Mina assina contrato com o Barça e presidente diz: ‘Queria vir há anos’

Depois de ser anunciado, Yerry Mina é, enfim, jogador do Barcelona também no papel. Na manhã deste sábado, o ex-zagueiro do Palmeiras assinou o contrato válido por cinco temporadas, ou até 2023, e se mostrou feliz em chegar ao clube catalão. O presidente Josep Maria Bartomeu, que estava ao seu lado, destacou que o jogador queria a transferência ‘há anos’.

– Ele é um jogador que levamos muito tempo seguindo. A previsão era contratá-lo na janela do meio do ano, mas adiantamos para janeiro. Ele tem um grande talento e esperamos que seja muito bom para a equipe. É o primeiro jogador colombiano que faz parte do primeiro time do Barcelona e é um orgulho. Agora toda a Colômbia será ‘blaugrana’. Sei que queria vir há anos. Chegou o momento – disse o presidente do Barcelona.

Em enquete realizada no site do ‘Mundo Deportivo’, a maioria esmagadora aprovou a chegada de Mina ao clube. De 552 votos, 91% afirmaram que ele tem grande potencial. Sorridente, o defensor comemorou a oportunidade de se transferir ao Barça.

– Estou muito feliz de estar no Barça. Muito agradecido a Deus e todos que fizeram ser possível. Quero aprender muito de meus companheiros e ganhar coisas grandes. Sempre sonhei e nunca duvidei que chegaria aqui – afirmou Mina.

A cláusula de rescisão de Yerry Mina é de 100 milhões de euros (R$ 389 milhões). A princípio, Mina chegaria ao Barcelona somente em julho, mas a possibilidade de perder Mascherano fez os catalães anteciparem o acordo. No total, os espanhóis pagaram 11,8 milhões de euros (R$ 45,7 milhões).

Do valor total, o Palmeiras terá que destinar cerca de R$ 9,1 milhões para o Santa Fé, que possuía 20% dos direitos econômicos do zagueiro. O Verdão terá que devolver ainda o valor investido pelo ex-presidente Paulo Nobre na contratação, com correção monetária. O montante era de R$ 11,7 milhões.

 

Terra

Publicidade

Comentários: