Governo pagou R$ 2,4 bilhões a alvos da Lava Jato

Alvo da Operação Lava Jato desde o fim de 2014, as principais empreiteiras investigadas pela força-tarefa receberam cerca de R$ 2,4 bilhões do governo federal nos últimos dois anos, segundo levantamento feito pelo jornal O Estado de S. Paulo no Portal da Transparência. O valor inclui repasses a obras que estão na mira da Polícia Federal e do Ministério Público Federal por suspeita de superfaturamento, fraude contratual e corrupção, entre outras irregularidades.

Desse total, R$ 752 milhões foram pagos à Odebrecht e R$ 101 milhões à Camargo Corrêa, as duas que até o momento fecharam acordos de leniência com o poder público. Ao assinar a leniência, as empresas reconhecem crimes e pagam multas com o objetivo de preservar a autorização de contratar com a administração pública. As outras empresas investigadas por integrar o cartel na Petrobrás ainda negociam acordos como o firmado no mês passado pela Odebrecht. A empreiteira, com a Braskem – seu braço petroquímico -, se comprometeu a pagar indenização de R$ 5,3 bilhões no Brasil.

Os pagamentos do governo às empresas, no entanto, vêm caindo desde 2014, quando a Lava Jato foi deflagrada. A operação começou em março daquele ano, mas só chegou às empreiteiras em novembro. Em 2014, as construtoras receberam R$ 3,4 bilhões. Em 2015, a cifra caiu para R$ 1,4 bilhão. No ano passado, foi R$ 1 bilhão.

A queda se deve não só ao escândalo de corrupção, que inibiu a celebração de novos contratos públicos com as empresas, mas também à recessão econômica, que fez encolher os investimentos do governo em infraestrutura. Outro motivo é que algumas das empreiteiras investigadas, mergulhadas em aguda crise financeira, não têm conseguido tocar empreendimentos pactuados com o governo com a mesma velocidade e, por isso, vêm recebendo menos.

Veja matéria completa do IG AQUI

Publicidade

Comentários:

  1. Junior pinheiro disse:

    Quer dizer, é só pagar e continuar contratando! !!????? Que país é esse? ???!!!!!

  2. Josimar Guedes disse:

    Bruno, boa noite! Quero fazer uma denúncia, para ser publicada no blog, sobre a falta de coleta seletiva na Redinha Nova, que devido a falta da coleta, as ruas, vias e a avenida Litorânea, fica cheia de lixo, com acúmulos grande de lixo, trazendo a proliferação de insetos, como mosquitos, baratas e ratos. E aproveitando para denunciar a falta de iluminação publica dos postes da Av. Litorânea, e das Ruas Piaba, Búzio, Alaga Mar, Dourado, Peixe Rei, e Chareu. Estou com as fotos, gostaria do email para enviar… Josimar Guedes/ Assistente Jurídico, Morador da Rua Piaba, 224, Redinha Nova, Extremoz-RN.