Publicidade

Comando do 3º Distrito Naval abre inscrição para Praças Temporárias; 60 vagas em Natal

O Comando do 3º Distrito Naval está com inscrições abertas para o Processo Seletivo do Serviço Militar Voluntário (SMV) para Praças Temporárias. No total são 90 vagas distribuídas nos cinco estados que pertencem à área de jurisdição do 3º Distrito Naval: Rio Grande do Norte, Paraíba, Pernambuco, Ceará e Alagoas. O período de inscrições vai de 22 de janeiro a 12 de fevereiro.

Para concorrer é necessário possuir Ensino Fundamental com curso de Formação Inicial e Continuada (FIC) e nível Médio Técnico; ter 18 anos completos e menos de 45 anos (até 31 de dezembro do ano da incorporação); ser brasileiro nato ou naturalizado; apresentar registro no órgão fiscalizador da profissão a que concorre, quando existir, dentre outras condições previstas no Aviso de Convocação.

As oportunidades são para Marinheiros (Fundamental) e Cabos (Médio Técnico), com rendimentos brutos iniciais em torno de R$ 1.800 e R$ 3.100, respectivamente. Na área de jurisdição do 3º Distrito Naval, para prestação de Serviço Militar Voluntário como Cabo, há vagas para Enfermagem, Higiene Dental, Patologia Clínica, Eletrotécnica e Metalurgia. Enquanto isso, para prestação de Serviço Militar Voluntário como Marinheiro Especializado, há vagas para Motores e Marcenaria.

Das 90 vagas, são ofertadas 60 em Natal; 19 em Recife; 6 em Fortaleza; 4 em Maceió; e 1 em João Pessoa.

Inscrição

No ato da inscrição, o interessado deverá se candidatar a uma vaga no 3º Distrito Naval, já que o Processo Seletivo é regional e não nacional, como acontece nos concursos de carreira. Para se inscrever, é necessário acessar o site www.ingressonamarinha.mar.mil.br, clicar em “Serviço Militar Voluntário” no lado esquerdo do site e escolher o Distrito Naval correspondente a região desejada. A partir daí, poderá entrar no link da inscrição e o respectivo Aviso de Convocação. O valor da inscrição é de R$70,00.

Fases do Processo Seletivo

Os candidatos farão uma prova, com duração de três horas, com 50 questões objetivas divididas por Língua Portuguesa (25) e Formação Militar-Naval (25). A previsão é que a prova aconteça em 15 de abril de 2018. A bibliografia está indicada no próprio Aviso de Convocação. Após essa etapa, ainda haverá Verificação de Dados Biográficos, Inspeção de Saúde, Prova de Títulos (caráter classificatório), Verificação Documental, Designação à Incorporação e Incorporação.

As informações completas estão no Aviso de Convocação do 3º Distrito Naval.

Serviço

Processo Seletivo para Serviço Militar Voluntário – Praças

Site: www.ingressonamarinha.mar.mil.br

Inscrição: 22/01/2018 a 12/02/2018

enviar comentário
Publicidade

DST muito comum e pouco falada está se tornando resistente aos antibióticos e assustando os médico

Você já ouviu falar na Mycoplasma genitalium? Trata-se de uma infecção bacteriana sexualmente transmissível que tem se tornado cada vez mais comum.

Semelhante à clamídia, ela é, muitas vezes, assintomática, embora possa provocar desconfortos durante a micção em homens em mulheres. O problema maior, no entanto, é que a bactéria responsável pela doença está se tornado resistente a uma série de antibióticos, segundo informações da IFLScience.

Embora os sintomas, quando aparecem, sejam mínimos, a infecção pode desencadear complicações, como a Doença Inflamatória Pélvica (DIP), cervicite, uretrite, gravidez ectópica, epididimite, prostatite e infertilidade.

Em 2015, um estudo descobriu que cerca 1,2% dos adultos no Reino Unido, menores de 44 anos, estavam infectados com a bactéria, embora a maioria não apresentasse sintomas. Outro estudo recente estimou que cerca de 400.000 australianos, cerca de 2% da população do país, estão infectados com a mesma bactéria. Cientistas alertaram que os jovens adultos mais sexualmente ativos e com múltiplos parceiros sexuais estão em maior risco.

