Publicidade

Confira a programação do Parque das Dunas neste fim de semana

O espetáculo “Caricats”, do Entre Nós Coletivo de Criação, sob a direção artística de Diana Fontes, é a próxima atração do projeto Dançando nas Dunas, que acontece no próximo sábado (10), às 16h30. A atração traz intérpretes experientes, referência em nosso Estado no segmento da dança, integrando com jovens bailarinos de excelente condição técnica e com uma carreira promissora.

A dança contemporânea quase sempre é mostrada, criada sob temas fortes, pesados, de questionamentos vividos pela era atual. O objetivo do grupo foi falar o quanto se tem prazer em dançar, tendo como mote, as relações entre homens e mulheres, expostas ludicamente. Sem nenhuma intenção de questionar, onde nada é infinito, inacabado e burlesco. De fato, é uma obra clownesca. A apresentação acontece no anfiteatro Pau-brasil.

Na manhã do domingo (11), o projeto Bosque Encena estreia sua temporada de 2017 com os artistas Nil Moura e Gena Leão, apresentando o espetáculo “Espaguete com Ferrugem”, uma seqüência bem-humorada de cenas, no melhor estilo da dupla, para encantar a platéia e matar a saudade de uma visão poética do picadeiro. O espetáculo acontece às 10h, no anfiteatro Pau-brasil. Não perca!

No período da tarde, às 16h30, a próxima atração do Som da Mata é o Duetto Cabroso, formado por Gilberto Cabral e Edmilson Cardoso, dois músicos potiguares componentes também da Orquestras Sinfônicas do RN e da Banda Sinfônica Cidade do Natal.

Com a intenção de compor um repertório onde os instrumentos possam dialogar e expandir as possibilidades técnicas de execução, Edmilson no xilofone e Gilberto no trombone, nesta apresentação chamada “Música em Intercâmbio” trarão em sua bagagem um pouco da cultura da música popular “potiguar” e “pernambucana”, e contarão com convidados especiais que abrilhantarão ainda mais esta grande festa!

A entrada no Parque das Dunas custa R$1,00.

enviar comentário
Publicidade

Confira a programação do Parque das Dunas neste fim de semana

No próximo sábado (27), às 16h30, a próxima atração do projeto Dançando nas Dunas será com a companhia Gaya Dança Contemporânea que apresenta o espetáculo “Almar”, criado por Edson Claro em 1990. O espetáculo parte de um diálogo entre a dança e a apreciação de pinturas referentes à temática do mar expressa nas marinas do artista potiguar Dorian Gray Caldas.

A transposição das dezesseis telas estudadas é corporificada no trabalho coreográfico intitulado Almar – Um universo de cheiros, sonoridades e encantos que atravessam e tomam acontecimento nas partituras dançadas pelos intérpretes-criadores e pela poesia das vozes e cantos que revelam jogos sonoros em uma atmosfera cênica que apresenta os mistérios e fascínios do mar.

Atualmente a companhia funciona como Projeto Permanente de Extensão da UFRN, vinculado ao Departamento de Artes – DEART. Possui Direção de Larissa Marques e com assistência de direção de Hyago Pinheiro. O grupo investe em um trabalho coletivo e colaborativo entre o elenco, a direção, os músicos, o iluminador e o cenógrafo. No elenco,Carla Cruz, Cléo Morais, Gabriela dos Santos, Hyago Pinheiro, Luã Fernandes, Mônica Lopes, Paulo Sérgio Gurgel,Samuel Oliveira e Rodrigo Carlos. A Direção Musical é de Danúbio Gomes e Ehri Araújo.

Na tarde do domingo (28), às 16h30, o Som da Mata recebe a Orquestra Potiguar de Clarinetas, uma das mais significativas formações de música instrumental de Natal.

Criada em 2008, o grupo tem como objetivo principal promover, pesquisar e executar um repertório composto, arranjado e adaptado para Orquestra de Clarinetas. Outro objetivo importante é proporcionar aos jovens músicos, estudantes de clarineta e percussão, a oportunidade de treinar e vivenciar a prática da música de câmara como ferramenta essencial para uma completa formação profissional em um ambiente acadêmico e também laboratorial.

Além de uma agenda própria de concertos e recitais semestrais, tanto na cidade do Natal quanto na Região, desde março de 2009, a OPC também integra o projeto “Música para Todos” (formação de plateia em música na cidade do Natal).

