Sem acreditar na aliança com PDT, Júlio Protásio confirma Wilma no comando do PSB pontuando: “Ofício pode derrubar”

julio-protasioO PSB nacional decidiu manter a vice-prefeita de Natal, Wilma de Faria, no comando do diretório provisório, mas essa decisão pode ser revista a qualquer momento. O vereador Júlio Protásio explicou que, por se tratar de uma comissão provisória, a Guerreira pode ser destituída a qualquer momento por um ofício da Executiva nacional.

O vereador Júlio Protásio informou ao blog que existe uma pressão nacional para evitar que o partido continue diminuindo de tamanho, já que perdeu uma cadeira de deputado estadual durante a legislatura, com Gustavo Carvalho que deixou o PSB rumo ao PROS, que perdeu uma outra de estadual e uma de federal nas eleições, no caso de mãe e filha Sandra e Larissa Rosado.

“Existe uma pressão para que o PSB pare de diminuir de tamanho no Estado. Vieram vários emissários da Executiva nacional, no sentido que o partido perdeu espaço. Perdeu Governo, perdeu Prefeitura, perdeu bancada na Assembleia, perdeu um deputado federal. O PSB está pressionando o diretório estadual. Existe uma pressão forte em cima da professora Wilma. Hoje a professora Wilma é presidente. Foi renovado o diretório como é renovado a cada seis meses, mas é provisório. Qualquer ofício do presidente nacional pode mudar. Hoje, a Executiva é provisória”, confirmou.

Júlio também revelou que dificilmente o partido continuará coligado com o PDT do prefeito Carlos Eduardo Alves. Isso provocado pela aproximação do PMDB, que negocia a vaga de vice. “Na aliança que o PMDB se aproximou do PDT ficou claro que a vaga de vice está prometida ao PMDB. Certamente o PSB terá dificuldade de manter essa aliança se não for, pelo menos, com o que já tem que é a vice-prefeitura”, completou.

 

Publicidade

Comentários: