Publicidade

Ministro diz que "esqueceu" de registrar nome do empresário que lhe empresou avião

O ministro do Trabalho está depondo agora no Senado sobre as irregularidades apontadas em denúncias na imprensa.

Segundo o noticiário, Lupi viajou em avião particular de empresário beneficiado por convênios do Ministério. A prática fere o princípio da impessoalidade e já levou à queda um ministro, o da Agricultura, que fez coisa semelhante.

Lupi negou a viagem. Depois foi desmentido por vídeo.

Agora diz que não “registrou” o nome do empresário Adair Meira quando o conheceu.

“A memória às vezes falha, eu sou humano”, disse. “Quantos ministros, deputados, senadores podem ter usado carro, avião em atividades rotineiras de quem não conhece? Meu erro foi não checar com a apuração que devia. Isso foi o que aconteceu.”

enviar comentário
Publicidade

Passageiros são obrigados a fazer 'vaquinha' para pagar combustível de avião

A BBC noticia uma situação inusitada. Passageiros de uma companhia aérea da Áustria disseram que foram obrigados a pagar pelo combustível necessário para completar um voo entre a Índia e a Grã-Bretanha.

A companhia Comtel Air afirmou que vai investigar a alegação de que teria sido pedido 20 mil libras (quase R$ 56 mil) para cobrir os custos do combustível do voo entre Amritsar, na Índia, e a Grã-Bretanha, quando o avião fez a escala em Viena, para reabastecimento.

“Fiquei sabendo o que aconteceu. Não deveria ter acontecido e vou investigar a razão. As pessoas que tiveram que pagar vão receber o reembolso”, afirmou Bhunpinder Kandra, diretor de serviços para passageiros da Comtel Air.

Além desta denúncia, outros passageiros ficaram na Índia depois do cancelamento de alguns voos.

Mais investigações

A Comtel Air introduziu uma série de voos mais baratos em outubro, saindo de Birmingham para Amritsar, na região do Punjab, Índia, com escala em Viena.

A operadora do aeroporto da cidade de Birmingham, que já havia declarado que a companhia estava operando com sucesso a rota par Amritsar, agora afirmou que abriu uma investigação para apurar as denúncias recentes.

Reena Rindi estava no voo com a filha de dois anos de idade e contou ao canal de televisão britânico Channel 4 que ficou três dias parada devido à confusão.

“Queríamos ir para casa. Ficamos presos por cerca de três ou quatro dias. Quem iria nos levar para casa?”

Rindi contou que os passageiros concordaram em pagar para a companhia aérea para conseguir voltar para Birmingham.

“Quem não tinha o dinheiro, era obrigado a sair do aeroporto, um por um, para conseguir o dinheiro em Viena”, disse.

“Tivemos que pagar 150 euros (quase R$ 360) ontem à noite em Viena para voltar para Birmingham e então eles não iriam nos levar de volta para Birmingham. Então, tivemos que pagar para voltar”, disse uma passageira à BBC.

Outros passageiros relataram que familiares ainda estão presos em Amritsar desde domingo, sem informações sobre o que está acontecendo com a companhia aérea.

Bhunpinder Kandra, da Comtel Air, afirmou que espera que a situação seja resolvida “até o final da semana” e que um voo vai ser disponibilizado, saindo de Amritsar para a Grã-Bretanha na sexta-feira.

A confusão se estendeu a uma agência de viagens em Smethwick, na região de West Midlands, na Inglaterra. Os passageiros disseram à BBC que não sabiam se o voo agendado pela Takhar Travel iria decolar.

Cerca de 30 passageiros, que passaram pelo problema em Viena junto com familiares de pessoas que ainda estão presas em Amritsar, foram até a agência de viagens na quarta-feira, mas o gerente não foi encontrado. A polícia foi chamada.

enviar comentário
Publicidade

Ladrão foi assaltar Policial Civil, se deu mal. Morreu!!!

Portal BO

Um homem identificado como Kleber Ferreira morreu no fim da noite desta quarta-feira (16), ao tentar invadir a residência de um policial civil. O jovem vinha na garupa de uma motocicleta juntamente com um comparsa e pretendia assaltar.

De acordo com informações dos policiais do 11º Batalhão da Polícia Militar, a dupla estava armada e já tinha realizado um roubo. Os dois invadiram um comércio no loteamento Esperança e levaram dinheiro do caixa.

