Publicidade

Fim de semana com pelo menos 40 veículos roubados no RN

Mais um fim de semana de insegurança foi registrado no Rio Grande do Norte. Pelo menos 40 veículos foram roubados. Somente na Grande Natal, no domingo, 10 registros de roubos foram informados nas delegacia de plantão.

Segundo informações até o início desta segunda-feira(22), o fim de semana registrou o roubo de 18 carros e 22 motocicletas.

Comentários (3) enviar comentário
  1. MB disse:

    Só faço o seguro básico: contra roubo, e nada mais!

  2. Valter Câmara Figueiredo disse:

    É O RN se superando a cada semana, isso que é progresso e desenvolvimento.

  3. JCabral disse:

    Ou nossos governantes tomam uma atitude, liberando o porte de armas, para quem realmente quer ter o direito de se defender, ou teremos um aumento muito alto dos seguros por parte das seguradoras…

Publicidade

Fim de semana com 22 mortes violentas no RN

O Rio Grande do Norte contabiliza mais um fim de semana violento. No cômputo geral, até o fim da noite de ontem (14/05/2017) foram 910 CVLIs no RN. Os dados apontam para um aumento de 29,63% em relação a 2016. Os dias mais violentos foram, respectivamente, domingo com 10 ocorrências (45,45% do total) e o sábado com 9 CVLIs (20,91% do total), seguidos da sexta-feira com 3 CVLIs (13,64% no período).

Nos locais onde ocorreram os CVLIS neste último final de semana, foram registrados: 11 em vias públicas (50%); 5 dentro de residências (22,73%); 2 em frente à residências (9,09%). As demais, contaram com 1 ocorrências cada: bares e festas (4,55%); bares e festas (4,55%) beira-rios e mangues (4,55%); povoados e sítios (4,55%); e terrenos baldios (4,55%).

Veja mais informações aqui

Com informações do Blog Castelo de Cartas, via OBVIO

Comentários (3) enviar comentário
  1. Abel disse:

    Ta difícil!

  2. Toninho disse:

    Uma vergonha ! O estado mais violento do Brasil e Natal a cidade mais violenta do Brasil !
    Recomendo não virem para Natal, pois tem muitos bandidos e não existe segurança.

  3. guga disse:

    Venham, turistas, conhecer as maravilhas do RN! Mas cuidado pra não morrer!

Publicidade
Publicidade

Confira a programação do Parque das Dunas neste fim de semana

No palco do Dançando nas Dunas do próximo sábado (13), às 16h30, o grupo Passurbano com o espetáculo “Boombox”, apresenta o começo de uma geração de artistas de danças urbanas, iniciando vários conceitos e ideologias da cultura hip hop. Nessa obra, dirigida por Anderson Leão e Ariadna Medeiros, fala-se de liberdade sob a visão muitas vezes marginalizada da dança.

Ariadna Medeiros, Bboy Versat e Dallianne Santos são células do corpo de uma boombox, que alimenta e nutre a energia que produz e reproduz um organismo vivo em movimento. Células que compõem uma história, um percurso, com produção de Celso Filho e figurinos criados pelo próprio grupo.

No domingo (14) às 16h30, o Som da Mata abrirá a programação do II Festival Manoca Barreto, evento que produz um intercâmbio artístico e cultural entre professores universitários do Brasil e Estados Unidos. Não poderia ser de outra forma, pois o homenageado e saudoso professor, guitarrista e amigo Manoca, um dos maiores músicos do Rio Grande do Norte e pioneiro na inserção da música popular no contexto da Escola de Música da UFRN foi o primeiro músico a subir no palco do Som da Mata.

Coordenado pelo professor Cleber Campos, o evento ocorrerá entre os dias 14 e 18 de maio e visa promover a música instrumental através de oficinas, ensaios abertos, mesas redondas e concertos “jazzísticos”, ofertados gratuitamente para toda a comunidade interessada.

No palco do anfiteatro Pau-brasil neste domingo, acontecerá a apresentação de alguns músicos que estarão presentes no Festival, como: Phill DeGreg (University of Cincinnati/USA) ao piano, Bruno Mangueira (UnB) na guitarra, Daniel Ribeiro (RN) no contrabaixo, Cleber Campos (UFRN) na bateria, Maico Lopes (UnB) e Otávio Nestares (SP) no trompete, Raphael Ferreira (UFU) no saxofone e Isaque Ferreira (RN) no trombone.

Aproveite o fim de semana com espetáculo de dança e música instrumental! Os eventos são gratuitos e a entrada no Parque custa R$1,00.

enviar comentário
Publicidade

POLÊMICA DOS “ROLEZINHOS”: Shopping em SP proíbe adolescente sem responsável no fim de semana

O fim de semana está próximo, mas em São Carlos, no interior paulista, os adolescentes terão de encontrar uma alternativa aos tradicionais “rolezinhos” que costumavam fazer no shopping Iguatemi, o principal da cidade. O local tem barrado menores de 18 anos desacompanhados dos pais ou responsáveis aos fins de semana.

