Lava-Jato prende Vaccarezza, ex-líder do PT na Câmara

Foto: Ailton de Freitas/16-07-2013 / O Globo

 

A Polícia Federal (PF) deflagrou, nesta sexta-feira, a 43ª e a 44ª fases da Lava-Jato no Rio de Janeiro e em São Paulo. O ex-deputado federal Cândido Vaccarezza, ex-PT, é um dos alvos de prisão temporária. É a primeira vez que a PF realiza duas fases da operação ao mesmo tempo. As operações foram batizadas de Sem Fronteiras (no Rio) e Abate (em São Paulo), respectivamente. Vaccarezza é investigado por receber boa parte dos US$ 500 mil oruindos em propina do esquema, segundo o Ministério Público Federal (MPF), “agindo em nome do Partido dos Trabalhadores (PT)”.

Foram expedidas pelo juiz Sérgio Moro, em Curitiba, 46 ordens judiciais, sendo seis mandados de prisão temporária (um em São Paulo e cinco no Rio), 29 de busca e apreensão e 11 de condução coercitiva. Todos os presos devem ser encaminhados para a Superintendência da Polícia Federal na capital paranaense.

De acordo com o advogado de Vaccarezza, Marcellus Ferreira Pinto, o ex-parlamentar segue direto para Curitiba sem passar pela sede da Polícia Federal em São Paulo.

Segundo a PF, a Operação Sem Fronteiras, que ocorre no Rio de Janeiro, mira a relação entre executivos da Petrobras e grupos de armadores estrangeiros para “obtenção de informações privilegiadas e favorecimento obtenção de contratos milionários” com a estatal.

A Operação Abate, por sua vez, ocorre em São Paulo e investiga um grupo criminoso que seria “apadrinhado” por Vaccarezza. A PF suspeita que o ex-parlamentar utilizava influência para obter contratos da Petrobras com uma empresa estrangeira, que teria direcionado recursos para pagamentos indevidos a executivos da estatal e agentes públicos e políticos, além do próprio ex-deputado.

O GLOBO

Publicidade

Comentários:

  1. Waldemir disse:

    Falou em roubo falou PT

  2. djalma disse:

    PT e corrupção: é impossível desassociar estes dois nomes… são sinônimos..

  3. Blue disse:

    Falta prender mais gente, inclusive o chefe da quadrilha Temer.

  4. Jorjão disse:

    Vaccarezza deixou o Partido dos Trabalhadores. Hoje é filiado ao PTdoB, o mesmo a que era filiada a ex-Governadora Vilma Faria.

  5. Silva disse:

    Mais um inocente!

  6. Humilde Iconoclasta disse:

    Outro petista preso? Às vezes eu acho que estou vendo notícia velha…

  7. JK disse:

    O câncer não tem cura…

    • paulo disse:

      BG
      Como é que esse partido ainda está funcionando????????? Tem que fechar e prender todos os envolvidos em falcatruas.