Formada por alunos e ex-alunos de clarineta e percussão dos cursos técnico e de graduação da Escola de Música da UFRN, e coordenada artisticamente pelos professores João Paulo de Araújo e Amandy Bandeira de Araújo, a OPC foi selecionada para se apresentar no “Clarinet Fest 2017”, que acontecerá em Orlando, na Flórida, em julho próximo, o maior encontro de clarinetistas do mundo, promovido pela International Clarinet Association.

Aproveite o fim de semana com espetáculo de dança e música instrumental! A entrada no Parque das Dunas custa R$1,00.

Uma realização: SADEPAULA Produções Criativas 3346-2331 / 9 8809-0544 – Contato Parque das Dunas: 3201-3985 / 4440.

 

enviar comentário
Publicidade

Confira a programação do Parque das Dunas neste final de semana

O projeto Dançando nas Dunas está de volta ao palco do anfiteatro Pau-brasil, e apresenta neste sábado (06), às 16h30, o Balé Popular Terras Potiguares, com o espetáculo Inversos e Cores!

Ao longo de seis anos, o Balé vem apresentando, com sua primeira montagem cênica, as danças e brincadeiras do Pastoril. Sendo assim uma opção cultural para os jovens do município de Passa e Fica. Com mais de trinta e cinco componentes e sete sequências folclóricas envolvendo música, dança e teatro, o grupo é acompanhado de uma banda regional: sanfona, violão, zabumbas, ganzá, alfaias e etc. Sempre trabalhando em cima do som autêntico de cada folguedo e as coreografias baseadas no folclore de raiz do Rio Grande do Norte.

Na tarde do domingo (07), às 16h30, o Som da Mata recebe Carlos Zens e a banda Rabeca Peixe-boi, formada por jovens do bairro Felipe Camarão, todos sob a influência dos mestres da cultura oral do bairro, inspirados no Boi do Mestre Manoel Marinheiro, na Rabeca de Mestre Cícero e nas brincadeiras do João Redondo de Mestre Chico Daniel.

No repertório preparado para essa apresentação no Parque das Dunas, a diversidade musical brasileira surge através de peças autorais da banda, Carlos Zens, Milton Nascimento, Lô Borges, Luiz Gonzaga, Teatro Mágico, Jorge Mautner e Jorge Ben Jor, através do Choro, Baião, Arrasta-pé, Forró, Maracatu, Ciranda e Afoxé, num show com muita flauta, sax soprano, rabeca, pífano e percussão.

Dividindo o palco com o Zens, estarão Abner Moab (flauta transversal), Fabrício Cardoso (rabeca), João Paulo Gurgel (violão naylon e viola de 10 cordas), Fabricio Lúcio (zabumba, surdo e caixa do mar), Fausto Galvão (ganzá, triângulo e caixa), Ozawa Galdêncio (rabeca) e Valério Felipe (pandeiro e ganzá), além das participações especiais de Amanda Larissa (flauta transversal) e Carol Benigno (sanfona).

A entrada custa R$1,00.

enviar comentário
Publicidade

Tem Rock no Parque das Dunas neste fim de semana

Por interino

Confira as atrações do próximo domingo (05):

O Bosque Encena da próxima manhã de domingo, às 10h, receberá os palhaços Sula e Piruá, além de Luisa Guedes no seu tecido aéreo, apresentando o divertido Combo da Tropa Trupe! O espetáculo é uma edição especial que reúne os melhores números cômicos da Companhia, onde o riso e grandes surpresas são garantidas às crianças de todas as idades. A apresentação acontece no anfiteatro Pau-brasil.

No período da tarde, às 16h30, no palco do projeto Som da Mata, temos o Camarones Orquestra Guitarrística. Para comemorar os 10 anos de intensa atividade da banda, o Camarones lança o seu sexto trabalho pela Hearts Bleed Blue, e antes de iniciar sua nova turnê por várias cidades do Brasil e países da Europa, desembarca no Parque das Dunas. O som do Camarones é um Rock dançante instrumental, com muito punch sempre misturando elementos de surf music, ritmos brasileiros e Ska.

