Pequenos construtores do MINHA CASA MINHA VIDA no RN protestam para não quebrarem

Pequenos e médios construtores do Rio Grande do Norte estão entrando em colapso por falta de repasse destinado ao programa Minha Casa Minha Vida, pelo Governo Federal.

Há inclusive pessoas que deram entrada em documentações, foram aprovadas junto ao banco, mas por falta do repasse, não puderam assinar os contratos por falta do subsídio do Minha Casa Minha Vida.
Corretores, clientes e construtores se mobilizaram e marcaram um protesto para esta segunda, 9, às 7h, na Superintendência da Caixa Econômica Federal, no Praia Shopping. Veja acima.

 

Publicidade

Comentários:

  1. Eng. Diniz disse:

    Não é um fato isolado, no país inteiro os construtores estão passando por problemas. E não é só no PMCMV, mas em outras modalidades também. Resta aos interessados protestarem mesmo, pois a cadeia da construção civil é muito grande, desde fábricas para insumos e comércio em geral até profissionais sem nenhuma formação(somente absorvidos na construção civil). A única industria do Nordeste é a construção civil, o resto é muito pequeno perto dela, basta comparar a quantidade de empregos e de movimento financeiro. Se a construção civil parar, o Nordeste estará em maus lençõis.

  2. Engenheiro disse:

    Tem de ter divulgação com maior antecedência pois a construção civil está afundada na crise sem perspectiva de retorno temos de nos unir pra se ter uma reação nos empregos na área de construção civil!

  3. Josi Flores disse:

    Dinheiro para comprar emendas parlamentardes para se manterem no poder não falta.. Enquanto isso, quem faz girar a força motriz do país definha!

  4. Construtor disse:

    É a falada bolha imobiliária. O setor ficou viciado com financiamento direto nas veias. Foi bom enquanto durou, porém a droga produziu distorções enormes no mercado, gerando aumento artificial de demanda e aumento absurdo e especulativo de preços.

  5. Tobias disse:

    A Caixa não pode quebrar uma cadeia de negócio ainda mais quando ela está errada.

  6. Sergiomacaiba disse:

    Esse programa deixou muito construtor milionário

  7. Maracujina disse:

    Em 2018 , isso será resolvido. Lula voltará .

  8. Gabriela disse:

    Vamos juntos somos Mais forte

  9. Eduardo disse:

    Uma vergonha,baixaram até a porcentagem das casas usadas para 50%quem vai comprar?ninguem tem metade de um valor de uma casa para da de entrada

  10. Eduardo disse:

    E isso mesmo a caixa está de palhaçada com os pequenos construtores ,e pais de família que depende da construção civil para sobreviver ,estão sendo afetados todos os segmentos do ramo que vai do trabalhador da construção civil ,correspondentes bancários ,corretores de imóveis ,e os próprios construtores

  11. Luana disse:

    valeu, blog do bg , pelo apoio!

  12. César disse:

    São centenas de clientes com toda documentação aprovada pela caixa, FGTS já bloqueado, só esperando a liberação dos recursos pra assinarem os contatos de financiamento…

    O intrigante em meio a esse empasse, é que a caixa não para de receber documentação de possíveis novos mutuários, sem mesmo ter lastro para os clientes que já estão aprovados.