Com fila de 27 pacientes para vaga em UTI no Walfredo, juíza pediu prisão de diretora do hospital no fim de semana

Uma ação judicial expedida no sábado (11) foi entregue ao plantão administrativo da unidade às 2h da madrugada, determinando a internação de uma paciente em leito de tratamento intensivo (UTI). Na hora do recebimento, havia uma fila de 27 pacientes também a espera de uma vaga de UTI. Mais: outra ação judicial de similar conteúdo recebida antes, já estava aguardando o aparecimento de uma vaga. De acordo com uma fonte no Hospital, vomo não teve sua ação cumprida em um período inferior a 10h, contadas a partir do momento do recebimento da ação pelo hospital – a juíza de plantão determinou a prisão da diretora geral do Walfredo Gurgel.

Segundo contam os funcionários do plantão do domingo, às 6h da manhã, um oficial de justiça esteve no local e teria exigido que encontrassem a diretora que, naquele momento, ainda não se encontrava no hospital. Ao ser informada da situação, a diretora entrou em contato com a gerente de enfermagem do plantão que informou a existência de uma vaga naquele momento, podendo, por fim, ser cumprida a decisão da impaciente juíza.

“Certamente a magistrada não se atentou para o fato de que, ao determinar a internação da paciente, sem que houvesse leito vago disponível, de que alguém, que já estava internado, teria de sair.”, disse direção do hospital sobre episódio.

 

Publicidade

Comentários:

  1. Alves disse:

    Deveria está juiza mandar prender o gestor do estado , a culpa é das sangrias feitas pelos poderes MP AL E TJ….

  2. Geonar Castro disse:

    Queria saber se a Diretora tivesse atendido ao mandado dessa juíza e tirado um paciente da UTI para colocar o que ela queria, se o paciente que tivesse sido removido da UTI tivesse ido a óbito e a família do mesmo representasse contra a direção do Walfredo, o que essa magistrada teria feito? Teria protegido a Diretora? O povo quer saber.

  3. Luzicinia Costa disse:

    Acho que os juízes deveriam ser melhor preparados em relação a tomada de decisões na saúde. Responsabilizar um diretor de um hospital que oferece número maior de vagas de UTI que o previsto para o tamanho dele, e estas tem taxa de ocupação de 100% é desconhecer responsabilidades no âmbito do SUS.

  4. clarice disse:

    dr: Fátima servidora ha 30 anos competente , excelente profissional e antes de tudo isso é um ser de sangue bom que tem nas veias humildade e garra pra servir dentro de sua área de atuação. Passar por um constrangimento por falta de orientação de uma juíza sem noção. nammmmmmmmmmmm

  5. clarice disse:

    dormi e acordei pensando como foi infeliz essa magistrada,coitada!
    lamentável esse episodio,sem noção do estado e dos problemas digo caos que a saúde se encontra,mulher melhore. Saia da sua área de conforto e passe doze horas no hospital walfredo gurgel, e depois vá fazer juízo do seu trabalho .ok

  6. Cassio disse:

    o certo era mandar o ministro da saúde que disse categoricamente que o Brasil precisa diminiur o número de hospitais!!!!!

  7. Hsb disse:

    PRONTO.
    a magistrada conseguiu resolver o problema da saude do RN.
    PRENDER O MEDICO…

  8. Bueno disse:

    Que loucura isso, pelo amor de Deus.
    Essa magistrada não tem nenhuma noção do que ocorre no Walfredo, que loucura isso.

  9. Rodrigo Cabral disse:

    A favor da Lei do Abuso de Autoridade já!

  10. Jaidê Correia disse:

    Lamentavel esse episodio entendo que faz parte da natureza humana ver só um lado da moeda, mas lamentavel ainda é ver os atos de arbritariedade e os demandos do poder quem trabalha com dra.Fatima sabe o quão comprometida ela é e quanto se preocupa em cumprir a tempo todas as ordens judiciais que recebemos no HMWG e confesso que não entendo porque não preparam os juízes dando conhecimento ou melhor entendimento a eles da real situação do estado em relação a falta de leitos de UTI , que existe no Walfredo uma lista de espera por um leito e que todos em igual situação de prioridade. não é responsabilizando um diretor de um hospital que oferece número maior de vagas de UTI que o previsto para o tamanho dele, e estas tem taxa de ocupação de 100% é desconhecer responsabilidades no âmbito do SUS.
    Dra. Fatima tenhe meu respeito e admiração , não é todo diretor que faz o que ela faz , que briga com todos para resolver os problemas do hospital. Tendo que segurar os ânimos de trabalhadores que trabalham por amor com defict de RH e salarios atrasados.