Formada pelos músicos Ana Morena (contrabaixo), Anderson Foca (guitarra), Yves Fernandes (bateria) e Alexandre Capilé (guitarra), o Camarones Orquestra Guitarrística é conhecido como um dos grupos independentes mais ativos do país. Criada no final de 2007, a banda tem em sua história cinco CDs lançados, inúmeras turnês pelo Brasil, Sulamérica e Europa, já tendo realizado shows em muitos dos principais festivais do Brasil e do mundo, entre eles Primavera Sound (Barcelona), Liverpool Sound City (Liverpool) e Rock in Rio (Rio de Janeiro).

Convide os seus amigos! Os eventos são gratuitos e a entrada no Parque custa R$1,00.

Comentários (4) enviar comentário
  1. Samid disse:

    Já fui em vários shows lá e é ótimo, o espaço é coberto caso de chuva, tem sombras e a temperatura é bem mais amena por causa das arvores, já o parque da cidade tem um pequeno problema: Não tem sombra alguma. Sobre Zoológicos, se quiser visitar seres vivos enjaulados temos nossas penitenciarias, deixem os animais que são inocentes livres… No próprio parque da cidade ou das dunas é possível ver animais silvestres livres e felizes… Mas é fato que poderíamos ter muito mais parques verdes pela cidade, nossa cidade seria muito mais agradável.

  2. Charles disse:

    Qual o horário da apresentação dos palhaços? Só diz que é pela manhã.

  3. ELTON disse:

    E TEM LUGAR PARA SE FAZER ESSES SHOWS NESSE PARQUE…AQUI EM NATAL NÃO EXISTE PARQUES, EM JOÃO PESSOA TEM, RECIFE NEM SE FALA….MAS AQUI NÃO TEM ZOOLOGICO, JARDIM BOTANICO, SEM FALAR EM ORLA. MAS NÃO TEM PQ NÃO DEIXAM TER….OK GENTE….PENSE NISSO.

    • Lobo disse:

      Concordo, acrescentando que talvez o Parque da Cidade seja um local para show um pouco mais adequado do que o Parque das Dunas.

Publicidade

Segurança Privada começa a ser implantada no Parque das Dunas

Para garantir a segurança dos usuários das Unidades de Conservação do Estado, o Instituto de Desenvolvimento Sustentável e Meio Ambiente (IDEMA), realizou a contratação, por meio de licitação, de uma empresa de segurança armada que vai atuar em 7 áreas ambientais do Estado.

No Parque das Dunas, local de grande circulação de pessoas, o acesso está sendo reorganizado, também para a segurança de todos, e antes das 8h da manhã, só será permitido para aqueles que tiverem a carteira de coopista. Para isso, o Idema vai orientar os visitantes do Parque pelos próximos 30 dias sobre a necessidade de fazer a carteira de coopista, que custa 20 reais por ano e permite o acesso ao local mesmo antes da abertura da bilheteria, que acontece às 8h da manhã.

No horário das 8h às 17h30, o funcionamento do Parque continua como antes, ou por meio da carteira de coopista ou através do pagamento da taxa de entrada que custa 1 real.

“Estamos investindo em serviços de melhoria em nossas Unidades de Conservação e fomos motivados também a aumentar a segurança desses locais para garantir conforto e tranquilidade aos visitantes. Queremos atrair cada vez mais pessoas às nossas Unidades de Conservação, garantindo o acesso seguro”, ressaltou o diretor geral do Idema, Rondinelle Oliveira.

O serviço de vigilância 24h contempla os Ecopostos das Áreas de Proteção Ambiental de Jenipabu (APAJ), Recifes de Corais (APARC), Dunas do Rosado, Bonfim-Guaraíra, Reserva de Desenvolvimento Sustentável Ponta do Tubarão, Cajueiro de Pirangi e Parque Estadual Dunas do Natal “Jornalista Luíz Maria Alves”.

Estão isentos do pagamento da tarifa de acesso ao Parque os alunos e professores de escolas públicas municipais, estaduais e federais, desde que em atividade escolar e agendado anteriormente; grupo de escoteiros uniformizados e agendados; guia de turismo, desde que esteja acompanhando um grupo e que apresente sua identificação oficial; crianças com até cinco anos e adultos a partir de 60 anos (de acordo com a Portaria n185/2006, de 27/09/2006).

Comentários (2) enviar comentário
  1. paulo martins disse:

    Pense numa tarefa "penosa", só é fazer segurança privada no Parque das Dunas!
    Pior, só mesmo a vida de cachorro amarrado com linguiça.