A Mycoplasma genitalium foi detectada pela primeira vez em 1981, embora nunca tenha recebido a mesma atenção que a clamídia, gonorreia e sífilis, por exemplo. Ela pode ser identificada por meio de exames de cultura de bactérias, a partir de amostras de urina.

Em relação às superbactérias, a Organização Mundial da Saúde afirmou, por meio de dois estudos, que a bactéria, bem como a responsável pela gonorreia, tem se tornado cada vez mais resistente à linha de antibióticos que atualmente possuímos.

A única forma de prevenir tais doenças ainda é pelo uso de camisinha durante o contato sexual, até que ambos se os parceiros tenham sido testados negativos para todas as DSTs.

Jornal Ciência via IFLScience / LifeStyle

 

enviar comentário
Publicidade

Corpo de Bombeiros alerta para prazos de regularização de eventos carnavalescos no RN

A data limite para apresentação da documentação é de dez dias antes da realização do evento temporário

Os organizadores de festas carnavalescas no Rio Grande do Norte precisam estar atentos aos prazos para apresentarem a documentação exigida pelo Corpo de Bombeiros Militar do RN (CBMRN), sob o risco de interdição do evento em caso de não-cumprimento das exigências estabelecidas. A Corporação alerta que os organizadores de eventos devem cumprir o que diz a Nota Técnica nº 01/17 que estabelece as condições mínimas necessárias à realização de eventos de reunião pública, eventos temporários, como o Carnaval, bem como outras providências a serem tomadas indispensáveis à segurança do público.

Segundo o Código de Segurança Contra Incêndio e Pânico do RN’, aprovado em 2017, os promotores de festas devem entregar toda a documentação exigida com pelo menos 10 dias antes da data prevista para realização do evento. Já aqueles que irão promover eventos pré-carnavalescos o prazo já está quase esgotado.

É considerado Evento Temporário, o evento destinado a reunião de público, em que haja a utilização de estruturas provisórias que necessitem de profissional habilitado para o seu projeto e/ou execução, tais como palcos, palanques, arquibancadas, camarotes e assemelhados, trios elétricos, geradores de energia, shows pirotécnicos, som e iluminação, parques de diversão, circos, instalações elétricas de baixa tensão, entre outros.

A fiscalização de um evento temporário, por parte do Corpo de Bombeiros Militar do RN, se dá em dois momentos: a análise do projeto de proteção contra incêndio e controle de pânico, e a vistoria do local.

Para obter melhores detalhes sobre a documentação exigida e os passos a serem seguidos para regularização da folia, o promotor de eventos deve comparecer ao Serviço de Atividades Técnicas (SAT) do Corpo de Bombeiros, situado no cruzamento das avenidas Jaguarari com Alexandrino de Alencar, em Natal, de segunda à sexta, das 8h às 13h.

As informações sobre a Nota Técnica nº 01/2017 que trata sobre a regularização de eventos pode ser obtida pela internet por meio do endereço eletrônico http://sistemascbm.rn.gov.br/serten/webroot/downloads/NT_01-Eventos_Temporarios-2017.pdf.

enviar comentário
Publicidade

Cérebro feminino é mais ativo do que masculino durante o sexo, indica pesquisa

De acordo com os pesquisadores, é possível que as mulheres respondam melhor aos estímulos visuais do que contatos físicos quando estão excitadas

A excitação feminina está longe de ser um assunto simples e uma pesquisa recente indica que essa é uma questão ainda mais complexa por estar diretamente ligada ao cérebro. Ao contrário do que muita gente pensava, a mente das mulheres trabalha muito mais quando elas estão excitadas do que a dos homens na mesma condição.

O estudo científico publicado no “Journal of Sexual Medicine” foi realizado por pesquisadores da Universidade McGil, no Canadá. Os estudiosos fizeram um experimento com 20 homens e 20 mulheres, entre 18 e 31 anos, mostrando pra eles cenas de filmes eróticos e, depois, cenas de uma série de comédia. Enquanto isso, cérebro de cada uma dessas pessoas era analisado por duas máquinas.

