Prefeitura e DNOCS despejam 200 mil alevinos de tilápia na Lagoa de Extremoz

A Prefeitura de Extremoz despejou na tarde desta sexta-feira (01), na Lagoa de Extremoz, 200 mil alevinos de tilápia, peixe de água doce tradicional na subsistência familiar dos potiguares. Os alevinos – nome dado ao peixe que recém-eclodiu do ovo – foram doados pelo Departamento Nacional de Obras Contra a Seca (DNOCS), após uma solicitação feita pelo prefeito de Extremoz, Joaz Oliveira.

Os peixes viajaram cerca de 275 quilômetros, de Caicó para Extremoz. Eles foram trazidos em um caminhão e vieram da Estação de Piscicultura Estevão de Oliveira, no município da região Seridó.

O objetivo da doação é fazer o repovoamento da Lagoa de Extremoz, que passou recentemente por um período de seca em razão da estiagem. A partir do quarto mês de idade as fêmeas já estarão prontas para a reprodução.

“Daqui a alguns meses esses peixes já estarão prontos para serem pescados pelos nossos pescadores e servirão de alimento e fonte de renda para as famílias de Extremoz. Agradeço ao DNOCS, pelo pronto atendimento à nossa solicitação e espero que essa importante parceria seja mantida”, declarou o prefeito Joaz Oliveira.

O pescador Hélio Dias falou sobre a importância da ação feita pela Prefeitura e DNOCS para as famílias do município. “Isso aqui nunca tinha acontecido e agora está acontecendo e é muito importante para os pescadores, pois nós vamos poder pescar e levar o alimento para as nossas famílias”, ressalta.

Foto: Canindé Santos

Publicidade

Comentários: