Publicidade

Natal Hospital Center esclarece sobre contrato com a Secretaria de Saúde de Natal

O Natal Hospital Center enviou ao BlogdoBG nota em que esclarece a respeito do contrato de mais de R$ 9 milhões com a Secretaria Municipal de Saúde.

Segundo a nota, “há de se elucidar que todos os débitod tributários deste hospital foram totalmente lançados, não sendo fruto de omissão ou de retenção indevida de capital, não cabendo falar, portanto, em sonegação fiscal. Nesse quesito, informa-se qe todos os tributos, em qualquer esfera, estão sendo negociados com a participação do poder público, judiciário e dos órgãos de controle externo”.

A nota ainda destaca que “o NHC é o único hospital habilitado pelo Ministério da Saude para Transplante de Médula Óssea na categoria ‘A’, sendo um dos únicos do Norte e Nordeste a realizar transplante ‘aparentado’ e ‘não aparentado’, uma das razões pelas quais se deu a contratualização com a SMS NAtal para a prestação dos serviços”.

A íntegra da nota pode ser consulta abaixo:

Comentários (4) enviar comentário
  1. Tomaz disse:

    Devo sim,pago quando puder.E assi/ a privatização da saúde.

  2. Falando nisso... disse:

    No que tange a Neurocirurgia, asterisco, gostaria que mencionasse um médico se quer que faz parte da pasta da SESAP. Ou seja, que são funcionários públicos e que prestam serviços de neurocirurgia através de "cooperativa". Talvez em outras especialidades existam, não na Neurocirurgia. Concordo que concurso seja uma forma de resolver o problema da falta de médicos, e de valorizar o funcionalismo público. Mas não se engane, asterisco, nosso Estado está falido e não tem nenhum interesse em promover concurso com salários atraentes para médicos ou quaisquer que sejam o cargo para saúde, nem tão pouco em investir em instrumento e meios para estes trabalharem. Quando foi o último concurso para o quadro da saúde, da polícia militar? Por aí você me diz… Sou a favor que valorizem a polícia sim, que façam concurso, que reabram o hospital Pedro Germano, que aumentem a demanda do Centro Clínico, mas com o quadro atual, sem estrutura, sem o mínimo de estrutura e condições para o profissional X paciente; Impossível!!!Se eles não estão investindo nem no concurso para O Praça, que por hora está suspenso, avalie…

  3. Asterisco disse:

    BG ! Essa é uma boa pauta . Aprovunde esse assunto amigo . Você estará prestando um excelente serviço ao RN . Vamos aos fatos ; o Natal hospital Center emitiu uma nota muito bem feita . Digamos uma sopa de pedra ao molho de caldo de Chuchu . O ponto não é esse . O ponto G ( de grana ) , está no modelo errado . Vejamos : existem cooperativas de anestesistas , neurocirurgiões , Taxisista e portuários . Em muitos casos os cooperativistas médicos são funcionários públicos . Mas ; adivinhe ! Recebem como cooperados . Resumindo ou desenhando : um neurocirurgião recebe pela cooperativa valor x pelo procedimento . Muitas vezes ele é funcionário do estado mas recebe também pela cooperativa . Uma associação , para não dizer outra palavra , indeiscente . O estado tem como resolver ? Tem . Faça concurso para 30 anestesistas , 30 ortopedistas , 30 neonatologista 30 cirurgiões gerais , 30 obstetras , 30 urologistas e por aí vai . Coloque esse povo como militar da PM , entrando como segundo tenente e com promoções por merecimento e antiguidade . Bote o HPM para funcionar . Valorize o oficial médico da PM . Duvido ele não melhorar a saúde do RN . Enquanto ficar refem da cooperativas o estado vai se afundar no problema . Outra coisa : concurso com divulgação nacional
    . Os daqui que não quizerem fazer não tem problema . O que não pode BG , é vc ter paciente com fratura de braço em corredor , esperando vaga no memorial e ter vizinho um hospital com 7 salas cirúrgicas prontas para resolver . Basta somente interesse e decisão . Repito BG . Vá conhecer e veja o potencial de um hospital que foi totalmente colocado à margem do sistema . Desculpe se estou sendo chato nas argumentações .

