Mulher corre atrás de doador de esperma e se casa com ele

Aminah Hart casou com o doador de esperma de sua filha, Leila

A vida de Aminah Hart parecia não fazer mais nenhum sentido após ela perder seus filhos Marlon, com apenas 14 semanas, e Louis, de 1 ano. Os dois morream por conta de uma doença genética chamada miopatia miotubular, segundo o site “Metro”.

Aos 42 anos, ela decicidiu fazer uma inseminação artificial e, em agosto de 2014, deu à luz Leila. Mas, como Aminah já havia crescido sem pai e não queria o mesmo para sua filha. Foi aí que decidiu ir atrás do doador do esperma que usou na inseminação.

O doador, Scott Andersen, havia dito à clínica de fertilização que estava disposto a atender uma criança nascida através de suas doações.  Aminah buscou os dados do doador na clíninca e, 1 ano após o nascimento de Leila, os pais se reuniram pela primeira vez em Melbourne, na Austrália.

“Foi mais fácil do que imaginava. Eu estava nervosa, andando para encontrar um estranho e eu ainda tinha filho genético dele em meus braços”, disse Aminah. Ela ainda contou ao jornal que logo de apaixonou pelo pai biológico de Leila. E o sentimento foi correspondido.

Casamento

Em dezembro de 2015, Aminah e Scott resolveram se casar em uma cerimônia na praia, diante de 130 amigos e da família. “Foi totalmente espetacular. Vista para o mar, e soprava um vento absoluto”, lembra Aminah.

A história virou livro 

A bela história de amor entre Aminah Hart e Scott Andersen foi transformada em um livro, “Como eu encontrei seu pai”. Além disso, está prevista para virar um filme também.

IG

Publicidade

Comentários: