Publicidade

Garibaldi Filho: “O processo contra o presidente Temer ainda não permite qualquer condenação”

Reprodução: Twitter Garibaldi Filho

Senador opinou nesta segunda-feira(22) sobre imbróglio político nacional, e como “homem de partido”, disse que ” o processo contra o presidente Michel Temer ainda não permite qualquer condenação”.

Comentários (6) enviar comentário
  1. JCabral disse:

    Senhor Senador, não devemos nos expressar, afinal uma simples expressão de uma determinada funcionaria, de uma determinada emissora de comunicação, para um determinado ministro da justiça, de um determinado pais, gerou uma determinada indenização… Isso é BRAZIL!!!!

  2. Ozias Vieira da Silva disse:

    O que esse senhor ainda quer que aconteça?!que ele venha a público dizer que roubou?

  3. Justiça Brasil disse:

    Já já ele cai também!

  4. Martins Queiroz Bezerra disse:

    Qual o problema nisso? Ele não pode se expressar? Porquê?
    Desde quando ele tem a obrigação de ser contra Temer? Se Temer errou, que possa se defender e responder pelas situações dentro da previsão legal. Querem condenar Temer sem defesa? Que tribunal de exceção é esse? Estamos numa democracia ou numa ditadura?
    A reação odiosa dos petistas deve ser seguida a ferro e a fogo por qual motivo?
    Se todos os petistas investigados, processados e condenados tiveram direito ao devido processo legal, qual a razão de Temer não poder se defender? Vão tirar o direito de defesa do Presidente?

    • Reginaldo disse:

      Não se preocupe que está chegando a hora, todos caíram, a Pápuda os espera.
      kkkkkkklkkk

    • Martins Queiroz Bezerra disse:

      Se vão cair ou não, não preocupa, mas tem que ser dentro do devido processo legal e não pela execução de criminoso que antecipadamente toda esquerda fala, exigindo a imediata saída dele.
      A esquerda já condenou Temer sem dar a ele o que eles mais pedem nos processos contra Lula, o direito excessivo de defesa. Se Lula tem esse direito, Temer também.

Publicidade

Garibaldi Filho: procedimento em hospital foi realizado com sucesso; ainda sem previsão de alta

Data: 17 de setembro de 2015

Horário: 12h30
Hospital Santa Lúcia

Paciente: Senador Garibaldi Alves Filho

Paciente com quadro clínico estável. Ontem (16/09), foi submetido a drenagem endouretral (implante de duplo J), que levou a melhora dos exames laboratoriais. O procedimento foi realizado com sucesso e segue sem previsão de alta.

Dr. Sidney Sotero Mendonça – Chefe de UTI do Hospital Santa Lúcia

Dr. Frederico Messias – Médico urologista do Hospital Santa Lúcia

Assessoria de Imprensa

Hospital Santa Lúcia

enviar comentário
Publicidade

Zé Agripino, Henrique, Garibaldi e Carlos Augusto se reunem para costurar. Robinson Faria ficou aonde?

José Agripino, Garibaldi, Carlos Augusto e Henrique Alves fizeram um reunião almoço em Brasília para tratar apenas política. Não fizeram nada discreto, pelo contrário. Fizeram questão de divulgar, inclusive a assessoria do DEMocrata enviou fotos para a imprensa. Podem até dizer que o Blogueiro está louco, mas isso foi um aviso ao Deputado Robinson Faria!!! Porque Robinson que já declarou que é candidato ao Senado não foi convidado? Porque as costuras seria a reeleição de Rosalba com Henrique sendo candidato a senador na mesma chapa? Sobraria de novo a vice para Robinson!!! É por ai….

Tribuna do Norte:

Os principais líderes do DEM e do PMDB estiveram reunidos ontem, em Brasília, negociando uma aproximação para a disputa eleitoral de 2012, mas já com vistas ao pleito de 2014. Com o presidente nacional do DEM, senador José Agripino Maia, como anfitrião, o encontrou reuniu em Brasília o deputado federal Henrique Eduardo Alves (PMDB), o ministro Garibaldi Filho (PMDB) e o ex-deputado estadual Carlos Augusto Rosado (DEM).