    • Frasqueirino disse:

      Perfeito. Perfeito. Perfeito. Vamos abrir as caixas pretas das cooperativas começando por nominar os médicos com vínculos com a SESAP que também recebem pelas cooperativas médicas.

Publicidade

Hospital Walfredo Gurgel poderá virar centro de referência

O deputado federal Beto Rosado (PP) entrou na luta junto com o secretário estadual de Saúde, George Antunes, para transformar o Hospital Walfredo Gurgel em Centro de Referência para traumatologia, queimaduras e assistência em terapia nutricional (interal e parenteral).

Em reunião com o secretário, nesta segunda-feira (21), o parlamentar garantiu que atuará em Brasília na busca pela parceria com o Governo Federal para possibilitar essa realização.

O deputado também se reuniu com a diretora do HWG, Dra Maria de Fátima, para debater as demandas da unidade de saúde. Ele já destinou emenda de R$ 900 mil para o custeio do Hospital e atuará por mais melhorias.

“O Hospital Walfredo Gurgel é a principal unidade de Saúde do Rio Grande do Norte. Junto com o secretário e a diretora, vamos buscar parcerias para que ele se torne esse grande centro de referência”, frisou o parlamentar.

Comentário (1) enviar comentário
  1. FRASQUEIRINO disse:

    O que politica não faz. Centro de Referencia com macas no corredor?

Publicidade

SMS cumpre cronograma de pagamento ao Hospital Memorial

O cronograma proposto pela Secretaria Municipal de Saúde (SMS) para pagamentos atrasados ao Hospital Memorial vem sendo cumprido rigorosamente. O documento foi elaborado após audiência de conciliação entre a Secretaria e o Hospital, no último dia 25, solicitada pelo Ministério Público Estadual. O acordo estabeleceu a definição de um prazo e datas para que a prefeitura liquide os débitos com o hospital – referência em ortopedia e traumatologia no Rio Grande do Norte –, que se viu obrigado a deixar de funcionar em sua totalidade por quase 30 dias, devido à dívida acumulada. O secretário municipal de saúde, Luiz Roberto Fonseca, definiu que os repasses seriam a partir do dia 4 de agosto com término em novembro deste ano.

Já a secretária estadual de saúde, Eulália Alves, que também esteve presente na audiência, negou-se a firmar acordo por alegar que o secretário estadual de Finanças não estava presente. Diante dessa situação, o juiz Geraldo Antônio da Mota estabeleceu um prazo que se expira no dia 10 de agosto, para a Secretaria Estadual de Saúde apresentar um cronograma de pagamento. A dívida já se acumula desde abril.

O Memorial realiza normalmente 30 cirurgias por dia e 600 mensais, com 90% do seu público proveniente do SUS.

enviar comentário
Publicidade

Câmara de Parnamirim investigará denúncias contra Carlos Augusto envolvendo o Deoclécio Marques

Carlos Augusto MaiaA Câmara Municipal de Parnamirim aceitou, na tarde desta segunda-feira (29), uma denúncia de que o deputado estadual Carlos Augusto Maia estaria utilizando o Hospital Deoclécio Marques como moeda política. O tema foi pauta na sessão ordinária e os vereadores prometem investigar a fundo a acusação.

Segundo informações da Câmara, funcionários da unidade afirmam que o deputado possui dois leitos reservados para pacientes indicados por ele. Áudios supostamente de pacientes e funcionários indignados com a situação foram compartilhados em redes sociais, o que motivou as discussões de hoje.

A vereadora Kátia Pires (DEM) afirmou que o Ministério Público do Rio Grande do Norte (MPRN) será acionado. “Já tinha ouvido algo parecido sobre essa denúncia e pelo menos três funcionários do hospital confirmaram a história. Vamos representar no MP para verificar. Isso é imoral, ilegal e precisamos combater a injustiça com Parnamirim. Registro aqui a minha indignação”, completou.