O shopping alega ter atendido às reclamações de lojistas e frequentadores ao tomar a medida. Os últimos rolezinhos marcados em páginas da internet para acontecer no local são de março.

Histórico. Na capital, os rolezinhos em shoppings começaram a ganhar força entre o fim de 2013 e o início de 2014. Após aciona a Justiça, os empreendimentos conseguiram liminares para impedir as reuniões. Desde 2015, esses megaencontros passaram a ser em praças e parques. O Ibirapuera, por exemplo, na zona sul da cidade, tem reunido milhares de jovens aos fins de semana, o que motivou a Guarda Civil Metropolitana a fazer blitze para apreensão de bebidas alcoolicas. Somente em março, mais de cerca de 1,2 de litros.

Estadão

enviar comentário
Publicidade

Boas chuvas atingiram o RN no fim de semana; veja locais e previsão em Natal e outras cidades para os próximos dias

A previsão de chuvas no RN foi confirmada no último fim de semana – da manhã da sexta-feira (31) até a manhã desta segunda-feira (3). De acordo com a Gerência de Meteorologia da Empresa de Pesquisa Agropecuária do Rio Grande do Norte (EMPARN), as precipitações foram registradas em 86 dos pluviômetros monitorados em todas as regiões do Estado. O maior acumulado foi em Baraúna, com 106,4 milímetros e Encanto, com 100mm, na mesorregião Oeste Potiguar.

Choveu forte ainda em Dr. Severiano, 70,0mm; Água Nova, 57,0mm; Riacho de Santana, 49,0mm; Serrinha dos Pintos, 48,0mm; Frutuoso Gomes, 36,0mm; Mossoró, 35,3mm; Ipanguaçu, 34,4mm; Lucrecia, 32,3mm e Campo Grande, 31,5mm. Choveu ainda em Umarizal, Apodi, Felipe Guerra, Janduís, entre outros municípios.

Na mesorregião Central, choveu em Caicó, 54,0mm; Fernando Pedroza, 26,0mm; Guamaré, 22,2mm; Florânia, 19,4mm; Lajes, 15,5mm; São Bento do Norte, 14,0mm; Santana do Matos, 9mm e ainda em Carnaúba dos Dantas, Angicos, São Fernando, Ouro Branco, Acari, entre outros municípios.

No Agreste, choveu em Bom Jesus, 80,5mm; Monte Alegre, 32,0mm; Sítio Novo, 18,00mm; Monte das Gameleiras, 17,0mm; Lagoa de Pedras, 15,5mm; São Tomé, 15,0mm e ainda em João Câmara e Parazinho. No Leste, choveu forte em Baía Formosa, 99,3mm; Canguaretama, 94,7mm; Goianinha, 75,6mm; Senador Georgino Avelino, 54,1mm; Extremoz, 30,1mm; Montanhas, 29,6mm; Ceará-Mirim, 29,5mm; São Gonçalo do Amarante, 23,1mm; Parnamirim, 12,5mm e Natal, 10,8mm.

Previsão desta quarta até sexta

Reprodução Emparn

enviar comentário
Publicidade
Publicidade

Capitais brasileiras podem bater recorde de frio no fim de semana

Frente fria em São Paulo (Marcelo Camargo/Agência Brasil)

O fim de semana em quatro capitais brasileiras deve registrar novos recordes de menores temperaturas do ano. A previsão é de que entre esta sexta-feira, 31, e domingo, dia 2 de abril, as cidades de São Paulo, Belo Horizonte, Curitiba e Florianópolis tenham madrugadas frias.

As baixas temperaturas, associadas aos ventos úmidos e frios, são reflexo de uma massa de ar polar que está no oceano. Segundo o Climatempo, a pressão atmosférica está bastante elevada para esta época do ano, o que favorece a queda de temperaturas. O horário de pico de menores temperaturas ocorrerá entre 1h e 6 h.

Os termômetros da capital paulista podem registrar temperaturas abaixo de 14º C neste fim de semana. Segundo o Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet), o recorde de temperatura mínima deste ano foi registrado no dia 22 de março: 14,2°C.

Segundo o Centro de Gerenciamento de Emergências (CGE), a sexta-feira em São Paulo terá entre 15ºC e 23ºC. Será um dia de muitas nuvens e abertura de sol. Já no sábado, 1º, a previsão é de temperatura mínima de 13ºC, e a máxima pode chegar a 24ºC. O domingo deve registrar entre 14ºC e 26ºC.

Nesta sexta-feira, a capital mineira deve registrar entre 17ºC e 29ºC. O frio vai chegar a Belo Horizonte no sábado, quando deve fazer mínima de 14ºC. A temperatura máxima vai a 28ºC.

No domingo, o sol aparece entre nuvens, mas os termômetros devem continuar registrando temperaturas mínimas baixas. A previsão é de variação entre 15ºC e 27ºC.

Segundo o Inmet, Curitiba pode registrar nesta sexta-feira temperaturas entre 13ºC e 21ºC. No sábado, há previsão de sol entre nuvens, o que eleva um pouco os termômetros para até 23ºC. O domingo deve ser gelado na capital paranaense, com mínima de 12ºC e máxima de 23ºC.

