Publicidade

Após errar data, numerólogo “remarca” fim do mundo para a partir deste domingo

Para o numerólogo britânico David Meade, o fim do mundo tinha uma data certa: o dia 23 de setembro. Entretanto, algo em sua profecia parece não ter funcionado, e depois do “pequeno” erro, o estudioso encontrou um novo dia para o apocalipse: o próximo domingo (15).

Baseado em interpretações do antigo testamento e na teoria da conspiração sobre o suposto Planeta X – também conhecido como Nibiru – Meade acredita que o fim do mundo será marcado por uma série de “pragas”, que vão de tsunamis e terremotos a ataques nucleares e guerras catastróficas. E tudo isso, em teoria, começará no próximo fim de semana.

Identificado como o “mais importante dia deste século e milênio”, o dia 15 deve acabar com o mundo da forma como o conhecemos. Os recentes terremotos no México e os furacões que atingiram os Estados Unidos e o Caribe, por exemplo, seriam o começo desta nova era, que deve durar pelo menos sete anos, de acordo com o The Sun.

Mesmo atrapalhando seus planos para o fim do feriado, o britânico também trouxe boas notícias: depois que essa série de tragédias acabar, o planeta Terra deverá viver “mil anos de paz”.

O Planeta X

Um dos pontos principais das profecias de Meade, o Planeta Nibiru foi mencionado pela primeira vez em 1976, no livro “O Décimo Segundo Planeta”, de Zecharia Sitchin. Reconhecido por teóricos da conspiração como a “casa de alienígenas do passado”, chamados Annunaki, eles teriam sido os responsáveis pela criação da raça humana.

Também chamado de “Planeta Nove”, Nibiru movimenta o imaginário de quem acredita nesta teoria. Por outro lado, a Nasa já declarou repetidas vezes que a existência deste corpo celeste é falsa, não passando de um boato virtual –ou seja, uma fake news – sem embasamento científico. O cientista David Morrison, por exemplo, disse que as pessoas precisam superar esta ideia.

Entretanto, como um comportamento padrão, as pessoas se recusam a acreditar em um órgão oficial do governo, como é o caso da Nasa, e se atentam mais às explicações de teóricos da conspiração como Meade.

Desta forma, a teoria de que o Nibiru pode ser o responsável pelo fim do mundo tem circulado por muitos anos, porém, todos os especialistas erraram a suposta “data do apocalipse”. Ao menos até agora.

Último Segundo – IG

Comentários (4) enviar comentário
  1. Renato disse:

    Como um blog perde tempo e espaço com uma reportagem dessa!!!!

  2. SABE TUDO disse:

    manda esse corno arrumar um cú pra mijar dentro vei, falta do que publicar viu.

    sem limites

  3. Luiz Costa1 disse:

    Esse CORNO sabe de nada!!

Publicidade

Cientistas voltam a discutir fim da Terra após planeta ser engolido por estrela

Astrônomos encontraram evidências de um planeta que teria sido ‘devorado’ por sua estrela, dando fôlego a hipóteses sobre qual poderia ser o destino da Terra dentro de bilhões de anos.

A equipe descobriu indícios de um planeta que teria sido ‘engolido’ ao fazer uma análise sobre a composição química da estrela hospedeira.

Eles também acreditam que um planeta sobrevivente que ainda gira em torno dessa estrela poderia ter sido lançado a uma órbita incomum pela destruição do planeta vizinho.

Os detalhes do estudo estão na publicação científica ‘Astrophysical Journal Letters’.

A equipe, formada por americanos, poloneses e espanhóis fez a descoberta quando estava estudando a estrela BD 48 740 – que é um de uma classe estelar conhecida como gigantes vermelhas.

As observações foram feitas com o telescópio Hobby Eberly, no Observatório McDonald, no Texas.

Concentração de lítio
O aumento das temperaturas próximas aos núcleos das gigantes vermelhas faz com que essas estrelas se expandam, destruindo planetas próximos.

‘Um destino semelhante pode aguardar os planetas do nosso sistema solar, quando o Sol se tornar uma gigante vermelha e se expandir em direção à órbita da Terra, dentro de cerca de cinco bilhões de anos’, disseo professor Alexander Wolszczan, da Pennsylvania State University, nos EUA, co-autor do estudo.

A primeira evidência de que um planeta teria sido ‘engolido’ pela estrela foi encontrada na composição química peculiar do astro.

A BD 48 740 continha uma quantidade anormalmente elevada de lítio, um material raro criado principalmente durante o Big Bang, há 14 bilhões de anos.

O lítio é facilmente destruído no interior das estrelas, por isso é incomum encontrar esse material em altas concentrações em uma estrela antiga.

‘Além do Big Bang, há poucas situações identificadas por especialistas nas quais o lítio pode ser sintetizado em uma estrela’, explica Wolszczan.