Já o presidente da Câmara, vereador Ricardo Gurgel (PSB), disse que irá procurar o deputado. “Não acredito que isso aconteça porque é um crime. Vou conversar com o deputado pessoalmente pra saber dessa situação”, contou.

Comentários (21) enviar comentário
  1. marcos disse:

    tudo farinha do mesmo saco,,,,,

  2. Vanusa disse:

    Ano de eleições e que nomes são bem aceitos na boca do povo, são totalmente perceguidos com difamações sem o menos ser apuradas já jogam nas redes sociais. E para esses vereadores, se formos atrás tbm veremos que com certeza estao na mesma situação e querem prejudicar o outro para que seu nome seja esquecido. Isso eu não estou aqui defendendo políticos. Mas sim que primeiro pra jugar temos que ter provas, vamos trabalhar para o povo senhora vereadora Katia e tentar esquecer os defeitos dos outros, pq quem tem telhado de vidro não atira pedra no do vizinho. Fica a dica!

  3. Cristina Nascimento disse:

    Bom dia a todos. Parabenizo LANDA pela reflexão e digo mais. O Hospital Regional Deoclecio Marques vem vivenciando uma gestão que busca a qualificação do servidor, incluindo no processo de educação permanente do SUS; o abastecimento dos insumos (medicamentos médico-hospitalar); a manutenção corretiva e preventiva de equipamentos; fazer os leitos e as cirurgias rodarem; e ainda, atender e da os devidos encaminhamentos as necessidades de quem busca o apoio da Direção.

  4. Islen Rocha disse:

    É bom que investigue e caso venha ser verdade que os culpados sejam punidos, porém fica a minha crítica os vereadores de Parnamirim/RN que não quiseram investigar a denuncia do Veriador Ricardo Gurguel com respeito as empresas contrtadas para prestar serviços terceirizados no município, estamos de olho senhores.

  5. João Alcantara de Melo disse:

    Fazer denúncia anônima é muito fácil, qualquer pessoa pode fazer. Agora é bom ter provas, acusação assim é crime!

  6. Celeucia disse:

    Vcs deviam te vergonha na cara e fazer o q é melhor p população, porque o hospital Deoclécio ta lotado d gente doente,precisando d atenção, e tem médico q nem vai lar,os enfermeiros falta ao trabalho, são todos uns ignorante com os paciente, tratar os paciente como uma coisa qualquer, e quando da d 11 p meia noite estão todos dormindo, e a pessoa tem q ir atraz deles p Tomar a medicação,isso sim é uma pouca vergonha,

  7. Paulinho disse:

    Deixem o menino trabalhar, ao invés de estar acusando o rpz !!

  8. Lucio Pontes disse:

    Para questões de postura pública nao cabe ações de averiguação pessoal . os vereadores devem utilizar as estruturas oficiais de investigação para trazer a toda a população de Parnamirim a verdade! Chega de corporativismo!

  9. Toinho disse:

    Katia Pires acusando de uso do público para fins eleitorais?! Çei…

    Começaram a tentar derrubar o rapaz. Trupe da situação tem apego grande ao poder e nem imagino do que são capazes. Só precisam se lembrar que tem telhado de vidro.

    Vou ali pagar minha fatura da CAERN e colocar o lixo na caçamba da LÍDER.

  10. Denis Duarte disse:

    Começou a baixaria. Todo mundo sabe que em Parnamirim sempre se fez política com clientelismo. Mesmo sendo uma cidade grande os vereadores vivem de troca da favores.

  11. Pedro Albuquerque disse:

    E outra coisa, Bruno Giovane tu bates muito no Deputado Carlos Maia, pq não bates nos outros Deputados? Bates nele para tentar mostrar para sociedade que és imparcial? será que é pq é um fantasma da AL e com batendo noutro deputado tu perdes a boquinha?