  11. Nelson disse:

    Essa Dra. Juíza deve viver no mundo dos condomínios fechados, shopping centers, viagens aos EUA e Europa. Ou seja, não conhece a realidade.

  12. Jarbas Mariano disse:

    Venho me solidarizar com a Dra Fátima, diretora geral do HWG. Conheço a Dra Fátima, desde a minha graduação e especialização em CTBMF, no HWG. Comprometida, responsável e lutadora por um serviço público de qualidade. Não consigo entender como um juiz possa imaginar que um diretor de hospital pode negar um leito de UTI a um paciente, se o nosso dia a dia é lutar pela vida do próximo. Pergunto, se todos os leitos ocupados e com mais de 20 pacientes aguardando, como devemos proceder?

  13. Roberto Campos disse:

    A Juíza pode ter prejudicado uma pessoa que precisaria mais, matando, inclusive. A juíza não deveria ordenar esse tipo de coisa. Ela deveria ordenar ao governador ou prefeito que arranjassem leito na iniciativa privada. O MP deveria poder acionar a justiça para multar pessoalmente o governador em caso de falta de estrutura. Na verdade, todos sabem que a saúde não tem solução. Mas enquanto os políticos puderem fazer populismo, prometer sem cumprir, dizerem que tem dinheiro pra tudo, a população não vai saber que acreditar no estado é loucura, é romantismo tóxico, sentimentalismo barato e que nenhum gestor se importa mais com a vida de cada um do que o próprio indivíduo e sua família.

  14. Joao Maria Pereira disse:

    Quem conhece e sabe da capacidade e caráter da Dra Fatima, hoje se encontra indignado com tal absurdo cometido por essa magistrada, que deveria antes de expedir qualquer que fosse o mandato encaminhar um oficial ao Hospital Walfredo Gurgel para saber da real realidade e o caos que se encontra este hospital, porém os mesmo se acham Deuses ou semi Deuses mesmo sabendo o mal que causaria socialmente a familiar e a esta grande Dra, que capacidade tem de sobra.

  15. Joao Maria Pereira disse:

    Quem conhece e sabe da capacidade e caráter da Dra Fatima, hoje se encontra indignado com tal absurdo cometido por essa magistrada, que deveria antes de expedir qualquer que fosse o mandato encaminhar um oficial ao Hospital Walfredo Gurgel para saber da real realidade e o caos que se encontra este hospital, porém os mesmo se acham Deuses ou semi Deuses mesmo sabendo o mal que causaria socialmente a familiar e a esta grande Dra, que capacidade tem de sobra.

  16. Maria da paz disse:

    Essa senhora juíza nunca entrou nem no walredo pra ver a situação..
    Não sei pode tirar um paciente grave da UTI p colocar outro🤔🤔🤔🤔

    • Damião Rocha disse:

      Seria o momento da sua Excelência, a douta magistrada, conhecer a realidade dessa importante e indispensável unidade hospitalar do nosso Estado. Me solidarizo com a diretora do HMWG.

  17. Maria da paz disse:

    Essa juíza acho que nunca entrou no Walfredo🤔🤔🤔🤔

  18. Luiz antônio disse:

    Enquanto essa Magistratura do RN ficar nas suas bolhas de perfeição, altos salários em dia e penduricalhos ilegais em seus salários altíssimos (como o auxílio moradia) e não se preocupar em conhecer a realidade do estado onde vivem. Com todo respeito a família do paciente, um Juiz dar uma ordem dessas já é absurda, e ainda decretar prisão de quem menos tem culpa deste caos pq não matou alguém em tempo hábil (menos de 6 hs) para abrir uma vaga de UTI, beira a insanidade esta senhora Juiza deveria ter vergonha da decisão que proferiu. No hospital não tinha nenhum vagabundo descumprindo ordem judicial por que queria, muito pelo contrário, existem lá profissionais dedicados que fazem verdadeiros milagres diariamente e com seus salários atrasados. Coisa que a magistrada não sabe o que é. Aliás será que na Vara de competência desta juíza todos os processos estão em dia? Duvido muito, mas ninguém decreta a prisão dela por processos parados a anos. Que o Judiciário, Ministério Público, Defensoria Pública cobrem de quem pode resolver, cobrem do Governador. Deixem os médicos e funcionários do Walfredo Gurgel Trabalhar e salvar vidas.

