Gestão de Rosalba em Mossoró é destaque na Folha por empregar muitos parentes na administração

Na pequena Montadas, cidade de 5.000 habitantes no agreste da Paraíba, quem tem o sobrenome Souza pode se considerar um felizardo.

Na gestão de Jonas de Souza (PSD), que acaba de tomar posse na prefeitura, sete dos nove secretários têm o mesmo sobrenome do prefeito. Todos parentes: a mulher, três irmãos, um tio e dois primos.

“É meu nome que está em jogo. Busquei pessoas capacitadas em quem eu realmente confio”, justifica Souza.

Assim como ele, outros prefeitos recém-empossados nomearam parentes para assumir secretarias. Por ser considerada uma nomeação política, a prática é permitida, de acordo com súmula do STF (Supremo Tribunal Federal).

As nomeações para a chefia de pastas aconteceram em cidades de médio porte, como Mossoró (RN) e Itabuna (BA), e em municípios menores. E contemplaram sobrenomes tradicionais da política, como os Rosado (RN) e os Donadon (RO).

Ex-governadora do Rio Grande do Norte entre 2011 e 2014, Rosalba Ciarlini Rosado (PP) assumiu a prefeitura de Mossoró nomeando parentes em 4 das 14 secretarias.

Carlos Eduardo Ciarlini Rosado virou secretário-chefe do Gabinete Civil e Lorena Ciarlini Rosado assumiu a pasta de Desenvolvimento Social. Ambos são filhos da prefeita.

Também foram contemplados parentes de outros políticos da família. Lahyre Rosado Neto, filho da ex-deputada Sandra Rosado, prima da prefeita, assumiu a pasta de Desenvolvimento Econômico. Para a Agricultura, foi nomeada Katherine Rosado, mulher do deputado federal Beto Rosado, sobrinho de Rosalba.

Em Rondônia, o clã Donadon vive situação semelhante em Vilhena, com a posse de Rosani Donadon (PMDB), mulher do ex-prefeito Melquisedeque Donadon.

A família ficou conhecida nacionalmente depois de Natan Donadon (então no PMDB), cunhado da nova prefeita, se tornar o primeiro deputado federal preso no exercício do mandato, em 2013. Ele responde por peculato.

O outro cunhado, Marcos Donadon, está foragido da Justiça desde abril de 2016 sob acusação de peculato. Mesmo assim foi um dos principais financiadores da campanha de Rosani, com uma doação de R$ 12 mil.

Ao tomar posse, a prefeita nomeou parentes para 5 das 16 secretarias da sua gestão. Dois deles são irmãos de seu marido: Raquel Donadon assumiu a Educação e Josué Donadon, a secretaria de Obras. Também ganhou uma vaga o irmão da mulher de Marcos Donadon, Rogério Medeiros, na Agricultura.

Outros dois secretários são parentes da própria prefeita: a irmã Ivete Pires assumiu a pasta de Integração Governamental e o sobrinho Sérgio Nakamura, a Fazenda.

FOLHAPRESS

Publicidade

Comentários:

  1. Fernando Antonio disse:

    Ela está certíssima. Se eu estivesse no lugar dela faria o mesmo.

  2. Newton Anthony. disse:

    Como de praxe, cada qual no seu quadrado. O nepotismo, aqui, ali e acolá, sempre falou mais alto. Sim, o povo. Que povo? Pobre povo e/ou povo pobre? É, o povo sempre decidiu e decedirágua esse jogo de puro azar.

  3. José Brito Neves disse:

    Matheus, primeiro os meus !!!

  4. Edineide disse:

    Não vejo nada de anormal nisso,porque desde que eu entendo de política isso sempre existiu, qualquer que estiver no poder também colocaria a sua família.

  5. Edicleide disse:

    O inportante é fazer uma boa gestao

  6. Curioso disse:

    Tudo em casa fica mais fácil…
    Tudo de casa fica melhor…
    Tudo dominado não tem para onde escapar…
    Viva a Rosa…

  7. Ojuara disse:

    Fora o marido que é o "primeiro ministro'

  8. Soriedem disse:

    Como diria o poeta de Brejo do Cruz: ê, ô, ô vida de gado, povo marcado, povo feliz!!

  9. Val Lima disse:

    Apesar de ser imoral, a Lei permite…

  10. #MITO NELES disse:

    esse povo de mossoró não aprende !! absurdo, essa mulher não era para ser nem líder de conselho comunitário. Cada povo tem o governante que merece.

    • Janiel disse:

      Não sei se vc conhece Mossoró pra ter esse pensamento acho que não pois se conhecer realmente saberia que rosalba foi a melhor prefeita que Mossoró ja teve
      Faça o seguinte estude mas antes de da opniao sobre oque vc não conhece ta

  11. ANTONIO FELIX NETO disse:

    Nepotismo.

  12. Isabel disse:

    Mais a família no governo não pode ser ? Cada pessoa de mossoro tem o governo que merece ! Nepotismo

  13. Potyguar disse:

    Cada povo com o governo que merece . Mossoró, historicamente, é um exemplo clássico dessa máxima.
    Capitanias hereditárias e só.