Publicidade

Vale do Açu: Governo emite nota sobre o abastecimento

NOTA

O Governo do Estado do Rio Grande do Norte, por meio do Instituto de Gestão de Águas do Rio Grande do Norte, e junto à Agência Nacional de Águas (ANA) e ao Comitê da Bacia Hidrográfica dos Rios Piancó Piranhas Açú, vem a público informar que:

Diante da regularidade no abastecimento de água dos municípios da região Vale do Açu, que já ocorre por mais de 48 horas de fornecimento contínuo por operação da CAERN na captação em Pendências/RN, ficam todos os usuários de água outorgados pela Agencia Nacional de Águas autorizados a operar suas captações de acordo com a Resolução Conjunta ANA/IGARN n° 1202 de 26 de outubro de 2015.

O Governo esclarece ainda que o determinado na Resolução supracitada será fiscalizada e, caso não seja respeitada, os usuários estarão sujeitos às penalidades como multa e embargo.

Qualquer alteração na determinação será informada mediante Nota Informativa, emitida após reunião de Alocação Negociada de Água, que ocorrerá com a presença da Agência Nacional de Águas (ANA) e demais integrantes do Sistema de Recursos Hídricos, no dia 22 de setembro do corrente ano, em Assú/RN.

GOVERNO DO ESTADO DO RIO GRANDE DO NORTE

INSTITUTO DE GESTÃO DAS ÁGAUS DO RIO GRANDE DO NORTE (IGARN)

AGENCIA NACIONAL DE ÁGUAS (ANA)

enviar comentário
Publicidade

VALE DO AÇU: Caern interrompe abastecimento de água para carcinicultura e irrigação

Em decorrência da Barragem Armando Ribeiro Gonçalves não estar conseguindo dar conta do abastecimento de alguns municípios da região do Vale do Açu, em meio a escassez de chuva e o baixo nível do reservatório, a Companhia de Águas e Esgotos do Rio Grande do Norte (Caern) vai interromper a partir das 21h desta quinta-feira (14), o fornecimento para as atividades de irrigação e carcinicultura do Vale do Açu. A decisão de corte no abastecimento foi acertada entre os prefeitos dessas cidades, agricultores e representantes do Governo do Estado, em uma reunião realizada no auditório da Governadoria nesta quarta (13).

A medida, que pode durar pelo menos três dias, visa priorizar o abastecimento dessas cidades. Segundo informações da própria Caern, desde a semana passada Macau, Guamaré e Pendências já estão sem água. A companhia ainda alerta que se o problema não for resolvido, mais três municípios podem ficar na mesma situação: Alto do Rodrigues, Almino Afonso e Carnaubais.

A interrupção no fornecimento de água para os fins econômicos é uma primeira tentativa da Caern de normalização do serviço para as cidades. Caso dê certo, essas interrupções vão passar a acontecer periodicamente. Em caso contrário, será buscada uma outra maneira de suprir a falta de água na região. A companhia também confirmou que vai intensificar a fiscalização das tubulações da região para evitar desvios ilegais.

enviar comentário
Publicidade