  12. Landa disse:

    Isso é mentira. Agora que o Deoclécio finalmente tem uma gestão voltada para o cidadão ficam inventando história. O motivo: quebrou as pernas da politicagem que comia solta lá dentro nas gestões anteriores. Pq a Câmara nunca apareceu lá antes? Manda provar. Agora a Camara devia se preocupar em rever o Termo de Compromisso da Pactuaçao… devem nem saber o q é isso. Perguntar ao prefeito pq os tec da UPA recebem o salário e os téc de enfermagem da prefeitura q trabalham lá estao com o salario atrasado. Deviam se preocupar em fazer projetos pra melhorar a saúde e nao encher o saco de quem ta trabalhando. A dorcde cotovelo é pq o Deoclécio deixou decser curral politico de muita gente, inclusive do prefeito.

  13. Hugo disse:

    Vereadores oposicionistas que trocam suas ideologias por cargos. Vamos procurar melhorias pro povo… Tá faltando tudo na saúde!

  14. Hugo disse:

    Sou agente comunitário de saúde em Parnamirim, que tal noticiar que tá faltando medicamento nos postos de saúde??? Hoje mesmo faltava até dipirona na Ubs de Parque industrial… Esses vereadores não querem o melhor pro povo, querem o melhor pra o bolso deles.

  15. Hugo disse:

    BG tá sem pauta??? O único propósito dessa denúncia ANÔNIMA no aplicativo do vereador Ricardo Gurgel é tentar manchar a imagem desse deputado. O política suja essa de Parnamirim. Ricardo tá baixando o nível. Vai terminar igual a campanha de 2008 quando n se elegeu nem vereador. Se liga Parnamirim.

  16. EDER disse:

    A QUEM ELE INDICAR SERÁ O PREFEITO

  17. Pedro Albuquerque disse:

    Deputado trabalhando e essa cambada de ladão da Câmara de Parnamirim, que não fazem nada com picuinha política. A vereadora Katia Pires é cria de Mauricio e Henrique Alves.

  18. Bandeira disse:

    E o escândalo da ALRN? Vai falar nada não!

  19. José Cláudio Pereira disse:

    Se a vereadora Kátia Pires, parar pra pensar, vai perceber que tem tantos outros problemas importante que precisam de sua ação, no bairro onde reside e detem sua maior base eleitoral;( NOVA PARNAMIRIM)que seria muito mais sensato trabalhar para resolver o que interessa a os moradores do bairro do que se preocupar com essas picuinhas.
    Lutar para resolver a situação da Av. Maria Lacerda, torna-la uma via urbanizada e humanizada no que se refere a mobilidade, diz a prefeitura que via é estadual, por isso não pode fazer benfeitoria, fica o povo sofrendo, nem parada de transporte coletivo existem, a população fica ao relento, levando sol, chuva e vento. Coitado do povo pra se livrar deste castigo danado, se abriga no canteiro para não morrer queimado, fazendo a travessia pode ser noite ou dia, correndo enorme risco de morrer atropelado.
    Basta a vereadora, mobilizar a população através de movimentos fazendo com que chamarmos atenção da prefeitura para resolva esse impasse junto ao governo do estado, absolvendo a Av MARIA LACERDA, dando-lhe o cuidado que merece fazendo sua urbanização PROPORCIONANDO MAIS CONFORTO E CIDADANIA A OS MORADORES DE NOVA PARNAMIRIM, e pessoas que por ali transitam

Publicidade

Prefeito assina contrato de arrendamento do Hospital Municipal de Natal

O município do Natal dá o primeiro passado para a realização de uma grande obra que vai beneficiar milhares de natalense. Na tarde desta segunda-feira (10), o prefeito Carlos Eduardo Alves assinou o contrato de arrendamento do Hospital Municipal de Natal. O secretário de saúde Luiz Alberto Fonseca, representando a Secretaria de Saúde, e o médico Lauro Herculano, representando o Médico-Cirúrgico, também assinaram o contrato. A previsão é que o Hospital Municipal comece a funcionar no próximo dia 12 de outubro.