Na fuga, eles passaram por uma rua onde o policial civil estava sentado na calçada conversando com um amigo. Era por volta das 23h e os criminosos decidiram tentar assaltar os dois homens.

No entanto, quando o garupa da motocicleta desceu e anunciou o roubo, o policial reagiu e atirou contra o assaltante, que acabou morrendo. O comparsa dele acelerou a moto e fugiu com destino ignorado.

Comentários (8) enviar comentário
  1. Jovemilitar disse:

    Vou mandar flores! kkk… Filho da puta vai assaltar o capeta.

  2. Arrraraar disse:

    menos 1

  3. Charles Barreto disse:

    Pena que num deu pra matar o comparsa também

  4. Junior disse:

    Menos um, esse deveria ser o final de todos os vagabundos.

  5. Anônimo disse:

    Merece uma condecoração esse policial. [2]

  6. Anônimo disse:

    justiça com as próprias mãos

  7. Jomardo disse:

    Merece uma condecoração esse policial.

  8. Guilherme disse:

    Vagabundo quer pintar e bordar no estado RN da impunidade. Mas, ainda bem que temos homens dispostos ainda, mesmo em folga, a proteger a população.

Publicidade
Publicidade

MP pede o relatório da Controladoria sobre convênio da Prefeitura de R$ 1 milhão

O Ministério Público solicitará à Controladoria Geral do Município cópia do relatório no qual estão apontadas as ilegalidades no convênio de R$ 1 milhão firmado entre a Secretaria de Esporte e Lazer e a Organização de Sociedade Civil de Interesse Público De Peito Aberto.

A negociação feita pelo Executivo com a instituição mineira está sendo alvo de investigação na Promotoria do Patrimônio Público e agora ganha um novo desdobramento com a revelação de que a Controladoria considerou ilegal o convênio. Através da assessoria de imprensa,  o Ministério Público confirmou que há uma investigação em curso sobre o convênio e que agora será solicitada cópia do relatório da Controladoria Geral do Município.

O inquérito civil público foi instaurado pelo Ministério Público há cerca de cinco meses, logo após a publicação do extrato do convênio no Diário Oficial e a divulgação de reportagens sobre o assunto na imprensa.

O relatório da Controladoria, embora emitido ainda em agosto, só se tornou público com a comunicação feita pela controladora geral do município, Edmara Gadelha, à  Comissão Especial de Inquérito que investiga os contratos da Prefeitura Municipal de Natal.

No ofício, assinado no dia 9 de novembro, a controladora Edmara Gadelha destaca à CEI dos Contratos que as falhas encontradas no convênio são referentes a “instrução técnica”.

Um dos pontos críticos apontados no relatório é a ausência de competição para escolher a De Peito Aberto. A Controladoria identificou que não houve competitividade e justificativa plausível para a Secretaria de Esporte ter escolhido a referida entidade. Outra falha do convênio está na previsão de pagamento. Embora o contrato tenha previsão de 12 meses, os termos da negociação previa pagamento antecipado dos serviços e a quitação completa dos valores ainda no ano de 2011.

Cancelamento

A Prefeitura do Natal informou à TRIBUNA DO NORTE que o convênio com a organização De Peito Aberto não será executado. No entanto, não divulgou até agora quando será publicado o cancelamento no Diário Oficial do Município. Segundo a assessoria da Prefeitura, a determinação do Gabinete da Prefeita para cancelar o convênio ocorreu desde a emissão do relatório da Controladoria.

Mesmo assim, em depoimento à CEI dos Contratos, o secretário municipal de Esporte, Rodrigo Cintra, defendeu o convênio. Na ocasião, ele negou que já tenha feito algum pagamento antecipado para a instituição. E rebateu as informações, apontadas como indício de irregularidade pela CGM, segundo as quais a entidade receberia valores antes de realizar os serviços.

Fonte: Tribuna do Norte

enviar comentário
Publicidade
Publicidade

Governo Rosalba trata os produtores de leite como lixo

Do Blog do amigo Marcelo Abdon

A grande decepção dos produtores rurais do Estado que fornecem para o Programa do Leite, maior programa social do Rio Grande do Norte, é com o fato da governadora Rosalba Ciarlini ser médica pediatra e saber da importância do leite na alimentação infantil.