  2. Arimateia disse:

    Como pode? Dentro do parque das dunas tem um batalhão de polícia? O governo passando a mão no bolso do contribuinte.

Publicidade

Confira a programação do Parque das Dunas neste fim de semana

No Dançando nas Dunas deste sábado (12), às 16h30, teremos no palco do anfiteatro Pau-brasil, o bailarino potiguar Alexandre Américo com o espetáculo “Myoclonus”. O mote é a investigação de uma construção poética a partir do impedimento à realização da dança pelo fato do bailarino-criador carregar um traço que deveria impossibilitar o movimento dançado: a epilepsia.

Em cena, ao som distorcido da guitarra de Alexsandro Araújo, Américo explora um modo de se mover singular, afirmando que o espasmódico também pode ser objeto da dança, experiência já apresentada com sucesso na 19ª edição do Solo-Tanz-Theatre na Alemanha, na abertura do II Festival de Dança Contemporânea de Natal, no Palco Gira Dança e em outras cidades do país como Curitiba e Recife. Recentemente, foi convidado para representar o Brasil no Mo/Ver Dança Contemporânea, em Córdoba, na Argentina.

Na manhã de domingo (13), às 10h, O Príncipe Feliz volta ao palco do Bosque Encena trazendo o espetáculo “Cantar, Aprender & Sorrir”!

A trupe, composta por Décio Santiago na voz, Kleyton Araújo no violão, João Kleber na guitarra, Giorgio Santos no contrabaixo e voz, Nanda Andrade na voz e percussão e Iago Pinheiro na bateria, faz um show interativo repleto de alegria, música, aprendizado e brincadeiras para toda a família. No repertório, músicas do Balão Mágico, Xuxa, Trem da Alegria, Palavra Encantada, Saltimbancos, cantigas de roda e muito mais. A diversão está garantida desde já. Não perca!

No período da tarde, às 16h30, a atração do Som da Mata será o Grupo de Percussão da Escola de Música da UFRN – GRUPPERC, grupo de extensão que ao longo de quatorze anos vem se dedicando à performance e divulgação da percussão e seu repertório. Formado por alunos dos cursos Técnico, Bacharelado e Pós-Graduação, além de percussionistas voluntários, tem como um de seus principais objetivos incentivar a interação entre a Universidade e a comunidade, viabilizado pela realização de apresentações e concertos didáticos quanto pela participação de percussionistas da comunidade externa.

Para a apresentação, o Grupperc preparou um repertório variado que vai de Led Zeppelin ao La Bamba, passando por Piratas do Caribe e New York Theme, dentre outros. Convide os seus amigos e aproveite o fim de semana no Parque das Dunas. A entrada custa apenas R$1,00.

enviar comentário
Publicidade

Artesanato, teatro e música no Parque das Dunas neste fim de semana

Durante todo o sábado (25) e domingo (26), a Feira de Artesãos, organizada pela Sethas/RN, estará no Parque das Dunas. Durante os dois dias, ela acontecerá das 8h às 18h no espaço Folha das Artes. A Feira atua como uma ferramenta para valorização e divulgação dos trabalhos artesanais do Rio Grande do Norte.

No domingo, haverá campanha de prevenção e cuidado com a diabete, das 9h às 16h. A ação é promovida pela Associação Potiguar dos Amigos dos Diabéticos.

Também no domingo, às 10h, o Bosque Encena recebe o Comboio de Teatro apresentando o espetáculo Dubididum Taratatá, que conta a história de um circo passado como herança de família que, no entanto, lhe falta o principal: os artistas. Por sua vez, o recém “dono do circo” junto com seu fiel amigo Alfinete, na esperança de manter vivo o sonho de seu pai, lança um anúncio convocando artistas para trabalharem no Dubididum Taratatá. Mas o que eles não imaginavam é que essa notícia podia cair nas mãos de três espertalhões atrapalhados que vêem nessa convocação uma oportunidade de se darem bem.

Às 16h30, vai faltar chão no Som da Mata com a apresentação de “Por Enquanto”, novo álbum do músico e compositor João Juvanklin! Médico e um dos precursores do movimento do Choro na cidade do Natal, vai mostrar o repertório de sua nova obra dividindo o palco com Fernando Botelho (violão de 7 cordas), Alexandre Moreira e Diogo Guanabara (bandolim e cavaquinho) e Déo (pandeiro). E como se não bastasse, contarão com as participações mais que especiais de Carlos Zenz (flauta), Carol Benigno (acordeão), Edmilson Cardoso (xilofone) e Gilberto Cabral (trombone).

