Médico de Marisa Letícia pede punição de colegas zombeteiros

O doutor Roberto Kalil Filho dá entrevista em frente do Hospital Sírio Libanês em São PauloO cardiologista Roberto Kalil Filho, médico do ex-presidente Lula e de Marisa Letícia, criticou o comportamento dos colegas que vazaram e comentaram, com escárnio, informações sigilosas sobre o estado de saúde da ex-primeira-dama durante o período em que ficou internada no Hospital Sírio-Libanês.

O caso revelado pelo jornal carioca O Globo, foi tema de artigo publicado pelo médico no jornal Folha de S. Paulo deste domingo. No texto, Kalil afirmou que a atitude dos profissionais foi uma afronta à dignidade humana e pede a punição dos envolvidos.

Publicidade

Comentários:

  1. Dedé disse:

    Sem sombra de dúvidas, faltaram com respeito a vida, a dignidade humana, mas o que devemos dizer do velório, da fala enlameada nos discursos, das afirmações declaratórias de responsabilidade pela morte da velada? Isso é tudo normal? Então isso pode e outras coisas não?

  2. Steve Junior disse:

    Zombeteiros nada, são sim fascistas, sem ética, deformidade humana, isso sim!

  3. Roberto disse:

    Se fosse um pobre um pobre doutor, o senhor estaria fazendo essa palhaçada que o senhor está fazendo, tava não safado porquê o pobre não chega nem na porta desse hospital, deixe de ser covarde querendo prejudicar um profissional dá sua área médica pra agradar um bandido.

  4. Flauberto Wagner disse:

    As posições políticas partidárias nunca e em tempo deve instrumento para a quebra da ética e do decoro profissional, no caso em tela por mais que as figuras envolvidas tenham contas ajustar com o povo e justiça brasileira, os médicos com suas atitudes comportamentais e desrespeitosas ultrajaram não só o juramento de Hipocrates mas acima de tudo o respeito pelo próximo em um momento de dor e de luto. Tenho muitas e muitas aversões a Lula e sua turma acho e espero que sejam punidos em conformidade com a lei, agora jamais e em tempo nenhum eu usaria de um expediente menor por meros posicionamentos políticos. Acabei de ler na integra o texto de Dr. Kalil Filho e concordo plenamente no que tange ao comportamento humano e seus bestiais momentos de falta de lucidez e de afrontamente a dignidade humana. É chegado o momento de fazermos a separação da familia e da política partidária.

  5. Alexandre disse:

    Eu concordo com o médico tem que ter a ética profissional a médica tem que sofre punições ninguém pode passar uma situação clínica para um grupo de wats dos amigos de faculdade.

  6. Osmir monte disse:

    Uma vergonha e falta de ética. Tem que ser devidamente apurado na forma da lei. Uma falta de respeito com a família dá paciente.

  7. carlos augusto disse:

    Zombateiros? É essa a classificação que o blog define esses médicos sem ética e fascistas?