Assassinato

Publicidade

Desembargador do TRF determina prisão domiciliar para o contador de Edvaldo Fagundes

O desembargador Francisco Wildo, do Tribunal Regional Federal de Recife (PE), determinou há poucos instantes que o advogado Tupinambá de Paiva Carvalho, preso desde sexta-feira, 17, na Cadeia Pública de Mossoró, seja colocado em prisão domiciliar imediatamente.

Tupinambá foi preso por ser contador da família de Edvaldo Fagundes. Conforme o Ministério Público Federal, ele fazia parte núcleo administrativo do que eles classificaram como “organização criminosa” que deixou rombo de meio bilhão nos cofres públicos.

O contador, que também é advogado, tem quadro de saúde muito debilitado, em função do tratamento à base de quimioterapia. Segundo seus advogados, para se fazer este tipo de tratamento a imunidade do corpo baixa muito, sendo uma forte ameaça a vida dele no caso de ficar preso num local totalmente insalubre, como se trata da Cadeia Pública de Mossoró.

Dos outros nove presos na terceira fase da Operação Salt III, dois continuam foragidos (Edvaldo Fagundes de Albuquerque e o filho Rodolfo Leonardo Soares Fagundes de Albuquerque) da justiça.Estão sendo procurados pela Policia Federal.

Os outros sete presos, incluindo filhos e gerentes de Edvaldo Fagundes continuam presos na Cadeia Pública de Mossoró e no Centro de Detenção Feminino do Centro Penal Agrícola Doutor Mário Negócio. Aguardam decisões da Justiça para esperar julgamento em liberdade.

Com relação ao contador e advogado Tupinambá de Paiva Carvalho, a Justiça Federal em Mossoró já havia negado o pedido de prisão domiciliar, apesar de ter sido alegado com provas que ele tem cateter implantado para aplicar medicação, com alto risco de infecção, agendado para este dia 20, em Mossoró. Na tarde deste sábado, 18, o desembargador Francisco Wildo recebeu os argumentos e determinou prisão domiciliar de imediata.

Tupinambá de Paiva Carvalho deve sair da prisão a qualquer momento. Deve atender a uma série de exigência da Justiça Federal, como não se ausentar da Comarca de Mossoró sem antes ter a permissão da Justiça Federal, entre outras exigências de praxe neste tipo de decisão.

Mossoró Hoje

enviar comentário
Publicidade

Governador apresenta potencialidades do RN no maior encontro de empresários do Brasil

Começou neste sábado, 18, o 14º Fórum de Comandatuba, na Bahia, com políticos e empresários influentes de todo o Brasil. O governador Robinson Faria, que já está no local do evento, fará uma explanação amanhã sobre as potencialidades e atratividades do Rio Grande do Norte.

O evento é promovido pelo Grupo de Líderes Empresariais (LIDE), que reúne empresários em nove países e quatro continentes. Atualmente conta com 1.600 empresas filiadas (com as unidades nacionais e internacionais), o que representa 52% do PIB privado brasileiro.

O Fórum de Comandatuba debaterá nesta edição “O Papel dos Líderes no Desenvolvimento Econômico e Social na América Latina”, com a presença dos ex-presidentes Fernando Henrique Cardoso (Brasil), Vicente Fox (México), Luis Alberto Lacalle (Uruguai) e Jorge Quiroga (Bolívia).

“O Rio Grande do Norte não poderia ficar de fora desta discussão tão importante para o avanço econômico do Brasil e da América Latina. As empresas privadas têm a força de alavancar a economia de uma região, mas antes temos que torná-la atrativa ao empresariado. E é isso que pretendemos fazer em nosso Estado”, destacou o governador Robinson Faria, que ficará no evento até o domingo, 19.  O Fórum segue até o próximo 21 de abril, no Hotel Transamérica Ilha de Comandatuba.

 

enviar comentário
Publicidade

Jornalista Everaldo Lopes homenageado pela FNF

Aposentado em 2015, o jornalista Everaldo Lopes será o homenageado na Copa Rio Grande do Norte, o segundo turno do Campeonato Potiguar. O troféu de campeão levará o seu o nome e pode ser entregue neste domingo, no jogo entre América e ABC, na Arena das Dunas. Para isso, basta a partida terminar empatada ou o ABC vencer o jogo.

Everaldo trabalhou na imprensa esportiva por 55 anos. “É, sem dúvida, um dos maiores nomes da imprensa esportiva em todos os tempos. Essa homenagem é uma pequena retribuição aos serviços prestados em favor do futebol potiguar”, destaca o presidente da FNF, José Vanildo.

Lopes se consagrou na Tribuna do Norte, onde trabalhava diariamente até 2015. O cronista fez sucesso com a sua coluna “Apito Final”.

enviar comentário
Publicidade

Em longo documento, Rui Falcão ataca adversários do PT

rui

O presidente nacional do PT, Rui Falcão, divulgou, nesta sexta-feira (17), um documento produzido por ele e por outros dirigentes do partido no qual fez duros ataques à oposição e exaltou conquistas dos governos de Luiz Inácio Lula da Silva e Dilma Rousseff.

No texto, de sete páginas, Falcão assegura que assume todas as responsabilidades sobre ele e faz duros ataques à oposição, enfatizando, num primeiro momento, que o PT não se tornou alvo por seus erros e, sim, pelas políticas sociais que criou durante os governos de Luiz Inácio Lula da Silva e de Dilma Rousseff. Ao mesmo tempo, no entanto, admite que o momento requer que se faça uma autocrítica, pois o PT se igualou a seus pares.

