Investidores poloneses anunciam empreendimento turístico de 1,5 bi de dólares no RN

O Rio Grande do Norte vai receber um dos maiores empreendimentos turísticos do Brasil, no município de Baía Formosa, a 90 km da capital. O detalhamento foi apresentando na manhã desta segunda-feira (04) ao governador Robinson Faria pelo embaixador da Polônia no Brasil, Andrzej Braiter, e por uma comitiva de investidores poloneses. Ao todo, serão dois resorts e uma vila de casas de alto padrão da rede hoteleira Six Senses, com investimento na primeira fase de 400 milhões de dólares, chegando a 1,5 bilhão de dólares ao final do empreendimento.

Segundo Robinson Faria, a chegada da rede hoteleira ao RN representará uma mudança no cenário turístico do estado. “Recebemos a notícia com bastante entusiasmo, pois mais um grande investimento no turismo chega ao Rio Grande do Norte, beneficiando todo o litoral sul, trazendo turistas de alto poder aquisitivo e movimentando a economia do Estado”, afirmou o governador.

O embaixador da Polônia destacou que “O governo mostrou as vantagens do Rio Grande do Norte para receber esse grupo hoteleiro e agora vai receber grandes investimentos que trará benefícios econômicos e culturais”.

Durante a apresentação do projeto foi informado que a licença prévia de viabilidade ambiental já foi liberada pelo Instituto de Desenvolvimento Sustentável e Meio Ambiente (Idema). “Agora os investidores estão discutindo o projeto executivo com o órgão para dar entrada na licença de instalação”, disse o diretor-geral do Idema, Rondinelle Oliveira.

Piotr Maj, chefe de gerenciamento de projetos da Gremi International, uma das empresas empresas investidoras do hotel, afirmou que o empreendimento será construído em uma área de cerca de cinco hectares e terá espaços para spas, atividades esportivas, campo de polo, pesca, planetário, além de um centro de proteção de tartarugas.

“Nosso projeto é totalmente focado na preservação da natureza e da ecologia. A partir dessa construção, Baía Formosa entrará no roteiro de lugares seletos no mundo para esse público específico de alto padrão”, contou. A previsão para início das obras é 2019.

Impacto econômico

Com a chegada do empreendimento no município potiguar estão previstas em média 400 novas vagas de empregos diretos e 4 mil indiretos. “O benefício do investimento não ficará apenas em Baía Formosa, mas se estenderá a cidades vizinhas”, pontuou o presidente da Gremi International, Greg Hajdarowicz.

O presidente ainda acrescentou que “o impacto econômico da chegada desse empreendimento poderá comparada com o desenvolvimento que aconteceu em outros lugares que receberam resorts de alto padrão, como por exemplo em Canún, no México. Além disso, outras empresas podem se interessar e ver novas oportunidades em também investir no local após a instalação da Six Senses”.

A geração de emprego já está sendo aguardada pelos moradores de Baía Formosa, como conta o prefeito do município, Adeilson Gomes de Oliveira. “Temos potencial turístico que agora será divulgado para todo o mundo. Por isso, vamos capacitar os moradores para atender a alta demanda de mão de obra e os novos comércios e empresas que devem também se instalar no município”, frisou o prefeito.

O representante do conselho administrativo da rede Six Senses, Wolf Hengat, ressaltou que a empresa passou anos buscando um local ideal no Brasil para a instalação do novo empreendimento. “Será o primeiro Six Senses das américas. Já visitei 110 países e tenho 50 anos de experiência em rede hoteleira e posso garantir que Baía Formosa é um local único. Precisei ver de perto para acreditar na tamanha beleza do lugar”.

O secretário de Turismo do RN, Ruy Gaspar, assegurou que “esse é sem dúvida o maior investimento no turismo da história do Rio Grande do Norte. Esse grupo que é o número um do mundo nessa área vai abrir um mercado que ainda não existe no país. Com isso, vai atender um público exigente, de alto padrão, e que com certeza vai querer conhecer outras cidades e belezas naturais do estado”.

Publicidade

Comentários:

  1. Alicia disse:

    Prato cheio para Gilka da Mata e Rossana Sudário, que já atrasaram o RN em pelo menos 20 anos!

  2. Marcos disse:

    E aquele condomínio qie o Beckham veio fazer a propaganda? Já começaram a fazer?

  3. Eduardo disse:

    Quero ver quando o MP começar a atrapalhar!

  4. Francisco disse:

    Espero que esse investimento retorne de verdade
    Para populaçao do RN .que hoje e carente de segurança e Saude pois estes policos visao sempre o seu bem estar ….que o MP eo TCU fiquem de olhos abertos

  5. Wahington disse:

    Vindo desde governo não acredito em mais nada pois prometeu que o estado tinha dinheiro so não tinha administrado, prometeu segurança do na porta do prédio onde ele mora em areias preta, prometeu saúde, o que ele falta promete é não cumprir ao falta ele promete que vai paga os funcionários em dias pois essas outras promeças ele não fez nem uma e no dia que ele promete bota os salários em dias pode ter certeza que o atraso vai ser maior. Acorda RN todos esses políticos que temos nunca vão pensar no povo.

  6. Sergio disse:

    Tomara q o Governador use um pouco do dinheiro q vai entrar na segurança, pq não adianta grandes investimentos se não se pode andar nas ruas sem correr rico de assaltos e mortes.