A primeira, de ressonância magnética, rastreava a estimulação dos cérebros, enquanto a segunda media os níveis de excitação através de uma câmera que buscava sinais de calor nos órgãos genitais dos participantes.

Os resultados foram comparados entre si e, embora a diferença entre o estímulo cerebral masculino e feminino não tenha sido muito grande, os cientistas conseguiram observar que as mulheres apresentavam níveis mais altos de atividade cerebral quando ficaram excitadas do que os homens.

“Talvez a classificação das mulheres sobre suas respostas à excitação sexual possa ser mais influenciada pelas características visuais dos estímulos eróticos do que suas respostas físicas”, afirmam os autores da pesquisa. “O achado foi inesperado porque a maioria das pesquisas anteriores sugeria que as correlações entre a resposta genital e a excitação eram mais fortes para os homens.”

Raciocínio mais rápido

Não é a primeira vez que a relação entre sexo e a mente humana é estudada. Pesquisadores das universidades de Oxford e Coventry, no Reino Unido, aplicaram testes de fala, visão, coordenação e memória em 73 pessoas para analisar a atividade cerebral de cada uma.

De acordo com a pesquisa, o grupo composto pelas pessoas que fazem sexo mais vezes ao mês teve resultados dois pontos percentuais mais altos que os das pessoas que afirmaram transar apenas uma vez, e quatro pontos percentuais mais altos do que os de quem disseram nunca fazer sexo.

Leia também: Sensação de prazer ao comer ou ouvir música favorita tem relação com sexo

Os cientistas ainda não estão certos a respeito do que faz a relação entre atividades sexuais e cerebrais existir, mas sugerem que ela pode estar ligada ao fato de que fazer sexo influencia a liberação de hormônios como dopamina e oxitocina, que transmitem sinais ao cérebro.

IG

enviar comentário
Publicidade

Diretor do Idema procura Polícia após ver seu nome usado por indivíduo

Rondinelle Silva Oliveira, diretor do Idema, informa que foi surpreendido nessa terça-feira(23), de que uma pessoa ainda não identificada tem agido de má fé e usado o meu nome por meio de ligações e mensagens telefônicas.

Diante da informação, procurou a Polícia Militar, e as providências para a identificação do indivíduo já estão sendo tomadas.

“Gostaria de deixar claro que continuo com o mesmo número de celular com final 6471, que já uso há alguns anos e que qualquer tentativa de contato, ligação ou mensagens através de outro número, deve ser desconsiderada”, alertou.

enviar comentário
Publicidade

João Pedro Stédile, do MST: “Quando passarem na frente do Bradesco, do Itaú, deem uma mijada na porta”; veja outras frases polêmicas “inflamadas” nesta terça

O Antagonista publicou nesta terça-feira(23) uma série frases polêmicas faladas por João Pedro Stédile, do MST, nesta terça-feira(23), em Porto Alegre. Confira abaixo:

“Eu já disse ao Lula: ‘Se inventarem de te prender, nós levaremos para São Bernardo 10 mil militantes, cercaremos o sindicato [dos Metalúrgicos do ABC] e lá não vai passar ninguém.”

João Pedro Stédile, do MST, para aos militantes e integrantes do MST:

“Quando passarem na frente do Bradesco, do Itaú, deem uma mijada na porta.”

O Antagonista ainda destaca que Stédile está dizendo que “os inimigos dos brasileiros” são “a burguesia, os capitalistas, os grandes bancos, o capital financeiro”.

O Antagonista

‘Se inventarem de prender Lula…’

‘Deem uma mijada na porta’

Comentários (5) enviar comentário
  1. sergio dias disse:

    Esse é psicopata igual ao ladrão Mor. Não trabalha, não dá um empurrão para resolver o problema dos sem terra. Esse projeto dos sem terra é o meio de vida dele e de muitos vagabundos petistas.