Desde que assumiu o governo, Rosalba deu pouca importância ao Programa do Leite. Não atualizou o débito do governo passado e nem pagou em dia, em seu governo. O preço do leite encontra-se defasado e com o pagamento atrasado, estando a maior parte dos produtores sem receber há mais de cinco quinzenas o que lhes é devido, além de não existir fiscalização nos laticínios para atestar a qualidade do leite fornecido.

Todos esperavam que ao assumir o governo, Rosalba Ciarlini fosse dar a atenção devida ao programa. Coisa que não aconteceu. O atual governo conseguiu praticamente acabar com o Programa do Leite.

Do Blog: Hoje pela manhã o RN TV abordou o assunto no programa, lastimável a situação dos produtores e a qualidade do leite que e distribuído hoje, porque o governo simplesmente não fiscaliza. Já tem pequenos produtores quebrados e os maiores produtores já estão com quase 90 dias sem receber, fora o debito deixado pelo governo passado. Estão sendo tratados como lixo ou não?

Comentário (1) enviar comentário
  1. Anônimo disse:

    o pior de tudo é que não é somente a rosa que faz isso, todos os governos que entram e saem do poder do nosso estado fazem essa pouca vergonha, era bom que os produtores de Leite arrumassem outro comprador e deixasse o estado se virar !!!

Publicidade
Publicidade

Bairros das zonas Sul, Leste e Oeste de Natal ficarão sem abastecimento de água por 24 horas.

A Companhia de Águas e Esgotos do Rio Grande do Norte (Caern) realiza hoje serviço de manutenção na Estação de Tratamento de Água (ETA) do Jiqui, e por isso paralisa o fornecimento de água para os bairros das zonas Sul, Leste e Oeste de Natal por 24 horas.

A ETA do Jiqui está localizada no final da avenida Ayrton Senna, região Sul da capital, e essa unidade é responsável pelo abastecimento de vários bairros nessas três regiões.

O chefe da Unidade de Operação e Manutenção de Águas, da Regional Natal Sul, engenheiro Wagner José de Oliveira, lembra à população sobre a necessidade de evitar desperdícios e reservar a água até o início da operação, como forma de minimizar os efeitos do desabastecimento momentâneo.

Durante os trabalhos, técnicos da Caern irão instalar um registro de 1.000 milímetros de diâmetro, que vai proporcionar condições tecnológicas para evitar, a partir desta operação, paralisação total do sistema de distribuição de água, por ocasião das manutenções na Captação do Jiqui, em serviços no futuro.

Os moradores dos bairros de Cidade Satélite, Pitimbu, Planalto e Ponta Negra, não terão interrupção no fornecimento, pois são atendidos por baterias de poços tubulares. O abastecimento das demais regiões mencionadas será paralisado por 24 horas, a partir do início dos serviços.

A Caern recomenda aos moradores dos bairros das zonas Sul, Leste e Oeste de Natal que economizem água em suas residências, evitando o desperdício. Esta providência e atitude consciente permitirá que as pessoas tenham água armazenada em suas caixas d´água. Entre as medidas estão não lavar carros, não aguar plantas à noite, não lavar calçadas e evitar banhos prolongados e ainda fechar registros em casos de vazamento.

SISTEMA

O Sistema Jiqui produz 2,4 milhões de litros de água por hora e voltará a operar normalmente na manhã da sexta-feira, quando a oferta de água começará a ser regularizada, de forma gradual, atendendo inicialmente as casas situadas nas partes mais baixas de cada uma das regiões. As partes mais elevadas serão atendidas até o domingo (20), conforme expectativa dos técnicos da Caern para regularizar totalmente o abastecimento.

Tribuna do Norte

enviar comentário
Publicidade

Caraúbas será sede do BOPE no Oeste do RN

BOPE usará Caraúbas como sede para atuar na Oeste do RN

Em reunião com a juíza Daniella Rosado, promotor Flávio Corte, CDL, Maçonaria, Câmara Municipal, Prefeitura, na tarde desta quarta-feira, na sede do Ministério Público, a Polícia Militar e a Polícia Civil anunciaram aumento de efetivo para atuar em Caraúbas.

O coronel PM Túlio César, do II BPM de Mossoró, disse ao capitão PM Carvalho que o Bope vai se instalar em Caraúbas para atuar na Região Oeste do Rio Grande do Norte.