“Não podemos ignorar que nossas falhas e insuficiências políticas também contribuíram para desgastar a imagem do partido, que passou a ser visto por muitos como uma legenda igual às outras, em descompasso com a sua história profundamente inovadora e com as expectativas que sempre despertamos na sociedade”, diz o texto. “Para corrigir tais falhas sem abrir mão das enormes conquistas sociais que obtivemos e continuar impulsionando o País no rumo da prosperidade e da Justiça, é preciso fazer uma reflexão autocrítica e enfrentar com humildade e coragem os desafios atuais – como o PT sempre foi capaz de fazer ao longo de sua caminhada.”

O documento ainda sustenta que o PT, desde que foi alçado ao poder em 2002, enfrenta uma campanha dos maiores veículos de imprensa do País, citando o Mensalão, em 2005, como exemplo.

“Nenhum outro partido sofreu uma campanha de desmoralização tão furiosa quanto a que se fez contra o PT ao longo daquela ação penal. Nada se fez, minimamente comparável, em relação a escândalos como a corrupção nas obras do Metrô nos governos do PSDB de São Paulo, ou do desvio de dinheiro público para campanhas eleitorais do PSDB e do DEM na Lista de Furnas e nos chamados mensalões de Minas e do Distrito Federal”, protesta o escrito.

Mais tarde, quando o tema corrupção é abordado, os petistas defendem que os mecanismos de combate à corrupção tiveram autonomia nos governos petistas, o que não ocorreu na Era Fernando Henrique Cardoso.

“Nosso compromisso de combater a corrupção nunca foi abstrato. Afirmamos, na prática, o princípio constitucional da autonomia do Ministério Público, respeitando as indicações para o cargo de Procurador-Geral da República definidas nas eleições da Associação Nacional do Ministério Público. Recorde-se que o procurador-geral do governo do PSDB arquivou 217 inquéritos criminais envolvendo autoridades e engavetou outros 242, de um total de 626 denúncias recebidas. Por isso era chamado, com toda razão, de engavetador-geral da República”.

Raiz do mal e a Lava Jato
O texto trata as doações de campanha feitas por empresas aos partidos como a raiz dos problemas de corrupção do País, da qual só o PT vem sendo criminalizado.

“A raiz do mal já poderia ter sido extirpada, desde 2014, se tivesse sido respeitada a vontade dos seis ministros do Supremo Tribunal Federal que votaram pela inconstitucionalidade do financiamento empresarial, em ação proposta pela Ordem dos Advogados do Brasil. O entendimento da maioria, no entanto, foi sobrestado pelo pedido de vistas de um único ministro, que vem manobrando declaradamente há mais de um ano para manter o status quo”,diz o texto numa crítica ao ministro do Supremo Gilmar Mendes, que há mais de um ano ainda não definiu o voto vista sobre a questão.

IG

enviar comentário
Publicidade

RN disputa implantação de centro de vôos internacionais e nacionais no Nordeste

Esta semana o mercado de aéreas do Nordeste brasileiro foi surpreendido com a notícia de que o Grupo Latam Airlines, formado pelas companhias LAN e TAM implantará um centro de voos internacionais e nacionais – conhecido como hub – na região Nordeste. E apenas três cidades estão na disputa: Natal, Fortaleza e Recife. A capital vencedora será beneficiada com voos diretos para países da América do Sul e Europa.

Diante dessa notícia, o governador Robinson Faria já entrou em contato com a presidente e o vice-presidente comercial da TAM Airlines, Cláudia Sender e Basílio Dias, respectivamente, para agendar reunião. A intenção é apresentar as vantagens tanto técnicas do novo Aeroporto Internacional Aluízio Alves, quanto os benefícios da geografia privilegiada da capital potiguar, localizada na esquina do Continente e mais próxima da Europa.

“Estamos confiantes de que Natal tem total capacidade para sediar esse hub. Os critérios de localização geográfica, infraestrutura aeroportuária, potencial de desenvolvimento e competitividade de custos se encaixam perfeitamente no que temos a oferecer”, frisa o titular da pasta estadual de Turismo, Ruy Gaspar. “Fundamentalmente temos o melhor aeroporto, localizado em área de franca expansão, e a melhor localização geográfica”, ressalta.

Ele e o governador estiveram no escritório da TAM em são Paulo, no mês de fevereiro, para oferecer a redução do ICMS no querosene de aviação. “O Rio Grande do Norte não só é o Estado com maior capacidade de desenvolvimento, como também o de turismo mais ascendente e um aeroporto com capacidade de expansão até 70 milhões de passageiros, correspondente ao aeroporto de Madrid (Espanha)”, acrescenta o secretário.

Ruy Gaspar lembrou ainda que o Aeroporto Aluízio Alves é o único entre os três equipamentos aeroportuários em disputa com possibilidade de acrescentar mais uma pista de pouso e decolagem com a mesma dimensão da atual. “É importante lembrar que apenas com esse novo aeroporto Natal foi lembrado pelo Grupo Latam. Se mantivéssemos o antigo aeroporto Augusto Severo não haveria a menor chance”, conclui Ruy Gaspar.

A previsão de escolha da capital que sediará o novo hub é até o fim deste ano. Logo em seguida tem início a implementação do centro. A estimativa é que o início das operações ocorra em dezembro de 2016. As operações do novo hub serão realizadas com a frota que o Grupo Latam já tem contratada. Os destinos à América do Sul, Europa e Brasil serão definidos ao longo do processo de implementação.

enviar comentário
Publicidade