNH’s. No mesmo período, ainda, foram realizados 560 testes de etilômetros, dos quais 70 condutores foram constatados estarem sob efeito de álcool.

            Em junho de 2014, por sua vez, houve um aumento de 15% na fiscalização de veículos, com um número de 18.710 veículos fiscalizados apenas no mês de junho de 2014. Ainda no mês de junho/2014, Policiais Militares do CPRE realizaram 33 autos de constatação e 2.646 autos de infração, com recolhimento de 165 CNH’s. No combate à condução de veículo automotor sob efeito de álcool, foram realizados 11.656 testes de etilômetros, com aumento de quase 2000% na realização da fiscalização em todo o Estado, onde 169 condutores foram detidos por constatação de estarem sob efeito de álcool. Nas ações fiscalizatórias, o CPRE ainda recuperou no mês de junho/2014 nove veículos roubados e apreendeu duas armas de fogo.

            SINPOL-RN repudia “rasteira” da Degepol e convoca policiais para assembleia de urgência

            O SINPOL-RN e todos os policiais civis foram pegos de surpresa com a notícia do envio de uma proposta de reajuste salarial por parte do Governo do Estado beneficiando somente os delegados da Polícia Civil e aumentando ainda mais o fosso existente entre eles e os agentes e escrivães. Pela proposta encaminhada à Assembleia Legislativa, os delegados terão aumento de mais de 60%, enquanto os agentes e escrivães de classe Especial, depois de 30 anos de serviço, vão ganhar pouco mais da metade que um delegado ganha em início de carreira.

            Diante dessa proposta, feita com aval da Delegacia Geral da Polícia Civil, o SINPOL-RN convoca assembleia extraordinária em caráter de urgência, para esta quarta-feira (9), a partir dad 8h. A ideia é reunir a categoria para seguir até a Assembleia Legislativa e tentar barrar tal proposta, considerada uma afronta aos policiais civis.

            “Companheiros e companheiras policiais civis, nos últimos dias, o Governo do Estado encaminhou para a Assembleia Legislativa um projeto de lei que altera os vencimentos salariais dos agentes, escrivães e delegados de polícia, projeto este que favorece e muito ao cargo de delegados em detrimento dos demais da careira policial civil. Diante disso, a diretoria do SINPOL convoca todos os policiais civis agentes e escrivães para se fazerem presente em assembleia da categoria às 8h desta quarta-feira (9), na sede do Sindicato. Companheiros, chegou a hora de lutar e exigirmos respeito. A luta é o caminho dos fortes”, afirma Djair Oliveira, presidente do SINPOL-RN.

            Renata Pimenta, vice-presidente do Sindicato, ressalta que a proposta do Governo é desequilibrada, desproporcional e vergonhosa. “Vale lembra que a Polícia Civil é composta por cargos de níveis superiores, então, não se justifica essa desproporcionalidade entre as classes de delegados, agentes e escrivães”.
             
            Sinpol-RN

            OPORTUNIDADES NO RN: FAB abre seleção por avaliação curricular com mais de mil vagas temporárias para nível médio

            20140708154830263864aA Força Aérea Brasileira (FAB) abriu seleção para profissionais de nível médio voluntários à prestação do serviço militar temporário. São mais de mil vagas por todo Brasil, com objetivo de preencher necessidades operacionais da FAB.

            Para participar da seleção o candidato deve ter entre 19 e 45 anos, ensino médio completo e curso técnico de nível médio de acordo com a formação profissional de interesse do Comando da Aeronáutica. A seleção será feita por avaliação curricular e inspeção de saúde, conduzida pelos Comandos Aéreos Regionais. As chances são para as áreas de administração, eletricidade, arrumador, enfermagem, eletrônica, informática, laboratório, manutenção de aeronaves, motorista, obras, pavimentação, radiologia e topografia.

