Publicidade

Campanha Nacional Contra Influenza é lançada em Natal em 74 salas de vacinas

A Campanha Nacional de Vacinação Contra a Influenza foi lançada nesta segunda-feira (17) em Natal. Apesar de seguir até o dia 26 de maio – com o dia D acontecendo em 13 de maio – os natalenses já lotaram as salas de vacinas espalhadas pela capital potiguar. No total, 74 salas de vacina estão disponibilizando a imunização em Natal.

Podem ser imunizados durante a campanha grupos específicos: pessoas a partir de 60 anos; crianças de seis meses a menores de cinco anos (quatro anos, 11 meses e 29 dias); trabalhadores de saúde; povos indígenas; gestantes; mulheres até 45 dias após o parto; pessoas privadas de liberdade; funcionários do sistema prisional; portadores de doenças crônicas e não transmissíveis; e os professores das redes públicas e privadas. Os professores, inclusive, aparecem na lista pela primeira vez. A meta da campanha deste ano é vacinar 204.516 pessoas e alcançar a cobertura de 90% de cada grupo elegível.

“Isso foi algo que a própria categoria levou para o Ministério da Saúde, que acabou analisando e decidiu colocar os professores na lista por um motivo simples. Os professores têm contato muito próximo com crianças e em ambientes fechados”, explicou o secretário Municipal de Saúde, Luiz Roberto Fonseca.

Para ser vacinado, quem pertencer a um dos grupos citados precisa apenas buscar qualquer unidade de saúde do município. “A vacinação é demanda aberta, ou seja, a pessoa não precisa buscar apenas a unidade em que ela é assistida na região em que mora. Se quiser ser atendida em uma unidade próxima ao trabalho ou próxima ao local onde o filho estuda, pode”, frisou Juliana Araújo, chefe do Departamento de Vigilância em Saúde (DVS).

Vale ressaltar que, mesmo quem foi vacinado no ano passado, precisa receber a dose este ano para se proteger do vírus, que é mutável. “As vacinas são sazonais exatamente pelo fato do vírus ser mutável. Ele (o vírus) vai se modificando ao longo do tempo, o que traz a necessidade de sempre se fazer esse tipo de campanha”, afirmou Aline Bezerra, chefe do Setor de Vigilância Epidemiológica (SVE) da SMS.

O que é influenza?

A influenza é uma infecção viral aguda que afeta o sistema respiratório. É de elevada transmissibilidade e distribuição global, com tendência a se disseminar facilmente em epidemias sazonais e também podendo causar pandemias.

A transmissão ocorre por meio de secreções das vias respiratórias da pessoa contaminada ao falar, tossir, espirrar ou pelas mãos, que após o contato com superfícies recém-contaminadas por secreções respiratórias pode levar o agente infeccioso direto a boca, olhos e nariz.

enviar comentário
Publicidade