Aproveite o fim de semana no Parque das Dunas! Os eventos são gratuitos e a entrada no Parque custa apenas R$1.00.

enviar comentário
Publicidade

FOTOS: Fumaça intensa em área do morro de Mãe Luiza chama a atenção no Tirol-Petrópolis

IMG-20151109-WA0003IMG-20151109-WA0008IMG-20151109-WA0012 IMG-20151109-WA0013Fotos: cedidas

Muita fumaça em área do Parque das Dunas, próximo ao Auxiliadora, na Zona leste de Natal. Registro no fim da manhã desta segunda-feira(09), por volta das 11h35. Moradores, comerciantes e quem circula no local sente o forte cheiro de fumaça. No começo desta tarde, moradores de um condomínio próximo registraram a proximidade do foco de incêndio na área residencial. Até o momento o Corpo de Bombeiros é aguardado.

enviar comentário
Publicidade

Parque das Dunas funcionará no feriado desta sexta-feira

O Instituto de Desenvolvimento Sustentável e Meio Ambiente do Rio Grande do Norte (IDEMA) torna público que o Parque Estadual Dunas do Natal “Jornalista Luiz Maria Alves” funcionará normalmente nesta sexta-feira (21), feriado municipal.

A partir das 15h, sexta-feira (21), o Parque receberá o Encontro Nacional de Coros de Natal (ENCONAT), encontro de corais que acontece em Natal no mês de novembro desde 1995. E no sábado (22), a apresentação de corais acontecerá às 9h. A entrada é 1kg de alimento não perecível que será doado à Liga Norte-rio-grandense Contra o Câncer.

enviar comentário
Publicidade

Domingo tem contação de histórias no Parque das Dunas

Estação-dos-Contos---Foto-JO Grupo Estação de Teatro está circulando pela região Nordeste desde abril deste ano, e no próximo domingo (31/8) retorna à casa e apresenta ao público natalense o espetáculo infantil “Estação dos Contos”, às 10h, no anfiteatro do Parque das Dunas. A apresentação é gratuita e a entrada no Parque custa apenas R$1,00 por pessoa.

A trupe vem se destacando na cena teatral do Nordeste, com o espetáculo adulto “Guerra, Formigas e Palhaços”, selecionado para participar de importantes festivais da região, como o Festival de Inverno de Garanhuns – FIG 2014, em Pernambuco. No mês setembro o espetáculo participa do Festival Nordestino de Teatro de Guaramiranga (CE) e da primeira edição da Mostra Internacional de Teatro de João Pessoa – MIT, na Paraíba.

Recentemente o Estação de Teatro foi selecionado no Edital Natal em Cena 2014 da Prefeitura do Natal, através da Funcarte, que prevê a montagem do novo espetáculo de rua do grupo, “O Quintal de Luís: memórias do menino Cascudo”. Inspirado na obra de Luís da Câmara Cascudo, o grupo fará um recorte real e fabular de suas memórias. A estreia do espetáculo já tem data marcada: dia 05 de dezembro na zona Norte de Natal.

SOBRE O ESTAÇÃO DOS CONTOS

Estação dos Contos  – teaser: http://bit.ly/UAuWYS

Com direção de Rogério Ferraz,  é um espetáculo de contação de histórias intercaladas com músicas e brincadeiras populares, contadas e cantadas pelos atores Caio Padilha, Nara Kelly e Manu Azevedo. A pesquisa em contação de histórias é uma marca do grupo Estação de Teatro que traz como experiência o espetáculo Fábulas (grupo Clowns de Shakespeare), que tanto na criação do espetáculo quanto na atuação participaram Nara Kelly e Rogério Ferraz (ator premiado pela APCA e FEMSA/Coca-Cola). Classificação: Livre.