  2. djailson disse:

    esse pedro stedile trabalha? quem souber informe onde e ganhe uma viagem para dubai grátis
    tudo free kkkkk

  3. Juvenal disse:

    Interessante… Mas quando o Bradesco e Itaú doaram milhares de reais às campanhas do PT ninguém reclamou, né?

  4. Carlos disse:

    Típico de bandido!

Publicidade

Justiça Federal antecipa depoimentos de testemunhas de acusação da operação Manus, em denúncia suposta corrupção ativa e passiva na obra da Arena das Dunas

O Juiz Federal Francisco Eduardo Guimarães, que preside o Processo da Operação Manus, onde a denúncia aponta, supostamente, para denúncias de corrupção ativa e passiva na obra da Arena das Dunas, em Natal, antecipou os depoimentos das testemunhas de acusação.

Anteriormente, marcados para os dias 12 e 13 de abril, os depoimentos finais das pessoas arroladas pelo Ministério Público Federal serão nos dias 2 e 6 de fevereiro. Estarão prestando depoimento por videoconferência Alexandre José Barradas, Hilberto Mascarenhas Alves da Silva Filho, Benedicto Barbosa da Silva Júnior, Ricardo Pernambuco Júnior, Marcelo Bahia Odrebrecht, Claudio Melo Filho e Otávio Marques Azevedo.

Após a oitiva desses, serão marcados os depoimentos das testemunhas de defesa no processo que tem como réus Eduardo Cosentino da Cunha, Henrique Eduardo Lyra Alves, José Adelmário Pinheiro Filho, Fernando Luiz Ayres da Cunha Santos Reis, Carlos Frederico Queiroz Batista da Silva e Arturo Silveira Dias de Arruda Câmara.

Nesse processo já foram ouvidas 14 testemunhas de acusação.

Comentário (1) enviar comentário
  1. elvys disse:

    Parece resultado de vestibular, uma porrada de nomes, sendo que acusados de surrupiarem o dinheiro público, cadeia neles.

Publicidade

TCE determina bloqueio de contas do FUNFIRN e aumenta valor de multas por novos saques

O Tribunal de Contas do Estado (TCE/RN) determinou o bloqueio dos recursos referentes ao Fundo Financeiro do RN (FUNFIRN) e negou a aplicação da Lei Complementar Estadual nº 620/2018, que permitia o uso das aplicações financeiras mantidas com recursos da previdência estadual pelo Instituto de Previdência dos Servidores do Estado do Rio Grande do Norte. O Executivo também terá 30 dias devolver valores porventura sacados em razão da Lei Complementar 620/2018.

As multa impostas ao governador do Estado, em virtude de descumprimento das decisões do TCE, foram elevadas para R$ 14.272,55 por dia, em caso de novos saques no fundo financeiro, e R$ 10 mil por dia em caso de não devolução do que possivelmente já tenha sido utilizado. Os valores fixados em decisões anteriores eram de R$ 3 mil. O presidente do IPERN também poderá ser multado por descumprimento no valor de R$ 10 mil.

De acordo com o voto do relator, conselheiro Paulo Roberto Chaves Alves, aprovado por unanimidade na sessão do Pleno realizado nesta terça-feira (23), o Banco do Brasil e a Caixa Econômica Federal deverão ser notificados com urgência acerca da impossibilidade de utilização dos recursos financeiros aplicados em fundos de investimentos. A decisão acolhe integralmente representação assinada pelo procurador-geral do Ministério Público de Contas, Ricart César Coelho dos Santos.

O conselheiro Paulo Roberto Chaves Alves destaca no voto a resistência do Executivo em cumprir decisões anteriores da Corte de Contas. que também proibiam saques no fundo financeiro. “Deve-se registrar ainda a recalcitrância do Poder Executivo Estadual em cumprir a Decisão deste Tribunal até o presente momento, ao mesmo tempo que envia a Augusta Casa Legislativa Estadual projeto de lei que versa sobre o mesmo objetivo e com os mesmos fundamentos do conjunto legal já apreciado e negado sua aplicação por esta Corte de Contas no exercício de seu controle difuso de constitucionalidade”, disse.