Esta foi à grande notícia para Caraúbas. A segunda boa notícia foi que o capitão Carvalho já foi autorizado a selecionar 16 PMs e deixar o BOPE treiná-los para atuar em Caraúbas.

Enquanto esta turma não é selecionada e treinada, o capitão Carvalho disse que o comandante do BOPE, Marcos Teodósio, vai ficar fixo em Caraúbas a disposição da cidade.

A terceira notícia é razoável. O novo delegado da Divisão de Polícia do Oeste (DIVIPOE), Odilon Teodósio, disse que vai designar um agente graduado em direito para a DP de Caraubas.

“Quando o cidadão procurar, vai ter sua queixa registrada e este agente vai iniciar os procedimentos enquanto o delegado civil chega à cidade”, destaca.

A quarta notícia é ótima. Odilon, com trabalho destacado em Natal no combate as drogas, garantiu que vai presidir as investigações para prender os responsáveis pelo atentado.

As informações passadas pelo capitão Carvalho e pelo delegado Odilon Teodósio foram motivos de comemoração na cidade de Caraúbas.

Com o BOPE presente, população acorda e dorme tranqüila

A população de Caraúbas já acorda e dorme tranqüila. A presença do BOPE e de agentes civis investigando o atentado a cidade, está trazendo a tranqüilidade de volta. Porém, a sociedade organizada está em alerta e garante permanecer em alerta.

Sempre anunciamos aqui que Caraúbas era diferenciada. Conheço muito mais do que ruas e praças. Conheço as pessoas. Entretanto, o Governo Rosalba deixou a cidade desguarnecida e aconteceu o que aconteceu. Tráfico para o município e desmoralizante para o Estado.

A reação foi imediata. A juíza Daniella Rosado reuniu na tarde desta quarta-feira as principais autoridades de segurança e da sociedade caraubense no gabinete do promotor Flávio Corte e cobrou de cada setor o que cada um poderia fazer pela paz em Caraúbas.

E as respostas das autoridades de segurança presente foram o que nortearam ainda mais a tranqüilidade no município de Caraúbas. A população dorme e trabalha tranqüila sabendo que a PM está presente, de prontidão, e a Polícia Civil está discretamente investigando.

Assessoria

Comentário (1) enviar comentário
  1. Claudio disse:

    Engraçado, enquanto na Corregedoria da Polícia Civil existem 19 delegados à disposição será designado para Caraúbas, apenas e tão somente, um "agente" com graduação em direito. Essa é a importância que o governo tem dado para a área de segurança.

Publicidade

População Brasileira cairá a partir de 2030

O Estado de S.Paulo

As mulheres brasileiras têm tido menos filhos e engravidado mais tarde. Os primeiros resultados do questionário mais completo do Censo 2010 mostram que a taxa de fecundidade teve uma forte queda em dez anos e chegou a 1,86 filho por mulher, abaixo no nível de reposição da população, de 2 filhos por mulher.

Se a queda nos nascimentos e o envelhecimento da população mantiverem esse ritmo nas próximas décadas, a partir de 2030 a tendência será de estabilização e depois de diminuição de habitantes, diz o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Isso porque o número de nascimentos deve igualar e, em seguida, ficar menor que o de mortes.

Os números apontam uma tendência de diminuição da gravidez na adolescência e aumento entre as mulheres de mais de 30 anos. Em comparação com o Censo 2000, os dados mostram que as brasileiras têm deixado de ser mães tão jovens como constatado na década anterior. Há dez anos, 18,8% dos nascimentos ocorriam na faixa dos 15 aos 19 anos e 29,3% entre 20 e 24 anos. Essas proporções caíram para 17,7% e 27%, respectivamente. Os nascimentos na faixa de mais de 30 anos, que eram 27,6% do total, subiram para 31,3%.

“É um dado positivo que aponta a redução das mães muito jovens e a tendência de as mulheres terem filhos quando estão mais maduras não só financeiramente, mas emocionalmente também”, diz a presidente do IBGE, Wasmália Bivar. A tendência de envelhecimento da população “muda substancialmente as políticas públicas e vai requerer infraestrutura para pessoas idosas e oferta de mobilidade para a população que fica mais velha”.

Pnad. Coordenador de População e Indicadores Sociais do IBGE, o demógrafo Luiz Antônio Oliveira lembra que a tendência de queda na fecundidade se acentuou nos anos 1970 e 1980 e o Censo 2010 confirmou a tendência apontada pelas pesquisas por amostra de domicílio (Pnads) de atingir patamar abaixo da taxa de reposição da população. “Em algum momento, talvez na década de 2030, o número de nascimentos vai encostar no número de óbitos e a população vai parar de crescer”, diz.