            Os candidatos selecionados serão incorporados como terceiros sargentos e, se forem aprovados no o Estágio de Adaptação para Praças (EAP), passarão para o Quadro de Sargentos da Reserva de Segunda Classe Convocados (QSCon), por um ano. Caso o aprovado tenha interesse em permanecer na ativa, poderão ter o tempo de serviço prorrogado por mais um ano, a critério do Comando da Aeronáutica. O tempo máximo de permanência na ativa será de oito anos.

            O prazo de inscrições varia conforme a área escolhida. Para as funções de eletricidade, obras, pavimentação e topografia, as inscrições vão de 7 a 11 de julho. Os interessados nos cargos na área de administração, enfermagem, laboratório e radiologia devem fazer a inscrição do dia 14 a 18 de julho. Para as funções de arrumador, eletrônica, informática, manutenção de aeronaves e motorista as inscrições vão do dia 21 a 25 de julho.

            O edital não informa o valor da remuneração para os cargos. As inscrições devem ser realizadas presencialmente nos comandos aéreos regionais. Os endereços podem ser verificados no edital da seleção.

            CorreioWeb

              17 Comentários

              1. Jadiene Lima disse:

                Boa noite,
                Gostaria de saber se posso me escrever, tenho 18 ano mas completo 19 em outubro, e não conclui meu curso técnico em Radiologia, mas termino no começo do ano que vem, e se eu posso fazer como me escrevo?????
                Ficarei muito agradecida com suas informações, desde já agradeço!!
                Um grande abraço

              2. tasito thalito disse:

                sou cozinheiro do queque eu preciso para mim escrever ?

              3. Ubiratan disse:

                sou tecnico em radiologia, quais documentos preciso para me inscrever ?

              4. Marcos Mendes de Oliveira disse:

                Tenho o curso de Técnico em Segurança no Trabalho tenho possibilidades de concorre.

              5. Keylla Cristina disse:

                Terminei o curso tec. de radiologia agora pela escola tec. unp, posso ser um candidato a uma vaga?

              6. Maria Djaneide disse:

                Nossa só falta duas provas para eu concluir o ensino médio…pena que é só para quem tem o ensino médio completo….

              7. Rivaldo Teixeira Da Silva disse:

                Bom dia como eu faço para me escrever na vaga para motorista?

              8. junior barbosa disse:

                Faço o 5º período de ciências contábeis. poderia me candidatar para a área de administração?

                • Sharllon disse:

                  Não! Destina-se a pessoas que são possuidoras do diploma, para tal função que a FAB disponibiliza. Além do diploma, o candidato deverá apresentar experiência de trabalho. A FAB, só se interessa em pessoas que já atuam no mercado de trabalho, e possuem uma experiência válida para eles, que somam pontos para possível classificação.

                  No seu caso, não adianta estar cursando, estágio ou etc…

              9. kalebe disse:

                Boa tarde,lendo o edital,verifiquei que a vaga para manutenção de aeronáve é restrita para curso técnico de manutenção em aeronaves,desta forma eu tendo curso de mecânico de Automóveis pelo Ctgás e técnico em mecânica com crea ativo,não poderia me candidatar a vaga?

                • bruno disse:

                  Confesso que não sei lhe responder Kalebe

                • Sharllon disse:

                  Não!

                  Tente no Exército, pois sempre abrem vagas para mecânicos de auto, graduação de 3ºsgt. A necessidade do ExérciTo é bem maior que a da FAB. Creio que seu curso tem que ser de 1200hs aula, para poder se encaixar como 3ºsgt. Caso não tenha tantas horas de curso, poderá se inscrever para a graduação de CABO. Tire mais dúvidas pelo site da região que vc se localiza.

                • john disse:

                  me ajuda por favor onde esta o edital para baixar e preencher muito obg pela atenção

              10. Neilson disse:

                Estou cursando o 4º periodo de Tecnologo em Segurança no Trabalho, posso me candidatar ? ou somente para essas áreas que o site informa ? Fiquei bastante interessado nessas oportunidades.

              Carregar Mais Posts