“Não deve a administração pública sob o argumento da crise financeira, que reconheço, é patente e robusta, fazer uso de meios que se encontram à margem do pilar imprescindível da Federação e do nosso ordenamento jurídico, que é a Constituição Federal de 1988. Nem tampouco caminhar em senda distante de um dos seus princípios basilares, o princípio da legalidade”, apontou o relator.

 

enviar comentário
Publicidade

Guarda municipal em Natal prende suspeitos de roubo de carro e apreende arma de fogo

Agentes da Guarda Municipal do Natal (GMN) conseguiram na tarde dessa segunda- feira (22), prender duas pessoas suspeitas de roubo de veículo, apreender um revólver calibre 38 municiado e drogas. O homem identificado como Thiago Agne Alves e um adolescente foram detidos pelos guardas municipais quando buscavam atendimento médico na Unidade de Pronto Atendimento (UPA) do bairro Potengi, situado na zona Norte da capital.

A guarnição de patrulhamento da GMN foi acionada por populares que informaram a entrada na UPA de um homem vítima de disparo de arma de fogo. Quando os guardas municipais chegaram ao local visualizaram de imediato o automóvel modelo Fiat Siena, de cor prata que estava sendo conduzido pelos suspeitos. “O carro estava com várias marcas de tiros de arma de fogo, vidros quebrados, além de manchas de sangue no interior”, relatou um dos agentes.

Na abordagem os guardas municipais deram voz de prisão ao adolescente infrator e a Thiago Agne, que estava recebendo atendimento na UPA. O menor havia conduzido o veículo roubado com o comparsa baleado até a unidade de saúde e em seguida tentou se evadir do local, mas foi impedido por populares.

O veículo conduzido pela dupla tinha sido tomado de assalto hora antes. Na ocasião a vítima reagiu e houve troca de tiros, sendo vítima e suspeito baleados na ação. Dentro do carro os guardas encontraram um revólver calibre 38 com seis munições, sendo quatro intactas, uma picotada e a outra deflagrada, além do celular e da carteira de cédulas da vítima do assalto.

Thiago Agne Alves foi transferido sob vigilância policial para o Hospital Clóvis Sarinho para passar por cirurgia devido ao ferimento sofrido por arma de fogo. Já o menor infrator foi conduzido a Delegacia de Plantão da Zona Norte onde foi registrado o auto de apreensão em flagrante. O maior de idade vai responder por roubo, tentativa de homicídio e porte ilegal de arma de fogo. Já o menor responde por ato infracional análogo aos crimes citados anteriormente.

Um fato curioso relatado pelos guardas municipais é que o suspeito Thiago Agne Alves já havia sido preso em dezembro do ano passado numa ação realizada pelo patrulhamento ostensivo da GMN. Na oportunidade, ele foi preso sob suspeita de roubo de carro estando com outras três pessoas num veículo Fiat Toro clonado.

enviar comentário
Publicidade

FOTO: Deicor cumpre mandados contra investigado por roubos a bancos em 10 municípios no RN, PB e AL

A Divisão Especializada em Investigação e Combate ao Crime Organizado (Deicor) cumpriu dois mandados de prisão contra Roberto Menezes de Queiroz, investigado por ter participado de roubos a bancos, em 10 cidades, dos estados do Rio Grande do Norte, Paraíba e Alagoas. Roberto Menezes foi preso em flagrante no dia 02 de janeiro, por policiais militares do 9o. Batalhão de Polícia Militar quando estava circulando em Natal, juntamente com mais dois homens armados, em um veículo adulterado. No mesmo dia, policiais da Deicor conseguiram cumprir um dos mandados contra Roberto e na última sexta-feira (23), mais um mandado de prisão foi cumprido em seu desfavor.