Já em Florianópolis, na sexta-feira, os termômetros devem registrar entre 21ºC e 24ºC. Há possibilidade de chuva em áreas isoladas no sábado, que tem previsão de mínima de 19ºC e máxima de 27ºC. Com céu parcialmente nublado no domingo, em Florianópolis, a temperatura deve variar entre 18ºC e 26ºC.

Exame

 

Comentário (1) enviar comentário
  1. Zacarias potiguar disse:

    É o tal aquecimento global…

Publicidade

EMPARN registra chuvas em todo o RN no fim de semana até esta segunda; veja quantos milímetros caíram nas cidades

Os registros pluviométricos da gerência de Meteorologia da Empresa de Pesquisa Agropecuária do Rio Grande do Norte (EMPARN), desde a manhã de sexta-feira (17), até a manhã desta segunda-feira (20), dão conta de fortes chuvas em vários municípios, com destaque para Umarizal, com 148 milímetros (mm).

Ao todo foram registradas ocorrências de chuvas em 90 postos monitorados. No Oeste potiguar, além de Umarizal, choveu forte em Pau dos Ferros, com 128mm; Paraná, 125mm; Apodi, 122mm; Água Nova, 113,2mm; Ipanguaçu, 113,1mm; Viçosa, 90mm; Campo Grande, 85,7mm e Riacho de Santana, 84mm.

Choveu também em Severiano Melo, Dr. Severiano, Tenente Ananias, Caraúbas, Jucurutu, Marcelino Vieira, Upanema, Areia Branca, Paraú, entre outros. Chuvas também na região Central e Seridó, nos municípios de São João do Sabugi, com 130mm; São Fernando, 106,1mm; Jardim de Piranhas, 62mm; Timbaúba dos Batistas, 45mm; São Vicente, 42,3mm; Jardim do Seridó, 32mm; e Florânia, 31,5mm.

Choveu ainda em Cerro Corá, Caicó, Ouro Branco, Angicos, Parelhas, Fernando Pedroza, entre outros. Na mesorregião Agreste, choveu mais forte em Monte Alegre, 42 milímetros (mm); Lajes Pintadas, 35mm; Japi, 26mm; Coronel Ezequiel, 25mm; Tangará, 22,3mm; Jaçanã, 18mm e ainda em São Bento do Trairi, Barcelona, São Paulo do Potengi, Sítio Novo e Rui Barbosa, entre outros.

No leste choveu em Montanhas, 68,3mm; Senador Georgino Avelino, 53,2mm; Parnamirim, 53,2mm; Taipu, 31mm; São Gonçalo do Amarante, 26,3mm; Canguaretama, 21,1mm; Natal, 19,6mm e Maxaranguape, 13mm.

enviar comentário
Publicidade
Publicidade

Programação do Parque das Dunas neste fim de semana

Ao longo de seis anos, o Balé vem apresentando, com sua primeira montagem cênica, as danças e brincadeiras do Pastoril, sendo assim, uma opção cultural para os jovens do município de Passa e Fica. Com mais de trinta e cinco componentes e sete sequências folclóricas envolvendo música, dança e teatro, o grupo é acompanhado de uma banda regional: sanfona, violão, zabumbas, ganzá, alfaias e etc. Sempre trabalhando em cima do som autêntico de cada folguedo, as coreografias são trabalhadas conforme o folclore de raiz do Rio Grande do Norte.

A atração do Bosque Encena do domingo (20), às 10h, será com a Cia Contos e Encantos, com o espetáculo “Me Conta Uma História?”. Criando espetáculos culturais onde a imaginação quebra as barreiras do convencional e leva crianças de todas as idades para lugares em seus corações onde raramente conseguimos visitar, a Cia apresenta uma contação de histórias onde as personagens João Viajante e Maria Flor são artistas de teatro que viajam todo o Brasil contando causos e entoando cantigas de roda.

Um espiral de cultura popular que passeia por vários lugares do inconsciente coletivo, no que diz respeito a uma série de costumes e expressões artísticas do povo nordestino apresentada de forma dinâmica e divertida.

Todo final de tarde de domingo é sinônimo de Som da Mata, e nesta semana, às 16h30, o Choro Bom estará conosco! Com o intuito de exemplificar a sonoridade dos grandes regionais brasileiros, procurando difundi-las de forma marcantes ao Choro, e assim diversificar a sonoridade entre o bandolim, o violão, o cavaquinho, a clarineta e percussões, o grupo traz ao anfiteatro Pau-brasil os clássicos, sempre procurando ser fiel à tradição de um bom regional inclusive com composições de componentes do próprio grupo.

No palco, Diego Carvalho (violão 6 cordas e cavaquinho), Bruno Barros (violão 7 cordas), Raphael Almeida(bandolim e cavaquinho), Lucas Bonfim (clarinete), e Emanuel Martins e Bruno Pessoa (percussão) prometem não deixar ninguém parado!

Os eventos são gratuitos e a entrada do Parque custa R$1,00.

enviar comentário
Publicidade
Publicidade