Entre 2000 e 2010, a taxa de fecundidade foi reduzida em mais de um quinto, passando de 2,38 filhos por mulher para 1,86. Em 1940, a taxa era mais de três vezes maior: 6,16. Rio e São Paulo têm as menores taxas do País: 1,62 e 1,63. “Temos em 2010 algo em torno de 5 milhões de pessoas de até 9 anos de idade a menos do que em 2000. Daqui a pouco vai pesar. Vão começar a surgir questões como: ‘Não precisa desse número de escolas’”, diz a presidente do IBGE.

enviar comentário
Publicidade

Dilma posa de faxineira, mas foi quem nomeou o lixo e continuou com os gatunos

Setembro de 2010. Véspera do primeiro turno da eleição presidencial. Num debate televisivo, Plínio de Arruda Sampaio (PSOL) investiu contra Dilma Rousseff (PT).

Plínio esfregou na face de Dilma o escândalo Erenice Guerra. “A corrupção bateu na sala ao lado”, fustigou. “De duas, uma: ou você é conivente ou é incompetente.”

O presidenciável do PSOL foi à jugular: “Você vai ter que escolher muita gente. Tem competência para escolher ou vai escolher outras Erenices?”

Decorridos dez meses e meio, o governo de Dilma Rousseff revelou-se uma usina de Erenices. Foram ao olho da rua seis ministros. Cinco por suspeita de corrupção.

Antonio Palocci, Alfredo Nascimento, Wagner Rossi, Orlando Silva, Pedro Novais… A sexta encrenca, Carlos Lupi, agoniza nas manchetes à espera da guilhotina.

Dilma crispa o cenho. Faz boca de nojo. Chama os trambiqueiros ao gabinete. Arma um banzé-de-cuia que arranca aplausos da classe média incauta.

A história do Brasil ensina: ninguém paga pelo que foi, fez e falou. O pedaço da imprensa que alisa Dilma, apelidando-a de faxineira, segue a tradição.

Dilma não é inocente, eis o que se deseja realçar. Foi ela quem nomeou o lixo. Com uma agravante: sabia o que estava fazendo.

Excetuando-se o octagenário Pedro Novais, um velho problema novo, todos os demais ministros pilhados no contrapé vieram da gestão Lula.

Cabe perguntar: o que fazia Dilma no governo de seu patrono? Era a chefona da Casa Civil, a gerentona geral, a coordenadora de tudo, a toda-poderosa.

Pela mesa da ministra faz-tudo de Lula passavam todas as iniciativas e programas de governo com alguma relevância. Coordenava, reunia, espinafrava, fazia e acontecia.

Pois bem. Por que diabos Dilma permitiu que o lixo conhecido deslizasse tão suavemente para dentro da gestão dela?  Por que não reciclou o continuísmo?

A frase do Plínio-2010, por premonitória, ainda ecoa: “De duas, uma: ou você é conivente ou é incompetente.”

O petismo gosta de reclamar da mídia. Deveria agradecer de joelhos. Se a imprensa não fosse tão compreensiva, perguntaria diariamente: cumplicidade ou inépcia?

Parafraseando Plínio: ou Dilma estava deliberadamente enganando o país quando nomeou o lixo ou estava sendo enganada.

Em qualquer hipótese, o caso seria gravíssimo. Não no Brasil, claro.

No embate televisivo com Plínio, Dilma realçou que o importante era investigar os desvios e punir os responsáveis.

Referindo-se ao caso de Erenice, a ex-braço direito que virou ministra por sua indicação, Dilma dissera o seguinte:

“Eu queria te assegurar, Plínio, sem sombra de dúvidas: se eu for eleita,  assumir a Presidência da República, e o governo não concluir, eu irei investigá-lo até o fim.”

Faltam 45 dias para o aniversário de um ano da gestão Dilma. O caso Erenice sobrevive como caso inconcluso. E Dilma não moveu uma palha.

Ah, que país maravilhoso seria o Brasil se o brasileiro perdesse a mania de deixar tudo pra lá e passasse cobrar os atos praticados e as posições defendidas!

Josias de Souza

enviar comentário
Publicidade