‘No caso da BD 48 740, é provável que o processo de produção de lítio tenha sido desatado depois que uma massa do tamanho de um planeta foi engolida pela estrela, em um processo que levou ao aquecimento do astro.’

Órbita incomum

A segunda evidência identificada pelos astrônomos está relacionada a um planeta recém-descoberto que estaria desenvolvendo uma órbita elíptica em torno da estrela gigante vermelha.

Esse planeta tem pelo menos 1,6 vez a massa de Júpiter. Segundo Andrzej Niedzielski, co-autor do estudo da Nicolaus Copernicus University em Torun, na Polônia, órbitas com tal configuração não são comuns nos sistemas planetários formados em torno de estrelas antigas.

‘Na verdade, a órbita desse planeta em torno da BD 48 740 é a mais elíptica já detectada até agora’, disse Niedzielski.

Como as interações gravitacionais entre planetas são em geral responsáveis por órbitas incomuns como essa, os astrônomos suspeitam que a incorporação da massa do planeta ‘engolido’ à estrela poderia ter dado a esse outro planeta uma sobrecarga de energia que o lançou em uma órbita pouco comum.

‘Flagrar um planeta quando ele está sendo devorado por uma estrela é improvável por causa da rapidez com a qual esse processo ocorre’, explicou Eva Villaver da Universidade Autônoma de Madri, na Espanha, uma das integrantes da equipe de pesquisadores. ‘Mas a ocorrência de tal colisão pode ser deduzida a partir das alterações químicas que ela provoca na estrela.’

‘A órbita muito alongada do planeta recém-descoberto girando em torno dessa estrela gigante vermelha e a sua alta concentração de lítio são exatamente os tipos de evidências da destruição de um planeta.’

enviar comentário
Publicidade

Seita diz que mundo termina em 30 de junho

A seita Crescendo em Graça (Growing in GraceInternational, nos EUA) ignora a suposta previsão do calendário maia, que teria determinado o fim do mundo para 21 de dezembro deste ano.

É bem antes! 30 de junho!

De acordo com o líder da seita, o portorriquenho José Luis de Jesús Miranda (na foto acima), apenas os seus seguidores sobreviverão ao fim do mundo. Os fiéis acreditam que o Jesus de Miami é a segunda encarnação de Jesus Cristo (na verdade, segundo a crença deles, o apóstolo Paulo). Eles têm tatuado em várias partes do corpo o número 666. Mas não tem nada a ver com o anticristo. Para eles, o 666 significa “prosperidade, amor e riqueza”. A Crescendo em Graça foi fundada pelo ex-pastor pentecostal Jesús no início dos anos 80 em Miami, onde tem seu centro principal de operações. Ela opera hoje em 35 países, incluindo o Brasil, e tem canal de TV.

Após o apocalipse de 30 de junho, Jesús, chamado de Papai, e os seus seguidores dizem que vão governar o mundo com “justiça e igualdade”.

Fonte: Sun

enviar comentário
Publicidade

Oficial: Fim do Mundo passará somente por Natal

Após ter sido a única cidade a ficar excluída do último Fim do Mundo, o Rio Grande do Norte empreendeu forças e trouxe o evento para a capital potiguar.

Natal sediará na tarde de hoje o Fim do Mundo.

A programação do evento começou agora há pouco no Palco Apocalipse, quando o Ministério Público Estadual pediu a denúncia de 21 pessoas envolvidas na Operação Impacto, incluindo o atual presidente da Câmara Municipal e mais cinco vereadores.

“Na sequência, o show mais esperado: o rompimento do vice-governador Robinson Faria com o grupo da governadora Rosalba Ciarlini” divulgou a organização do evento.

Já no Palco Purgatório, a CEI dos Contratos revelará que a situação da administração municipal é insustentável.

A Semsur está colocando telões nos principais buracos da cidade para transmitir o evento.

“Importamos uma tecnologia e aplicamos aos buracos, que tragarão a cidade ao fim de tudo, dizimando a todos com chave de ouro”, informou release distribuído à imprensa, que foi vista em massa no Palco Paraíso assistindo à derrubada do Machadão.

*Todas as publicações de Sátira são criações do blog (sim, leitores, pasmem, é preciso dizer que é criação, porque tem gente que acredita).

Comentários (2) enviar comentário
  1. Elking disse:

    lucrecio e lailton vamos da um banho de voto neste homem daeumsno que esta ai que nao gosta de pobre e so fae7ada mostra uma coisa que nao sao ele que deixar o candidato dele pra pode ele ficar calado e cobrir o roubo que esta na prefeitura

  2. Eduardo disse:

    Está bem pertinho de tudo ser verdade mesmo, principalmente a parte municipal.

Publicidade