Por ordem do chefe, Moraes empurra crise para o Amazonas

Enfim, um episódio em que Alexandre de Moraes não queimou seu filme com o chefe nem foi determinante para agravar uma crise já existente.

Na avaliação do Palácio do Planalto, o ministro da Justiça, conhecido por dar dores de cabeça a Michel Temer, vem se saindo bem nos dias seguintes à tragédia ocorrida no presídio de Manaus.

Assim que o governo soube do massacre, Temer pediu que Moraes atuasse para jogar o problema no colo do governo do estado. Moraes entendeu e, desde então, não toca no assunto sem mencionar que sua pasta não foi acionada para evitar um plano de fuga que já era de conhecimento das autoridades locais.

Publicidade

Comentários:

  1. Blue disse:

    Governo federal perdidinho.

  2. OBSERVADOR disse:

    LEMBRAR QUE JÁ LI LIVROS TEUS, QUE DECEPÇÃO DE DOUTRINADOR…

    • Curioso disse:

      Escrever é fácil; cumprir o que se escreve, nem tanto…
      Falar é fácil; proceder no que se fala, nem tanto…
      Ensinar é fácil; praticar o que se ensina, nem tanto…

  3. Curioso disse:

    Filho feio não é meu não…