De acordo com a Deicor, Roberto Menezes possui cinco mandados judiciais devido aos crimes cometidos pelo mesmo e tem procedimentos criminais abertos em todas os municípios. A investigação feita pela Divisão Especializada descobriu que ele atuou criminalmente nas cidades de Sítio Novo, São José do Mipibu, Goianinha, Touros, São Miguel, João Câmara e Canguaretama (Rio Grande do Norte); nas cidades de Belém e Malta (Paraíba) e na cidade de Novo Lino (Alagoas).

enviar comentário
Publicidade

Falta de informações do Governo atrasa votação de matérias na CCJ da ALRN

Foto: João Gilberto

 

Para dar celeridade à apreciação das matérias incluídas na pauta de convocação extraordinária da Assembleia Legislativa, a Comissão de Constituição, Justiça e Redação (CCJ) fez uma reunião ordinária, logo após a extraordinária, nesta terça-feira (23). No entanto, por falta de informações solicitadas ao Governo do Estado para o embasamento da apreciação e votação dos deputados, apenas um projeto foi votado: o que trata das diárias operacionais do sistema de segurança pública.

Relatado pela deputada Larissa Rosado (PSB), a proposta foi modificada com emendas, sendo a principal a que reduz a carga horária de oito para seis horas. O deputado Galeno Torquato (PSD) questionou que essa emenda já tinha sido vetada pelo Executivo, em matéria que tramitou no ano passado.

“Isso já foi vetado pelo Governo e segundo o líder da bancada se a emenda for incluída mais uma vez, será vetada. O mais importante é o aumento do valor da diária”, argumentou o deputado Galeno.

No contraponto, deputados da bancada de oposição afirmaram que era para o Governo ter esperado a apreciação do veto e não ter incluído uma nova matéria na convocação extraordinária. A matéria com as emendas segue agora para as comissões de Finanças e Fiscalização e de Administração, Serviços Públicos e Trabalho.

Por falta de informações até agora não encaminhadas pelo Governo, as mensagens 183/18 que dispõe sobre o regime próprio da Previdência e 050/18, que trata da Previdência Complementar dos Servidores, baixados em diligência pelo deputado Kelps Lima (Solidariedade) serão apreciadas amanhã (24). O deputado disse que se as informações não chegarem, o seu voto será pela inconstitucionalidade das matérias.

Também por falta de informações, a matéria da mensagem 159/18, que trata da renegociação de dívidas com o BANDERN e o BDRN, foi retirado da pauta

Participaram da reunião os deputados Márcia Maia (PSDB), Kelps Lima, Galeno Torquato, Albert Dickson (PROS), Larissa Rosado, José Adécio (DEM), Nélter Queiroz (PMDB) e Fernando Mineiro (PT).

ALRN

enviar comentário
Publicidade

Projeto da Potigás é aprovado com divergências sobre emenda e vai para plenário

O Projeto de Lei encaminhado pela mensagem governamental 186/18, que trata da autorização para o Estado alienar as ações representativas do capital social da Companhia Potiguar de Gás (POTIGÁS), foi aprovado nesta terça-feira (23) em reunião extraordinária da Comissão de Justiça e Redação (CCJ).

A matéria já tinha sido apreciada na Comissão, mas voltou para nova votação, pelo fato de ter recebido uma emenda encartada na Comissão de Finanças e Fiscalização (CFF), pelo deputado George Soares (PR), garantindo aos empregados públicos efetivos da Companhia a permanência no emprego, mesmo após a alienação das ações.

Em seu parecer na reunião desta terça-feira, o relator deputado Galeno Torquato deu o seu parecer pela inconstitucionalidade da emenda. Na votação não houve consenso.
Quatro deputados acompanharam o relator, pela inconstitucionalidade e dois foram contrários ao relator. Como não houve unanimidade a matéria segue para votação final em plenário.

“A matéria já tinha tramitado em todas as comissões e voltou para a CCJ em função da emenda encartada na Comissão de Finanças e Fiscalização. As opiniões foram divergentes e agora a decisão, de acordo com o regimento da Casa será do plenário que apreciará o projeto original e a emenda”, disse a deputada Márcia Maia (PSDB), presidente da CCJ.

Participaram da reunião os deputados Kelps Lima (Solidariedade), Galeno Torquato (PSD), Márcia Maia, Albert Dickson (PROS), Larissa Rosado (PSB) e José Adécio (DEM).

ALRN

enviar comentário
Publicidade