  19. Alexandre Souza disse:

    O governador deveria nomear esta juiza para a diretoria do Wafredo. Todos os problemas estariam resolvidos.

    • Damião Rocha disse:

      Excelente sugestão. Inclusive recebendo como salário a remuneração de diretora, não a de juíza; não poderia fazer opção!

  20. José disse:

    Um absurdo.. além do médico agora ter que fazer mágica ainda tem que saber qual Deus do Olimpo é o mais poderoso!! Pq se existia uma ordem anterior, a desta juíza (diga-se de passagem conhecida nos meios) tinha que ser mais importante do que a que emanou ordem anterior !! 👏🏼👏🏼 Parabéns!!

  21. Sousa disse:

    Quem quiser conhecer a realidade do Walfredo vá lá. Todos dias tem fila de espera nas utis. Todos os dias tem pacientes nos corredores. O hospital vive permanentemente lotado. Isso não é culpa da direção nem de ninguem la dentro. Os verdadeiros culpados sim, deveriam receber esse tipo de ordem judicial. Eu convido os juizes que dão esse tipo de ordem a fazer uma visita ao wg. Eu convido o ministerio publico a fazer uma visita ao wg. Passe nos corredores. Vao ver a lista de espera das utis, de paciente da ortopedia que esperam cirurgias (muitos ficando prejudicados pela demora em se operar), vao nos corredores, no centro cirúrgico… Estao convidados.

  22. Izabel disse:

    Nunca vi tamanha arbitrariedade por porte de uma magistrada.
    Demonstra total falta de conhecimento de situação que se encontra a saúde pública do nosso estado.

    • Damião Rocha disse:

      Importante saber quem é a família do(a) paciente que judicializou, pra denotar total imparcialidade de quem assinou a determinação. Esperemos total imparcialidade, dada tamanha arbitrariedade.

  23. Cris disse:

    Se a fila e de 26 pacientes, óbvio que existem outros mandados anteriores. Por acaso essa "juíza" tá querendo medir forças com os "colegas de toga"? Ou tá querendo que a diretora faça a "escolha de Sofia " ? Realmente essa nossa justiça não só pensam que são deuses. Eles já se sentem os próprios deuses intocáveis e tb injustos. Vá crer que justiça existe! Flavio Resende vc disse tudo: auxilio UTI urgente para a saúde. Cadê o dinheiro que tá sobrando no TJ e vcs impediram que fosse pra saúde e para o sistema penitenciário?

  24. Ozir Kennedy disse:

    Isso só pode ser brincadeira!! Uma juíza que busca prioridade para um tal paciente, uma diretora que tem que fazer mágica para suprir essa vontade!! Sabe o que foi esse fato? Mais um episódio de abusos de poder, creio que a juíza desconhece o atual estado do hospital Walfredo Gurgel e em uma lista enorme de espera, quer de qualquer forma que a diretora do hospital providencie um leito de UTI com pena de cadeia caso não conseguir.. Tá difícil de entender o ser humano. A tendência é piorar, já afirmava Jeanne Roland, é mais fácil não dar poder a certas pessoas do que impedir que abusem dele, infelizmente. O triste é saber que existem pessoas assim sendo juízes..

  25. Roberto Veras disse:

    A juíza deveria ter ido no hospital escolher quem deveria ser substituído na UTI. Absurdo total.

  26. Clarice disse:

    A magistrada nunca esteve no hospital walfredo gurgel ou nunca assistiu reportagem sobre como se encontra a saúdé e a lotação de vagas de uti do hospital mencionado, se caso tivesse esse conhecimento jamais entraria com esse decreto de prisão para a diretora desse hospital se a mesma tivesse ciência da saúde.