O Hospital de Natal funcionará no prédio do Hospital Médico Cirúrgico e terá capacidade inicial para 80 leitos, sendo dez de Terapia Intensiva, cinco de psiquiatria, oito de pediatria clínica, 35 de clínica médica e 22 de clínica cirúrgica. A unidade hospitalar contará com atendimento em ortopedia clínica 24 horas e pronto atendimento adulto e infantil 24 horas. Funcionando na sua capacidade total, o Hospital Municipal de Natal realizará em média 23 mil atendimentos por mês e cerca de 500 internações.

Além disso, o Hospital Municipal de Natal realizará cirurgias eletivas nas áreas de cirurgia geral, ortopedia e urologia e concentrará os atendimentos que hoje são realizados no Pronto Atendimento Infantil Sandra Celeste e o Hospital dos Pescadores. Este último passará por uma grande reforma e será reaberto como uma Unidade de Atendimento Especializado.

“Estamos dando para Natal o que esta cidade nunca teve. Todas as capitais do Brasil possuem um hospital municipal, e a nossa era a única que não tinha. Mas hoje esta realidade está mudando. A população de Natal vai ter um atendimento de saúde que merece. Um hospital que atenderá adultos e crianças, um hospital que terá atendimento ortopédico, clínico e, principalmente, psiquiátrico. Hoje, apesar de todas as dificuldades financeiras, assinamos o ato que dará a Natal o seu primeiro Hospital Municipal”, destacou o prefeito Carlos Eduardo.

Segundo o secretário Luiz Roberto, além de oferecer um atendimento de qualidade, o Hospital de Natal, trará economia para os cofres públicos, pois centralizará em um só lugar o atendimento de duas unidades. “Além disso, esse hospital poderá receber mensalmente algo em torno de R$800 mil oriundo do Sistema Único de Saúde, em virtude dos serviços que serão oferecidos”, disse o titular da SMS.

A nova unidade hospitalar contará com recepção, sala de atendimento, salas administrativas, sala de reanimação, três salas no bloco cirúrgico, sala de Raios-X baritada, repouso para as equipes assistenciais, estrutura de cabeamento lógico, rede canalizada de gazes, central de esterilização, depósito de materiais de limpeza, subestação de energia com grupo gerador, espaço físico suficiente e necessário para o Serviço de Nutrição e Dietética, refeitório, farmácia, sala de manutenção, necrotério, laboratório, almoxarifado e ainda espaço físico adequado para pronto atendimento com atendimento à urgência e emergência.

“O município nos procurou e nos convenceu de que os serviços que serão oferecidos pelo Hospital de Natal são melhores do que os que estamos oferecendo hoje. E foi por isso que decidimos fazer esse contrato”, destacou o proprietário do Hospital Médico-Cirúrgico, Lauro Herculano.

enviar comentário
Publicidade

FOTO FORTE: Após queda, jogador holandês dá entrada em hospital com traumatismo craniano

cahill-holanda-reu(Foto: Agência Reuters)

Após cair e bater com o rosto no chão, o zagueiro holandês Bruno Martins Indi foi levado a um hospital localizado nas proximidades do estádio Beira-Rio, que recebeu a vitória da Holanda por 3 a 2 sobre a Austrália nesta quarta-feira. O defensor acabou levando a pior numa entrada dura do atacante Tim Cahill, da Austrália. No lance, o defensor caiu com o rosto no chão e precisou sair de campo na maca e com o pescoço imobilizado (veja o lance no vídeo ao lado).

De acordo com um médico da Fifa que conduziu o jogador na ambulância, Martins Indi ficará em observação pelo menos até as 18h. A suspeita do profissional é de que o jogador tenha sofrido uma lesão leve na coluna cervical. Porém, o jogador deu entrada no Hospital Mãe de Deus com traumatismo craniano. Oficialmente o hospital ainda não se manifestou e deve divulgar um boletim médico no final da tarde.

A jogada aconteceu no fim do primeiro tempo e o atacante australiano, que cometeu a falta, levou cartão amarelo. Indi foi substituído pelo atacante Memphis Depay alguns minutos depois.

