Publicidade

Sinsenat em guerra? Troca de acusações e denúncias em redes sociais

Correm em grupos de redes sociais em Natal denúncias sobre irregularidades dentro do Sindicato dos Servidores Públicos de Natal(Sinsenat), com troca de acusações pesadas entre diretores, em especial, sobre  supostas irregularidades classificadas como “crimes” da ordem financeira, e ainda questionamento de decisões judiciais, que teriam esquivado punições aos supostos diretores.

Entre diversas correntes compartilhadas pelas redes sociais , questionamentos como “nova Lava Jato no Sinsenat”,  troca de farpas das mais pesadas, entre situação e oposição, em cima de supostas corrupções, entre elas, cheques que teriam sido solicitados e usados para benefícios pessoais.

Comentários (7) enviar comentário
  1. Tiago disse:

    Sindicalistas que estão há mais de 20 anos dispensados de suas atividades originarias devem retornar as suas funções principais. O sindicato é propriedade dos Servidores. Infelizmente a corrupção é acusada no sindicato, o Prefeito atrasa os salários, não concede reajustes. Quem perde sempre é o Servidor. Dificilmente se vê algum Presidente de sindicato que não possua um grande patrimônio, incompatível com os seus vencimentos. No sinsenat isso não é diferente, infelizmente. Mais cedo ou mais tarde isso irá mudar. Num momento tão delicado, tantas denúncias de corrupção e desmandos dentro próprio sindicato é algo revoltante.

  2. sil disse:

    homem dentro destes sindicatos existe muitas coisas escondidas principalmente quando não tem prestação de contas mesmo tendo ainda existe tramoias

  3. Erasmo Barreto da Silva disse:

    Estamos em um momento delicado, em que o trabalhador está em greve por justiça social. A folha de pagamentos da Prefeitura está atrasada, sem contar com a insegurança que existe no ano em curso e por isso, nesse momento, precisamos de unidade. O inimigo é outro e os sindicatos e sindicalistas devem centrar fogo nesse inimigo, não ficar lavando roupa suja pra todo mundo ver!

    • Erasmo Barreto da Silva disse:

      Só posso acrescentar que a atual gestora do Sinsenat deveria sair de cena por um tempo e deixar que alguma mente nova traga uma nova luz para essas categorias tão sofridas.

  4. Messias disse:

    Sinto muito pelos servidores municipais de Natal,
    Porém não vou permitir que meu nome seja alvo de calúnia e difamação. Estou diretor do Sinsenat, e este é meu primeiro mandato como diretor liberado, e vou ser bem sinsero, nunca imaginei que dentro de uma entidade sindical houvesse esse tipo de absurdo, a mim não interessa património e nem tampouco o dinheiro desta entidade, sou agente patrimonial concursado, portanto o que ganho é pago pela prefeitura de Natal, pensei em ficar a disposição do SINSENAT para participar mais da luta do trabalhador, no entanto percebi logo que aqui só permanece os lagartixas, quem pensa, tem ideias e opinião própria é trucidado. Esse mesmo tipo de prática aconteceu em gestões anteriores, e não suportando a pressão muita gente boa e que poderiam contribuir com a luta sindical pediram renúncia, entretanto com esse grupo não rola! Pode mandar pressão, quanto mais melhor. #Etempo Oposição

  5. Wilson disse:

    Isso é normal nesse sindicato, tem gente lá que não larga o osso de jeito nenhum. São muitos anos a frente do sindicato. Por que será???

  6. Júnior disse:

    Não tem santo nessa estória , esse povo viviam juntinho agarradinhos deve ter acontecido uma divisão mal feita e começou essa confusão .Briga de poder e dinheiro só gerando transtornos para o funcionalismo e sem contar que estão patrocinando a discórdia ou povinho burro.

Publicidade