  27. Aline disse:

    A pergunta é: Quem a juiza escolheria "matar", tirando um paciente em estado crítico do seu leito de UTI, para que o dela fosse colocado? Abuso de autoridade isso! Vergonha desse nosso país!

  28. Alana disse:

    Revoltante.. Total abuso de autoridade.. qual dos pacientes q estavam no leito ela gostaria de tirar p colocar o dela? Já q a UTI estava LOTADA.. com uma fila de pacientes a espera… Colocar uma médica competente e honesta numa situação constrangedora dessas eh no mínimo lamentável…

  29. Falcão disse:

    Qual o nome da juíza?

  30. Maria Auxiliadora Rocha disse:

    A cada mais me decepciono com o Ministério Público e a Magistratura
    Pensam que sâo Deuses!!!!

  31. carlos disse:

    questao de bom senso. o juiz que deu essa ordem deveria ter dito qual paciente tirR da uti para gerar a vaga.

  32. ANA REGINA disse:

    Só quem não conhece a realidade do corredor do Walfredo para dar uma ordem dessas, só quem não conhece a diretora que trabalha todos os dias e dá sinal de que gosta do que faz, respondendo um comentário que houve abaixo que só falando em prisão se arranjou uma vaga, com certeza teve um óbito para que isso acontecesse, caso contrário não teria como escolher.
    Agora eu me pergunto se a diretora tivesse sido presa?
    Será que resolveria o problema de vagas em UTI's?
    Vamos cobrar de quem merece ser cobrado: O GOVERNADOR

  33. Paulo Roberto disse:

    kkk…Sério?Só pode ser brincadeira!!!
    Isso deve ir pro guiness!

  34. Antonio disse:

    Como pode?
    Juízes entendem de medicina?
    Mandar por um paciente na UTI sem conhecimento da fila de prioridades existente. É um ato, no mínimo irresponsável. A direção de um hospital não precisa de ordem judicial para "arranjar" vaga de UTI, elas são ocupadas com critérios técnicos de criticidade de cada solicitação, de cada paciente. No entanto, os doutores da lei se acham com poderes para intervir e tocar o terror onde já se vive isto todos os dias.
    Meretíssima, não precisamos de ordens judiciais, precisamos de VAGAS nas UTI's. É assim que se põe pacientes sob cuidados intensivos. Enquanto se obedecia a senhora, a fila de solicitações crescia…
    Agora é só dar a ordem para os outros 26 que a senhora deixou do lado de fora.
    Os critérios médicos não foram se quer consultados. Não é da diretora que a senhora tem que cobrar, o déficit de leitos de UTI é da rede, é do governança maior: DO GOVERNADOR.

    UM ABSURDO!
    UM DESCALÁBRIO!
    A QUE PONTO CHEGAMOS?
    UM DESASTRE PARA A MEDICINA E PARA A SAÚDE.

  35. Roberto disse:

    Porquê quando falou em prisão apareceu a vaga? milagre, mágica ou o quê.

    • José disse:

      O passe de mágica foi que os 27 pacientes que esperavam a vaga antes da idosa, não tinham advogado amigo de assessor de juiz!! Agora onde está a igualdade?? O pobre sem recursos fica na fila, enquanto outros que pagam advogados passam na frente sem critério algum, pq não pagam um plano de saúde, se quer prioridade??????

  36. Josué Rodrigues. disse:

    Sabemos da competência da Dra:Fátima, como gestora(diretora geral)desta tão séria unidades de saúde publica, sabemos que fazer gestão ou está a frente de uma não e coisas fácil, os magistrado do RN, pecam muitos ao cobrá certo pedido ,que seria de fato e de direitos a outras pasta como secretário de saúde, e a pasta do executivo, o sr, governador, os cargos neles deferidos ,como gestão direta, diretores e coordenadores de pastas não devem ser punidos dessa forma por está gestores ou coordenadores,a sra; (magistrada)Dra;juiza de direito deveria encaminhar esse processos ao ex cultivo ou a pasta do secretário de saúde, e antes de tudo fazer uma visita as umidades e ver e sentir a realidade e como funcioná de fato hoje nosso serviço público, e a calamidade pública em real e geral que nós nos encontramos.

