FOTO: DHPP prende suspeito por homicídio em Natal; desavença entre torcidas rivais motivou crime

Policiais Civis da Divisão de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) prenderam em flagrante, nesta quinta-feira (20), Pedro Lucas Fernandes de Oliveira, conhecido como “Açúcar”, 26 anos, por porte ilegal de arma de fogo e falsidade ideológica, no bairro Cidade da Esperança em Natal. Pedro Lucas estava com um revólver calibre 32 e se apresentou com nome falso para a polícia. Além disso, ele também foi preso em cumprimento a um mandado de prisão preventiva como suspeito por um homicídio e foi ouvido como suspeito de um duplo homicídio.

Pedro Lucas é apontado como o responsável pelo homicídio de Bruno César Moreira de Sousa, ocorrido no dia 24 de setembro de 2016, o crime aconteceu após uma desavença motivada por eles serem de torcidas organizadas rivais. Ele também é investigado pelo duplo homicídio de Iraneide Silva dos Santos, conhecida como “Galega”, e de seu namorado Andrelly Silva de Sousa, eles foram mortos no dia 11 de fevereiro no bairro Pajuçara. O casal foi encontrado com os corpos queimados. Iraneide Silva já estava morta e Andrelly Silva foi levado ao hospital mas não resistiu aos ferimentos.

De acordo com a investigação da DHPP, Pedro Lucas seria relacionado com o segundo crime devido a um acerto de contas, uma vez que no mesmo dia do duplo homicídio, o pai de Pedro Lucas cometeu suicídio após ter sido expulso de casa motivado por ter um relacionamento extraconjugal com a Iraneide Silva. O delegado Franklin Nascimento esclareceu que Pedro Lucas foi apenas ouvido como um suspeito, as investigações ainda estão sendo realizadas.

Publicidade

Comentários: