Publicidade

Servidores do município de Natal em greve farão ato nesta terça, em frente à Semad

Os servidores e servidoras do município de Natal em greve desde novembro do ano passado farão um ato público unificado nesta terça-feira (10), às 08h, em frente à Secretaria de Administração (Semad), na Cidade Alta.

O ato foi aprovado na última assembleia unificada, na quinta (05), onde os servidores aprovaram por unanimidade a continuidade da greve. Além de cobrar o calendário de pagamento do município, os servidores/as irão denunciar as ameaças do saque na Previdência e as demissões aos servidores que cumprem estágio probatório, como é o caso dos novos concursados da Semtas.

Até o dia 04 de janeiro, a prefeitura do Natal havia depositado 70% dos salários dos servidores. Segundo o prefeito Carlos Eduardo (PDT), o restante do pagamento será finalizado até a quarta-feira (11). No entanto, os sindicatos reivindicam o calendário de pagamento que mesmo com o atraso de salários, a prefeitura diz não ter.

Comentários (6) enviar comentário
  1. JCabral disse:

    Parece ser um mau de algumas Prefeituras, antes ninguém precisava dessa tal repatriação e agora, entra os novos prefeitos ou se não os mesmos e não há dinheiro para nada?? É o caso de Arez que mesmo com o repasse do FUNDEB, não pagou os salários de dezembro/2016 dos servidores da educação municipal, bem como aos demais e quando se pergunta algo aos novo administradores, o servidor tem como resposta da atual gestão que encontrou os cofres vazios!!! Onde fica o MP, a Justiça Eleitoral, o próprio Sindicato ou até mesmo os Servidores. Agora se não formos votar, ai! O bicho pega, é restrição e multa. VERGONHOSO ESSE MEU(por assim dizer) PAIS…

  2. Natália disse:

    TCE e MP zero!

  3. Pautar disse:

    BG,
    Quando será mesmo que o prefeito Robson Araújo vai pagar o salário referente ao mês de dezembro aos funcionalismo?

  4. Acordāo disse:

    O sindicato não reivindica o calendário de pagamento de Caicó, que mesmo com o atraso de salários de dezembro, vive num silêncio sepulcrau!

  5. Caoscó disse:

    Apesar da perplexidade nas finanças de Caicó co débito de 48 milhões de reais deixado por Roberto Germano na contabilidade da prefeitura, na tesouraria, acúmulos extrajudiciais. O sindicato dos servidores não deu um pio do atraso de dezembro de 2016. Pode isso Arnaldo?

  6. M. D. R. disse:

    Esse rapaz, ainda está convicção de sair para GOVERNADOR em 2018. Vamos aguardamos para passar o TROCO"RECIBO ".

Publicidade