Com informações do Globo Esporte

Comentário (1) enviar comentário
  1. karina ferreira disse:

    que Deus ajude,vai dar tudo certo!!!

Publicidade

MP investiga diagnósticos realizados por hospital no RN

O Ministério Público do Rio Grande do Norte (MPRN), por meio da Promotoria de Justiça de Alexandria, investiga possíveis irregularidades nos diagnósticos que são feitos no Hospital Maternidade Joaquina Queiroz em pacientes com glaucoma e também em pacientes que se submetem aos procedimentos de ecocardiografia transtorácica realizados em referida unidade hospitalar.

Entre os meses de setembro e outubro de 2011, a Secretaria Estadual de Saúde Pública (Sesap) realizou auditoria no hospital do município. Os relatórios apontaram que, dos 84 exames de ecocardiografia transtorácica realizados, apenas nove foram aprovados pelos auditores. Em relação aos exames para o diagnóstico de glaucoma, nenhum dos 420 exames realizados foi avalisado pelos auditores da Sesap.

Através desses relatórios, o MPRN procura averiguar se houve desvio na destinação da verba que é utilizada para a realização dos exames. Se for constatada a irregularidade, o ato poderá ser caracterizado com ação na Justiça por ato de improbidade administrativa, de acordo com a Lei nº 8.429/92.

Os exames que são feitos no Hospital Maternidade Joaquina Queiroz são de alta complexidade. A ecocardiografia transtorácica é uma técnica não invasiva baseada na utilização de ultrassom para o estudo da estrutura do coração.

Já os exames que identificam o glaucoma verificam a pressão no globo intraocular e se há lesão no nervo óptico. O glaucoma é considerado uma doença perigosa que pode causar a perda da visão.

MPRN

enviar comentário
Publicidade

FOTOS: Mulher vai parar na emergência de hospital após 3 horas seguidas de orgasmos

023A mulher em “clímax épico” deu entrada no pronto-socorro depois de não saber o que fazer para não sentir mais a agonia de orgasmos múltiplos.

O casal de Seattle, nos EUA, estava tendo relações sexuais antes do trabalho, mas quando Eric saiu da cama para começar o seu dia, Liz ainda sentia contrações intensas e a sensação não parava.

Após uma hora de orgasmo: “Eu comecei pulando para cima e para baixo para ver se isso iria fazer algum efeito”, lembra Liz em um novo quadro do canal da TLC. “Eu comecei a tentar beber vinho para ver se isso iria acalmar o meu sistema. Tentei quase todas as coisas possíveis que eu poderia fazer para parar de ter um orgasmo”.
023-1
Após duas horas, o casal ficou desesperado e já não tinha ideia do que fazer. Ao chegar ao hospital, o orgasmo continuou por mais 1 hora até começar a parar.

O relato “nada engraçado e desesperador” será exibido pelo canal TLC, mostrando como foi constrangedor para o casal chegar ao hospital e ter que explicar o que estava sentindo: “Orgasmos”.

Jornal Ciência

enviar comentário
Publicidade

FOTO: Escorpião é encontrado "passeando" na UTI do Hospital Walfredo Gurgel

Por interino

escorpiao

Foto: Manoel Egídio

Segundo reportagem do portal G1-RN, um enfermeiro encontrou simplesmente um escorpião na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) cardiológica do hospital Walfredo Gurgel, o maior do estado.

Na ocasião, o animal peçonhento foi capturado com um vidro. Ainda segundo a matéria, a assessoria de imprensa do hospital confirmou o encontro do bicho e ainda mais outro, contudo, na área da alimentação dos funcionários, longe dos pacientes.

Sobre dedetização no local, a assessoria confirmou a realização no mês de outubro, com validade de três meses. O hospital acredita que os bichos foram atraídos por farelo de comida do setor.

enviar comentário
Publicidade

Serviço Social do Walfredo Gurgel procura familiares de paciente

Encontra-se no Pronto-Socorro Clóvis Sarinho um homem de aparentemente 50 anos de idade, encontrado no último dia 21/11 caído na Avenida Tomaz Landim, no bairro de Igapó, na zona norte de Natal.