  37. LIGIA RODRIGUES DA COSTA NOBRE disse:

    Porque não reabrem a UTI do HOSPITAL DA POLICIA que tá fechada a anos por falta de medicos e diminue a fila das pessoas que precisam de uma UTI. DESCASO TOTAL DO GOVERNO COM A POPULACAO.

  38. Isabel Almeida disse:

    Tristeza! Desconheço alguém no momento que ame mais trabalhar neste hospital. Que vibre com cada vitória quando o paciente é melhor assistido. Sigamos em frente.

  39. Denis disse:

    Revoltante… Não há segurança jurídica para nenhum gestor da saúde pública do nosso estado. Por mim ela teria entregue seu cargo imediatamente. Mas é uma guerreira abnegada. Pessoas que não existem mais, infelizmente

  40. MONICA SANTIAGO disse:

    ABSURDOOOOOOOOOOOOOOO!!!!!!!!!!!!
    AS VAGAS NÃO APARECEM NUM PASSE DE MÁGICA, NÃO PODEMOS RETIRAR UM PACIENTE GRAVE PARA DAR VAGA A OUTRO PACIENTE.
    TODOS TEM A NECESSIDADE DE UM ATENDIMENTO DIGNO, E A DIRETORA PAGAR POR ISSO????????????
    COMO ASSIM??????????????
    PQ A JUÍZA NÃO EMITE UM MANDADO DE PRISÃO PARA O GOVERNADOR QUE ALÉM DE NÃO PAGAR UM SALÁRIO DIGNO, NÃO PAGA EM DIA.

  41. ANGELA disse:

    É muito fácil mandar sem saber a real sitiação do HMWG. Mandar prender a Diretora sem que a mesma tenha tomado ciência da DECISÃO, final de semansa, no qual a mesma não encontrava-se no Hospital, sem contar que havia 27 pacientes aguardando vaga em UTI. Se faz necessário que Magistrados como estes, sem conhecimento da realidade do Hospital visitem o Walfredo para que assim tenham conhecimento e possam atuar.

  42. Flávio Rezende disse:

    A diretora devia propor uma troca. A juíza assume para ver se tem prestígio e obtém mais recursos e a diretora passa uns meses na justiça, aproveitando para requerer auxílio UTI. Que situação rapaz

    • Luciana Paula disse:

      Show!!! 👏🏼👏🏼👏🏼👏🏼 Seria muito interessante a “Sra Magistrada” ir ao hospital escolher quem tirar da UTI e comunicar aos seus familiares a sua decisão !

    • clarice disse:

      faço minha suas palavras, plausível.

  43. Rodrigo Cabral disse:

    Faltou só essa juíza dizer quem ela quer que saia da UTI pra dar a vaga pro outro. Pelo amor de Deus! Se não tem vaga, é pq todos os leitos já estão ocupados com pessoas graves. Agora, na hora do TJ dar 100 dos 500 milhões que tem em caixa pra saúde, os juízes chiaram. 👏🏻👏🏻👏🏻👏🏻

  44. Paulor disse:

    esse magistrado era pra ter pedido a prisão do governador.. , faça uma visita no walfredo para vc ter noção do milagre que esses profissionais da saude fazem, o dinheiro que vcs recebem ilegalmente como o auxilio moradia, faz falta na saude,educação e segurança.

  45. Almir Dionisio disse:

    Infelizmente essa é a situação da saúde pública em nosso país. E a responsabilidade só cabe ao gestor da pasta e aos diretores de hospitais.
    Agora os juízes não fazem nada para que venha mais recursos para a saúde para assim evitar que escolhas de quem vai e quem não vai viver seja feita pelos profissionais.
    De certo ela nunca passou por situação parecida, pq tem plano de saúde, tvez nunca tenha visitado os corredores do walfredo e conheça o esforço que os profissionais fazem 24 hs do dia para salvar vidas.
    É por atitudes irresponsáveis como essas que ninguém mais quer ser diretor de unidade hospitalar pública.

  46. Bruno disse:

    E as vagas em leitos de UTI aparecem como um passe de mágica agora?

  47. Rodrigo Medeiros disse:

    Por quê essa “juíza” não expediu um mandado por escrito do nome de algum paciente pra ceder o lugar? Quis aparecer???