(mais…)

enviar comentário
Publicidade

O Marketingue do desastre

O problema jurídico que pousa hoje sobre as agendas do deputado federal Henrique Eduardo Alves e do senador Garibaldi Alves Filho, da perda dos seus direitos políticos, e que já foi até repercutido pela imprensa nacional, poderia ter sido evitado se, lá atrás, nos idos do ano de 2001, ambos não tivessem sido mal orientados por uma estratégia de marketing desastrosa.

Na época, foi criada a “SEGOV – Secretaria de Governo”, que nada mais era do que uma estratégia para dar visibilidade ao então secretário Henrique Eduardo, quando o então governador Garibaldi Filho era pré-candidato a Senador, para que Henrique pudesse fortalecer sua imagem de gestor e assumir sua candidatura ao Governo do Estado nas eleições ano seguinte.

Até aí, nenhuma novidade, pois todo político tem que demostrar ser um bom gestor pra poder concorrer a um cargo majoritário. O problema foram os exageros na dose e os erros no conteúdo da tal estratégia de divulgação e a forma como a mesma foi conduzida por um profissional (?) despreparado. Para citar aqui apenas um dos tipos de erro comuns cometidos à época, dentre os outros vários que ocorreram, chegava-se ao cúmulo de colocar o deputado Henrique Eduardo no ar, ao vivo na rádio, via celular, direto do aeroporto de Brasília, com uma voz apressada e ofegante, e com todos aqueles os ruídos próprios de um check-in de aeroporto, no programa de rádio veiculado diariamente e especialmente criado para o período. Isso sem falar na exposição de imagem exagerada a que se refere a sentença proferida recentemente contra os parlamentares, fruto de uma total falta de zelo do profissional (?) responsável pela “Estratégia Segov”.

(mais…)

Comentário (1) enviar comentário
  1. @borgesneto12 disse:

    Na ferida! …

Publicidade

Charge do Dia – Garibaldi e Henrique na corda bamba da Justiça

Comentários (2) enviar comentário
  1. antonio j puzzi disse:

    Boa noite!
    Meu nome é Antonio J Puzzi
    Gerencio uma revista em Novo Horizonte SP.
    Gostaria de publicar no site e se possivel na revista suas charges.
    http://www.humorativo.com.br
    Obrigado
    Puzzi

  2. Brejo Alto disse:

    A exemplo da Globo algumas blogueiras locais deveriam ,quando pegam carona em avião da Fab, fazer a doação do valor da passagem a uma instituição de caridade!

Publicidade

Garibaldi e Henrique condenados por improbidade

O Ministro Garibaldi Filho e o Deputado Henrique Alves foram condenados por crime de improbidade administrativa e tiveram decretada a suspensão dos direitos políticos por um período de três anos além do pagamento de três vezes a remuneração que recebiam à época em que atuavam na administração estadual, em 2001. A sentença é da juíza Ana Cláudia Secundo da Luz e foi publicada no Diário Oficial da Justiça (DOJ) da última sexta-feira (13). Vale ressaltar que a ação ainda não transitou em julgado.

Segue abaixo nota do Tribunal de Justiça:

EX-GOVERNADOR É CONDENADO A SUSPENSÃO DOS DIREITOS POLÍTICOS

Um ex-governador do Rio Grande do Norte e um ex-secretário estadual de Projetos Especiais foram condenados por crime de improbidade administrativa e tiveram decretada a suspensão dos direitos políticos por um período de três anos além do pagamento de três vezes a remuneração que recebiam à época em que atuavam na administração estadual, em 2001. A sentença é da juíza Ana Cláudia Secundo da Luz e foi publicada no Diário Oficial da Justiça (DOJ) da última sexta-feira (13).
A magistrada julgou procedentes as denúncias feitas pelo Ministério Público que instaurou procedimento administrativo para apurar o uso de imagens de agentes públicos na Publicidade Oficial do Rio Grande do Norte, o que poderia significar ofensa ao princípio da impessoalidade previsto no caput do art. 37 da Constituição Federal.

