Para investigadores, PMs vítimas de ataque no Rio Potengi foram confundidos com facção rival

Os policiais vítimas de ataque de criminosos na tarde da quinta-feira (10) podem ter sido confundidos com integrantes de facção rival daquela que domina a área do Paço da Pátria. Essa é uma das suspeitas dos investigadores que estão acompanhando o caso. As informações foram publicadas em reportagem do Portal No Ar.

De acordo com a matéria, O tenente coronel Zacarias Mendonça, chefe do Policiamento Metropolitano informou: “Trabalhamos com essa probabilidade, que é muito forte, de que os três foram confundidos com membros de facção rival”.

Ainda segundo o Portal No Ar, as buscas pelo subtenente Amaurí Soares Firmo, desaparecido no atentado, seguem com equipes da Marinha, Corpo de Bombeiros. A megaoperação para localizar os suspeitos envolvem ainda homens do 1º Batalhão de Polícia Militar, do BPChoque e do Bope.

Publicidade

Comentários:

  1. Tarcísio Eimar disse:

    Faz de conta q foi proposital. Aproveitem pra exterminar esses bandidos