  7. Leonardo J. Monte disse:

    Quero parabenizar o governador e secretario de turismo do RN, assim como o presidente do conselho da empresa empreendedora Six Senses, por tao omportante e espetacular projeto turistico na fantastica praia de Baia Formosa, levando grande equipamento e desenvolvimento para toda aquela regiao. Nos de Pernambuco e estados vizinhos, ficamos perplexos e felizes com investimento de tamanha envergadura.

  8. Marcos disse:

    É so um condominio…muito barulho por pouca coisa. Muita propaganda enganosa. 400 empregos… É muito pouco para envolver governador, embaixador…tem coisa errada ai!
    .

    • Tania Ambrosio disse:

      Esse tipo de turista tem pouca interação com a população nativa, consequentemente, não consome no local. Os beneficios para a população não são expressivos. Os exemplos estão aí: Cancún, Porto de Galinhas. É preciso que os gestores publicos saibam negociar para que as comunidades sejam beneficiadas.

    • Helverth disse:

      Toda uma cadeia é gerada com a vinda de um turista.

      Começando na cia aérea, os funcionários do aeroporto, do traslado, o guia local, os funcionários do hotel, os passeios de buggy, dromedário, 4×4, quadriciclo e por aí vai….

      Para o estado, e município, ISS, ICMS.

      Futuros empreendedores surgem de uma visita dessas.

      Os benefícios são enormes, para todos.

  9. paulo disse:

    BG
    Como Baia Formosa está no meio entre João Pessoa( 90KM ) e Natal( 90 KM), naturalmente muita gente chegará via Paraíba pois terá muito menos tempo no deslocamento vindo por João Pessoa.

  10. Potiguar disse:

    Até o IBAMA, IDEMA e Ministério Público acabarem com a festa!!

  11. Cicero disse:

    Muito bom de verdade, a falha realmente, é a falta do Augusto Severo. A maior burrada de todos os tempos. Muito bem, abram o aeroporto de São Gonçalo, mas nunca deveriam ter matado o aeroporto premiado de Parnamirim.

  12. edson disse:

    Enquanto isto , vamos permanecer com o maior crime que já fizeram com nosso estado , em tirar nosso aeroporto de um local privilegiado e colocar dentro de um local totalmente inseguro e distante.

  13. Jacio Maranhão disse:

    Prefeito conclui a folha de novembro dia 12 o governador conclui quando?

  14. Luiz Moreira disse:

    Como tem gente negativa e baixo astral nessa internet. Temos que ficar felizes com um investimento desses. Uma coisa não exclui outra. Fábrica, hub da Tam, hotel, não importa. O investidor investe quando faz sentido para o negócio dele. Apesar de todos os problemas, o turismo é nossa principal atividade econômica e já temos uma ótima rede hoteleira. Que venham mais. Temos leis ambientais bastante rigorosas mas isso não é impedimento para um projeto sustentável, muito pelo contrário.

  15. Almir Dionisio disse:

    Enquanto isto nenhuma melhoria na estrutura dos serviços é dispensada pelo Governo – Acesso a praia de pipa uma vergonha e a qualidade dos serviços caros e sem estrutura alguma, nossas praias urbanas são de fazer vergonha aos turistas – PB – PE e CE na frente com uma baita estrutura ofertando comodidade e conforto aos turistas.
    O RN precisa aprender e muito – muita propaganda enganosa e pouca ação.

  16. Roberto disse:

    É muito pouco pra um estado miserável como o nosso, porque não trazer uma fábrica, como a cidade de Sobral/CE tem a da Grendene onde emprega 25 mil pessoas. Ai sim estaria trazendo desenvolvimento para o o RN e movimentando a economia.

  17. Pedro doctor kite disse:

    apoio esse empreendimento vai ser ótimo para o desenvolvimento do Turismo em toda região sem conta que está partindo de uma pessoa que conhece muito bem o lugar e ser um velejador kitesurf

    • Almir Dionisio disse:

      beneficiar gdes empresários, porque a população local, essa coitada – investimento é trazer fábricas, gerar empregos.

  18. escritor disse:

    Esse filme ja vi varias vezes. Resorts com campo de golf, etc. Lembram? Tomara que dessa vez dê certo. Uma dica, se me permitem, procurem o Ibama, Idema e Ministerio Publico.

  19. Armando Souza disse:

    Vão acabar com a Mata Estrela!!!!!!!
    Será que vamos assistir bobificados e ainda achar uma notícia boa???????????????

    • Garibaldi Chianca Filho disse:

      A Mata Estrela é de Propriedade do Grupo Farias/ Usina Vale Verde, ela tem um controle rígido e adequado , com visitas diárias controladas, não haverá mudanças na postura nossa com relação a RPPM Mata Estrela

  20. Pepa disse:

    Será que o salário do funcionalismo vai ser pago em dia, com isso? hahahaha

  21. Pepa disse:

    E o que o povo ganha com isso…!?

  22. Ivan disse:

    Ótima notícia p/nossa combalida economia!!!!!!

  23. Oliveira disse:

    Parabéns a todos envolvidos.

  24. Batista disse:

    ESSE É IGUAL AOS INVESTIMENTOS DA TAM ,QUE IAM REVOLUCIONAR O RN……..KKKKKKKKKKKK