SOBRE O GRUPO

O Grupo Estação de Teatro surgiu em 2009, na cidade de Natal/RN, formado pelos atores Rogério Ferraz, Nara Kelly, Caio Padilha e Manu Azevedo. Comprometidos com a qualidade artística e o respeito ao público, iniciaram uma pesquisa em contação de histórias, que resultou em dois espetáculos infantis, intitulados “Em Cada Canto Um Conto” e “Estação dos Contos”. A montagem mais recente do grupo é o espetáculo “Guerra, Formigas e Palhaços”, dessa vez voltado para o público adulto. Em 2014, a partir do projeto de circulação Caravana Estação Nordeste, o grupo ganhou duas novas integrantes, a produtora Tatiane Fernandes e a jornalista e atriz Joanisa Prates.

O Estação está circulando desde abril deste ano com os dois espetáculos do seu repertório, oficina de contação de histórias e intercâmbio com grupo local em cada cidade. A Caravana Estação Nordeste é um projeto de circulação do grupo em parceria com a Mapa Realizações Culturais, apoio do SESC, e realizado através do Prêmio Funarte de Teatro Myriam Muniz 2013.

enviar comentário
Publicidade

Som da Mata recebe Edmilson Cardoso neste domingo no Parque das Dunas

IMG000000000034054A próxima atração do Som da Mata é Edmilson Cardoso, neste domingo (06), interpretando ao xilofone, clássicos populares e eruditos, acompanhado por Edilton Lima (contrabaixo acústico) e Gustavo de Carvalho (guitarra elétrica). A apresentação acontecerá no anfiteatro Pau-brasil, no Parque das dunas, às 16h30.

O xilofone é um instrumento de percussão geralmente encontrado em orquestras. Para esta apresentação Edmilson vai mostrar releituras de obras eruditas de Bach, Vivaldi e Mozart, dentre outros, e interpretação de compositores de música popular como Pixinguinha, Waldir Azevedo, Severino Araújo e João Juvanklim, em arranjos que em alguns momentos conservam, e em outros misturam elementos, resultando em uma sonoridade versátil e contemporânea.

Edmilson Cardoso é bacharel em Música, com habilitação em Percussão, pela Universidade Federal do Rio Grande do Norte (2008), é percussionista da Orquestra Sinfônica do Rio Grande do Norte desde 2000 e da Banda Sinfônica Cidade do Natal desde 2004.

O Som da Mata acontece graças à renúncia fiscal da Prefeitura através da Lei Djalma Maranhão e do aporte financeiro do Programa Unimed Cultural, além do apoio do Governo do Estado através do IDEMA, que cede o espaço onde acontece o evento.

Show: Edmilson Cardoso Trio

Dia: 06 de julho (domingo)
Hora: 16h30
Local: Anfiteatro Pau-brasil – Parque das Dunas
End: Av. Alexandrino de Alencar, s/nº
Fone: 3201-3985

enviar comentário
Publicidade

Diogo Guanabara & Macaxeira Jazz se apresentam neste domingo no Parque das Dunas

IMG000000000033397No próximo domingo (29) vai faltar chão no Parque das Dunas. Diogo Guanabara & Macaxeira Jazz, um dos maiores sucessos do Som da Mata, volta ao palco do Anfiteatro Pau-brasil, às 16:30.

No dia 3 de fevereiro de 2008 eles tocaram juntos pela primeira vez, justamente neste projeto, e depois não pararam mais. Turnês pela Ásia e Europa, várias cidades brasileiras e em mais seis vezes levantou a galera nos finais de tarde de domingo no Parque.

Fugindo do estereótipo do Choro tradicional, os meninos usam elementos do Rock’n’Roll para executar principalmente os compositores potiguares desse ritmo genuinamente brasileiro. Mas, também tocam grandes nomes da música como Pixinguinha, Jacob do Bandolim e Beatles.

O Macaxeira é formado por Ticiano D’Amore na guitarra, Henrique Pachêco no contrabaixo e Raphael Bender na Bateria, acompanhando Diogo no seu bandolim.

O Som da Mata acontece graças à renúncia fiscal da Prefeitura através da Lei Djalma Maranhão e do aporte financeiro do Programa Unimed Cultural, além do apoio do Governo do Estado, por meio do IDEMA que cede o espaço onde acontece o evento.

Show: Diogo Guanabara & Macaxeira Jazz
Dia: 29 de junho (domingo)
Hora: 16h30
Local: Anfiteatro Pau-brasil – Parque das Dunas
End: Av. Alexandrino de Alencar, s/nº
Fone: 3201-3985

enviar comentário
Publicidade