(mais…)

enviar comentário
Publicidade

A ansiedade de Robinson

O vice-governador Robinson Faria deu uma boa entrevista ao POTI que circula hoje. Falou, inclusive, que não é aliado de Micarla de Sousa e não tem compromisso com ela nas eleições de 2012. Mas, o que chamou mesmo atenção foi sua fixação no poder. Ele fala muitas vezes em 2014, ano de eleições para governador. Vejamos:

 

O repórter do POTI pergunta: E Como ficou sua relação com José Agripino?

Robinson responde: De minha parte, continua ótima. José Agripino é um amigo meu. Eu entendo a sua preocupação. Ele é presidente do DEM. Mas ele tem que compreender o sentimento meu e de Rosalba. Tem que ser cooperativo. Agripino tem o mandato de Senador de oito anos. Tanto ele quanto Garibaldi Filho. Eles foram eleitos nesse palanque com Rosalba. Daqui a quatro anos quem vai para a campanha de novo, para o vestibular das urnas, é Rosalba e Robinson. Agripino e Garibaldi já estão com mandatos garantidos. Daí minha preocupação e de Rosalba para promover o fortalecimento das nossas bases políticas.

 

Do Blog: Só se passaram sete meses da eleição e apenas quatro meses da posse  no governo do Estado. O Governo ainda está engatinhando e com problemas sérios, como a greve na educação anunciada para amanhã (segunda) e o caos na saúde do estado, só para começar. Será que não é muito cedo para se falar em política? Não poderíamos deixar a política partidária ou o pleito de 2014 para depois?

Comentários (2) enviar comentário
  1. Gostaria de saber qual é o tipo de respeito dos politicos que prometem para a população e não faz sera que eles tem respeito depois que se elegem?

  2. Luciano disse:

    Não é aliado da borboleta: Ele pensa que somos idiotas? Quem andava nos palanques da borboleta, junto com rosinha, Zezinho, o filho dele e o filho do galego do alecrim?

Publicidade

O Exemplo de Garibaldi

O Ministro Garibaldi Filho  foi ao Frasqueirão direto para as cadeiras. Enquanto 90% dos políticos vão para os camarotes, o Ministro foi para seu lugar pé quente. Com aquele seu jeito peculiar, saudando todos, falando e parando a cada 5 passos. Assiste seu time jogar, conversando e escutando o radinho no pé do ouvido, como a maioria dos torcedores normais.

Por ser o mandante, a torcida do ABC só saiu do Frasqueirão 20 minutos depois. Sabe quem estava no meio da multidão? Esperando o portão ser aberto? O Ministro de Estado Garibaldi Filho, literalmente cercado por uma multidão e naquela tranqüilidade singular, conversando com todos. Era um batendo nas costas do Ministro, outro apertava sua mão.

Não usou seu cargo, nem seu prestigio, para pedir para sair  mais cedo, ou ter privilégios.

Garibaldi é um exemplo de comportamento político/humano/cidadão.

Comentário (1) enviar comentário
  1. Garibaldi é um exemplo a ser seguido… Se fosse uma espécie de inseto voador que governa nossa cidade eu duvido que tivesse a mesma decência…

Publicidade

Barrado no Baile

O Presidente da Assembléia Legislativa do RN, Ricardo Motta foi impedido de falar em Touros, como estava previsto pelo cerimonial do Ministério da Previdência Social.

Falaram Mauro Luciano Hauschild, que é  Presidente do INSS, a prefeita Luciana Faria, do PPS, o Ministro Garibaldi Filho e a Governadora Rosalba.

O Deputado Ricardo Motta estava inscrito para discursar e foi comunicado em cima da hora que não iria mais falar. O Deputado retrucou dizendo que era uma deselegância com o povo do RN e que não iria se retirar em respeito à governadora Rosalba.

A servidora olhou para o deputado e disse que “estava cumprindo orientação do Ministro Garibaldi Filho”.

Durma com um barulho desses.

 

Comentário (1) enviar comentário
  1. Amigo Bruno
    Só uma pequena correção, a prefeita Luciana Faria é do PPS e não do PSB. Grande abraço

Publicidade