Ao chegar ao hospital, resgatado pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU), o paciente não portava documentos e declarou se chamar Almir Pereira. Para maiores informações, entrar em contato com o Serviço Social pelo telefone: 3232.7533 / 3232.7587.

enviar comentário
Publicidade

Protesto na BR-304 contra "boatos" de fechamento do Hospital Regional de Angicos é finalizado

IMG_2762Foto: Aclecivan Soares

Por volta de 14h20 desta segunda-feira (30), os moradores da cidade de Angicos desbloquearam a BR-304, em protesto que foi iniciado a partir de 7h, contra os boatos de fechamento do Hospital Regional local, que atende não apenas o município, como cidades vizinhas.

Durante as horas de protesto, foi formado um congestionamento quilométrico, contudo, não houve registro de vandalismo. O protesto foi acompanhado pela Polícia Rodoviária Federal (PRF), que desde o bloqueio da rodovia iniciou negociação com os manifestantes.

Após a divulgação de uma nota do Governo do Estado informando que o hospital não seria fechado, embora deva passar por modificações, os manifestantes iniciaram a dispersão.

enviar comentário
Publicidade

Em nota, Governo nega fechamento do Hospital Regional de Angicos e sugere consórcio municipal

A respeito do Hospital Regional de Angicos, a Secretaria de Estado da Saúde Pública (Sesap) esclarece que não existe nenhum planejamento para fechar a unidade. O que houve recentemente foi apenas um remanejamento de profissionais, definido com critérios técnicos, com intuito de suprir a necessidade de hospitais de maior complexidade e com abrangência estadual, com objetivo de garantir atendimento de média e alta complexidade inclusive para a população daquela Região.

Sobre o perfil do referido hospital, está agendada para o próximo dia 7 uma audiência da Sesap com prefeitos de Angicos e municípios vizinhos para buscar um entendimento e avaliar a possibilidade de construção de um consórcio municipal que melhore a capacidade de resposta do hospital, de modo que os municípios também possam arcar com sua responsabilidade em assumir ações básicas em saúde pública.

A Sesap está ciente das dificuldades por que passa o hospital, que assim como outras unidades hospitalares da rede estadual, sofre com a insuficiência de recursos.Em que pese os desafios vivenciados pela Saúde Pública, o Rio Grande do Norte é hoje um dos estados da Federação com maior número de hospitais regionais (26 hospitais para 167 municípios), o que gera a necessidade de uma planificação das ações para prestar uma assistência integral à população a partir das linhas de cuidado e redes de atenção à saúde.

Diante disso a Sesap realizou um estudo detalhado sobre o perfil de cada um dos 26 hospitais que atendem às oito Unidades Regionais de Saúde Pública no Rio Grande do Norte (Ursap) com objetivo de realizar um redimensionamento de toda a rede hospitalar estadual com o fortalecimento de pelo menos um hospital público para ser referência em cada região e organizar as demandas de alta complexidade na rede.

O Hospital Regional de Angicos realiza, em sua porta hospitalar, que é o papel real da unidade, uma média 1,89 procedimentos/dia, em contraponto aos atendimentos de baixa complexidade, que contabilizamuma média de 700 procedimentos ambulatoriais por dia. O Hospital Regional de Angicos realiza uma média de 14 cirurgias por mês e possui uma média de 1,4 internações por dia, o que do ponto de vista financeiro denota uma situação insustentável. Entretanto, não se faz saúde pública observando apenas a questão financeira, e será assim que será encontrado o perfil mais adequado para uma boa prestação de assistência em saúde para aquela unidade hospitalar.

Comentário (1) enviar comentário
  1. Sergio Nogueira disse:

    Parece que o Governo ainda não percebeu que um dos problemas que enfrenta é a falta de credibilidade quanto ao que afirma que vai fazer, ou o que não fará em relação a algo. O Governo de Micarla Ciarline acabou, só falta chegar dezembro de 2014.

Publicidade