Filho de Rosalba pede exoneração da gestão da mãe

O secretário Carlos Eduardo Ciarlini, chefe do Gabinete Civil, justificando a necessidade de se dedicar a projetos profissionais na sua área de formação, anuncia o pedido de exoneração do cargo.

De acordo com ele, novas demandas profissionais surgiram recentemente e o fizeram analisar e decidir sobre a saída, considerando a impossibilidade de conciliar a Secretaria com a atividade profissional. “É uma decisão complicada, mas que acredito ser a correta, tendo em vista que o Gabinete Civil requer dedicação exclusiva.

Em função de recentes perspectivas profissionais, decido dar prosseguimento a minha carreira na publicidade e marketing, consciente que haverá uma substituta qualificada que continuará dando o suporte necessário à prefeita no Gabinete Civil”, afirmou.

A prefeita Rosalba Ciarlini recebeu o pedido e disse que lamenta a decisão, mas se mostra compreensiva com a situação.

A servidora Edna Paiva, atual ouvidora do Município, substituirá o secretário na Chefia de Gabinete Civil.

Publicidade

Comentários:

  1. FRASQUEIRINO disse:

    NEPOTISMO. Medo do Ministério Público!

  2. Impertinente disse:

    Sendo isso praticamente uma regra, me respondam porque a indignação apenas com uns e com outros pode?
    Qual é a lógica e a regra?
    Amigo meu não tem defeito e inimigo, se não tiver eu boto!

  3. M. D. R. disse:

    Claro que é NEPOTISMO…

  4. Carllos Henrique disse:

    Acho que ficaria feio ele produzir peças de propaganda para a gestão da mãe dele sendo filho, secretário e dono da agência.

  5. henrique disse:

    Ele saiu por causa de denuncias do Ministério Publico/Nepotismo, todo filho de rico e politico vira empresário.

    • Gutierres disse:

      Todo filho de rico e politico vira empresario? O que tem haver com a noticia e com nepotismo? É crime virar empresário?

    • Helio Motta disse:

      As custas de trabalhos conseguidos e pagos graças a posição de mainha ou painho?